Whatsapp Web e a necessidade de libertação do smartphone


Destaques PPLWARE

21 Respostas

  1. SrBla says:

    Pelo que entendi aqui esta-se a falar de segurança em acesso físico a um dispositivo…
    A questão é que se as aplicações tiverem esses mecanismos de segurança, deixam de praticas de utilizar. Podemos supor que esses mecanismos podem ser opcionais, mas mesmo assim seriam adoptados por poucos utilizadores,.
    E ainda podemos ver isto desta forma, desde de que existem tele moveis, se conseguirmos desbloquear o telemóvel de alguém, quer porque descobrimos o PIN, ou porque não tem bloqueio podemos sempre aceder aos dados do cartão SIM e a mensagens guardadas. Para estarmos seguros na pratica todas as aplicações deveriam fazer um pedido de autenticação quando lhes acedemos, mas a verdade é que não é pratico e cómodo.
    A segurança em aplicações tem de ser feita de forma balanceada, vendo que tipos de dados estão em causa e o tipo de aplicação que é (frequência de utilização, etc). Por exemplo uma app que nos dá acesso a dados bancários tem de ter mecanismo de segurança e autenticação mais fortes, já estas apps de mensagens tem um carácter mais idêntico às funcionalidades básicas de um telemóvel.

  2. irlm says:

    Gostava de que tirassem uma duvida, whatsapp é gratuito para sempre ou para 1 ano de utilização?

    • knom says:

      tu tens que pagar, eu uso mas nunca pagei… uso num Nokia C3-00(nokia s40, não é symbian)
      no iphone tens que pagar, pagas uma vez e não pagas mais!!
      no android depende

      • irlm says:

        isto que estava a referir
        Quais são as taxas para o uso do WhatsApp?
        https://www.whatsapp.com/faq/pt_br/general/23014681

      • Rui says:

        Oi? Pagar? Hem?

      • Rui says:

        Isso de pagar no iPhone é um pouco relativo, uso WhatsApp quase desde que ele surgiu (2010 acho eu) que coincide de quando comecei a usar iPhone e nunca paguei nada… Já troquei de equipamento mas sempre mantive o mesmo numero de tlm, email de registo, etc e nunca paguei rigorosamente nada… Ainda assim, sempre me perguntei o porquê daquele aviso quando se efectua a autenticação…

        • knom says:

          ISTO “O WhatsApp Messenger é um mensageiro para smartphones disponível para iPhone e outros smartphones. O WhatsApp utiliza a tua conexão 3G ou WiFi (quando disponível) para enviar mensagens para teus amigos e família. Mude de SMS para WhatsApp para enviar e receber mensagens, fotos, notas de áudio e vídeo. Primeiro ano GRATUITO! (Após isto $0.99 USD/por ano)

          mas eu também nunca paguei

  3. Mota says:

    “… o Whatsapp está presente em quase todos, se não todos mesmo, os smartphones..”

    Nope. Aqui mora telegram, funciona em tablets e pcs tbms em a necessidade da app do smartphone. Whatsapp, não obrigado, não preciso de mais buracos de segurança do que os necessários.

    Outra coisa.. que raio de artigo é este? Nada pessoal, está bem escrito e desenvolvido.. mas a utilidade disto.. well.. é a minha opinião.

    • Mota says:

      *sem a necessidade..

    • Paulo Esperança says:

      É um artigo de opinião e reflexão. Dá-nos uma maneira diferente de ver as coisas e podemos ou não aprender mais, conhecer mais, concordar, etc..

    • Ricardo says:

      Telegram Messenger:

      https://telegram.org/

      Utilizo e recomendo, ate agora sem problemas…ate ver!!!
      Funciona tal e qual como o WhatApp, mais seguro e rápido funciona em: Android, Mac OS X/iPhone/iPad, Windows(PC)/Windows Phone, Linux e em versao Web/browser
      Estou a utilizar no Linux e no meu smartphone Android, cinco estrelas, bastante rápido tanto num como no outro!!!

  4. miguel L says:

    Adorei o artigo.Obrigado Pplware

  5. Pedro Justo says:

    Não percebi. Qual é a vulnerabilidade em causa? O acesso físico ao telefone ou ter malware instalado? O primeiro na pratica é difícil: a maior parte das pessoas têm pin como segurança. O segundo o problema não é do whatsapp, mas do pc!

  6. HB says:

    E se nos esquecermos das chaves de casa juntamente com os documentos onde se pode ver a morada?
    Parece-me muito rebuscada esta reflexão pois cabe aos utilizadores terem os cuidados necessários para protegerem os seus dados. Aquilo que falam no artigo não é um problema da aplicação mas dos utilizadores que não protegem convenientemente o acesso aos seus dados no smartphone.
    Um smartphone contém dados pessoais e convém protegê-los nomeadamente com utilização de uma palavra-passe forte ou outros meios eficazes.
    Ter um smartphone sem autenticação para aceder ao mesmo é o mesmo que ter as chaves de casa num porta-chaves com a morada da mesma.

  7. Aybara says:

    Porque usar whatsapp num mundo onde existe Telegram?

    • Ismael Guimarães AJ says:

      Apenas porque o Telegram não foi tão popularizado. Se o Telegram fosse de uma empresa como Twitter ou Google+, se calhar até funcionaria mas, como não é, acaba por não funcionar.

  8. Cláudia says:

    Bom artigo de opinião !

  9. aldineia says:

    Se falar de alguem fale bem ou nao falr nada

  10. Andrey Oliveira says:

    Não entendi a preocupação. O risco é o mesmo, da mesma forma que sempre foi com o o skype, msn/live messenger, ICQ, Facebook, hangouts e todo o resto.

    – Você pode desconectar o desktop a qualquer momento a partir do smartphone. E pode monitorar quem está acessando a partir dali.
    – Você pode (DEVE) colocar uma senha no smartphone no desktop.
    – Você pode (DEVE) bloquear a tela do desktop quando se ausenta da mesa no local de trabalho.
    – Você pode acessar no modo anônimo, exisgindo uma nova autenticação toda vez que abrir o navegador.
    – Você pode ter o controle de que alguém está tendo acesso ao percerber que suas mensagens foram lidas antes de você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.