PplWare Mobile

Investigadores avisam: A “Cloud” pode ser atacada!


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Marco Faria says:

    Boas,

    “Há estudos que comprovam que medindo o tempo entre teclas pressionadas podem descobrir o que está a ser digitado no teclado”

    E quem disse que os métodos rudimentares já não servem para nada… xD

    Na minha opinião, seja qual for o avanço tecnológico que se der, haverá sempre um “Litle Einstein” que dá a volta por cima….

    Cumprimentos

  2. Vítor M. says:

    O que eu acho fascinante é a capacidade de aproveitar o ínfimo pormenor para desenvolver um padrão. Depois tudo é possível… está provado, tudo é possível neste mundo.

  3. NT says:

    Boas,

    Como costumo dizer, o computador 100% é aquele que nada tem instalado e está desligado, aí sim ninguém “entra”.
    De qualquer forma acho que o “elo mais fraco” da segurança/privacidade informática está no utilizador, que se limita a carregar no seguinte e nem sequer lê o que aparece no monitor e ainda tem os casos mais “graves” do pessoal que disponibiliza da sua vida inteira online e esquece que toda essa informação está acessível a TODOS, bons e maus…
    Dou dois exemplos o primeiro é de quem tem uma conta google (gmail, google docs, etc.) acordou que a google pode ver/usar a informação que está alojada nos seus servidores, isto é, pode ler os vossos mails sem pedir qualquer tipo de “permissão”, fazer o vosso “perfil” pelas buscas executadas, etc. O outro exemplo é de sites como o hi5, facebook e afins em que o pessoal por vezes mete lá conteúdo sobre a sua vida sem sequer pensar.
    Para mais info…
    https://video.google.com/videoplay?docid=3079242748023143842&ei=FejBSoqDFdHF-Ab91NXhBg&q=privacy+is+dead+get+over+it

  4. kekes says:

    Uma correcçao é Windows Azure e nao Azur, penso eu de quê.

  5. B80 says:

    E qual é a novidade. Claro que o cloud computing é vulnerável a ataques (já para não falar das questões de privacidade). Nenhum sistema é 100% seguro. E do meu ponto de vista este sistema apresenta enormes vulnerabilidades.

    Imaginem uma repartição publica em portugal, a correr num sistema cloud, os sistema é atacado e já ninguem mais trabalha enquanto o sistema não estiver a trabalhar. Mesmo com o sistema a trabalhar a 100% ninguerm faz nada. 😛

  6. Manuel José says:

    Sou a favor do cloud computing apenas para tarefas simples, como o caso dos emails. Agora ter aplicações tipo office, jogos e outras acessíveis a partir de um servidor, sou contra. Se a ligação à net falhar, ou se o servidor começar a dar problemas? Já ninguém consegue aceder ao office nem jogar. Para além disso, na minha opinião, fica mais fácil atacar computadores que estejam a utilizar aplicações que estejam alojadas no servidor em vez de estarem no próprio pc.

  7. trampa says:

    Cloud Computing = Coisa mais segura no universo.
    Side Channel Atack lol, para spammar um servidor e capaz. mas dai a roubarme os dados… esquece…impossivel.

    “Há técnicas avançadas que se baseiam em análises estatísticas às teclas pressionadas e o tráfego resultante dessa acção. Há estudos que comprovam que medindo o tempo entre teclas pressionadas podem descobrir o que está a ser digitado no teclado. Estando assim aberta a discussão à volta da segurança desta nova tecnologia.”

    hum???
    ????
    quando envias uma string para a cloud ele ja vai completa os buffers dos sockets nao lêm em real time. juro q nao percebo o nexo deste ultimo paragrafo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.