PplWare Mobile

Lisboa: Regras para a circulação e estacionamento de trotinetes elétricas


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

31 Respostas

  1. onurb82 says:

    Reparo que quem as utiliza, quando não precisa, as deixa em qualquer lado, sem querer saber se vão estorvar a alguém!
    Com esta falta de civismo, isto precisa é de sanções!

    • JJ_ says:

      O problema é apanhar essa gente.
      A maioria das pessoas não veem quem estaciona mal… mas aparecem mal estacionadas.

      • Biju says:

        As trotinetes têm um número único e gps. A responsabilidade é da empresa que disponibiliza o serviço. Depois de sancionada, deve fazer o que entender ao utilizador da trotinete em questão. Mas isso tem que fazer parte do acordo de utilização da empresa com o utilizador.

      • Antonio Salaraz says:

        No caso destas e-scooter alugadas a Lime no final do serviço tens de tirar uma foto onde deixaste a e-scooter e fazer upload na aplicação. A empresa pode começar a bloquear o serviço a quem não cumpre.

  2. Mr. Antunes says:

    E o que é foi aprovado ao certo? Era útil dizerem ou pelo menos referenciarem o documento.

  3. Rui Sousa says:

    Lisboa precisa é que os carros deixem de estacionar em cima do passeio, obrigando os peões a andar no meio da estrada. Precisa que a polícia fiscalize o excesso de velocidade e o uso do telemóvel ao volante, que são a causa directa de graves acidentes, alguns deles mortais.

  4. McGoms says:

    Um dia destes vemos os taxis a protestar contra as Trotinetes..

  5. Mateus says:

    A conclusão é: os portugueses têm tanta de civismo assim como os políticos (centrais e autarcas) passam 4 anos remunerados entre cafés e restaurantes e quando terminam acabam na direção de empresas grandes.

    Se a polícia e câmaras na cidade autoassem quem estaciona em locais indevidos e as câmaras melhorassem os passeios para as pessoas levarem os patins e bicicletas elétricas, talvez tivéssemos menos confusão e gastos. Uma pena também os mais velhos serem muito requintados e querem andar só de carro…

  6. Ferreira says:

    E ordenar a circulação das bicicletas, as quais circulam pelos passeios no meio dos peões.

  7. rui says:

    e ainda falta os capacetes

    • Antonio Salaraz says:

      A lime não disponibiliza capacete, mas quando vais iniciar o aluguer na aplicação avisam que é obrigatório o uso de capacete mas terás de ser tu a trazer, isentam-se de responsabilidade.

      • Paulo Almeida says:

        Não é obrigatório mas sim recomendado. Como para as bicicletas no código da estrada.
        Já agora as regras são iguais para as bicicletas e todos os velocípedes com motor auxiliar que não ultrapassem os 250w de potência e velocidade máxima de 25kmh.

  8. censo says:

    …e ver as trotinetes no meio das principais avenidas, sem iluminação, com o artista entre autocarros, sem qualquer capacete e/ou outro tipo de proteção…
    Como noutras cidades, as trotinetes vieram, para …desaparecerem. Moda agora, depois, não há regra que se imponha ao portuguesinho típico.

    • Mateus says:

      Se te referes noutras cidades europeias estás bem enganado, a tendência é mesmo bicicletas e trotinetes eléctricas pelo caminho de bicicletas, obrigatório. Se em Portugal não funcionará porque o tuga usa mal, porque o tuga polícia não autua e faz o mesmo e porque as autarquias não fazem os caminhos… então isso é outra conversa

    • Antonio Salaraz says:

      Outras cidades? Portuguesas, Costuma viajar para fora de Portugal? Vocês são uns profetas, atiram essas cenas a ver se acertam e depois podem vir dizer, “eu não disse, sou um sabichão more”
      Por exemplo em Barcelona nem falo do aluguer de e-scooter(trotinete), falo mesmo que vê centenas de residentes a deslocaram-se na sua própria e-scooter.

      • Mauro B says:

        neste país nunca ninguém está bem e tudo sempre incomoda, todos os que têm opiniões diferentes da nossa são burros, não conseguem argumentar sem imediatamente ofender o “opositor” e ninguém tem o mínimo interesse em se entender ou compreender os vários pontos de vista mesmo que não concordem com eles, o problema não é só o governo lambão e corrupto, o povo tem mea culpa porque é mais importante provar que esta certo e os outros errados do que resolver alguma coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.