Quantcast
PplWare Mobile

Nokia marca um X na sua próxima apresentação

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Nelson says:

    El momento de la verdad

  2. ricardo says:

    Um Nokia com Android, não google e com specs que o galaxy S tinha á 4 anos.

    Sao estes modelos que estragam a experiência Android. Mesmo que muito otimizado duvido que proporcione uma utilização confortável sem a frustração constante de aguardar pelas apps.

    Mas vamos ver… Espectativa em alta.

    • Ricardo says:

      É por estes modelos que o Android cresceu tanto, não por causa de S4s e LG G2s. Além disso o 520 tem praticamente as mesmas specs e corre WP8 à campeão, a Nokia está mal habituada 🙂

      • Shikai says:

        Acho que se alguma vez fizessem um artigo de números de telefones alta gama vs telefones baixa gama… ficavas surpreendido… não sei digo eu :p

        Acho que este é um daqueles projectos estranhos que são lançados mas tanto lhes faz como se lhes deu se dá sucesso ou não.
        Nunca percebi o intuito destes lançamentos…. talvez seja mostrar que o Windows Phone é melhor que Android dentro da marca Nokia.

        De qualquer forma não espero que a Nokia lançe um topo de gama com Android pelas razões que todos conhecem :p

    • Nuno Peixoto says:

      Totalmente. Enfim…

    • FXX says:

      Exacto é mesmo esse o problema do Android, só se consegue uma boa experiência com 2GB de RAM e um Quad-Core.

    • asd says:

      ja ouviste falar em gama baixa? se não vais comprar não reclames e não mandes bitaites

      para os outros que diziam que era fake… e agora?

    • tritão says:

      e o galaxy ace 3 com specs do primeiro galaxy s e com preço de 250euros??

  3. João Rodrigues says:

    Ainda não acredito!

  4. César Augusto says:

    Não sal especificaçoes assim tao fracas!

    Dual core, nada mau, mesmo sendo 1GHz ainda se pode fazer overclock para 1,2 (teoricamente) e a bateria ia aguentar sem muitas questões, sendo de 1500mAh… 4 polegadas de ecrã também não são assim tao más quanto isso para um uso normal, dito “de baixa gama”.
    O mal esta mesmo na ram, 512mb :/
    4Gb de memória interna? O que vale e que sendo android da para instalar apps no cartão micro sd.

    Digo mais, este telemovel faz-me lembrar o lumia 520 em specs (o que não se traduz sempre em performance no android…)
    Em termos de design faz-me lembrar um lumia 720 ou 820…

  5. Diogo says:

    512MB de RAM? Devem estar a brincar

    • ev says:

      Sim é possível, o Lumia 520 (com apenas 512RAM) corre com uma velocidade impressionante. Chama-se otimização software, coisa que por vezes alguns Android…

    • António says:

      Não é só o Lumia 520 que tem 512 de ram.
      Os lumia 620, 625 e 720 tem 512 de ram e voam.

      O iPad Mini tem 512 de ram e voa.
      O iPhone 4S tem 512 de ram e voa.

      A única coisa comum nestes equipamentos é que não tem a porcaria pesada do android.

      Agora se a nokia fizer o trabalhinho bem feito e cozinhar a versão do Android otimizada para os equipamentos que lançarem, não vejo qual é o problema de ter 512 de ram. Estes equipamentos tem o objectivo de substituir a linha Asha e não de concorrer directamente com a linha Lumia.

  6. Luis Silva says:

    Esperem primeiro que saia e depois vesse como corre, já só saiu as specs e já está toda a gente estérica como galinhas por causa dos 512 de Ram

  7. AX says:

    é o novo OS X ehe

  8. Alexandre Cunha says:

    Certamente será um equipamento muito popular para a comunidade fazer as custom roms mais alinhadas (ou não) com o ecosistema android.
    Eu espero mesmo que a Nokia consiga sair da armadilha onde caiu. Uma mudança de dono seria sem dúvida a próxima melhor notícia.

  9. cnavigator says:

    Vejo este lançamento como uma tentativa da Nokia de recuperar rapidamente mais quota de mercado, começando na fatia mais baixa, e pode ser que tenha sucesso, até porque agora, a acreditar nas notícias que têm surgido, a questão das aplicações se começa a tornar irrelevante, o Windows terá suporte a aplicações Android e vice-versa. Isso poderá ser benéfico para a própria Microsoft, criar um Android com os mesmos conceitos do Windows Phone e com todos os serviços da Nokia/Microsoft pré-instalados, com a possibilidade de correr aplicações Android, de certeza ajudará a converter alguns a migrarem para a Nokia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.