Quantcast
PplWare Mobile

Internet 2010 em Números

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. josé romão says:

    # 107 Mil Milhões – O número de emails enviados na Internet em 2010.
    # 294 Mil Milhões – Média de emails enviados por dia.

    ou não percebi ou o numero de emails enviados por dia é superior ao enviados da internet :S ou 90% dos mais sao enviados dos telemoveis?

  2. Diogo says:

    E isto de copiar um artigo inteiro de uma outra página sem se dignarem a colocar a fonte revela um grande sentido de ética não haja dúvida.

    • Vítor M. says:

      Estás a dormir que tem lá de onde saíram os números. Enfim, coisas de quem não tem olhos na cara.

      • Fábio Rocha says:

        Ó Vitinho tem lá calma, o rapaz só quis atenção é normal… Passou mal a noite ahah.

        O que mais me fascina neste artigo é apenas isto:

        89.1% – Percentagem de emails enviados que eram spam.
        No comments at all!

        Bom artigo, é sempre bom ter alguma noção do incrível monstro em que se tornou a Internet, e é também bom para mostrar aos clientes e dar-lhes a entender a dimensão do bicho.

      • GhostlandPT says:

        Deixa lá….
        Ele é dakeles ke salta logo pró fim dos artigos a pensar que as fontes são apenas metidas naquela zona…

        Provavelmente foi logo para o fim e nem leu o artigo…

        Dados impressionantes o.o

  3. Wesley says:

    Excelente artigo, Parabéns! só não gostei muito das unidades: Mil Milhões, Milhões de Bilhões… nada que tire o brilho do artigo.

    Ainda que já tenhamos nos acostumados à usar a internet no dia a dia é impossível não se impressionar com esses números. Estamos cada vez mais conectados independente do ambiente em que estejamos, celulares, notebook, netbooks, ipods, iphone… tudo tem que estar devidamente “conectado”.

  4. Ryan says:

    Epa ha assim tanta gente que use safari. La no trabalho sei que a maioria usa Firefox e Internet Explorer mas de uma forma geral o Opera vem a seguir… Safari nem eu no Mac uso… e mesmo havendo uma versao para Windows nao acredito que esses numeros sejam reais. E a mesma coisa que os numeros de utilizacao do Windows Phone7.. Ha por ai milhoes mas a serio mesmo sem ser os stands de vendas nao vejo por ai ninguem com algum windows phone 7… o mesmo se aplica ao Safari..

    • Vítor M. says:

      Pois nem eu uso no Mac Safari… mas repara, o mercado Apple é vasto e muita gente e tu deves conhecer alguns, não abdicam do Safari no Mac OS. Logo… fica o benefício da duvida.

      • FF says:

        Estou neste momento a trabalhar nos USA e aqui, raro é o utilizador Mac que não usa o Safari ou que, pelo menos, não o tenha como segundo browser… Portanto, nem fiquei muito admirado com esses números.

        Quanto ao artigo, tem a qualidade que o PPLWARE nos tem habituado! 😉

    • a Friend® says:

      Pois mas se Portugal, face ao mundo, nem conseguia entrar num Censo, quanto mais o teu trabalho.. lol

      Há tanta, mas tanta gente que compra Macs e usa o Safari porque é o browser que lá vem, tal como o IE vem no Windows.

      Para essas pessoas, se o IE serve, quanto mais o Safari, que é um browser bom e completo…

      Portugal está mesmo a leste do que se passa lá fora. Cá é normal veres mais Nokias que iPhones, vais a França ou Inglaterra vês nas ruas aos pontapés, totalmente banal.

  5. José Fonseca says:

    Artigo muito interessante.
    De facto é estrondosa a utilização da net nos dias que correm!

  6. Marco Magalhães says:

    2 mil milhões – Número de vídeos visto por dia no YouTube.

    Isto é mesmo assim? Por dia? Ok, tenho noção que sejam bastantes vídeos vistos por dia, mas… 2 mil milhões, por dia? Xiça!

    De facto, estes números todos chegam até a assustar!

  7. João says:

    A Internet é mesmo gigante…

  8. D. Leal says:

    O conceito de aldeia global (Mcluhan)… As sociedades se modificam de acordo com a comunicação existente. De facto, hoje vivemos numa hera digital e cada vez está a aumentar a impessoalidade o que não é bom… Espero que surja algo de novo que nos volte a tornar de novo humanos.

  9. kendimen says:

    Muito interessante 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.