PplWare Mobile

Google cria lentes de contacto para controlar a Diabetes


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. orpretsaM says:

    Com isto tudo que tem vindo a publico sobre a NSA (fora o que ainda não sabemos), poderá ser esta uma maneira de poderem ver o que nós vemos? Eu sinceramente não sei os limites da tecnologia de hoje…

    • David Guerreiro says:

      A NSA quer lá saber se estás a olhar para as pernas da vizinha… Sinceramente. Além disso, isso não filma, é apenas um sensor de glicemia na lente.
      Agora o que a NSA pode vir a saber é que abusaste dos doces no Natal e ficaste com 110 de glicémia. Que medo…

      • Luis Ribeiro says:

        David Guerreiro, 110 é um valor perfeitamente normal, o ideal entre os diabéticos. Se tivesse abusado dos doces de Natal e sem a dosagem correcta de insulina provavelmente teria uns 300/400 se não mais.
        Procurem informar-se antes de escreverem o que quer que seja.
        E sim, a ser verdade seria uma dos maiores avanços na luta contra este flagelo que afecta cada vez mais pessoas.

        • Pedro Oliveira says:

          Eu acho que o David Guerreiro tentou apenas ironizar…

          Quanto aos restantes… Esqueçam lá a NSA…

        • Luís says:

          Quando queremos criticar, fazemo-lo com a certeza de saber e sempre com o intuito de ensinar. Como diria o meu professor de física, 300/400 quê? Batatas? A quantidade de glicose no sangue é medido em milimoles por litro (mmol / l) ou miligramas por decilitro (mg / dl). Já agora, não acha um pouco elevado os valores que refere? Os valores normais estão por um quarto desses valores e os anormais em excesso por metade.

      • orpretsaM says:

        Eu acho que estas lentes são um avanço muito bom na regularização dos diabetes, (Valores do diabetes), pois é menos invasivo, mas como a NSA e a Microsoft já tiveram envolvidas em alguns casos polémicos, que hei-de eu pensar sobre eles? Se calhar as pernas da vizinha não são muito interessantes para eles mas há de certeza várias coisas que serão relevantes para eles. É a minha opinião.

  2. António says:

    Isto sim é inovação.

  3. Pois says:

    Lembro me a Microsoft ter investido numa tecnologia destas faz já alguns anos. A ver vamos desta vez.

  4. Fábio Gomes says:

    Uma grande noticia, para mim e para uns quantos com a mesma doença, aguardo mais informações…

  5. Sérgio says:

    Era bom finalmente acabar com as 4 picadas diarias no dedo..

    • Cris says:

      Lentes de contacto secam os olhos, não sei como é que isto será viável.

      • golias17 says:

        Muita gente usa lentes de contacto isso varia muito de pessoas para pessoa, mas tens maneiras de resolver esses problemas se tiveres cuidados, acho que é uma grande vantagem!

      • DeeSeven says:

        Cris, em questão a secar os olhos é verdade, embora dependa de pessoa para pessoa. Eu uso lentes e só se abusar do tempo com elas começo a ficar com os olhos secos e olha que estou muitas horas em frente ao pc.
        De qualquer forma existe a lágrima artificial, que são umas gotas para por nos olhos para ajudar a lubrificar o olho. Acredito profundamente que qualquer pessoa que sofra dessa maldita doença prefira por gotas nos olhos do que picar o dedo várias vezes ao dia.

  6. SewOnaSal says:

    Será só para controlar os diabetes?..

  7. paiota says:

    eu acho que esta inovação está bem vinda, precisamos destes desafios com vista a tornar mais fácil no controle da vida de cada um, espero que com essas lentes consigam resolver muitos problemas aglomerados no seio da população… investem mais….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.