Quantcast
PplWare Mobile

Portugal está em Situação de Contingência: O que significa?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Joao Ptt says:

    É possível cancelar o estado de contingência? É que arder tudo é perfeitamente normal em Portugal sempre que existe muito calor e não está a chover continuamente em simultâneo. Logo toda a parte de prevenção (limpeza, vigilância) e meios a postos deveriam ser normais.
    Restrições para usufruir das florestas e tal parece exagerado, até porque não evita nada na prática.

  2. Ricardo says:

    Significa vergonha, tudo em contingência porque este desgoverno só desvia dinheiros e fundos.

  3. Luis Henrique Silva says:

    Só neste pais é que há sempre muitos incêndios. Porque será?

  4. Há cada gajo says:

    Significa histeria coletiva, a começar pela imprensa.

  5. PorcoDoPunjab says:

    Em relação aos incêndios em Portugal e as suas causas, só vou dizer o seguinte, e depois cada um que entenda como quiser.

    Atenção que estou a falar a sério, não é brincadeira o que vou dizer.

    A minha esposa é Chinesa e na primeira visita que fiz à aldeia onde vivem os pais, que fica num meio rural, achei muito estranho as montanhas estarem cobertas de vegetação, sendo impossível sequer entrar por ali adentro, tal a intensidade da mesma.
    Aquela zona de inverno tem neve mas o Verão é extremamente quente.

    Eu quando vi aquilo disse logo, isto em Portugal era só pedras à mostra porque pegavam fogo a isto até nada restar, só as pedras.

    Quando lhe falei nisto ela disse que antigamente era assim, como aqui, fogos começavam à noite, no local mais alto e quando os bombeiros estavam num lado começava a arder tb noutros sítios, sempre os de mais difícil acesso.
    Bom, já estão a ver a cena, certo?

    O governador da província fartou se disto e alterou a lei, dando pena de morte aos incendiários
    Bom, após limparem o sebo a meia dúzia deles, nunca mais houve incêndios.

    Agora cada um que tire as conclusões que quiser…

    Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

    • JS says:

      Tenho de concordar, boa medida!
      Justa e eficaz!

    • Joao Ptt says:

      Não sei se é um relato verdadeiro, não acabariam os incêndios porque alguns não têm intervenção humana, mas pelo menos os malucos e aquela malta que incendeia os terrenos para os plantar acabavam num instante.

      • PorcoDoPunjab says:

        Joao Ptt, é um relato verdadeiro.
        Sou casado com a pessoa que indiquei acima e por isso vou, ou ia, imensas vezes à China.

        Mesmo que não acabe a 100% com os incêndios, porque há sempre alguns que surgem naturalmente, ou mesmo inadvertidamente, o facto é que as montanhas estão cobertas de densa vegetação.
        Ou seja, o objectivo de preservar a floresta foi atingido.

        Se quiser até lhe digo a zona, Província de ZheJiang, perto da cidade de Hangzhou…
        Não lhe vou dizer o nome da aldeia porque isso já seria demasiado revelador e nem interessa para o caso.

        O calor lá é super desconfortável.
        Aqui ao entrar na sombra a temperatura baixa.
        Lá não, ao Sol ou à sombra a temperatura é a mesma.

        Ela dá-se melhor com este calor em Portugal do que eu porque já vem habituada ao calor de lá e diz que isto aqui não é nada…
        Enfim, pormenores…

        • Ban says:

          Em Portugal há sobreiro, pinho, eucalipto, etc, ar seco e algum vento que com as temperaturas que atingimos no Verão é facilmente inflamável, na China é quente mas húmido, pelo menos em algumas regiões.

  6. JS says:

    Lembrar que a classe pulhitica são os que lucram mais com os incêndios. Eles adoram as férias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.