Quantcast
PplWare Mobile

Pokémon GO – Autarca francês proíbe jogo na sua cidade

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Glycine says:

    Como em varios novos ramos da tecnologia ha coisas que vao aparecendo e que precisam de regulacao. Tivemos o Uber que continua a fazer furor e agora temos os pokemongos. A Niantic aproveitou-se e bem dos vazios legais para isto. O jogo pode ter o seu interesse etc mas devera respeitar a privacidade das pessoas. Terei de concordar com o edil frances porque ja chega de demasiado ridiculo. Agora nao acabem com o jogo porque ha gente que se levantou da cadeira para jogar isto…. finalmente (eu nao)

  2. Palu says:

    Hahaha… Ha cada maluco. Ate parece que a o pokemon go precia de autorizacao dele

  3. Miguel says:

    Deviam colocar lá um pokemon raro para a aldeia ficar com mais gente…

  4. Homo Erectíssimo says:

    Deixem chegar Segunda-feira,dia 12 de Setembro,quando começarem as aulas em todo o país,e quem trabalha já nem tem tempo para esta brincadeira,que eu até quero ver como este jogo do Pokémon GO passa de moda de um dia para o outro.Mas é que vai ser como um tirinho !! Acreditem no que eu vos digo.Só faltam 25 dias !!

    • Coiso says:

      basta chover a potes , ele ja nao vai ficar muito preocupado.

    • Carlos Oliveira says:

      Ai é que te enganas , a maior fatia dos jogadores são adultos que já deixaram a escola a alguns anos, trabalham e ao final da tarde ou a noite vão jogar o jogo.

    • Ana says:

      Sr. Homo Erectíssimo, quer apostar comigo como isso não vai acontecer assim tão brevemente??

      Acredite que não sabe o que esta a dizer…

    • Ricardo Silva says:

      O jogo foi lançado na América e outros países enquanto os putos ainda estavam em aulas, os adultos que trabalham não deixam de jogar no tempo livre, muito menos os putos que adoram este jogo. A moda do jogo vai acabar em um ano no máximo, até lá deixem as pessoas se divertir.

  5. Micas says:

    Se calhar está aqui o começo de uma nova visão legal. Eu concordo com o autarca.

  6. João says:

    já era tempo da moda passar, começa a fartar um bocado pessoal no centro de Aveiro a ocupar lugares de estacionamento que dão jeito aos moradores para estarem parados com os carros junto às pokestops oi lá como se chamam. não era suposto ser um jogo para andar a pé? que gente desocupada…

  7. Miguel says:

    Pokémon GO não pediu autorização para colocar estes pontos de interesse no seu território.”
    E ainda compara a cafes e restaurantes… lool

    Ha com cada um

  8. eu says:

    Esse de comparar a cafés e restaurantes… LOL

    Mas ele é capaz de ter alguma razão.

    “Tem havido também uma desobediência às regras de cidadania e bom ambiente social, e isso preocupa o autarca.”

    Sabemos que aconteceram algumas situações e se lermos os conselhos da PSP para os jogadores, dá para perceber motivos para a preocupação.

    Mas o problema não estará no jogo mas sim nos jogadores

    • Coiso says:

      nunca estão bem com nada, ora porque estão dentro de casa o dia todo no pc, e agora que está tudo cá fora graças ao jogo, também é preocupante, o inverno chega ja fica tudo calmo, o jogo para o ano que vem, metade ja nem liga , já se fartaram do mesmo, não sei para que tanto alarme…

    • Pedro Afonso says:

      Mas a desobediência às regras de citadina não é culpa do jogo, é culpa dos jovens não as têm. E isso já é culpa dos seus pais e do meio educativo e formativo da sociedade. E ai se calhar a culpa já passa pelo senhor autarca!

  9. João Silva says:

    Há gente que não pode ver ninguém a divertir-se.
    Geralmente aplica-se mais aos islâmicos radicais…

  10. MiguelDias says:

    O que esse governante queria na realidade era um imposto por cada Pokemon .!.

  11. Rommel says:

    “Este não é caso isolado, até porque a Niantic já teve de intervir com solicitações de várias autoridades em vários países(…)e removeu tudo o que diz respeito ao jogo no Irão (em todo o país).”
    Admira ter retirado as Pokestops no irao quando continua a existir imensos Portais do jogo Ingress no Irão e com jogadores activos nesse pais.
    A base do Pokemon sao os portais do Ingress.
    Deixem as pessoas divertir-se… Se não gostam do jogo não joguem mas não queiram impor regras absurdas.
    O jogo há-de terminar por si mesmo. Deixem de ser velhos do Restelo.

  12. MLopes says:

    fantástico!
    coloquei um post em resposta ao @MiguelDias onde concordava com o ponto por ele expresso, tecia mais alguns comentários e acabava a criticar o autor deste artigo e a pplware pela mistura deste assunto com o do burquini e foi eliminadado na moderação!!! vamos ver se este passa!!!

  13. joao matos says:

    Está incorrecta esta postura. O facto de não apreciarmos o jogo, por qualquer razão, isso não nos dá o direito de violar a liberdade de cada um numa sociedade. Penso que as pessoas que jogam o jogo não estão a cometer nenhum crime ou acto ilícito. É errado, é um atentado à democracia, PONTO!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.