PplWare Mobile

NOS: Apenas 2 clientes no serviço público de telefone


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. JJ says:

    Isto é que são negócios… tem de “oferecer” serviço universal de telefone, mas a manutenção da rede é da PT.
    Resumindo, só recebe e sem despesas.

    Serviço universal já devia era incluir Internet ADSL/Cabo, como acontece em Inglaterra por exemplo.

  2. Bruno Almeida says:

    ” Releva-se ainda que também não existe procura para o tarifário “Reformados e Pensionistas” ”

    Que treta, quando tentei renovar o contrato do meu avô disseram que não existia nenhum tarifário por ser reformado.. Procura deve haver, não há é interesse em serem divulgados os tais tarifários.

  3. Joaquim Fernandes says:

    É vergonhoso!
    São as negociatas do costume!
    Deviam era devolver o dinheiro e com juros…

  4. Cada um.. says:

    Normal… Preço para pensionistas (com 50% de desconto) :
    Preço da instalação €88,35
    Mensalidade do Serviço Universal €7,79
    Isto com chamadas gratuitas à noite para a rede Nos….
    Fazendo as contas 15,58€/mes pelo telefone + instalação… A a dicionários que está informação está bem escondida no site da nos sugerindo sempre para ligar para lá…
    Por €13,49 /mês fidelizam o cliente por 2 anos, instalação gratuita, com telefone com chamadas ilimitadas para a rede fixa + 4 canais…
    Tirando o facto de fidelizar 2 anos (coisa que não tem diferença para este tipo de pessoas) que vantagem trás o serviço universal? É isto se não juntarmos ao facto de a Nos esconder quando se liga para lá dizendo que tal não existe…
    Assim mama-se € do estado, e fideliza-se clientes.. 2 em 1

  5. Vítor says:

    Exatamente Bruno Almeida, eu também desconheço a existência desse tarifário. Calculo que não interesse a divulgação do tarifário para reformados e idosos porque o encaixe na NOS está garantido por todos nós. A isto chamo roubo descarado.

  6. Jose says:

    A Nós que pertence a Sonae e sempre a mesma roubalheira

  7. jorge santos says:

    Mas alguém me pode, por favor, explicar o que é isto do serviço público de telefone?

    Obrigado.

    • JJ says:

      Se tu tiveres no meio de um monte uma casa legalizada, por exemplo, com mais nenhuma casa num espaço de dezenas de quilómetros, podes solicitar um telefone, e não pagas a instalação dos postes/cabos e afins para teres linha telefónica.

      O ponto aqui é que a NOS faz esse serviço via satélite, ou seja, o dinheiro que recebe do estado para pagar as despesas de instalação são quase na sua totalidade lucro, porque não passa cabos, não coloca postes, etc…

  8. A. says:

    Sonae em partes iguais com a angolana que enriqueceu as custas do país que o pai era chefe de estado e de governo, já agora esse detalhe…

  9. Titi says:

    E uma vergonha a nos veio instalar em minha casa e apareceu me 2975€ para pagar fizeram trafulhada e o none do Sr.da instalacao e Antonio cameira ele e uma vergonha da nos um trafulha

  10. Tiago Costa says:

    Desconhecia esta possibilidade mas é pior a emenda que o soneto vão ver os preços e até se passam… Num país que as reformas andam em média nos 300€ e sendo que 2/3 ou mais vão para luz, água e medicamentos, como pode um reformado pagar cerca de 90€ de instalação? Isto é o chamado roubo universal. Enfim

  11. Joao ptt says:

    Este contracto do estado realmente é ridículo… estamos em 2017, e ainda não preveem Internet de banda larga no contrato de serviço universal… nem que fosse por serviço 4G… ao menos muitas zonas que não tem cobertura, ou têm má cobertura passariam a ter um operador fiável, já que o contracto com o estado a isso obrigaria nem que fosse só para uma pessoa (à semelhança do programa e-escola do tempo do Socrates, as pessoas de facto exigiam às operadoras que colocassem sinal e só por isso é que o 3G ficou a abranger tantas áreas, porque as operadoras não poderiam recusar os pedidos).

    Por tanto, ao contrário da ANACOM, considero que o serviço universal faz sentido existir, mas deveria abranger mais do que telefone, Internet super lenta de até 128 Kbps e fax (que já quase ninguém utiliza) e deveria ser alterado para telefone e Internet de banda larga (com pelo menos 24/24 Mbps de largura de banda permanente garantida, sem restrições de espécie alguma na utilização (excepto, obviamente, utilizar o serviço para cometer crimes previstos na lei) e com tráfego verdadeiramente ilimitado).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.