Quantcast
PplWare Mobile

Passaram 40 anos desde a primeira chamada telefónica móvel

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Benchmark do iPhone 5 says:

    Por acaso os brasileiros estão mais corretos quando dizem “telefones celulares” do que nós que dizemos “telefones móveis”.

    Cellular: A type of wireless communication that is most familiar to mobile phones users. It’s called ‘cellular’ because the system uses many base stations to divide a service area into multiple ‘cells’. Cellular calls are transferred from base station to base station as a user travels from cell to cell.

    A primeira “rede celular” comercial foi criada em Tóquio em 1979, segundo diz aqui:
    http://inventors.about.com/library/weekly/aa070899.htm

    • start says:

      Os termos brasileiros são estupidos e ignorantes poes papam tudo o que vem de fora e não têm um vocabulario próprio. É o caso do onibus, o tren (comboio como eles dizem) e muitos outros termos que sairam ninguem sabe de onde. A maior parte dos colonizadores eram pessoas analfabetas e diziam as coisas mal e dps veio esta tristeza de lingua. Só têm reconhecimento pk sao um país grande. Pk é que a maior parte das traduções sao PT-BR? Que vergonha. Já no caso UK-US é muito diferente. UK continua a dominar.

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        Eram analfabetos porque toda a população era analfabeta. Os que emigraram/colonizaram eram os que tinham mais iniciativa, os melhores.

      • luislelis says:

        Nunca se deve chamar estupido aos outros porque todos nos o somos de uma forma ou de outra.

        Traduz-se masi para portugues do Brasil porque o mercado e 20 vezes maior que o portugues e 50 vezes mais rentavel que o portugues.

        omnibus (significando “para todos” em latim). Este termo foi usado, desde o século XIX, …transporte coletivo de passageiros puxado a cavalo.

        No Brasil, ….são designados “ônibus”, termo originado diretamente em “omnibus”.

        O “trem” seu nome originado no Latim TRAHERE, “trazer, puxar”.

        Analfabeto nao quer dizer que nao sabe falar ou pronunciar. A lingua primeiro e falada e so depois aparece a escrita ou seja gracas aos analfabetos existe a escrita.

        Aquele abraco.

      • Cala a boca Europeu! Isso tudo é inveja do Brasil!

    • Pedro Pinto says:

      Celular não é um mão termo, até porque a rede móvel funciona por células.

  2. Helder Coelho says:

    Tudo fantástico…, mas continua um aspecto a falhar desde a 40 anos… A bateria! Teve um tempinho que evolui, mas estagnou com um pinta dos diabos! Tudo graças a necessidade básica do ego humano, quem tem maior e melhor! Haja dinheiro!

  3. Nuno Rodrigues says:

    O problema da bateria que o pessoal se queixa , tem a haver com o tipo de equipamento , inclusive com opçoes wifi , 3g , bluetooth , gps , etc…

  4. Miguel K says:

    Concordo com Helder Coelho e com o Nuno Rodrigues. É certo que a evolução do ter mais funcionalidades, mais abrangentes e melhores provoca um significativo rombo em qualquer bateria mas também é certo que as empresas não dão o devido foco à questão da autonomia. Desenvolver (investigação e desenvolvimento) de baterias é extremamente caro e portanto a evolução não consegue acompanhar os outros desenvolvimentos tecnologicos que vamos tendo. Numa visão realista penso que as baterias vão estar por muitos anos bastante atrás da evolução dos equipamentos e penso que a evolução mais previsivel, de forma a minimizar o problema, vai ser a evolução do tempo que demora até carregar uma bateria. Já temos ouvido noticias de empresas que desenvolveram baterias que carregam em poucos minutos com autonomia interessantes. Acho que com isto podemos contornar parcialmente o problema da bateria.

  5. pixar says:

    É certo que a autonomia não evoluiu assim tanto, mas não nos podemos esquecer que um dos requisitos dos telemóveis foi reduzir ao peso. Se pusermos uma bateria de lítio de 1kg num tlm actual, podemos ter 1 mes ou mais de autonomia.

  6. samuel says:

    falta mencionar as radiações que esse bicho emitia na altura lol

    Na história 40 anos não é muito, e se virmos a evolução que teve o telemóvel… vamos ver o que os proximos 40 anos nos reservam.

  7. Sérgio says:

    São momentos que se devem recordar, muito pelo impacto que tiveram na população mundial.

    Concordo com os comentários acima, se houvesse algo a apontar seria na autonomia. Mas como não percebo muito sobre o assunto, não sei se este problema se deve a falta de investigação na area ou porque simplesmente não há nada a fazer.
    Em Smartphones com o 3G ligado, nota-se de forma clara a pouca autonomia.

  8. FXX says:

    A primeira chamada telefónica móvel não foi feita com Motorola DynaTAC porque este só surgiu em 1983…

    • Vítor M. says:

      On April 3, 1973 Cooper and Mitchell demonstrated two working phones to the media and to passers-by prior to walking into a scheduled press conference at the New York Hilton in midtown Manhattan. Standing on Sixth avenue near the Hilton, Cooper made the first handheld cellular phone call in public from the prototype DynaTAC.

  9. mateus banda says:

    está valer para nossos vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.