PplWare Mobile

KeySweeper – O “espião” dos teclados Wireless da Microsoft


Autor: Pedro Pinto


  1. Zero Zero Sete says:

    Inevitável… qualidade fraca, dá nisto… aparelhos RF não são seguros… microsoft ou de outras marcas que ainda os usam hoje em dia!

    Os teclados Apple funcionam todos numa ligação encriptada Bluetooth.

    Fica muito mais caro face a um chip RF? Fica!

    Os clientes normais percebem as vantagens? A maior parte, não!

    Depois digam que só pagam a marca…

    • Afonso says:

      o que é que fica mais caro? o Bluetooth? devias-te informar melhor, isso são componetes baratissimos, nem imagino o preço a retalho, mas calculo que 10 centimos devem chegar e sobrar para quem os compra ou fabrica aos milhares.

      • Zero Zero Sete says:

        São baratíssimos, são…

        Tens de pagar mais nos componentes, tens de pagar mais aos engenheiros, e tens de pagar uma licença…

        Calculas mal os 10 cêntimos, especialmente há uns anos atrás…

      • miguel says:

        o pessoal ja estava farto do nelson,agora parece que voltou de novo mas com um nome diferente.

        ja nem vale a pena comentar este tipo de coisas

        • Joselito says:

          Não compreendo o motivo que leva alguns proprietários de produtos Apple agirem desta forma. Necessitam alguma forma reconhecimento ou procuram uma falsa afirmação social, mas não se apercebem das figuras ridículas que fazem ao defender a “melhor marca do mundo”.
          Tiro o meu chapéu à Apple: Para além de sugar exorbitâncias de dinheiro dos seus clientes ainda tiram partido do fanatismo exacerbado para promover ainda mais os seus produtos sem necessidade de investir um tusto!!!

    • infectedm says:

      E depois informa-te melhor porque o teclado da Apple já foi hackeado por russos faz uns anos… Até o modelo com fios!

      Gostava de o ver a hackear alguns modelos da Logitech….

      • Zero Zero Sete says:

        Não desta maneira, não é com uma simples antena, que vais hackar o teclado da Apple.

        Hackar os modelos da logitech? Simples, trocar a pen que vem com eles, está feito… o utilizador nem nota… ou utilizar este método, ainda mais fácil…

        • Mi says:

          Lol já te espetas te todos os dispositivos com leitor usb incluindo o MacBook Pro são vulneráveis a este tipo de ataques vê se logo que não percebes nada do assunto só mandas postas de pescada para o ar!

          • Zero Zero Sete says:

            Mas que não percebes nada?

            Vais dizer que há algo, sem fios, PARA LIGAR UM TECLADO, mais seguro que Bluetooth 2.1?

            Ninguém disse que é impossível, mas é muito mais seguro que estas soluções baratas… que se vê a qualidade delas…

            Ninguém falou do Mac. Falou de teclados baratos, como estes, e de teclados bons, mas que são mais caros, COMO OS TECLADOS DA APPLE.

    • rjSampaio says:

      O bluetooth é das tecnologias mais inseguras que existe.
      Por outro lado, qualquer outro sistema de RF feito a medida é tão seguro quanto o fabricante se der ao trabalho, nao tem nada a haver com o preço.

    • Nuno Vieira says:

      Para tua informação, a Apple não foi a primeira a ter um rato bluetooth. O primeiro conjunto de teclado e rato bluetooth foi comercializado em 2002, a Apple lançou o seu primeiro produto bluetooth 3 anos mais tarde.

      Agora que digas que quem comprar um teclado e/ou rato sem fios RF baratos, têm aquilo que pagam é outra coisa.

  2. Joaquim says:

    “ligação encriptada Bluetooth”

    E isso é mais seguro, nos dias de hoje? Ainda acreditas no Pai Natal?

    • Pedro Pinto says:

      a questão aqui é que um equipamento deste tipo é baratinho (refiro-me ao teclado)…não pode tecnologia de topo…senão o preço sobre bem.

    • Zero Zero Sete says:

      Nada é perfeito, mas pelo menos o bluetooth é o mais seguro que há para o consumidor.

      Não só a ligação é encriptada, como a frequência é pseudo-aleatória (DSS).

      Como o computador só funciona com aquele teclado emparelhado (a menos que entres a password e configures um novo) e o teclado só funciona com aquele computador, é muito mais difícil escutar o utilizador…

      Num teclado RF? É só fazer isto! Ou simplesmente trocar a pen original por uma com “escutas”, ninguém dá fé sequer…

  3. Ricardo Pontes says:

    “…kamkar descobriu que este é um equipamento Wifi e que funciona nos 2.4GHZ”

    Não é Wifi !! Funciona no 2.4GHz sim, mas é um protocolo proprietário, não é Wifi !

  4. Máquegáiver says:

    O magiver com uma pastilha e um pedaço de arame fazia o mesmo se fosse necessario

  5. sakura says:

    microsoft mala…. tau, tau no rabinho.

  6. António Paulo says:

    No meu caso que tenho um teclado desses ,como resolver, há alguma maneira de saber se estou sob ataque e o FCC ID não é exclusivo ou pertence a um série ?

  7. censo says:

    Mas afinal quem é que foi atacado por este método e que danos foram causados?

  8. tone says:

    Claro que sim.
    Basta comprar um teclado com fios e ficam resolvidas 95% das possibilidades de ataque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.