PplWare Mobile

Quem é Satoshi Nakamoto? A “caça” ao criador da Bitcoin vai começar


Tomás Santiago

A tecnologia e aquilo que é possível fazer com ela sempre foi algo que me cativou bastante. Estudo Ciência de Computadores na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Adoro programar e desenvolvimento de aplicações móveis, principalmente para iOS. É a escrever para o Pplware que partilho os meus conhecimentos. Sigam-me no Twitter: @mrtomasantiago

Destaques PPLWARE

27 Respostas

  1. Darth says:

    Há cada palhaço

  2. Moneldr says:

    E tudo o vento levou…

  3. Stoned says:

    E o ser humano continua a ser igual a si mesmo no que respeita à dinheiro e ganância. Há sempre alguém que quer o controlo absoluto de tudo o que surge e comece a contrariar as lógicas financeiras e capitalistas do mundo…

  4. Miguel Sousa says:

    Para o apanharem, tem de conseguir descobrir operações que a carteira dele tenha feito. Isso só mesmo engenheiros informáticos podem fazer… mesmo assim, a carteira dele é offline. Estará guardada numa pen sem perigo de poder ser roubada.
    Se ele quisesse fazer dinheiro, tinha começado a vender lotes quando a bitcoin chegou aos 19000 dólares. Tudo aparenta que ele nunca irá usar aquelas moedas…

    • blablabla says:

      Tanta bacorada…

      1) Qualquer pessoa consegue explorar a blockchain. Não, não é preciso um engenheiro informático para o fazer. Este é um dos muitos exploradores da chain – https://explorer.bitcoin.com/btc
      2) Mesmo que a carteira seja offline, as transacções são registadas na blockchain, e portanto são exploráveis. A questão é, qual é o endereço.
      3) Pois claro, porque ao contrário do resto do mundo, Satoshi tem uma bola de cristal que lhe diz que o ATH (All Time High – pico do preço) ia ser 19k e portanto siga lá vender que isto a seguir vai descambar tudo.

      Por favor dai mais uso ao cérebro no próximo comentário.

      • José Pedro says:

        Toda a gente sabe qual é o endereço, meu amigo: 1A1zP1eP5QGefi2DMPTfTL5SLmv7DivfNa

        • blablabla says:

          Nem estava a par nem me tinha dado ao trabalho de investigar.

          Obrigado pela info. Há umas discussões… “interessantes” no reddit e no fórum da bitcointalk.

          • José Pedro says:

            Então se não estavas a par porque é que vieste cá armado em grande a dizer que os outros não usam o cérebro?

            BTW o comentário que disseste que era bacorada faz todo o sentido. As private keys desse endereço estão offline, na posse do Nakamoto.

          • blablabla says:

            Meu caro, vim armado em grande porque alguém só escreveu informação errada num fórum que é visualizado por mais leitores (desta forma aumentando a desinformação que por aí anda) e senti-me na necessidade de corrigir, dando informação correcta.

            Em lado nenhum dou informação errada. O facto de não conhecer qual era a carteira não quer dizer que não tenha cérebro. Simplesmente quer dizer que tenho mais para aprender e não tenho problema nenhum em admitir isso.

            Private keys? … Ninguém falou em private keys. E ninguém falou em roubar uma wallet.
            O artigo é baseado em “Encontrar Satoshi”, e para fazer isto vão-se investigar as transações efectuadas. Para isto não é necessário a wallet estar online nem as private keys.

  5. miguel says:

    “A principal preocupação neste momento é o que pode acontecer se o tal Satoshi decidir vender as mais de um milhão de Bitcoins que neste momento se encontram na sua carteira. Se isso acontecer o mercado das criptomoedas pode ser destruído de um momento para o outro.”

    Quem escreve isto não percebe nada de criptomoedas nem de bitcoin!

    • Badanas says:

      Totalmente de acordo…!

    • mbn says:

      se tornaria o cara mais rico do mundo, talvez ele esteja esperando a moeda alcançar 100 mil dólares e assim criar um colapso global onde ele irá ser detentor de todo dinheiro que existe no mundo.

      • blablabla says:

        Que parvoíce de argumento.
        Não há liquidação suficiente em nenhuma exchange, como é mais que óbvio.

        • Mbn says:

          Disse o anônimo que sabe de tudo… se ele criou a moeda nada impede dele ter sua própria Exchange exclusiva onde guarda sua fortuna.

          • blablabla says:

            Meu caro, não sei tudo, mas ao contrário de si, não digo parvoíces sem nexo.

            O dinheiro físico não vem da Exchange. A Exchange, tal como o próprio nome indica, é meramente uma plataforma de troca digital.

            Efectivamente, no dia que aquele milhão de bitcoins for usado em mercado, vai haver volatilidade acrescida, mas com certeza 100% absoluta que não vai gerar “um colapso global onde ele irá ser detentor de todo dinheiro que existe no mundo”.

  6. José Pedro says:

    Há um erro brutal neste texto. Não confundir volume de vendas com aumento do número de moedas em circulação. Se eu vender 1 milhão de moedas, o preço fica exactamente igual.

    Mas se imprimissem 1 milhão de NOVAS moedas, aí sim o preço baixaria porque o valor total (market cap) se diluiria por todas as moedas, diminuindo o valor de cada uma.

    Felizmente a emissão de novas Bitcoin é determinada, imutável e em nada depende de decisões humanas (ao contrário das moedas centralizadas como o Euro ou o Dólar). Essa é, de resto, uma das grandes vantagens das criptomoedas.

  7. Rafael says:

    kkkkk. tem gente inocente pra tudo nesse mundo. A onda vermelha chegou mesmo, e chegou por baixo.

  8. Marcos Santos says:

    Satoshi é do Pokémon haha

  9. Lucas Oliveira says:

    É um grande mistério. Satoshi Nakamoto pode ser uma das pessoas mais importantes do século. Aqui eu li algumas teorias de quem pode ser. O que opinam?
    https://blog.bit2me.com/pt/quem-e-o-criador-do-bitcoin/

  10. says:

    Porque é que todos assumem que ele só tinha uma carteira? E que não é ja rico?

  11. Neff Jeff says:

    “German JEFF está a tentar angariar fundos e ganhar apoio para encontrar o enigmático criador da Bitcoin. ”
    “German JEFF está a tentar angariar 250 mil dólares para finalmente revelar ao mundo a verdadeira identidade de Satoshi Nakamoto.”
    “Para German NEFF”
    “Para German NEFF”
    “German NEFF”

    Realmente pouco importa para o caso se é Neff ou Jeff, mas manter o artigo coerente é sempre bom. Ou há dois e eu não percebi?

  12. Tec. Basico says:

    Ainda continuo séptico em relação a essas moedas virtuais.

    Agora voltando ao assunto em questão :
    Aposto que os serviços secretos, dos países com as maiores economias do mundo, ja tentaram descobrir (ou ja sabem quem e, tipo Japão e Alemanha para aderir a esse mercado, não o fizeram por uma brincadeira ) tendo eles mais recursos que os 250.000 que este Jeff quer angariar…
    Fogos de vista, ou uma tentativa de dar mais incentivos ao mercado das criptomoedas, estando elas em decadência ha ja alguns bons meses?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.