Quantcast
PplWare Mobile

Produção do iPhone 5C irá parar já em meados do próximo ano

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. bcardoso says:

    Boa tarde,

    Esta notícia é um pouco imcompreensível e o argumentário da Apple é, no mínimo, falacioso. Primeiro porque o 5C não pode ser ofuscado pelo 5S porque concorrem em targets de mercado ligeiramente diferentes. E digo ligeiramente porque a diferença de preço entre eles é, infelizmente, ligeira. Um preço substancialmente mais baixo que o 5S seria, isso sim, uma boa aposta por parte da marca e certamente, as vendas não teriam desiludido. Um iphone mais acessível ao público e melhor que o “velhinho” 4s teria sido mais apelativo para os consumidores. Enfim, são políticas da empresa.
    Se querem acabar com o 4s e o 5c deixando apenas 3 modelos disponíveis no mercado a preços quase proibitivos, então, creio que a Apple estará a traçar o seu destino. E esse destino é a desgraça nas vendas. Ou se reinventam nos próximos tempos ou creio que a Microsoft suplantará a Apple em vendas de smartphones com esta última a ficar com uma cota residual de mercado.

    • Antonio says:

      A Microsoft o quê?

    • Nunes says:

      “Se querem acabar com o 4s e o 5c deixando apenas 3 modelos disponíveis no mercado a preços quase proibitivos, então, creio que a Apple estará a traçar o seu destino”
      O 4S já não está à venda na grande maioria dos mercados, e se o 5C deixar de ser vendido no próximo ano a Apple estará a seguir o que sempre fez até aqui, deixando de vender hardware já com 3 anos – o iPhone 5C é o iPhone 5 (de 2012) com outra carapaça – passando outro modelo a ocupar o seu lugar!

  2. João says:

    Ainda houve malta que foi na cantiga deste produto…

    • Pedro says:

      Neste? Digo melhor: Ainda há malta que vai na cantiga do iPhones! Assim é que está correto… O que dá gozo é ver smartphones de 250 e 300€ a dar bailinho a iphones… ahahahahahahahahahah

  3. MasterPadaw says:

    Já são 16 horas e nada sobre o hwauei!!

  4. chicosoft says:

    Os precos nao eram assim muito diferentes, basicamente quem tem dinheiro para 1 tem dinheiro para outro…

    Se fosse um Iphone para gama media(200, 300euros) ai sim vendiam

    • António Pereira says:

      Exacto!

      Foi exactamente na curta diferença de preço que a Apple falhou redondamente.

      • Benchmark do iPhone 6 says:

        Cada teórico 😉

        Então baixava muito o preço do 5c para canibalizar as vendas do 5s?

        Ou era para ganhar quota de mercado – em número de unidades vendidas? Já tem quota de mercado naquilo que lhe interessa – nos resultados dos fabricantes de smartphones, anda à volta de 86%.

        Há pessoal que acha que é “ganha quem vender mais”, não é – é: ganha quem ganhar mais 🙂

    • Freud2004 says:

      Sim, tanta explicação para um problema tão simples, este equipamento teve sempre um preço muito próximo da entrada de gama do Iphone 5S.

  5. Nunes says:

    “As vendas do iPhone 6 Plus têm estado abaixo do esperado e a Apple precisa de as aumentar”
    Acho que é ao contrário. As vendas têm sido acima do esperado e a Apple não tem tido capacidade de produção para satisfazer toda a procura, daí o maior tempo de espera para esses modelos. De qualquer das formas não parece que isso seja justificação para daqui a meio ano parar a produção do iPhone 5C – a necessidade seria neste momento!
    Eles vão parar a produção do 5C para reorganizar a oferta e porque para o ano seria sempre o fim de vida do hardware do 5C na maioria dos mercados – o 4S neste momento já só é produzido para mercados secundários.
    O TouchID+Apple Pay tb não parece ser justificação já que o 5S tb não pode usar o Apple Pay, mesmo tendo o TouchID. Quem tiver o 5S, 5C ou 5 poderá eventualmente fazer uso do Apple Pay através do Apple Watch, mas não no telemóvel!

  6. mafc says:

    Claro que a produção tem que parar mais cedo para não haver prejuízos. Só a quantidade de 5C’s que ficaram a encher stocks no primeiro ano de comercialização, dá para compensar até Setembro de 2015 e ainda vender como recondicionados, qual palhaçada dos iPhone 4 recondicionados, qual quê.

    Pegar no iPhone 5, meter um material menos nobre que alumínio (mas mais resistente a intempéries), usarem cores berrantes a imitar os iPods e a custar apenas menos 100 euros que a versão mais potente, é algo que não ia cair bem no gosto de qualquer consumidor.

    E já agora, queria que a Apple tivesse maior consideração para quem não precisa de banda larga e lançasse um novo iPod Touch.
    Pagar couro e cabelo por um iPhone e só usar wi-fi e gsm, não faz parte das minhas prioridades.

  7. Jesus says:

    Por 200€ teria comprado! Assim lá optei pelo Moto G..e não me arrependo! Mas preferia o Iphone C, mas caramba..é muito dinheiro por um telefone!

    • Manuel Campos says:

      Tens toda a razão.Por 400 euros é mesmo muito guito.Hoje em dia dar 80 contos por um smartphone ou é bem pensado ou então nem vale a pena comprar.Mais vale juntar para depois comprar um bastante bom.Mas eu também sou um daqueles que diz que dar acima de 200 euros por um smartphone já é uma barbárie.Eu penso assim.Quem nasce pobre e pobre vive não pode pensar doutra maneira.Até porque há mais coisas na vida com que nos preocuparmos.Podem-me dizer que estou errado,que tenho uma visão redutora e pessimista,mas com a crise que passamos,nem penso noutra coisa.Ninguém sabe o dia de amanhã!!

  8. lello says:

    deveriam ter posicionado o aparelho numa game de preços mais baixa.estava muito perto do 5S, logo nao interessou ninguem

  9. Benchmark do iPhone 6 says:

    Não vejo nada de especial no acontecimento. O 5c, em hardware, não se distingue significativamente do 5, que este ano também já não se fabrica. Por isso o 5c deixar de ser fabricado no próximo ano é normal.

  10. Rui C says:

    A explicação e que param a produção do 5C e começam a do 6S .. simples.

  11. Nunes says:

    “As vendas do iPhone 6 Plus têm estado abaixo do esperado ”
    Acho que é ao contrário. As vendas têm sido acima do esperado e a Apple não tem tido capacidade de produção para satisfazer toda a procura, daí o maior tempo de espera para esses modelos. De qualquer das formas não parece que isso seja justificação para daqui a meio ano parar a produção do iPhone 5C – a necessidade seria neste momento!
    Eles vão parar a produção do 5C para reorganizar a oferta e porque para o ano seria sempre o fim de vida do hardware do 5C na maioria dos mercados – o 4S neste momento já só é produzido para mercados secundários.
    O TouchID+Apple Pay tb não parece ser justificação já que o 5S tb não pode usar o Apple Pay, mesmo tendo o TouchID. Quem tiver o 5S, 5C ou 5 poderá eventualmente fazer uso do Apple Pay através do Apple Watch, mas não no telemóvel!

  12. Edroid says:

    Mas ainda se fabricam estes modelos? IPhones de plástico onde é que já se viu?

  13. minie says:

    mais um flop da apple

  14. JB says:

    O problema foi o preço alto aliado ao conceito low-cost,que era essa a intenção para este aparelho,nos Estados Unido custa 250$,ma Europa não se arranja a menos de 500€,com esse valor coloco mais um extra e compro um com o material de topo que a Apple utiliza nos seus telefones.Essa foi a razão do “Flop”.

    • Nunes says:

      nunca foi um aparelho pensado para o conceito low cost! Isso foi má informação espalhada por algumas notícias. Quanto a ser flop, um aparelho que consegue vender mais do que os modelos anteriores ao mesmo preço dificilmente será um flop! Mas tb não foi o sucesso que a Apple esperava.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.