Quantcast
PplWare Mobile

GameStop: o Robin dos Bosques chegou a Wall Street?

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Rrrr says:

    Que esses hedge funds todos se afundem!

    • PML says:

      Esses são maus, mas os short sellers são dos piores entre eles. Não deixa de ser interessante que neste caso uma pessoa que tenha investido $1000 possa não só perder esse valor, mas ainda ter de pagar 10x esse valor. Este tipo de produtos, se usados de forma errada, podem arruinar um investidor.

      • Ze Nandooo says:

        Isso é verdade, e bem que podiam desaparecer.
        O problema é o efeito dominó, porque que esses fundos terão de vender outras ações (de empresas bem cotadas) para cobrir o prejuízo e com isso desvalorizam também essas empresas.
        Numa situação isolada, o mercado deve aguentar, se acontecer muitas vezes…

  2. Nuno T. says:

    Não haja dúvidas que os mercados bolsistas estão cheios de trapaceiros e manipuladores de mercado, e faz sentir muita gente satisfeita por alguém passar a perna aos manipuladores.
    Mas as implicações do que aconteceu aqui são muito sérias, já se começa a ver uma repetição desta ação concertada noutro tipo de mercados financeiros. Quando dezenas de milhares de pequenos investidores se comportam como um rebanho, podendo ser influenciados por meros rumores e ideias criados por certos “agentes”, isso pode se tornar muito poderoso e perigoso.

  3. Joao Ptt says:

    A perda de dinheiro e ter de pagar ainda mais está relacionado com o quererem recuperar as ditas acções, correcto? Para voltar aos proprietários originais das mesmas.

    Do ponto de vista do idiota que quer investir numa empresa praticamente em falência, que vai fechar lojas a torto e a direito, mas que não se importa de perder tudo o que gastou nas ditas acções… não é problema… por exemplo tem 30 mil euros, deita para o “lixo” 1000 euros ainda lhe sobra o resto para o dia a dia… só pensar que em vez de ter comprado um qualquer smartphone que caiu logo a seguir para baixo de um pneu de um camião, comprou aquela acção sem valor… desde que não lhe faça diferença economicamente falando é indiferente…. estou certo?

    Realmente é surpreendente que não tendo feito nada de ilegal, as pessoas, estejam a ser criticadas pela sua acção concertada com o principal objectivo de tramar quem vivia de fazer isso uma carreira… e claro as aplicações de investimento tenham bloqueado ou restrito ou escondido as opções de investimento.

    Dito isto não apostaria numa empresa desse género, a menos que tivesse outros planos para ela que só dessem para atingir dessa forma, tipo tomar controlo da empresa para reconverter as lojas para outro fim ou assim.

    • Nuno T. says:

      Acções concertadas podem ser ilegais, já que é outra forma de manipulação de mercado, que é duma forma geral ilegal. O problema é que estamos a falar de milhares de pessoas individuais que usam plataformas relativamente recentes para compra de acções, havendo provavelmente um vazio legal para determinar quem é que é responsável… Há neste momento investigações a decorrer, e muito provavelmente irão ocorrer mudanças legislativas para regular estas plataformas de compras para impedir abusos.

      • Toni da Adega says:

        Se fizerem mudanças legislativas será só e somente para limitar ou mesmo bloquear pessoas individuais ou pequenos investidores. Nao será decerto para regular os grandes investidores/hedge funds/short sellers.

        • Nuno T. says:

          Mudanças legislativas irão sem dúvida aparecer primeiro para estas plataformas, até porque no fim a conversa vai ser sobre a volatilidade e irracionalidade causada no mercado por pessoas que quiseram manipular o preço das acções para além dos limites do compreensível.
          Não vão ser o “short sellers” que vão ficar com as culpas neste caso, isso é certo!

          • Toni da Adega says:

            Actualmente bloquearam a compra de acções de algumas empresas. Só vai ser possível vender até baixem para um determinado valor.
            Mas como esses valores são definidos pelos investidores/hedge funds aí já não há problema ou pode ser considerado manipulação de mercado

          • Nuno T. says:

            esse assunto é muito complexo! Noutras circunstâncias as acções daquela empresa teriam simplesmente sido suspensas de serem transaccionadas… é o que acontece quando o regulador tem fortes razões para acreditar que existe manipulação!!!

            Não há nenhuma imposição sobre a venda das acções, nem sobre o valor!
            O valor é definido pela “lei” da oferta e da procura! Neste momento quem tem as acções é que está a definir o preço porque não vende a preços mais baixos.
            Mas quando a maioria das pessoas começar a querer recuperar o dinheiro gasto nesta aventura, o preço vai cair a pique porque simplesmente não há nenhuma lógica para pagar aquele preço. Muitos destes “pequenos” investidores vão perder dinheiro, e a culpa não será dos hedge funds.

          • Toni da Adega says:

            É verdade que não existe nenhuma obrigação de venda.
            Mas existe uma proibição de compra. Isso reduz a “procura” o que vai fazer baixar o preço.
            Não existe imposição de preço, mas a procura só poderá aumentar depois do preço baixar até ao valor que eles querem. Até lá compras estão bloqueadas

          • Nuno T. says:

            a redução da procura sem dúvida tem um impacto, mas os preços desceram relativamente pouco continuando muito acima dos valores originais e do real valor da empresa, o que significa que o preço continua a ser ditado pela pressão dos titulares em não vender.

      • Jorge Carvalho says:

        Recentes ?
        Há anos que existem.

        Abc

        • Nuno T. says:

          disse “relativamente recentes”! Mesmo existindo há 5-10 anos são relativamente recentes do ponto de vista de ser sujeito a regulamentação governamental específica… têm passado debaixo do radar, sendo encaixados noutras regulamentações já existentes. Isso quase de certeza que vai mudar agora!

      • Daniel says:

        São tão concertadas como um grupo de meia duzia de milionários excêntricos se reunirem num restaurante de luxo, regado com vinho a 10mil euros a garrafa, caviar ao kilo e como sobremesa duas ou três prostitutas de luxo para cada um, equanto decidem que empresas deitar a baixo com “hedge founds”!
        A parte realmente irónica é o estrebuchar dos “big shots” de Wall Street a a chorarem-se que os “outros” não podem usar os mesmo tipo de truques para ganhar dinheiro à custa deles!

  4. Aguem says:

    As accoes so precisam de ser concertadas quando o capital financeiro nao e suficiente. Os fundos de investimento geralmente conseguem isso praticamente sozinhos ou mesmo numa abordagem com outros fundos do tipo “para bom entendedor”. Os alvos costumam ser os investidores individuais que julgam saber o que estao a fazer, desta vez foi diferente. E por isso que sou contra a possibilidade de alguem vender algo que nao tem – e isto o short selling.

  5. Redhawk says:

    porque é que eu só comprei 100 ações a 8$…
    Deveria ter comprado umas 1000. OBRIGADO WSB!

  6. Miller says:

    Vejo muitos putos a pensar que vão “ocupar” wall street mas nem notam que os seus camaradas já começaram todos a fazer panic sell. O preço da GME nunca mais passa os 400 USD, e quem não vendeu fica agora com ações de uma empresa falida (e sem perspetiva de futuro).

  7. jorge says:

    Os hedges podem manipular os mercados a expecular na baixa, e os outros nao podem fazer o inverso, metam regras, os hedges deveriam era todos falirem, nao se perdia grande coisa.

  8. Ricardo Gomes says:

    Pelo que vi em alguns fóruns, na gamestop isto resultou muito bem mas os últimos vão acabar por ser prejudicados, como é lógico. É estilo esquemas de pirâmide.
    Vi também que nos planos dos próximos dias desta semana, estão 2 novas acções…
    TUBACEX.ES e Norwegian air shuttle
    Será que vão resultar igual?…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.