Quantcast
PplWare Mobile

Fim do Windows XP! Alguém se lembrou das caixas multibanco?

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. António Sousa says:

    Não sei se sonhei, mas li que a Microsoft ia dar suporte de atualizações de segurança até 2015, mas posso estar equivocado!

    • Pedro Pinto says:

      Estás certo, tens isso no final do artigo.

      • Lopes says:

        A Microsoft deve andar a pensar muito ainda no XP por esse mundo fora ainda existe XP que a morrer pode ser uns pregos na Microsoft.
        Mudar de XP para outro sistema representa guito,muito,e quem mudar de sistema operativo pode representar um cliente perdido, e se forem muitos ?

        • ASC says:

          um “cliente perdido” depende de como ponhas as coisas, na saua maioria esses clientes compraram o XP + pacote de software necessário na altura e nunca mais compraram um OS nem, provavélmente, um office/outro software empresarial, e o suporte muitas vezes é dado por técnicos fora da microssoft…
          Portanto esses na realidade podem não estar a dar lucro, o medo será apenas que essas pessoas se habituem demasiado ao linux e dai tanto a nivel empresarial como pessoal passem a este sistema aberto…
          Ainda assim considerando que 99% dos computadores pessoais vêm com Windows instalado (não penses que não pagas os 50-100€ da licença, pois se comparares OEM’s com “build it yourself” vais ver uma bela diferença de preço para os mesmos specs) este medo não é demasiadamente grande.

          Já me mudei para o linux em todos oc compudadores co XP faz alguns meses pessoalmente, não é de longe tão dificil quanto muitos têm ideia… mas verdade que não há tantos drivers oficiais.

        • Arcanjo_Gabriel says:

          a mudança a mim custou 49 euros…

    • Asdrubal says:

      O que eu li foi suporte a nível empresarial para antimalware.

  2. Marco Brito says:

    Que remédio, se nao confiar tenho que fazer mais 20km sempre que quiser ir levantar dinheiro.

  3. Nuno says:

    uma boa oportunidade pra mudarem pra linux e pouparem milhoes em licencas do windows.

    • Bruno Coimbra says:

      Nada contra o linux mas…e quem é que vai gastar os milhões para mudar todo o sistema do SIBS para funcionar com linux, ou é por magia levar uma pen a cada ATM instalar linux e ta feito…?
      e quem vai dar formação a todos os empregados que fazem manutenção e programação das ATM’s com o respectivo custo disso…(mais uns milhões)
      e qual é a empresa que vai fazer a migração de cada terminal sem levar mais uns milhões pelo meio..?

      Bem isto já é muito milhão….

      • Paulo says:

        Mas entao a tua soluçao é deixar tudo como esta e ficar desprotegido??
        É que uma migraçao, seja ela para win 7 ou 8 deve ficar bem mais cara do que para linux, para alem de que talvez metade dos problemas de software desapareciam.

        • Bruno Coimbra says:

          Não paulo se por acaso não tivesses lido o meu comentário na diagonal,verias que eu estava a responder à afirmação ”poupar milhoes” …
          Olha não posso responder se ficaria mais barato migrar para 7 ou linux pq não sei que tipo de contrato tem o SIBS com a Microsoft mas de certeza que prevê estas situações (digo eu) por isso muito provavelmente ficará mais barato migrar para 7 pois o suporte continua o mesmo assim como os técnicos não precisam de grande re-formação…

          Mas vá lê isto na diagonal e chama-me velho do Restelo…enfim

          • António says:

            Fora o dinheiro gasto em manter uma equipa para corrigir os problemas que possam surgir com o linux. E possivelmente uma equipa pequena. Enquanto que com windows tens alguém que o faça por ti e com uma equipa gigante.

            Nao se esqueçam também que se metes linux és tu o responsável se der merda enquanto se a merda acontecer no windows so tens de processar a microsoft que deve ter seguros entre outras defesas para evitar esse problema.

            Nem sempre o de graça sai barato principal no âmbito das empresas. estas preferem fazer outsourcing das coisas em x de criar um departamento só para isso. Só vale a pena teres o teu próprio departamento se fores uma multinacional e mesmo assim estas preferem empresas especializadas porque estas sabem o que fazem além que fazem mais barato porque é o mundo delas e também o fazem mais rápido.

          • Paulo says:

            Como é que sabes que o suporte continua o mesmo ao mudar para o 7, sabes se o sw usado no xp é compatível com o 7? Provavelmente a formação dada tem de ser quase a mesma seja ela para o 7 ou para Linux.
            Mais, numa migração para o 7 o mais certo é ter de haver mudanças a nível de hardware, não tem custos isso? Junta tudo e depois vemos qual fica mais barato.
            Como foi dito no artigo há empresas do ramo a pensarem em soluções Linux, por isso não deve ser tao descabido assim pensar em Linux.
            Quanto ao ler o teu comentário na diagonal, não percebo porque, acho que falamos na mesma coisa ‘custos’.

        • XP says:

          Sim as ATM costumão ter imensos problemas de software….

        • Lugopt says:

          A migração de Windows XP para Windows 7 ou Windows 8 será SEMPRE BASTANTE mais barata do que para Linux, qualquer coisa como 10 ou 20 vezes mais barata, se não mesmo mais.

          Bastará utilizar-se uma ferramenta de construção de distribuição de imagens, já standard do Windows (sem custos adicionais). Uma imagem destas já com testes de algumas aplicações (parto do princípio que um terminal Multibanco um número reduzido de aplicações) demorará desde alguns dias a algumas semanas.
          Seguido da utilização de outra ferramenta de instalação remota de imagens, por exemplo, o System Center Configuration Manager, e ao ritmo de 200 ou 300 por dia, no espaço de 3 meses o processo está concluído.
          Por exemplo, um banco nacional actualiza os seus cerca de 5.000 postos de trabalho no espaço de uma semana.

          Da última vez que li uma migração deste género foi do município de Munique e já tinham decorrido cerca de 4 anos e tinham migrado 3.000 PCs. Creio que foi ao fim de 6 ou 7 anos que migraram o restante. Só em horas de trabalho o custo será, de longe, muito superior ao das licenças do Windows.

          • int3 says:

            OMG morri com o comentário do lugopt. LOL
            20x mais AHAHAH
            windows 7 preço neste momento para empresas ronda 250€
            Imaginamos que existem 13mil fazemos as contas: 13000*250=3 250 000. São 3 milhões de euros. por não falar que o software deles NÃO vai correr no windows 7. Mas isso do software não é problema visto que a rede ATM corre sobre Linux (ya desculpa).

            *
            250€ é o home primium.
            ~350€ é o profissional. Ficando com um custo 4,5 Milhões.

            Custos do Linux: 0.

            ah by the way. Existe algo chamado wine que funciona perfeitamente bem que emula 99% do software da microsoft em Linux. 😉

          • int3 says:

            ah ia-me esquecendo. Dizes muito bem.
            Licenças da microsoft + Mão de obra. Dos 4.5Milhoes passava para 6 à vontade. ahahha

          • Asdrubal says:

            É tal e qual a dívida pública portuguesa. É sempre adiar, adiar, adiar. Quando se nota, ao fim de 40 anos gastou-se muito mais adiando que estar 10 anos a resolver o caso, e agora está encalhado. Fazer a migração para o 7 ou 8 agora terá menos custos e chatisses que mudar para linux a curto-médio prazo. Creio que a longo prazo, o custos seriam menores, em 10 anos estaríamos satisfeitos, em 20 estávamos alegres, em 30 dávamos gargalhadas da malta de há 30 anos atrás fazerem burrices financeiras.

          • Menoides says:

            será que alguém julga mesmo que uma empresa vai andar a colocar distribuições gratuitas, não deve conhecer muito bem empresas …
            é necessário comprar para poder reclamar e ter algum tipo de garantia, e garanto que as versões de linux a pagar também não ficam baratas.
            já a migração de para o 7 ou 8 nunca será com preços de 250€ que por ai vi, a microsoft teve e terá sempre versões de licenccas de volume, que nada tem a ver com os preços de compra no continente 🙂 mesmo com 50% desconto em cartão.

          • Hugo says:

            Oh int3, o teu comentário é que dá vontade de rir! Então achas mesmo que para a SIBS os preços são como se fosses a uma lojinha comprar um Windows?? Existem contratos complexos de software e manutenção com valores completamente diferente para coisas a esse nível!! Valores esses que não sabemos, por isso estamos a especular… Para além de que ter um software open-source como base da rede multibanco pode ser muito muito problemático ao nível dessa mesma manutenção, quer operacional quer de segurança.

          • kekes says:

            Int3 achas que as empresas cão a Ubuntu.com sacam o Ubuntu e instalam? Não, elas pagam milhões a canonical, a novell, a red hat, para terem acesso a suporte de nível empresarial e isso fica ao mesmo preço uses o software que uses a bem dizer. Por acaso pensas que essas empresas que levam o Linux para a frente não ganham milhões…

          • Nelson says:

            Já tou a ver a SIBS a criar uma conta nos fóruns do ubuntu, e a porem uma pergunta “temos uma caixa XXX com problema YYY, dá erro ZZZ, como é que fazemos para que não nos roubem a caixa?”

            E eles “sudo apt-get install firefox && sudo reboot -r +0”

        • Bruno says:

          Paulo a minha única questão é a seguinte…com tanta coisa errada neste pais que precisa urgentemente de reforma e ser mudado que o rumo n é o melhor..achas mesmo que as ATM’s são prioritárias??

          É uma das melhores coisas que temos em portugal..o sistema SIBS ja foi reconhecido em todo o mundo(ainda este ano) como um dos mais versáteis e seguros, com uma das maiores taxas de utilização e menor taxa de fraude entre transaçoes.

          E ao contrario do que ja li por aqui, a compra de licenças para 7 nunca vai ficar ao preço que uma PME compra…estamos a falar para cima de 15mil terminais SÓ em Portugal…a Microsoft não vai querer perder este domínio.

          Por estas razoes e por todas as outras que já enumerei acho que não é rentável a mudança para SO livre.

          • lmx says:

            a M$ também te vai oferecer o hadrware??

            e as alterações necessarias aos sistemas , pois muita coisa deve precisar de alterações?

            Quem vai pagar??É a M$?

            que empresa tão boa para Portugal…

          • lmx says:

            E da proxima vez que for preciso trocar SO’s quem vai pagar??

            E da outra a seguir quem paga?e por ai fora…

            cmps

        • Nelson says:

          Eu acho que deviam por um iPad lá dentro!

          Depois os ladrões roubavam as caixas para ir buscar o iPad, e o seguro acabava por comportar as atualizações de hardware/software.

      • lmx says:

        Só em hardware vai custar migrar para 7 ou 8 um balurdio…

        Nem me digam que é melhor arrastar o problema usando windiows…quando mais cedo ou mais tarde se terá que mudar para linux…

        Tudo o que é critico esta a mudar-se para linux/Solaris/qnx…e os burrtugas querem windows…lol

        ponham mas é os olhos na Espanha…e vejam como se pode fazer algo seguro,usando um SO enchuto e gratis…

        cmps

        • Bruno says:

          lmx
          lamento informar-te mas no que toca a Multibanco temos um dos melhores do mundo, portanto lamento mas dispenso o serviço espanhol.

          E ja agora diz-me la uma empresa em portugal que consiga dar assistência a mais de 15mil terminais só assim de uma virada??

          • lmx says:

            qualquer uma…

            até eu de casa, de pijama e pantufas, faço uma instalação em rede com pxe nas 13 mil maquinas em menos de 1 hora 😀

            Se a SIBs estiver interessada é so dizer o pplware que lhes dê o meu email…ou o de qualquer um interessado(não é uma coisa do outro mundo, embora dê trabalho a parametrizar tudo primeiro)…

            claro, claro…com acesso á rede privada da SIBS… 🙂

            Empresas?isso é o que não falta por ai…

            Mas o problema não está em fazer a instalação do SO(parto do principio que as maquinas suportam pxe…caso contrario, teriamos que ir de outra forma…mas com jeitinho…ainda se arranjava alguma coisa ;))…

            O problema…que não é bem um problema…é mais um problemazito 🙂 esta na adaptação do software…isso sim, terá que haver adaptação, mas é trivial…

            gerar todas as chaves necessarias, etc…mas isso é automatizado num script…é “carregar pela boca” como se constuma dizer…

            O problema não esta no mudar…o problema está no QUERER MUDAR…e la se vai a galinha dos ovos de ouro para alguma gente…nesse caso ficava a ganhar o Pais, mas…não vai acontecer tão cedo…

            Se nem no software do estado, num pais falido se muda e prefere-se em vez disso e dos cortes nos carrões dos ministros etc…ir buscar as reformas ao velhinhos…é mesmo caso para dizer que é crónico!!

            cmps

          • lmx says:

            temos um dos melhores serviços ATM do mundo…acredito, mas pago a peso de ouro…e isso para um Pais pobre ja não faz sentido nenhum…

            Ponham os olhos nos paises mais ricos…que já não toleram estas politicas de 3º mundo…

            Portugal já é um pais desenvolvido, capaz de caminhar por si, sem ser necessario ter aqui autenticos vampiros sempre a chupar-nos o coiro…

          • Bruno says:

            Atao olha la tu querias o que, o melhor sistema do mundo de borla?? eu tb gostava n nego mas sabemos que isso é quase impossível, ve o caso da suíça, a capital dos bancos…nas ATM’s de lá so consegues ver o saldo nas ATM’s do teu banco…se quiseres um comprovativo do levantamento…pagas uma taxa…!!

            E nao querendo defender a SIBS mas é a 5º maior processadora na europa e mesmo assim uma das mais baratas, a comissão cobrada por transacção em media na europa é de 0,1€ o SIBS cobra metade.

          • lmx says:

            Bruno…

            “Atao olha la tu querias o que, o melhor sistema do mundo de borla??”

            Claro que queria…se o posso ter de borla…porque pagar milhoes por algo inferior???

            A resposta a mim parece-me obvia!

            E que ainda por cima a compra de software a paises terceiros…prejudica gravemente o meu Pais, ainda por cima numa altura destas…

            Se fossemos a Alemanha…eu ate dizia…epa gastem o dobro ou o triplo…ofereçam umas meninas aos rapazes todas as semanas diferentes…que nos pagamos na boa…mas…nos nao somo s a Alemanha!!
            Nao sei se alguem ja percebeu isso, parece que nao!!

          • Bruno says:

            Pois querer todos queremos..mas n podemos ter.

            Acho que argumentos não faltam para tu perceberes que essa mudança de SO n fica mais barata, a não ser que n tenhas lido os comentários anteriores, e que essa tua ideia de fazer tudo apartir da tua cadeira sozinho prestas suporte a toda a rede SIBS pah acho que acaba com qualquer discussao possivel, pq no mundo empresarial onde tu ja disseste que trabalhas as coisas não sao nem lineares nem baratas e não sei em que empresas trabalhas-te mas o SIBS é só, atenção é só a maior empresa a movimentar dinheiro em portugal e na europa..só!

            Portanto rasgar um contrato com a Microsoft, que todos aqui temos a certeza que não acaba com o suporte do XP prolonga-se para lá disso, sai muito mais caro já para não falar em toda a rede e fases de segurança que ja existem e não são poucas que foram criadas neste SO tudo teria de ser alterado reconfigurado e mexido é muito mais que uma simples migração como queres fazer parecer e que tu é que és o esperto que descobriste a galinha de ouro que vai fazer poupar milhões ás empresas…mas as empresas burras ainda não descobriram isso…

          • lmx says:

            Bruno…

            Eu não disse que prestava assistência da minha cadeira a rede SIBS…não ponhas coisas na minha boca que eu não disse!!

            O que eu disse é que até eu instalava os SO’s remotamente em pijama e pantufas…obviamente que ha coisas que avariam nas maquinas….maquinas que a fazer reboot vão a vida e tudo mais…

            mas não me digas que instalando M$ tudo se resolve sozinho porque nesse aspecto ainda me parece pior!!!

            Esse tipo de suporte vai ter que continuar a existir…tal como existe hoje, poderá é ser menor…se algumas coisas forem resolvidas remotamente…mas isto já é um SE…!

            que a SIBS é uma das empresas onde se movimenta mais dinheiro…isso escusavas tu de afirmar…porque já o sei eu ha muito tempo!!

            A SIBS é um buraco negro nonosso País e com participação do Estado …serve para la por os Boys a ganharem fortunas, quando estes não percebem nada do assunto e teem que recorrer a Consultoras exteriores para fazerem alguma coisa de Jeito…

            Posso te dizer que os Salarios na SIBS são equivalentes aos Alemães…menos para quem trabalha…

            Os desgraçados da limpeza e das conpanhias de segurança, tipo prosegur, etc que lá trabalham em condições quase desumanas!!

            Tens la palermas a ganharem fortunas e quase com a 4º classe…pois é da realidade da SIBS conheço eu…portanto deixa esse ponto de fora!!

            Uma empresa onde existem capitais publicos isto nunca deveria acontecer…porque tal como ja disse varias vezes somos nós todos que pagamos essa corja…e pior…o País esta falido!!

            E sim pode-se poupar muito dinheiro, obviamente que a longo prazo se poupa muito mais, mesmo nesta faze evitava-se ter que mudar todo o hardware que vai ficar varias vezes mais caro que o software…portanto ja vêz onde quero chegar…

            As coisas estão a vista…vê quem quer, e depois há sempre os que não querem ver ou porque comem na negociata(empresas e lobies), e os que vão apenas na cantiga, e seguem os outros como se fossem ovelhinhas em fila…sem se questionarem sobre as coisas…

            Agora dizer que não é possivel…isso é um abuso a inteligencia do Português médio…ja nem digo de pessoas com formação superior…

        • kekes says:

          En Espanha o sistema e uma valente bosta, custo elevadíssimos, 5e de comissão para levantar 10e… Já vi em alguns sítios 10e de comissão. Sistema descentralizado e pagas muito dinheiro senão vais aos atm do teu banco. Falar porque ouviste falar e muito bonito mas a realidade para que os usa e uma dor de cabeça. Na minha universidade queriam mudar tudo para Linux fizeram um estudo de custos e o valor quase duplicava no primeiro ano e depois mantinha quase o mesmo valor. Solução. Mudaram Para Windows 7. Isto em Espanha. Windows ainda é usado em todo mundo porque é bastante competitivo.

          • lmx says:

            kekes…

            mas isso nada tem a ver com windows ou linux nas maquinas…isso tem a ver com o software ser uma bosta!!

            As comissoes que cobram, outra coisa…que nada tem a ver com o SO….porque trazem exemplos que nao encaixam??

            Isso de na tua universidade quererem mudar e de ficar extremamente mais caro…da que pensar…ou nao sabem fazer contas…ou nao percebem nada da poda…nas empresas onde tenho trabalhado…gastamos 0 centimos em software e existem mais de 300 servidores…nao me venham com tretas…comigo nao pegam…

            Ou e incompetencia…ou e incompetencia!!

            As vezes uns papeis a dizer que determinada pessoa coleciona Doutoramentos, nao e sinonimo de competencia…apenas prova que essa pessoa se adaptou bem aos metodos de ensino…

            Lamento, mas nao como isso…

            cmps

          • Bruno says:

            lnx

            Tu esgrimas com argumentos que apenas são validos para empresas de pequena e media dimensão, essa leviandade e facilitismo não existe em empresas.

            Se tu queres poupar dinheiro ao estado como tentas mostrar estas a fazer da forma errada…

            Pq o SIBS É PRIVADO o custo do SO vai cair no balanço do SIBS o estado so paga o serviço e esse não vai sair mais barato o SIBS vai continuar a cobrar o mesmo esteja a correr linux windows ou osx nas ATM’s ou será que ainda n percebeste isso?

            O SIBS é uma empresa..e como qualquer empresa no mundo quer é DINHEIRO GUITA PILIM…se nao quisesse tornava-se uma associação sem fins lucrativos

          • lmx says:

            Bruno…

            Eu sei que a SIBS é uma empresa…

            Mas tem la muito capital publico…entendes???Não te esqueças da CDG como maior acionista …ok??

            Ô custo do SO e de tudo o que se passa na SIBS cai na despesa total da Empresa…ou seja no Bolso de todos nós…tens que ver mais a Frente…

            Porque o dinheiro não cresce em Hortas a volta da SIBS…

            Quanto mais caro for, mais os bancos pagam, menos lucro teem …mais o Português paga…entendes??

            Não podes olhar para a SIBS como uma empresa de capitais 100% privados…porque não o é de todo…

            Alias nem o podia ser sendo que ela gere um negocio fulcral ao funcionamento do País…mas por isso mesmo as regras deveriam ser igual para todos os sectores…a SIBs não é mais do que niguém…

            Eu não sei se tens directa ou indirectamente interesses pessoais ou familiares ligados a SIBS…mas aquilo é um buraco muito escuro…acredita…

            Deveria haver mais transparência e regulação do um dos nossos mecanismos monetarios…

          • Bruno says:

            lmx

            A SIBS é uma empresa com capital maioritária privado, a parte que toca á CGD sao 21,6% seguido da BCP com 21,54%, alias se conheces a empresa em causa sabes que a participação de cada banco é proporcional á sua dimensão, alias mesmo a parte da CGD que gere a participação na SIBS é privada, assim como muitas coisas na CGD, o estado nem cheira (para o bem e para o mal)

            Eu acho que confunde a minha opinião do SIBS e do sistema bancário português em geral, com a minha opinião neste assunto vamos lá seprar as aguas pq senão daqui a nada está-me a chamar algum cargo de relevância na SIBS (ate dava jeito durante uns mesinhos =P )

            O que eu defendo é que neste momento não é nem rentável, nem necessário trocar o SO das ATM’s, por todos os motivos que ja disse em comentários anteriores e pq para o futuro que caminhamos (ou gostaríamos de caminhar) as ATM’s vão-se tornar dispensáveis.

            As coisas nao acontecem por acaso e eu n sei ate que ponto trabalhou com a equipa da SIBS mas posso que garantir que eles la dentro tem alguns (n sao mts é verdade) que ate percebem do assunto e mexem-se muito antes de todos nós pq tem informações antes de todos nós (assim tb n é difícil é verdade), mas infelizmente neste momento N TEMOS ALTERNATIVA.

            Eu adorava ter por todos os motivos e mais algum, mas neste momento se o estado recorrer á concorrência (Visa MasterCard etc…) vamos pagar mais pq as taxas deles são altíssimas, é como tu dizes, pah já que pagamos ao menos que fique numa empresa portuguesa (coisa q o SIBS é)ou tu achas que os supermercados LIDL so aceitavam cartões da marca MB em portugal pq? pq sai mais barato(n sei se isso ainda se mantém mas antes era assim )

            Ja te vi ai falar da rede da caixa geral e afins (os comentários ja andam mt dispersos) que foi uma tentativa (assim como a Chave24 do montepio) de contornar o SIBS mas como é óbvio sem sucesso, a única tentativa credível que houve foi curiosamente o do BPN (pois é o tão afamado BPN) nunca ninguém se perguntou pq raio havia tantas caixas automáticas deste banco quando ele era um banco meramente residual???

            O que nos precisamos é de apostar no eCommerce que em portugal é um absurdo para abrir uma loja online com pagamentos CC e nisso a SIBS é responsável por estrangular o seu desenvolvimento enquanto não assegurasse todas as fases do processo (ves pq é q eu digo que eles tem la gajos espertos e que percebem da cena) só o q tens de dar em garantias mata á partida qualquer aposta de uma empresa pequena (setup de 1500, mensalidade de 150 + comissões + garantia bancária de 50000 + o setup técnico, não sei s mantém os mesmos valores) sbem que estes valores sao pagos á UNICRE e n ao SIBS mas a SIBS é acionista maioritaria da UNICRE portanto vai sempre parar ao mesmo.
            Agora temos algumas soluçoes como o easypay que eles tentam destruir.

          • lmx says:

            humm…

            “O que eu defendo é que neste momento não é nem rentável, nem necessário trocar o SO das ATM’s, por todos os motivos que ja disse em comentários anteriores e pq para o futuro que caminhamos (ou gostaríamos de caminhar) as ATM’s vão-se tornar dispensáveis.”

            pois…eu também acho que não :S

            Eu falei da hipotetica mudança…e não entendia o porquê de me dizeres que era mais caro o linux :S

            Tu entendes-te que eu queria agora mudar tudo para linux :S

            o que tenho falado…éra na hipotética hipotse de mudar…ai sim irias pagar licenças e hardware…e não entendia o porquê de me dizeres que era mais barato adquirir hardware e software…

            Também acho que na situação actual não se deve gastar nada…:)

            “alias mesmo a parte da CGD que gere a participação na SIBS é privada, assim como muitas coisas na CGD, o estado nem cheira (para o bem e para o mal)”

            eles teem defacto um estatuto diferente, mas não deviam…o que é de todos nós não deve ser pervertido por meia duzia de lobies…por isso que não concordo com muita coisa…

            A ideia da SIBS era boa…o problema é que como tudo bom em Portugal …acaba prevertido pelas jogadas dos boys…e mais ou menos são sempre os mesmos, ou os filhos/netos/afilhados…e sei la mais o quê…

            Os boys reformam-se nos bancos e vão la parar a ganhar balurdios…e depois tu que queres montar um negocio tens que pagar isso tudo!!

            A SIBS não tem concorrência,, devia ter uma entidade reguladora…

            a SIBs asfixia o mercado e não o deixa respirar…ainda a pouco falas-te o ecomerce é um deles…

            Já varias vezes a CGD tentou dar um murro na mesa, mas sozinha…sem sucesso…

            Aquilo é um abuso internamente…tens desde tudo, pesssoas completamente desqualificadas(até do ponto de vista moral com salarios brutais), aos sugadores de topo…e depois tens o revés…

            pessoas que lá são colocadas por empresas como prosegur, etc para trabalhar(e essas dão o litro), e são tratados abaixo de cão!!
            sim abaixo de cão, muitas vezes é deshumano o que lhes fazem…

            Eu sei que existem alguns que sabem o que fazem…mas uma empresa deve ter exito consoante a sua capacidade, e a SIBS tem gasto e ganho demasiado para a competência geral da mesma…anda ao sabor de uma condição demasiado favoravel criada pelos bancos ha uns anos…se o arrependimento matasse…

            A competência da maioria são esquemas duvidosos, aquilo é bera mesmo…

            Eu sou a favor de que seja uma empresa nacional a fazer o que eles fazem, mas eles cobram demasiado, são extremamente caros, extrangulam o mercado e não ha entidade reguladora, que lhes ponham um travão…

            se sair mair barato ao País ter outra entidade…eu ja nem sei, e digo isto com muita pena minha, os serviços que eles prestam são bons, mas bons são todos e não justificam o preço…Portugal é um País com uma realidade diferente, e os salarios milionarios internos não ajudam em nada…claro depois quem paga é sempre o mesmo…

            actualmente a SIBS é um ponto de enriquecimento rápido para alguns, mas quem paga a pactura é o País…

      • Rui Silva says:

        Citando a wikipedia:
        “…O sucesso deste serviço foi enorme, existindo hoje milhares dessas caixas por todo o país (mais de 13.000 terminais — a maior densidade de caixas automáticas por habitante em toda a Europa).” – fim de citação.

        Ora, o estado (leia-se SIBS) teria de adquirir mais de 13.000 licenças de windows.
        Assim sendo e a título de exemplo: uma licença = 360,00 x 13.000 = 4,680.000€
        Isto sim, é muito milhão. Mas por a malta a tirar cursos de linux (juntando os milhares de tutoriais escritos/multimedia espalhados pela net) não será tão caro assim. O investimento inicial, por mais caro que seja na formação do pessoal técnico, acaba por ter retorno, pois o linux não tendo licença acaba por não ter gastos consecutivos. A instalação gradual de sistemas linux irá tornar a rede mais estável, mais segura, menos propicia a ataques – Aquilo que chamam de falhas na rede (e que não é, são ataques).
        O linux é o melhor caminho a seguir.

        • Bruno says:

          SIBS SGPS é uma empresa privada!!!!

          • lmx says:

            privada…pois…mas quem paga no final é sempre o escravo!!

            A SIBS é pertença da grande maioria dos bancos…e os bancos controlam o Pais…chamar-lhe privada é obra!!

            Olha o que aconteceu com o BPN, também era privado…mas só eram privadas as contas chorudas na jogatana que fizeram para alguns se encherem de dinheiro…quem paga é sempre o mesmo…logo o termo privado não é o correcto!!

            cmps

          • Bruno says:

            lmx

            mas ai estamos a entrar noutro territorio…monopolio da SIBS e influencia dos bancos no estado portugues…nisso n m pronuncio pq so conheço o que sai nas noticias e como é obvio para mim sao todos uma cambada de gatunos e xupistas.

            mas relativamente aos ATM’s n concordo com uma mudança tao radical, ate pq as trivialidades que tu falas tem de passar por um enorme processo de licenciamento e afins burocráticos que custam para lá de uma fortuna…e nas caixas multibanco quem manda é o SIBS (bancos que tem participaçao) não é o estado…e como serviço que prestam tu como consumidor tens de..pagar…é um negocio como os outros…o problema é n haver concorrencia.

          • Nelson says:

            O estado providencia um serviço multi-banco gratuito: chama-se dinheiro.

            Está disponível em notas e moedas. E não tem qualquer tipo de taxas adicionais.

          • lmx says:

            Bruno…

            esta mudança nao e radical…estamos a falar de migrar a treta de um SO de um caro, para um de borla…

            E uma coisa tao simples quanto isso…a unica coisa que tem que existir, e alteraçao e validaçao do software, para que esta troca de SO corra bem…

            Claro, geraçao de chaves…ou utilizaçao das mesmas, criaçao de regras de firewaling para as maquinas, users, etc…

            Mas isso tambem tem que ser feito nas maquinas windows…entendes??
            Na SIBS estao equipas da Novabase e de outras empresas pagas a preço de Ouro…eu sei do que estou a falar…custam balurdios!!
            E estao la todos os dias, ano apos ano….

            Porque nao colocar essas equipams a fazer algo que valha realmente a pena…fazer poupar uns belos milhoes de euros anualmente??

            Nao era bom para o Pais…pouparmos uns belos milhoes anualmente??
            E o que se gasta ficar ca para fazer rodar a economia??

            Sera que so eu e que percebo isto…e mais ninguem intende??

            As vezes sinto-me um pouco dissociado do que me rodeia, porque para mim nao faz sentido, tanta ignorancia e vontade em estragar, em vez de melhorar…

            Nao se pode ter medo de tudo na vida…chega uma faze da nossa vida em que e preciso tomar decisoes…nao pode ser apenas…”ter um lugar de administrador de uma empresa, cartoes dourados, carros e p*tas com fartura…”, esta mentalidade tem que acabar…ou estamos perdidos…acredita, com a divida publica e privada Portuguesa…estamos perdidos…

          • Bruno says:

            lnx

            Vou m repetir pq so li este teu comentario depois de responder a um anterior, mas vai na mesma linha de pensamento.

            A questão aqui não se prende com o que vai custar ao estado pq a mudança de SO n vai custar nada ponto, a mudança fica a cargo da empresa que gere o parque ATM e nao esquecer ponto de pagamento em lojas!

            Aqui fala-se como se o SIBS fosse uma empresa publica subsidiada pelo estado quando n é, está errado, o estado paga e muito é verdade mas é pelo serviço que o SIBS presta aos cidadãos (desde pagamentos ao estado, carregar passes, carregar via verde etc…)e esse pagamento como ja disse é independente do SO que as ATM’s correm a taxa esta definida, mas o estado tb ganha dinheiro com isso quanto mais compras mais o estado ganha logo cria mecanismos que te facilitem essas compras vou-te explicar, a cadeia de valor de pagamentos com cartão é composta por 4 entidades: Emissor – responsável por emitir o cartão e colocá-lo no utilizador; Acquirer – entidade responsável por contratar os comerciantes e colocar os terminais de pagamento (TPA); Titular do cartão – quem faz a compra; Comerciante – quem vende o bem ou serviço e recebe o pagamento. A SIBS é o processador do pagamento, ou seja, disponibiliza a infra-estrutura técnica que permite o processamento da transacção: desde a captura da transacção no terminal até ao pedido de autorização ao Emissor.
            No Grupo SIBS existem 2 empresas principais envolvidas nas transacções com cartão, que são autónomas. A SIBS FPS (Processador) e a SIBS Pagamentos (dona do scheme MB) e concorrente com as Marcas Internacionais (VISA, Mastercard, Amex,…). O Modelo de negócio da SIBS FPS é de cost-recovery, ou seja, o tarifário definido tem como objectivo cobrir os custos de operação. O custo por transacção processada é um negócio de escala: quanto maior o número de transacções, menor o custo unitário, sempre com o custo do lado do vendedor nunca do comprador!!

            Exemplo pratico tens conta na caixa geral fazes uma compra com cartão visa electron (debito) tu pagas á loja a loja paga á caixa geral e ao sibs a taxa fixa, a caixa geral tb paga ao sibs uma taxa e o resto fica para a loja.

            Portanto bom bom era tirar da equação o sibs e fazer tudo directamente á fonte mas infelizmente n existe competição e a pouca que aparece é imediatamente comprada…n chega a ver a luz do dia.

            Portanto isto tudo resume que a mudança de SO n é o problema que afecta nós consumidores\vendedores

          • lmx says:

            Bruno…

            Concordo em algumas coisas…ou em muitas…

            MAs não te esqueças quem formou a SIBS e a quantidade de dinheiro que la foi posta…a CGD foi a que mais entrou…

            A SIBS não pode ser vista como uma empresa independente…porque não o é de todo…

            Para eles manterem aqueles tachos todos para os amigos…alguém tem que pagar(não te esqueças que muita gente sai dos bancos, com indemenizações chorudas e a seguir através da “porta do cavalo” vai para a SIBS ganhar fortunas…o esquema é conhecido)…e quem é que paga se a SIBs opera em Portugal???

            Não vou responder a pergunta!!

            A SIBS como disses-te não tem concorrencia, logo como monopolista no mercado tem que ser regulada por uma entidade publica!!

            Já viste quanto paga cada comerciante á sibs pelo uso dos terminais de pagamento(ou seja o Portugês que faz a compra!!)??

            Achas correcto, num Pais de tão fraca economia que isso aconteça??Claro que a SIBS dá lucro…ela vai buscar o dinheiro directamente ao Português, e este não tem alternativa…é refém das politicas escuras criadas por determinada corja…o pior é que a SIBS tem la muito dinheirinho do Estado, o que so por si, deveria fazer com que eles tivessem a mesma ordem de salarios que o resto da Função publica, mas não aquilo é um abuso!!

      • Pedro Marques says:

        Basta mudar os sistemas das máquinas. Não era necessário mudarem obviamente todo o sistema da SIBS. Os dados transferem-se entre S0s facilmente.

      • Nuno says:

        humm, pelo comentário, ve-se que nao sabes do que falas. já te candidataste alguma vez à vaga de técnico de ATM? não né? eu já, e tive de fazer um teste. e nesse teste tem perguntas de SO’s Windows e LINUX bem como soldagem, impressoras xpto’s e tudo mais. Por isso, nao é preciso formação pra linux pq todos os que estão lá, já sabem. é so portar o sistema pra Linux. e acabara-se os problemas de compatibilidade, que sao muitos.

        • lmx says:

          pois…

          é bem verdade…

          Vocês é que sofrem, por terem que andar muitas vezes a correr de um lado para o outro…

          A Brisa ha uns bons anos tinha M$…e pagava uma fortuna a M$ pelo suporte(tipo SIBS…mas a sibs tem equipas internas também)…

          Em muitas portagens começou a haver problemas os Sistemas operativos bloquevam com tanta passagem de veiculos…e a brisa sendo que pagava a M$ fortunas..pediu-lhes para resolverem o problema…a M$ não é nenhuma empresa de feiticeiros e estas coisas servem muito para ganhar dinheiro, mas resolver os problemas é muito complicado…pelo que a M$ não conseguiu..

          Ora a brisa logo percebeu que pagava rios de dinheiro a uma empresa que na Hora H não conseguia resolver os problemas para a qual estava a ser paga…e pum…mudaram para linux…

          Problema resolvido!!

          Posso-te dar um exemplo das portagens perto do PORTO que ao fim de 10000 passagens começavam a colapsar…o problema foi resolvido usando pura e simplesmente linux…

          É um sistema enxuto, preparado para levar porrada o dia inteiro e não um sistema quase para o utilizador final…são coisas diferentes…mas ha muita malta que não percebe isso…

          Claro que nas ATM’s o caso não é tão crasso, porque em cada ATM uma operação leva muito tempo a ser realizada, mas haverá sempre muitos problemas que poderiam ser resolvidos…

        • Vítor Aleixo says:

          Caro Nuno, nao entres por ai. Por teres ido a uma entrevista e teres feito um teste para uma vaga de Técnico de ATMs nao penses que já sabes como as coisas funcionam. Eu tambem fui a, provavelmente, essa entrevista e já trabalhei varios anos como Técnico de ATMs e nunca precisei de Linux para as intervençoes. Até te digo mais muitos dos meus ex-colegas nem de Windows percebiam… Aquilo era seguir os passos todos que vinham nos manuais técnicos e, se tudo corresse bem, ao fim de uma horita ou mais esta outra vez tudo a funcionar. Pelo que se houvesse migração para Linux acredita que iria ter de haver muita formação…

    • Gonçalo Damas says:

      Vai à minha escola que temos perto de 100 computadores novos tudo com Windows 7 falsificado.

    • Boaui says:

      O melhor é meterem o Mac… agora essa porcaria de Windows ou distribuições Linux… enfim… Mac é que é!

      • lmx says:

        Nao venhas criar ruido de fundo…sabes bem do que estamos a falar…

        Nao e que MAC seja mau, acho-o melhor que Windows, mas nao se adequa em nada ao que e proposto…e tu sabes bem disso…

    • navyseal says:

      Era bom mas não o farão. A melhor opção era a SIBS pegar numa distro e fazer o seu desenvolvimento garantindo assim a sua independencia de terceiros. Só que tal não vai acontecer, como já referi noutras alturas os responsáveis de topo das empresas a nível informático, são mentes fechadas, formatados para Windows e Microsoft tools, tudo o que seja fora desse mundo e lhes é desconhecido “não presta”. Por outro lado muitos deles recebem digamos “ajudas” tal como é conhecido existirem médicos a receberem “ajudas” para venderem o medicamento X. Para além disso e como foi dito é preciso dar formação aos empregados, não que isso seja um grande problema, porque não é, mas está presente e passa por uma grande desculpa para evitar a migração.
      De resto o ter que instalar novo sistema não é justificação, a SIBS vai nos próximos tempos ter que migrar o SO. Inumeras empresas portuguesas guardam até à última para fazer migração de SO.

  4. Bairradino says:

    Por acaso a Microsoft anunciou no CES que iria alargar o suporte anti-malware para o XP até 14 de Julho de 2015…

    “Microsoft has announced the Windows XP end of support date of April 8, 2014. After this date, Windows XP will no longer be a supported operating system. To help organizations complete their migrations, Microsoft will continue to provide updates to our antimalware signatures and engine for Windows XP users through July 14, 2015”

    fonte: http://betanews.com/2014/01/15/microsoft-gives-windows-xp-a-partial-reprieve-to-2015/

  5. João Terra says:

    Com isto do windows xp acabar, como vai ser para as caixas multibanco continuarem?
    António Sousa também li isso que andas a dizer

  6. Rui says:

    Arch

    barato, fiável, seguro, documentação e não existem problemas com atualizações entre versões.

    • Nels II says:

      E vais tu desenvolver o software todo no qual assenta a plataforma multibanco para Linux a custo zero, certo?

      • lmx says:

        para o windows desenvolvem a custo zero??que eu saiba custa uma fortuna…certo?

        cmps

        • Nels II says:

          Mas já está desenvolvido

          • lmx says:

            mas isso não é motivo para mandarmos para fora do Pais uns belos milhoes so em software…depois junta.lhe o hardware qué é preciso…e depois o preço tecnico de instalar tudo…e olha afinal sai-te carissimo…

            O desenvolvido para windows ou linux é o mesmo…é software…so teem que fazer umas alterações ao código, compilar e esta a andar de mota…sendo que o hardware não é preciso comprar, apenas terão que gastar dinheiro na adaptação das aplicações, e na instalação…

            E melhor ainda …este dinheiro “gasto”, fica no nosso pais para fazer girar a economia…

            E vocês ainda veem com argumentos da tanga…de que ja está desenvolvido…

            Sim sim…por windows custa uma 3 vezes uma fortuna…de não esquecer que além do windows, teem que ser maquinas novas e secalhar até a adaptação de programas…pois muitos devem estar feitos para versões antigas com problemas de compatibilidade…

            cmps

          • Nels II says:

            E qual o preço hora de um programador em ambiente open source? Queres comparar os custos de um e de outro?

          • lmx says:

            O custo nao e chamado para o caso…software e software…e muito dele tem o mesmo modelo em qualquer SO…depois vem a parte da adaptaçao…

            De certeza que mesmo a SIBS deve ter programadores para systemas(tem que ter…pagos a peso de ouro…)…

            porque nao usa-los neste processo?

            Claro que vai haver muita gente que perde os seus tachos e que nao gosta…mas se ha oportunidade de fazer alguma coisa bem feita…e agora…porque depois?!..depois fica tarde!!

      • Rui Silva says:

        O Software dos Multibancos assenta numa lógica de “On Click Goto”.
        As imagens que vemos são um simples background com Gif’s. Por detrás destas imagens estão comandos simples de pergunta/resposta feitos numa outra linguagem. Linguagem essa totalmente aceitável em linux. A mudança para linux difere apenas no modo de acesso aos servidores devido à diferença de plataforma.

      • XPTO DRIVER says:

        Em 1º lugar os tem dois sistemas distintos.
        Em 2º lugar o WIN XP só faz a parte de ligação a rede SIBS e do software de anti-intrusão da máquina.
        Em 3º lugar existe uma máquina virtual com o Linux que corre o software de leitura de cartões e todas as operações possíveis num ATM.

        Em Ultimo Lugar a SIBS tem contrato com a Microsoft até 2022 e posso garantir que será uma versão touch do Win 8.1.1 que vai correr na máquina no lugar do XP.

    • int3 says:

      barato? é gratuito e livre de usar. 😉
      Se quiserem suporte entao vao RedHat. Aí tem melhores profissionais que na microsoft. :p

  7. ElectroescadaS says:

    No meio disto tudo fico eu a pensar se a ultima atualização da Microsoft ao XP irá na verdade desativar todos os sistemas operativos XP a funcionarem pelo planeta. Pronto, eu sei que estou a divagar algo que será impensável mas estamos sujeitos a algo deste tipo ou não? Que acham vocês?

  8. MrHide says:

    Devo estar errado mas ia jurar que as ATM correm no (igualmente velhinho) Windows NT.

  9. Anónimo says:

    Não percebo o problema as máquinas atm estão ligadas a uma rede privada.. não sei qual é o espanto, e porque haveria virus nessas redes..

    São redes independentes da internet e de qualquer acesso por parte de alguém que não os gestores da mesma. Caso contrário havia muita caixa multibanco a cuspir dinheiro pelo país fora.

  10. Informatico says:

    Isto parece o 1 de Janeiro de 2000…

    Havia o rumor por causa lá dos bits 999999 passariam 0000000

    A solução já deve estar pensada à muito…

    • Bruno says:

      Claro que sim! Acham que a SIBS não tem já solução e um plano de acção? Há muito que está pensado. E esta questão do malware é uma falsa questão. Os ATMs estão em redes privadas. As actualizações não são certamente automáticas. Ou acham que a SIBS corria o risco de uma actualização deitar o sistema todo abaixo? É como em qualquer rede empresarial decente. As actualizações só são colocadas após muitos testes. E nem todos os patchs são actualizados. Alguns por falhas de compatibilidade com costumizações. Acho que estão a levantar problemas que não existem.

  11. Luís says:

    Mas alguém aqui confirma que em portugal é usado o Windows XP?
    É que ainda há pouco tempo assisti à manutenção de uma e ela tinha o windows NT 4!

    • Pedro Pinto says:

      Sim, também já vi com Windows NT

    • João Terra says:

      Eu vi com o windows XP

    • João Batista says:

      Também já vi com o XP. Realmente se está tudo em redes privadas não vejo qual o problema de usarem o xp, desde que as redes estejam protegidas como deve ser não há qualquer problema, no entanto, para actualizar, mais vale actualizar para linux e deixa-se de ter problemas com actualizações mas sinceramente duvido que alguma daquelas maquinas tenha visto alguma actualização(ao SO) depois da instalação inicial…

      • João Terra says:

        Até acho que o XP nas caixas multibanco nunca fieram actualizações. Cá para min até são maquinas relativamente fraquinhas só para rodar o S.O windows e rodar o software do multibanco e mais nada.

      • carlos says:

        existe sempre a aplicação de patch de correcção de segurança.
        Por essa tua idea os bancos tem uma rede privada e nao precisam de tal update, mas isso não é bem assim.

      • Lugopt says:

        E desde quando o sistema operativo Linux não precisa de actualizações? Por acaso o Kernel também não é actualizado, também com questões de segurança?
        E o custo de desenvolver a aplicação (incluindo os testes) para Linux? É tudo à borla.

        • int3 says:

          wine lugo. wine… Certamente que se quiserem a aplicação nativa (que nao deve ser complicado) para linux vai ficar muito mas muito muito mais barato que as licensas windows lulz.

          quero ver mais coments teus 😛

          • Hum... says:

            Hummm, primeiro que tudo existem licenciamentos de volume em que as licenças ficam muito mais baratas, nada dos preços aqui referidos.

            A rede das ATM é uma vlan privada, não está acessível assim como assim.

            A vertente Linux mais segura… quando se que arrombar arromba-se…

            A diferença é que exitem uns milhares de pc com código aberto, contra uns milhões com código fechado. A fama de estabilidade do Linux vem do unix e este está longe de ser barato. Alguns dos sistemas bancários são em sitemas nix (unix, aix, bsd e por ai fora) e custam balúrdios.

            Já vi ataques de Linux que te lixam a maquina toda, tal com em Windows e com uma simplicidade de crianças, claro se usares sistemas tipo ubuntu, e tal isso pode acontecer menos, são ligeiramente mais estáveis em um dist em desenvolvimento e normalemente são para ambientes de desktops e tal fáceis de instalar, já vem pre cheios de muita coisa… na volta se os meteres numa rede são tão vuneraveis como outra coisa qualquer, o haver menos exploits é porque ninguém se dá ao trabalho… existindo milhões de Windows porque estragar so uns milhares?

            faz lá deltree *.* no c:\ do Windows… em alternativa faz na bash do Linux rm -rf * e ve as diferenças do porque Windows… tenta lá substituir um ficheiro sam de pass do Windows com copypaste mesmo como administrador no Windows e tenta lá fazer o mesmo a passwd na /etc do Linux… no fim de tentares… talvez notes algumas diferenças…

            podíamos ficar aqui a noite toda…

            No entanto eu uso os dois sistemas tanto em casa como no trabalho… a propósito o android é um Linux e existem vírus e coisas e tal para eles… já deves ter lido algures.

            Existem muitas ATM nt 4.0 existem muitas com a versão 2002 do Windows XP, nem sp1 tiveram. as atms não ligam à internet, o facebook não lhes interessa… o fim do suporte é muito utópico… nem precisam sequer de evoluir para redes ipv6 nos próximos tempos…

          • Nelson says:

            Só asneiras neste ultimo post… Não se apanha uma…0

        • lmx says:

          o systema linux precisa de patchs, tal como os outros…alias é um dos systemas senão mesmo o sistema em que as correcções saem mais rapido…

          Outra das vantagens, é o facto de poderes aplicar patch’s de segurança sem teres que instalar novos kernels, o que te permite ter sempre a maquina em cima a bombar ao mais alto nivel 😉

          cmps

  12. TT says:

    Acho que é mais : Multibanco (ATM), ninguem chama “atm” aos multibancos…só nas noticias vá-se lá saber porque…É que estamos em PT.

    • Tiago says:

      Olha que eu uso muitas vezes a terminologia “ATM” em vez de “multibanco” e no seio empresarial também é usado muitas vezes. Isso também acontece com os TPV’s

  13. José Leite says:

    Off topic:eu,com o esquecimento de não ter tirado do meu PC a versão preview do Windows 8,agora aparece-me sempre uma mensagem no ecrã do monitor avisando-me que devo fazer a actualização certa para o Windows 8.1 e que me faz um restart(reiniciar) ao sistema de 2 em 2 horas!!E faz mesmo!!Esqueci-me totalmente disto.Agora tenho que fazer um backup completo do que tenho,formatar o PC e depois ir fazer a actualização para o Windows 8.1.O que é mais estúpido é que vi esta notícia à cerca de 5 dias no website do Softpedia.com,e deixei andar,nem fiz caso.Foi mesmo no dia 14 que isto começou,ou seja,há 4 dias atrás.Começou na Terça-feira passada,quando a Microsoft fez o seu Patch de segurança mensal.Que burro sou.Ó pá,façam um artigo sobre o que eu acabei de dizer,se puderem.Que quem tenha ainda o Windows 8 Preview que agora já não pode continuar mais com essa cópia,pois aparece-nos logo no início um aviso a dizer que devemos actualizar para o Windows 8.1.Lá terei de ter mais trabalho.O que vale é que a formatação no Windows 8 é rápida,senão ia de vela,como se diz.Andava pra aí meio dia a fazer uma formatação.Quando me lembro do Windows Vista,ó Deus do céu…

    • Vítor Aleixo says:

      Nao precisas de formatar o pc e instalar de novo o windows e configurar tudo de novo, Podes sempre reinstalar o Windows 8.1 como se de uma atualização fosse, tens é de correr o DVD apartir do Windows e depois quando ele perguntar o que queres fazer dizer que queres instalar o windows mas manter todas as definiçoes, ficheiros e programas instalados. Simples como isto

  14. Diogo says:

    Mas afinal qual é o problema? Ninguem vai ligar pens ás ATM, ou elas estão ligadas a net com a firewall do windows?

  15. A duvida says:

    Bem surreal é seja o pplware ou qualquer outro ser humano imaginar que industrias que fazem centenas de milhões algum dia estão completamente apanhadas de surpresa e a parte de tais realidades(migrar software) pra mais o Multibanco visto que é só uma area onde a segurança se nao for o tema mais importante ta no top 3 certamente. isso numa comparação tosca seria … eu compro um carro num periodo estável da minha vida que não seguro por ai alem e mais pra frente fico mt mais rico … e no meio de tudo isto quer dizer nunca me ocorreu nem quando o mecânico me avisa que nao vai poder ajudar mais na manutenção do carro comprar um melhor , que tenha airbag e esp etc ? loool ta bem ta se alguem aqui acredita nisso entao tem de largar os medicamentos 🙂

  16. Benchmark do iPhone 5 says:

    Introduza o seu cartão
    Digite o seu código pessoal.
    Que operações pretende fazer: consultar o saldo, pagamentos, …
    Pagamento de serviços: digite os códigos da entidade, referência, importância.

    É isto que uma máquina Multibanco faz. Está ligada a uma rede privada (da SIBS) e utiliza protocolos de comunicações seguros.

    Têm sido atacadas com bilhas de gaz e cartões clonados. Não percebo como é que se pode atacar o Windows XP da máquina sem ser através da rede. Não tem portas USB nem aceita quaisquer comandos além dos menus que estão configurados (“entre o código e prima a tecla”). Não tem browser para a aceder a páginas na internet.

    É possível que surjam muitas vulnerabilidades no Windows XP e que não serão corrigidas pela Microsoft depois de 14 de Abril. Como é que em concreto podem ser exploradas no XP das caixas Multibanco é que não estou a ver.

    • Diogo says:

      Eis a minha questão.

    • Bruno says:

      Segundo o ultimo relatorio os ataques por via de software directamente na maquina de multibanco sao quase nenhuns…

      Bilhas de gas rebentam mesmo a maquina e retiras o dinheiro..

      Cartoes clonados é sacar dinheiro da conta de alguem a quem conseguiste tb sacar o codigo pin (teclados falsos, ranhuras para cartoes falsa, prender a saida de notas etc..)

      Agora nao me lembro de haver nenhum caso registado de uma maquina de multibanco que ”cuspisse” dinheiro sem estar a ser descontado de uma conta (com autorização, consciente ou nao, do utilizador)

      O unico caso que li foi na alemanha, mas o grupo tinha acesso á entrada usb da maquina ou seja desmontavam ligavam uma pen instalavam um malware sacavam o dinheiro e nao ficava nenhum rasto

  17. Hum... says:

    Hummm, primeiro que tudo existem licenciamentos de volume em que as licenças ficam muito mais baratas, nada dos preços aqui referidos.

    A rede das ATM é uma vlan privada, não está acessível assim como assim.

    A vertente Linux mais segura… quando se que arrombar arromba-se…

    A diferença é que exitem uns milhares de pc com código aberto, contra uns milhões com código fechado. A fama de estabilidade do Linux vem do unix e este está longe de ser barato. Alguns dos sistemas bancários são em sitemas nix (unix, aix, bsd e por ai fora) e custam balúrdios.

    Já vi ataques de Linux que te lixam a maquina toda, tal com em Windows e com uma simplicidade de crianças, claro se usares sistemas tipo ubuntu, e tal isso pode acontecer menos, são ligeiramente mais estáveis em um dist em desenvolvimento e normalemente são para ambientes de desktops e tal fáceis de instalar, já vem pre cheios de muita coisa… na volta se os meteres numa rede são tão vuneraveis como outra coisa qualquer, o haver menos exploits é porque ninguém se dá ao trabalho… existindo milhões de Windows porque estragar so uns milhares?

    faz lá deltree *.* no c:\ do Windows… em alternativa faz na bash do Linux rm -rf * e ve as diferenças do porque Windows… tenta lá substituir um ficheiro sam de pass do Windows com copypaste mesmo como administrador no Windows e tenta lá fazer o mesmo a passwd na /etc do Linux… no fim de tentares… talvez notes algumas diferenças…

    podíamos ficar aqui a noite toda…

    No entanto eu uso os dois sistemas tanto em casa como no trabalho… a propósito o android é um Linux e existem vírus e coisas e tal para eles… já deves ter lido algures.

    Existem muitas ATM nt 4.0 existem muitas com a versão 2002 do Windows XP, nem sp1 tiveram. as atms não ligam à internet, o facebook não lhes interessa… o fim do suporte é muito utópico… nem precisam sequer de evoluir para redes ipv6 nos próximos tempos…

  18. TH says:

    Atenção que as “máquinas” não estão assim tão vulneráveis como pensam. O grande background (ou trunfo) é a componente de Networking que está por detrás das máquinas (como acham que a SIBS salvaguardou as máquinas durante tanto tempo com tantas vulnerabilidades a aparecer em simultâneo!?).

    Mas caso façam o upgrade a melhor maneira seria através de VDI’s. Salvaguardando a possibilidade de dados locais e o tempo de implementação seria de “0” (excetuando a configuração dos servidores que um bom Admin faz em 2-3 dias) e os custos de implementação reduzidos em 40%-60%. De um dia para outro fazem o deploy das 13000 máquinas…

    PS: Prefiro aceder a um ATM que tem uma grande componente de Segurança de Redes do que aceder aos dados no Site da Finanças que tem enormes falhas de Network e Bases de Dados (ups isto não era para dizer) 😉

  19. de says:

    sempre que vejo o logotipo do windows xp no multibanco fico com medo… se vao actualizar para windows 7 aposto que teem que subistituir todos os computadores pois é tudo hardware ultrapassado

  20. Ok_Código_Ok says:

    Realmente, parece-me que este artigo é sobre um não assunto. Uma grande parte das caixa Multibanco em Portugal utiliza o Windows NT, para o qual já não há suporte há muito tempo.
    São PC’s que estão ligados a uma rede privada da SIBS (nem sequer é uma VPN), e como tal não são “atacáveis” por métodos remotos. A única hipótese de ataque é através do acesso físico ao PC, o que é virtualmente impossível.

    • lmx says:

      “A única hipótese de ataque é através do acesso físico ao PC, o que é virtualmente impossível.”

      😀

      vai dizer isso aos amantes das bilhas de gas lol

      • Jhon says:

        Os amantes das bilhas de gás querem as notas que estão no cofre e não acesso ao computador. Esse teu comentário nem sequer faz sentido, portanto.

        • lmx says:

          OMG,

          e tu achas que um atacante informatico de ATM’s quer o quê?
          não é dinheiro também??

          por acaso foi uma piada, mas não deixa de estar correcta, embora que seja um tipo diferente de ataque…mas é um ataque…

          cmps

  21. JM says:

    Só para informação de alguns “artistas”, que falam sem saber:
    1-Existem em Portugal, do meu conhecimento, empresas a pagar 10€ por cada posto de trabalho Windows (SO+Office+Manutenção+Formação) e tiveram acesso ao código-fonte.
    2-Universidades privadas tinha pelos mesmos 10€ – SO+Office+Visual Studio e ainda era possível fazer pelo menos 3 cópias por aluno deste software para utilização individual.
    3-O software aberto, cuja grande “vantagem” é serem descobertos os bugs e buraccos de segurança transformou-se num negócio em que ninguém está para rever linhas de código para outros facturarem, essa é uma das razões para 90 e muitos por cento do malware feito ser para android e outros *ux, dando a falsa sensação de segurança, por exemplo, e dando enfâse a que a treta do linux e da revisão do código é real, a NSA (sim aquela agência famosa) fez um módulo de segurança que está em todas as distribuições de linux que conheço-SE Linux- até agora e que tenha conhecimento ninguém viu o código (ele está disponível) e reparou se aumenta a segurança como foi a “intenção” da NSA ou se faz outras coisas, lá se vai a teoria do que é código aberto é mais seguro porque existem “milhões” a ver código, eu digo nem a olhar para ele-código quanto mais a nalisar e a percebeer, é instalar e está a andar. Fiquem bem! Não sou defensor de empresas ou softwares, sou defensor de produtividade, foi essa a razão principal da evolução tecnológica, se não, não vale a pena, mas existem muitos por razões obscuras que fazem as contas de modo a mudar e por cada euro de pseudo-poupança são gastos milhões em paragens, lentidão de serviços, erros dos utilizadores, formação, etc.

    • lmx says:

      “a NSA (sim aquela agência famosa) fez um módulo de segurança que está em todas as distribuições de linux que conheço-SE Linux- até agora e que tenha conhecimento ninguém viu o código (ele está disponível) e reparou se aumenta a segurança como foi a “intenção” da NSA ou se faz outras coisas, lá se vai a teoria do que é código aberto é mais seguro…”

      Errado…

      muito se tem falao sobre isso…mas é errado dizer que esta em todas as distros…porque não é instalado de base na maioria…portanto não está em todas e depois muitas empresas teem revisto e aumentado as features do SELinux…uma delas a RedHat, ente outras…

      Mas se não gostas de SELinux, podes sempre usar AppArmor que é melhor , ou grsecurity(mais fraco, mas basico)…

      No entanto não veem de base instalados…tu instalas se quiseres…

      cmps

  22. Paulo says:

    Pensando no futuro a solução baseada em uma distro linux sai mais barato e seguro. Porque não a SIBS criar uma distro para os ATM por exemplo?

    • lmx says:

      mas ai la se iam as luvas de inverno lol que alguem recebe por nao ter la o windows :S

      Ja pensas-te no negocio que e os SO’s em ATM’s?
      são milhões e milhões…e que no fundo são pagos pelos escravos tugas…

      As empresas mesmo as estatais, não querem ter trabalho nem preocupação com poupanças, ou em fazer as coisas bem feitas..

      Ainda me lembro da lata de determinado governador de determinado País depois de determinado banco falir(ele que era o responsavel pela supervisão!!)…dizer na comissão de inquérito algo do genero…

      “Então e era eu que deveria ir lá ver as bases de dados o que se estava a passar?”

      isto dito pelo homem que supostamente deveria commandar um grupo de homens sérios para que eles lá fossem ver BIG LOL…

      foi condecorado com um lugar de vice presidente do banco central europeu 😀

      Palavras para quê!!

      É tudo á grande…

      • vitor neves says:

        …sabes quem manda na rede Multibanco?

        se não sabes, perdeste uma boa oportunidade para
        estar calado e falar de cor…

      • JM says:

        Você é uma pessoa que não percebe nada de nada, para sua informação não existe nada a custo 0.
        Quanto a Bancos e Finanças não diga asneiras, não fale do que não faz ideia, já existem muitos idiotas a falar.
        Não sabe o que Software Livre nem os seus principios.
        Não sabe o que é Software Aberto e os seus principios.
        É melhor ler em vez de comentar.
        A SIBS dá lucro aos bancos e emprega muita gente, o problema principal é o custo das comunicações e principalmente nos postos de pagamento comerciais.
        Vá ler os fundamentos do Open Source e lá verá “que não existe cerveja de borla”. Leia, leia, leia, leia e volte a ler e quando pensar que sabe alguma coisa leia mais e quando pensar que não sabe nada então comente!!

        • lmx says:

          hummm…

          eu acho que comentou no local errado meu caro…!!

          mas se realmente acha que comentou no local correcto…então deixe-me dizer-lhe que perdeu uma excelente oportunidade de estar calado e não fazer figura de parvo…

          Porque o que escreveu no seu comentario demonstra a sua falta de conhecimento, não a minha…é que eu tenho trabalhado nos ultimos 15 anos…precisamente com SIBS e os Bancos…

          Se foi para mim…então parece-me que você se inclue no saco de vampiros que sugam, sugam, e …sugam!!

          Não me diga que ainda não tinha notado na escravatura que vai na SIBS, com os operários,e da forma deshumana com que são tratados??Tudo em prol de ordenados chorudos, pagos a palermas, que pouco mais que a 4º classe teem…entendeu, onde quiz chegar???

          Se quiser falar da Realidade…podemos falar…mas ai é mesmo para falar(posso até entrar em detalhes)…
          você teem-nos no sitio para falarmos sobre isso??
          É que eu tenho-os!!

          • lmx says:

            quanto ao software livre…

            detenha-se pela leitura…trabalho com ele a nivel profissional ha uns bons anos, e não me venha dizer que desconheço a realidade dos valores por detrás do mesmo, porque isso só pode demonstrar a sua pequenez…

            Se o seu comentario…calhou no local errado, então esqueça os meus comentarios, pois não se aplicam…

          • JM says:

            “Trabalhado com SIBS e bancos”, bancos deve ser do jardim e SIBS deve ver a empresa do outro lado da rua, pois nem a SIBS tem operários nem contrata analfabetos, isto de de não saber a língua materna é mesmo “desumano”, mas enfim…qualificação há muita, conhecimento há muito pouco…isto é tanta “gente” a falar em OSS depois de instalarem uma distro de Linux é só especialista…e continue preocupado em os apalpar todos os dias para ver se os têm!!!!

      • Bruno says:

        lnx como disse num extenso comentario que fiz e acho que expliquei step-by-step tu não pagas a mudança de SO do SIBS relaxa, a taxa que o estado paga ja está acordado, o serviço so tem de ser prestado agora se é com mais lucro ou menos lucro para a EMPRESA SIBS isso já é um problema deles…mas a ver pelos lucros apresentados eu diria que eles não estão interessados em migrar para linux.

        Tens de parar de tentar enfiar pela garganta das pessoas que Linux é a melhor coisa do mundo e que é grátis para todos os casos pq não é, cada caso é um caso

        • lmx says:

          Bruno…

          O linux não sai de graça…so por si…

          de graça sai o SO…o resto tem que ser feito e isso dá trabalho obviamente…o comer não cai do céu.

          Não é isso que estou a dizer…nem foi isso que eu disse!!

          Existem varias fazes de projecto como em todos os lados…uma das quais prende-se com o sistema operativo…e neste aspecto o custo esta solucionado…so por si(o custo do SO)!!

          Como ja referi um zilião de vezes, terá que haver testes, e adaptações, mas é trivial, fica feito e no futuro…pode-se esquecer este tema das licenças, etc…

          Acredita…tira muito peso de cima a quem tem que gerir os custos das infraestructuras, e aos sysadmins também…

          A empresa que trabalha nesta base é mais livre para tomar decisões, e não depende de nenhuma empresa em concreto!!

          Acentar um mecanismo monetario de um País em uma plataforma informatica de uma empresa…pode ser um tiro no pé…estás sempre dependente do futuro dessa empresa, e isso num mecanismo destes é demasiado perigoso..alias nem sequer deveria ser permitido…
          mas aqui ja teria que haver gente competente no topo da cadeia a saber tomar decisões…que não existe…

          mas ordenados chorudos…?ha isso existe com fartura, não sei se tens noção desta realidade!!
          Eu sei que a SIBs quer ser independente….pudera 🙂 a gerir o dinheiro dos Portugueses e a definir internamente o custo das coisas…era sempre a bombar…quer dizer…já o é de momento…mas menos do que seria se fosse uma balburdia total..

          A SIBs não pode ser vista como uma empresa independente…e isso é obvio…alias era mesmo muito perigoso para Portugal, ver a SIBS como uma empresa privada…a gerir o dinheiro do País…

          Eu não quero enfiar nada a ninguém…mas estão me a tentar enfiar productos de determinada marca a mim…e isso eu não como, se posso te-los gratuitos..

          Percebes-te a diferença?
          Se isto viesse de uma empresa privada…eu nem tinha começado a discutir o caso…cada um vive como quer e gasta o que quer…desde que isso não tenha implicações para mim…mas não é o caso…

          Eu ja percebi ha muito tempo os motivos da utilização do windows em detrimento de outros SO’s…são tudo jogadas de diversos tipos, onde se incluem muitas empresas de Consulting…

          É a minha opinião…eu expliquei o porquê da minha opinião..
          tu tens a tua, a SIBs tem a sua, e cada um tem a sua(ou não…muita gente não forma opiniões…usa muitas das ja criadas)…

          • Questoes says:

            Bem no meio de algumas coisas correctas ficam algumas inconsistencias…

            Mas você percebe o porque das ATM’s terem de raiz instalado o Windows isto é uma pergunta directa ao lmx.
            Sabe a razão ou pensa ser aleatorio ?

  23. O Silva says:

    Mas porquê tanto alarido??!
    O mesmo problema existia quando se migrou por exemplo de windows 98 para XP…
    Uma das vantagens deste sistema, é que o hardware é idêntico para cada uma das versões de atms, por isso talvez se resolva com uma troca de disco.
    E alem disso nas ATM, podem remover o factor utilizador, que será talvez um dos piores factores que influenciam a segurança de um sistema. E sendo um sistema fechado, qual é a preocupação?

    • lmx says:

      a troca de SO so funciona se o hardware sopurtar o novo SO…e muito sinceramente não me parece…pois depois do acordo M$-intel(para que a M$ fizesse SO’s mais pesados de forma a vender hardware(intel))…

      este problema põem-se mais que nunca…o hardware não suporta os novos SO’s…e o hardware que suportar…vai ser sempre um cancro..

  24. Rui Silva says:

    Os meus sinceros PARABENS ao Dr. Vitor Bento. O homem que gere uma das melhores REDES ATM – senão a melhor – da EUROPA.
    Excelente. Aguardemos por novidades.

  25. Edexote says:

    Já estava na horinha de mudarem tudo isso para Linux. Usavam CentOS e tinham updates para unns anos valentes! E podiam ELES PRÓPRIOS actualizarem os sistemas! A preguiça, o clientelistmo e o comodismo falam mais alto…

    • lmx says:

      e os lobies…

      quando se teem equipas a mandar sem conhecimento…tem que se requesitar serviços de terceiros e serem esses terceiros a gerir toda a infrastructura…porque como não temos capacidade(apenas a temos para os tachos…), dá nisso…

      cmps

  26. luislelis says:

    OK vamos a isto.
    O linux/unix nas Atms existem vai para decadas assim como IBM os2.
    Nao sera necessario inventar o q ja existe.
    A Google esta neste momento a tentar entrar e monopolizar. ja tendo apresentado solucoes chave na mao a varias entidades bancarias.
    O brasil ja tem milhares de maquinas atm com linux, salvo erro um projecto de 2010.Googlem.
    A Microsoft nao quer perder esse monopolio e vai prolongando o suporte.
    Os bancos recusam-se a aceitar as propostas da microsoft pq obrigaria a mudar o hardware enquanto o linux aposta na manutencao de hardware, sugerindo mudanca de hardware por razoes ambientais (poupanca de energia e mobilidade wifi).
    Os bancos, q sao os clientes, e q no fim dizem se o risco de manter xp tem menos custos a curto prazo.
    a longo prazo o dinheiro sera virtual ou seja deixa de fazer sentido o ATM fisico.
    a banca esta a mudar-se para a area virtual a uma velocidade incrivel.
    esta-se a trabalhar numa forma de tornar visual o dinheiro virtual, de forma a proporcionar confianca, o valor esta directamente relacionado com confianca.
    mais nos proximos capitulos.
    aquele abraco

  27. Jesus Cristo says:

    A ATM ao pé da minha casa usa Windows CE.

  28. Luis Silva says:

    Na minha opinião seria mais barato mudar para Linux.
    Primeiro como todos sabem é gratuito.
    Segundo não venham com as histórias da formação dos técnicos de ATM’s pois quem quiser trabalhar para esse tipo de serviço tem de ter conhecimentos de informática, e portanto a maior parte deles tem também conhecimentos mínimos de Linux, se calhar até mais do que possamos imaginar, mas isto é suposições, eles gostam é de gastar as empresas, quando é o estado que paga não se preocupam muito.
    As empresas privadas que não estão ligadas ao estado tem linux muitas delas, quase de certeza.
    Trabalhei na ENAME onde reparam ASUS e Hanspree, os pc’s correm Linux emulado através do servidor, até a Radiopopular tem Linux vejam só lol.
    O Linux só tem vantagem, mesmo que gastem em formação é um beneficio a longo médio prazo, e para além de não ser preciso de hardware novo.

    • vitor neves says:

      Meu caro Luis

      Se fosse melhor e mais barato, já a SIBS tinha tudo
      convertido. Os equipamentos ATM não são do Estado e
      as licenças são uma ninharia (custam menos que 2 horas
      de formação/adaptação ao linux)

      • lmx says:

        “Se fosse melhor e mais barato, já a SIBS tinha tudo
        convertido.”

        errado…

        A SIBS não tem pessoas suficientemente qualificadas para tomar decisões a este nivel…e por isso delega decisãoes a serem tomadas em Empresas como a Novabase entre outras…que são empresas que teem todo o seu Modelo de Negócio acente em Windows…será preciso escrever mais alguma coisa…?

      • lmx says:

        2 horas de formação…e isso é quanto??
        É que cá em Portugal…conta é o dinheiro gasto…

        Porque ha formação carissima, e formação barata…isso parece mais conversa que outra coisa…

        cmsp

  29. dt says:

    Falar de cor é muito fácil.
    Nem todos os projectos são financeiramente viáveis numa mudança de windows/linux.
    Cada caso é um caso.
    O primeiro passo é estudar, elaborar financeiramente e tecnicamente a possibilidade de uma transição.
    O resultado do estudo vai ser muito óbvio.
    Existem aplicações e toda uma infraestrutura tecnológica associada às ATM
    Todos os dados processados por uma ATT vão ter de interagir com outros sistemas
    Por isso especular que mudar as ATT para linux é viável ou não, é falar para o tecto.

  30. Jhon says:

    Não tenho nada contra os utilizadores do Linux, mas às vezes muitos deles parecem os gajos das Testemunhas de Jeová, sempre sempre a “chagar” o pessoal acerca das maravilhas do produto. Se é assim tão bom, fixe! Usem, desfrutem dele, divirtam-se.

    Penso é que não é necessária toda essa onda de tentativa de conversão de outros “crentes” e “não crentes”.

    Cada um usa o que quer e o que gosta, já todos são crescidos, por isso poupem-nos as pregações.

  31. vitor neves says:

    A ATM da foto não é portuguesa…

    Muitos dos terminais Multibanco ainda
    usam o Windows 2000 e não existe perigo nenhum
    para os utilizadores.

  32. Samuel Viana says:

    Sabem a CaixaDirecta, a rede de caixas automáticos exclusiva para clientes da Caixa Geral de Depósitos? Eu tirei uma foto uma vez a uma máquina dessas a reiniciar com o logo sabem de que sistema operativo !? Windows NT 4!!!
    E nem foi há mais de uum ano…
    Há quanto tempo a Microsoft deixou de suportar o “velhinho” NT4, mas a Caixa ainda o usa, deve ser porque não tem dinheiro para comprar computadores com hardware para correr XP !

  33. Vítor Aleixo says:

    Há muita confusão em certas pessoas que falam do que não sabem. Nas ATMs e ATS (que são as maquinas internas dos bancos como a CGD, BCP, BES) existem muitas maquinas com Windows XP, em especial as maquinas mais recentes, que foram instaladas de (se nao me engano) 2001/2002 para a frente, mas existem ainda muitas maquinas com o Windows NT e o Windows 2000, no caso do primeiro em maquinas que já estao no mercado há 15 ou mais anos. Máquinas essas que em muitos casos tèm processadores Pentium com 128 Mb de memória. Ora se a SIBS (que não é o Estado mas sim uma empresa privada e que penso que já não opera só em Portugal) não atualizou os S.O. altura e continua a usa-los porque é que agora haveria de o fazer???
    Quanto à segurança podem ficar descansados que, para alem das ATMs nao estarem ligadas a net o sistema da SIBS é provavelmente dos mais seguros do mundo.

    • lmx says:

      +1

      A SIBS não é o estado mas tem participação do estado e mais…opera num mercado monopolizado por ela mesma…por não haver concorrencia…

      Concordo que usando uma rede privada, não precisa de mudar nada, pode continuar a facturar a custo zero, desde que não haja upgrades(novos SO’s,etc)…quando os houver…bom ai vai ter que ser hardware e software…

      • Vítor Aleixo says:

        A SIBS não faz upgrades aos S.O., apenas faz ao seu software. Quanto às licensas do S.O. de cada ATM é da responsabilidade dos fabricantes e não da SIBS.
        Já agora nenhuma ATM que existe em Portugal faz updates do windows, e isto é lógico se pensarmos que as mesmas trabalham sobre redes privadas. Agora o que é provavel que venha a acontecer é que ATMs que saiam novas venham já com o windows 7 e nao com o XP, uma vez que já não existe o XP à venda e nao acredito que os fabricantes de ATMs tenham comprado assim tantas licenças. Já agora aproveito para dizer que cada ATM tem uma licença do Windows com o respectivo autocolante a comprovar, como um PC normal comprado numa loja

  34. Luís says:

    E que tal a SIBS desenvolver o seu próprio SO onde aí sim, tivesse total controlo sobre o código. Evitava um SO cheio de funcionalidades não utilizadas. Nenhum outro oferece tanto…

    • lmx says:

      mas isso estraga por completo o modelo do lobie implementado…

      a SIBs gere grande parte do dinheiro do País…e como tal, ha sempre rios de dinheiro para gastar…

      O problema é esse…
      se houvesse uma entidade reguladora, tendo em conta que estamos num monopolio…ai sim a SIBS teria que fazer-se a vida para continuar a ter lucros elevados, e por sua vez salarios altos e prémios churodos…mas isso não acontece…é uma pena…

  35. Tiago says:

    Já existem caixas multibanco em portugal o correr centOS

  36. Nosferatu Arucard says:

    Ainda existem muitos ATM no mundo que usam o OS/2!
    No Brasil migraram do OS/2 para o Linux, outros podem até ter migrado para o NT ou o BSD (que seria mais plausível em Portugal até, pegavam no FreeBSD e criavam um fork closed-source num instante!)

  37. Edvan Alves says:

    So um comenteário; o linux é uma boa solução para os ATM’s, se a empresa tiver uma equipe que tenha conhecimento em linux todos os problemas serão resolvidos. E outra trabalho em um empresa onde estamos tentando migra o XP para 7 nos ATM e infelizmente nao esta fácio, pois as API’s que rodam no XP dão erro no 7. Ou seja o problema e complexo e já que tem que mudar muda para linux.

  38. xis says:

    Tanta preocupação com a SIBS e o XP, então e as maquininhas que correrm NT? Caso para dizer, comentários tipicos dos tuguinhas superentendidos que debitam para ai postas de pescada à fartazana e provavelmente nem trabalho têm!

  39. Gr1ng0$ says:

    http://linux-atm.sourceforge.net/

    ATM support for Linux is currently in pre-alpha stage.

    Será a melhor opçao!! 🙂

    • O ovo e a Galinha says:

      O problema não é o sistema operativo ou hardware/software support, o problema é no metodo como a atm fala com os perifericos os MAjor ATM retaillers ( Diebold, Wincor ) tem um forma de falar com os dispositivos completamente diferente do que possas pensar, sao DLL’s proprietarias com protocols de comunicação protegidos para autenticar as acções que eles simplesmente nao querem ver fora do windows porque isso para eles funciona as mil maravilhas, nao existe nenhum projecto para que façam uma versao unix.

  40. Paulo says:

    Acho que deveriam seguir o exemplo da India ou Brasil e migrarem para linux. Alias gradualmente terão de actualizar o hardware presente nas atm para suportarem os novos cartões
    http://www.securethelock.com/2014/03/23/indian-atms-upgrading-linux/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=indian-atms-upgrading-linux

  41. Miguel says:

    Penso que nos estamos a esquecer aqui de alguns pontos importantes:

    – Ainda temos muitas ATM com windows NT4, e não foi por a Microsoft ter terminado o suporte a muitos anos que as mesmas deixaram de funcionar ou de ser seguras.

    – É necessário levar em conta que a rede das ATM’s é uma rede fechada e em que as comunicação nem passam pela internet.

    – As licenças dos sistemas operativos, são licenças OEM que vem incluídas no preço da maquina quando a mesma é comprada.

    – Sim temos uma das redes mais avançada do mundo em que podemos efectuar muitas operações gratuitamente… ou será que não são? Pagamos despesas de manutenção, anuidade de cartões e se formos pedir um extracto com mais de 90 dias na maioria dos bancos temos que pagar o mesmo.

  42. Jaime da Costa says:

    Na minha opinião devem de mudar e aproveitar esta oportunidade para mudarem pra Linux , entretanto há quem diga que os funcionários vão precisar de formação ,,, e que são muitas maquinas para mudar … bem independente mente do sistema operativo vai ter que haver sempre formação e sempre vão ter que se deslocar há caixa para mudar mas na minha opinião não será difícil de mudar … basta a sibes contractar uma boa empresa de informáticos para colocarem o android a funcionar nestas maquinas e criar uma aplicação e o problema fica resolvido … também podem mudar o sistema de seguinte forma o técnico desloca-se há caixa Atm e troca o disco ou coloca uma placa para que a maquina funciona através de cartão de memoria tipo SD 4Gb esse cartão pode ter um pequeno sistema operativo em Linux tipo Zoric e o mesmo pode ligar directamente há rede não sendo necessário ter mais nenhum software nos terminais e passam a fazer tudo tipo de operações em rede caso alguém tenha interesse a colocar o Windows de volta nos terminais basta ter um acordo com a Microsoft e colocarem Windows 7 start edition .. a Microsoft vai iria ficar muito contente e fazia uma pipa de massa..

  43. DinoSauro da TI says:

    Tenho 60 anos e desenvolvo software profissional há 30 para uma grande empresa, que usa produtos da M$ e paga a estrangeiros uma pipa de massa por uma variedade de aplicações que poderiam e deveriam ser desenvolvidas em Portugal para garantir trabalho aos vossos filhos.
    No estado é o mesmo panorama confrangedor e não há desculpa possível para a atitude perdulária.

    Uso o Linux em casa desde há mais de 10 anos e sempre que posso uso programas opensource porque têm muita qualidade.
    Se eu decidisse só em casos pontuais é que permitiria software proprietário e assim baixava os custos em muitos, mas mesmo muitos, milhões de euros anualmente.

    Alguns exemplos da eficiência da certificação do software:
    A monstruosa base de dados Oracle com que trabalho esteve off durante 3 semanas para se conseguir recuperar a informação. A culpa morreu solteira: nem o produto Oracle, nem os DBA’s internos e externos, nem o software especial de backup tiveram a culpa. Os custos foram pagos pelos mesmos do costume apesar de a empresa ter quase parado durante 3 semanas ( +- 300 funcionários).
    Entretanto não se ouvem queixas do MySql (ou da MariaDb) que suportam alegremente qualquer carga.
    Após um upgrade de versão da Oracle o resultado do SQL (selects no caso) era errado. O problema era pouco visível e só uma semana depois é que me apercebi do problema. Uma semana demorou o patch de correção a ser aplicado. Os estragos poderiam ter sido incalculáveis.
    A aplicação MicroStrategy (BI) começou a recusar-se a fornecer alguns reports. Constatei que o SQL gerado estava errado. A correção do problema demorou mais de uma semana a ser aplicada.
    A M$, Oracle e o MicroStrategy são produtos certificados pagos a peso de ouro com falhas de segurança.
    No Linux e opensource está-se bem: até a tua avó pode usar sem dificuldade. Os técnicos têm de aprenderem outros conhecimentos? Ótimo, só lhes vai melhorar o currículo e não é difícil, ou então dá-se o caso de não serem realmente técnicos (há muito disso infelizmente).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.