Quantcast
PplWare Mobile

Kindle Fire – O novo tablet Android da Amazon

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. roliveira says:

    Finalmente um tablet ao preço certo. E se se analisar que pelo preço se consegue um processador dual core, com um ecrã de alta resolução IPS e que apenas é sacrificada a câmara (que no meu caso não tem utilidade) … promete.

    A Amazon é uma empresa muito competente, conseguiu com o Kindle criar um novo negócio resistindo à nova vaga de tablets (atenção que muita gente dizia que o ipad ia arrumar com o kindle e não aconteceu nada disso).

    Como estava no outro dia a discutir no google +, boas especificações, bootloader não protegido (eventual paraíso para os hackers). Aliás um responsável da Amazon já disse que não vai fazer nada para impedir a instalação de novas roms no Fire.
    Além disso as primeiras impressões dos principais sites tecnológicos que puderam comparecer à apresentação do fire e poderam interagir com ele.. são todas muito positivas.

    Resumindo, este tablet vai vender que nem pães quentes pelo menos nos estados unidos.

    Esperemos que chegue cá a portugal.

  2. chicosoft says:

    122€ em portugal o Tablet mais barato, e sem publicidade.
    Segundo o Jornal Publico hoje.

  3. mário says:

    simples e destinado a um mercado especifico, ao inves da concorrencia que quer fazer tudo bem.

    ideia interessante, para quem um equipamento simples.
    gostei

  4. Nuno says:

    Diria que não se trata nem perto de um “Ipad killer” pois não foi feito com esse propósito.

    Na minha opinião foi uma grande jogada, pois em vez de tentar ( e muito provavelmente falhar ) concorrer contra Ipads e melhores tablets android, decidiu adaptar-se a uma área que os tablets cobrem que é a partilha de conteúdos media, que vai tirar partido de toda a infra-estrutura já existente no próprio site da Amazon ( aluguer/compra de filmes, séries, livros, etc ) e foca-se apenas nessa área.

    Toda a infra-estrutura é controlada pela própria Amazon, logo controlam todo o conteúdo (e até talvez as aplicações, conforme o adaptado que estiver o android), o que permite também baixar o próprio preço do tablet, porque o lucro vem dos serviços que este disponibiliza.

    • mário says:

      Ou seja fazem e muito bem o inverso da apple, que também controla, e recebe comissão das vendasde software, mas apesar disso cobram preços demasiados altos pelos equipamentos, se custassem menos 150/180 euros, acho que estariam na margem ideal de preços para dominar o mercado a 100% assim preferem ganhar tudo.

      • Bruno Gomes says:

        É a lei da oferta e da procura. Se mesmo com os “ditos preços altos” eles vendem bem, porque vão baixar?

        Não te enganes, eu acho o iPad caro, mas não acho a Apple errada por o ter caro.

        “Fazes porque podes e não porque queres”

  5. Guilherme de Sousa says:

    Só acho que deveria ter uma camera frontal e um micro de resto 5*.
    Acertaram sem duvida nenhuma no preço. Assim parece-me uma excelente compra.

    O problema é que os 200 dollars, nunca vao ser 150 euros.. estou mesmo a ver que vai chegar cá por ~230 euros ou algo parecido.
    Mesmo a versão mais barata do kindle que é 79 dollars(~60 euros), no amazon uk fica a 89 pounds o que é ~102 euros, lá estamos nos a ser roubados outra vez. É uma pena porque um kindle por 60 euros é uma ferramenta brutal.. se tivesse hoje a entrar para a faculdade, era das primeiras coisas que comprava sem duvida.

    cumps!

    • aver says:

      Os dollars nunca incluem impostos. Aos preços em dollars podes, depois de converter somar 25% e mais uns “pós.

      Ou seja, os € 150 do título do post são em PVP uns € 200. Um preço muito bom.

      • Guilherme de Sousa says:

        Tens razao @aver, esqueci-me dos taxes!
        Mas os taxes lá são tipo 7% não mais que isso.

        cumps

      • Guilherme de Sousa says:

        Só para ficarem aqui as contas:

        Kindle:
        passando o valor para euros são 60
        60*1.23 (imposto de 23%) = €73.8

        Kindle fire:
        150*1.23 = €184.5

        O kindle comprando pela amazon uk fica a 89 pounds ou seja ~€102. Mesmo contando com os impostos dos states é uma diferença de para aí 30% no valor.. eu não acho pouco!

        cumps

        • Goncalou says:

          Pois…
          lamento informar mas fazendo uma tentativa de comprar o Kindle mais barato levas logo com a informação que é só para moradas dos states pois tem publicidade, és redireccionado para outra página onde fica
          Items: EUR 83,09
          Shipping & Handling: EUR 16,00
          Total Before Tax: EUR 121,88
          Estimated Tax To Be Collected: EUR 0,00
          Import Fees Deposit EUR 22,79
          Order Total: EUR 121,88
          🙂

          • Guilherme de Sousa says:

            Eu nao disse que podias mandar vir dos states.. só disse que comprar cá (através do uk) sai mais caro do que quem viva nos EUA!

            cumps!

          • Ecchin says:

            Não podes comprar no UK. O Kindle international é vendido apenas nos Estados Unidos. Pagas um balúrdio de portes/taxas. O preço do meu Kindle 3 ficou a mais ou menos 190$

          • Guilherme de Sousa says:

            @Ecchin

            Nem tinha reparado.. ainda mais me ajudas.. o roubo ainda é maior do que eu pensava :S

            cumps

  6. Terminator OS says:

    apesar de estar engraçado não tem muita coisa, 3g,webcam,etc. não sei… por cerca 117€ há um archos e faz muita coisa tanta como há de aplicações, kindle fire não e compatível com as aplicaçoes comerciais

  7. kekes says:

    Interessante. Ainda mais interessante vai ser ver o desenvolvimento que a comunidade vai ter sobre este aparelho, que espero que seja trabalhado 🙂

    A Amazon tem jogado bem, fico contente por alguem pensar nos compradores e o que eles realmente querem, barato e eficaz.

  8. igama says:

    Eu tenho um Kindle 3 geração desde janeiro( agora designado por Kindle Keyboard, Wi-Fi ) e não me arrependi da compra. cumpre o objectivo dele que é permitir ler e nisso bate qualquer tablet ( contraste, ecra etc )

    O novo kindle fire vai “entrar” no combate contra o ipad no mercado das publicações como revistas e jornais, pois espera-se um conteúdo mais dinâmico. Vamos ver como se porta, já que tem uma grande máquina de marketing por trás.

  9. Alucard says:

    Finalmente um tablet adequado à minha carteira. Sim, senhora Amazon, estou interessado.

  10. darth says:

    muito bom. muito interessante. so falta uma versao um pouco maior, tipo 10″, com uma resolução mais importante

  11. Bruno says:

    Realmente este produto não tem nada a ver com aquilo que existe actualmente no mercado, nem chega a ser justo fazer comparações com Ipad’s ou outros Android’s. Não é claro o acesso ao Android Market, não parece ler Divx ou outros codec’s frequentes como o matrokca, não existe cartão SD e a memoria é pequena. O que parece barato vai sair caro porque tudo vai girar em torno das aplicações cloud da Amazon. Por mais 200€ (é o dobro, é verdade) existe um mundo de liberdade e de muito mais sofisticação. Para quem não pode desenbolçar 400€ por um tablet, dar 200€ (vai ser mais como é obvio)por um equipamento que terá de ser alimentado com conteudos, não parece ser um bom negocio.

    • darth says:

      bem visto… espero que a amazon lance no futuro modelos mais “libertos”.

    • Terminator OS says:

      era mesmo ai que eu cria chegar!!! alguém que me compreenda!!
      e tendo em conta que pelo o que li se não estou em erro é preciso estar sempre ou quase sempre ligado a rede pois a memoria apenas vai fazer de cache!!!

      quanto a vocês não sei mas eu não tenho possibilidade de estar sempre ligado a rede logo é inútil(na minha opinião).

      não estando a fazer pub vejam os archos, ja existiam antes de se falar em tablets eram multimedia portables davam para ver filmes e varios formatos, musicas,etc.agora como tud na vida evoluriam tanto que o seu preço é entre 120€ a 350€ com capacidades a seria e “liberdade”

  12. Mario Mendes says:

    Continou a achar que este tipo de equipamento devia ter o tamanho de uma folha A4.

    • darth says:

      sou da mesma opinião. espero que o ipad3, que quase de certeza vai ter uma resolução aumentada, leve a apple a aumentar o tamanho. paraler revistas e bd’s e para jogar/surfar confortavelmente, seria ideal

    • Ecchin says:

      Experimenta segurar um ipad durante uma hora a ler. Depois vem dizer que queres segurar numa “folha A4” assim pesada durante tanto tempo 😛

  13. BTN says:

    Para aqueles com “complexos de liberdade” a comunidade assim que meter as mãos no Fire, não dou muitas semanas até ter uma versão do Cyanogen a rolar no equipamento e assim extender as capacidades deste novo equipamento!

    BTN

  14. Deus says:

    Parece-me ser um pouco pequeno

  15. Pedro Martins says:

    Uma dúvida: este kindle fire tem coluna?

  16. Realmente é um pouco pequeno, mas por 199$ satisfaz as necessidades…

  17. Por 150euros não se pode pedir muita coisa mas mesmo assim… acho-o um pouco limitado…

  18. Ricardo Praça says:

    O Kindle Fire não será comercializado na Europa, no entanto há sempre formas de arranjar um.
    Há alguém daqui que tenha? Tem acesso na mesma ao Market?

    • Ricardo Praça says:

      É que tenho um contacto lá que me pode enviar um mas sem ter certeza que ele vai funcionar não vou arriscar. Se bem que há sempre a opção CyanogenMod.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.