PplWare Mobile

Google Earth Pro passou a ser gratuito para todos os utilizadores


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

45 Respostas

  1. Não Não says:

    Alguém há-de estar a se preparar para lançar uma alternativa de peso…

    A Google foi boa enquanto durou… Agora fazem cada vez menos de especial e exclusivo, aliás, estão a voltar-se para mercados “testados” como o acesso à internet e telemóvel… Assim podem fazer dinheiro de forma mais certa, mais previsível, e até podem e devem fazer uma diferença siginificativa lá nos states…

    Microsoft, Dropbox e outras prometem luta…

  2. Joaquim says:

    Mapear? Mas agora somos brasileiros? Em português europeu diz-se CARTOGRAFAR….

  3. JEFE says:

    E para windows 8, como fazer ?

  4. Modem says:

    Para quem oferece a licença estão a pedir muitos dados não???
    Costuma-se dizer,quando a esmola é muita o pobre desconfia…

  5. NEVERTRUSTGOOGLE says:

    Até que estava a ser uma oferta interessante, mas deixou de ser a partir do momento em que li que o download é feito mediante registo com dados pessoais. Típico da Scroogle dar ofertas de mão beijada em troco de mais uma parcela da nossa privacidade, ao querer associar cada instalação a um utilizador concreto.

    Não obrigado.

    Eu cá já boicotei a Google pelas suas práticas condenáveis e não concebo que alguém continue a confiar em serviços de uma empresa como essa, seja de que perspectiva for. Alguns exemplos dessas práticas incluem a forma como tenta monopolizar e escravizar o negócio de advertising online, a exploração contínua de projectos open-source para proveito próprio (proibição das Google Apps em versões alternativas do Android para OEM’s, fork do Chromium para Blink, uso do kernel Linux para Android e Chromebook enquanto os utilizadores de Linux são deixados a ver navios e aguardam uma versão do Google Drive para o desktop até hoje) e ainda a forma como tenta promover concorrência desleal: enquanto a Microsoft desenvolve os seus serviços para as plataformas concorrentes, a Google prefere optar por barrar o acesso aos seus serviços (lembram-se do Youtube para Windows Phone?), esquecendo-se que a esmagadora maioria dos utilizadores acedem a serviços Google a partir de dispositivos com Windows. Imaginem que a Microsoft barrava o acesso à Google nos 90% de desktops? Uiiii, mas era o que mereciam em troca.

    A combinação de Bing e DDG dão para 80-90% das pesquisas, utilizo Firefox desde o lendário 3.6 e nunca sofri dessa “lentidão” que muita gente fala (e aguardo ansiosamente a chegada do Spartan para arrasar de vez com os fanáticos que só vêem Chrome à frente porque carrega as páginas uns milissegundos mais rápido), mapas do Bing e Nokia não deixam nada a desejar e na secção de produtividade tudo o que a Google tem para oferecer não chega sequer aos calcanhares do Office 365. Ah, e Android, jurei para nunca mais, nem que me fosse oferecido com ouro e diamantes, muito menos uma versão da Google. Resumindo e concluindo, ainda só estou preso ao Youtube, ao qual só acedo com Adblock + Ghostery em sessão privada. Portanto de mim não levam sequer mais um centavo, isto é, nem mais um pedaço de informação sobre mim para usarem a seu bel prazer.

    • ervilhoid says:

      O mal é que visitando um site com publicidade alojada pela google já ficam a saber mais qualquer coisa

    • LP says:

      Deve ter saído alguma noticia de que a Google se converteu numa instituição de caridade/solidariedade e eu não vi…
      Será que o pessoal também trabalha na Google em regime de voluntariado?
      É uma empresa, igual ás outras, ainda que a tentem “diabolizar”, fogem para a concorrência, para fugir do “lobo mau”, correm para boca do (outro) lobo…
      Mas opiniões onde se lê “[o que seja] nem que me fosse oferecido com ouro e diamantes”, não escondem o que são/de onde vêm.

  6. mbastos says:

    Olá,

    Isto é só um free trial.

    A aplicação está a venda, E melhor verificarem melhor a noticia.

    https://www.google.com/work/mapsearth/products/earthpro.html#utm_campaign=en&utm_medium=et&utm_source=earth-en-home

  7. Pedro N says:

    Não me consigo registar, devido a dificuldades técnicas. Acontece com mais alguém?

  8. Pedro N says:

    Uncompleted License Key request

    Error! Your sign up can not be completed due to We’re sorry. We are experiencing technical difficulties. Please try again later.. You can try re-registering the product with an alternative email address. For other issues with Log In, please refer to our Login Help page Happy travels, Google Earth Team

  9. Pedro N says:

    Não me consigo registar, devido a dificuldades técnicas. Acontece com mais alguém?

    Uncompleted License Key request

    Error! Your sign up can not be completed due to We’re sorry. We are experiencing technical difficulties. Please try again later.. You can try re-registering the product with an alternative email address. For other issues with Log In, please refer to our Login Help page Happy travels, Google Earth Team

  10. Francisco says:

    As teorias da conspiração não podiam faltar. Mas, é muito simples: quem não quiser, não instala nem regista!

  11. Alves says:

    Após receção da key no e-mail, e registo, a licença oferecida é por 4 anos.

  12. Pedro N says:

    O PPLWARE deveria criar um sistema para ocultarmos alguns comentários de utilizadores que, sistematicamente, não acrescentam valor com os seus comentários e que se dedicam APENAS a ENTUPIR a lista de comentários com desabafos frustrados.

    Se não gostam de um artigo, aplicação, etc., fechem imediatamente a janela do browser e já não se aborrecem mais com o assunto e também não aborrecem os outros que querem saber mais sobre o assunto.

    Tenho aprendido muito com o PPLWARE e com os comentário inteligentes que algumas pessoas colocam, mas podia ter aprendido muito mais se não fossem os comentários “vazios de conteúdo” de muitos utilizadores e que apenas servem para me tirar a paciência de ler os comentários construtivos.

  13. Nuno Moreira says:

    Sign up is no longer required for Google Earth Pro. Click here to download Earth Pro, then sign in using your email address and the License Key GEPFREE

  14. Sérgio says:

    Boas,
    Eu registei-me e consegui obter a licença para o PRO, só q esqueci de apontar a dita num post-it antes de formatar o pc 🙂
    Alguém me sabe dizer como faço para a recuperar ( se for possivel,claro )

    Abraço

  15. Xkalibur says:

    Boas!

    Mais alguém está com dificuldades em fazer o registo do pro.

    A página do link indicado para o registo não funciona!

    Alguma sugestão?

    Abr!

  16. Xosé Luís says:

    Olá!
    Baixe a versão Pro desta ligaçom: http://www.google.com/intl/pt-PT/earth/download/gep/agree.html
    Depois de o ter instalado, escreva o endereço eletrónico e a chave GEPFREE.
    Abur!

  17. jose donisete dinis silva says:

    esta muito bom sera que vou consequi trabalhar neste programa

  18. jose donisete dinis silva says:

    to tentando esta e nao cosigo porque nao ta serto no celular ta serto

  19. jose donisete dinis silva says:

    to tentando estalar earth

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.