PplWare Mobile

Executivo Samsung elogia ecossistema da Apple


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. João Dias says:

    E é normal que elogie. Dado que até há pouco tempo eram eles que o fabricavam quase todo…

    • Vítor M. says:

      Quase tudo?

      https://pplware.sapo.pt/informacao/quanto-do-iphone-4-e-feito-pela-samsung/

      Nem por isso. Tinham uma boa fatia nos iPhones, iPads e pouco mais.

      A Apple, quando se fala em ecossistema é muito mais que isso, ao nível do serviço, a iCloud, a iTunes Store, o iMatch, a Matc app Store, a App Store, as tecnologias Air Print, Air Play, a iBook Store e um vastissimo leque de outros serviços conexos…. nada têm a ver com a Samsung, nada. Além disso e é isso que a Samsung quer trazer para o seu seio, a Apple tem um ecossistema onde os developers criam para o iOS, onde eles ganham dinheiro e dão dinheiro a ganhar à Apple.

      Na Samsung, o problema está para quem é que os developers estão a trabalhar, será para a Samsung? Será para a Google? Será para a LG? Será para a HTC? É que depois todos tiram proveito e a Samsung tem aumentado claramente a sua reputação no Android sem que isso lhe dê garantias de futuro.

      Depois, com a contenda de patentes, a Samsung já paga royalties à Microsoft por cada smartphone com Android que venda…. eles não querem isso, até porque a seguir vão ter mais problemas com a Apple e os milhões que vão ter de lhes pagar.

      A Samsung criou o seu próprio sistema operativo, o Bada e a sua loja para Bada, mas o mercado obrigou a Samsung a enveredar pelo Android e agora mais uma vez pelo Windows, neste caso com a linha ATIV com Windows Phone 8.

      Não deixa de ser uma grande empresa, mas amarrada a outras maiores ainda. Vamos ver o futuro.

    • eduardo says:

      considerando que ele fala mais sobre o software do que sobre o hardware, o teu comentário não faz grande sentido! Para além de que a Samsung só era fornecedor exclusivo para o SoC, tudo o resto sempre houve mais do que um fornecedor para os aparelhos da Apple!

  2. Carlos says:

    Esses ecossistemas tem precisamente vantagem por limitar as situações onde são usados, a mesma marca escolhe software/hardware tem menos trabalho a criar abrangência porque dá atenção concentrada a poucas variantes de hardware.

    Mas isto traz um principio que é degradante numa sociedade de partilha a não ser que todos comprem a mesma marca o que iria ser redutor por outras razões.

    Imaginemos que todas as marcas tinham o seu ecossistema!
    Nunca nos podemos esquecer que facilitar compatibilidades entre vários ecossistemas seriam bloqueados ao máximo porque às empresas interessa dependência e entraves para quem quer mudar.

    Basta ver as inúmeras posições que a Apple tem tomado ao longo de existência do iOS.

    Eu continuo a preferir e a fazer força para que existam casas de softwares independentes que forneçam multi-marcas, porque podem ter mais problemas de adaptação ou otimização mas também na altura do campeonato que já vamos temos mais que exemplos que tem se conseguido bastantes bons resultados não roubando a liberdade na escolha dos equipamentos ou hardware no caso do PCs então é gritante a possibilidade de configurações, patamares de qualidade e de preços disponíveis.

    • Carlos Carvalho says:

      Bom dia Carlos ,

      Subscrevo o que acabaste de escrever , os ecossistemas fechados a cadeado só servem mesmo para manter clientelas e tornar os utilizadores completamente dependentes das decisões dessas marcas , por principio acho muito errado esse caminho , mal comparado é a diferença entre viver em democracia embora cheia de problemas e numa ditadura , no meu caso a balança pende claramente para a democracia e o mesmo se aplica nas tecnologias , chega a um ponto que acabas por não ser o verdadeiro dono do que compraste porque a dependência não te deixa qualquer escolha , é isto ou é isto , não muito obrigado , como dizes temos felizmente muitos exemplos em que a opção da configuração das maquinas é nossa instalamos o que queremos e fazemos do nosso equipamento o que queremos e isso vale ouro .

      Aceitem os meus sinceros cumprimentos

      Carlos Carvalho

    • Cristiano Alves says:

      Nao percebo o porque de dizeres que é degradante, eu uso mac e iphone, e nao encontro nenhum entrava a lidar com outras pessoas que têm plataformas diferente.

      E qual o problema se eles limitam o hardware, se pela minha experiência eu consigo melhores resultados?
      Que me adianta ter um computador com o hardware topo, se depois nao tenho nada que o esprema, e com um mac com metade das características consigo melhor fiabilidade?

  3. golias17 says:

    Espero que eles também percebam que outro dos problemas é o tempo que demoram a actualizar os aparelhos, esse sim para mim é muito mais importante.

    • Vítor M. says:

      Isso eles não têm culpa, o sistema é que está “montado” dessa forma. O Android é controlado não pela Google, não pela Samsung, não pela HTC ou LG…. são as operadoras que ditam parte desse ciclo de actualizações e, os fabricantes outra parte.

      A Google nos seus dispositivos Nexus actualiza com rapidez, mas os restantes…. a malta dos LG’s ui ui além de outros que se queixam por falta de suporte.

      • golias17 says:

        Em Portugal a actualização para o s3 saiu por ultimo nos livres, não percebo porque é que a Samsung atrasou tanto para telemóveis livres. Pode ate ser pressão das operadoras, não sei…

  4. Abilio says:

    Pelo que li não foi apanhado de surpresa e disse uma “argolada”.
    Foi-lhe entregue um questionário ao qual respondeu com tempo suficiente para não ser precipitado. Conhecendo os orientais não respondeu individualmente mas corporativamente. Logo os interesses por detrás destas declarações serão muitos.

  5. miguel says:

    É normal que elogiem algo que maior parte do hardware é feito pela Samsung. Estranhava é se falasse mal de uma coisa que nos componentes mais importantes eram feitos pela Samsung, e deu a ganhar muitos milhões a Samsung, o equipamento que tem em casa ate deve ter sido oferta da Apple. Não perceberam mesmo a ironia presente na entrevista:-)

    • Tiago Dias says:

      Ele não falou do hardware, mas sim do ecossistema. Ele fala da forma como as coisas funcionam, como tudo interage num ecossistema que, embora simples, funciona muito bem e sem problemas. Isso é completamente distinto do hardware (que não, não é todo feito pela Samsung).

      Não há ironia nenhuma. A Samsung não põe a mão (nem niguém o faz) nesse ecossistema. Aliás, quem lhes dera por apenas uma unha nisso…

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        Não ?
        “OK, so think about Apple compared to Samsung. I use a Mac, actually, at home. I’ve always used Mac, an iPhone, and an iPad. I also have the Galaxy. So I’m a great example.”

        http://www.technologyreview.com/news/508306/the-man-looking-to-turn-samsung-into-a-silicon-valley-trendsetter/

        Considerando que um executivo deste nível nunca fala a título individual, a declaração é surpreendente.

        Do que não fala é do Android.

        • Tiago Dias says:

          Reformulando. Ele disse que usa hardware e serviços Apple, mas não disse que o hardware Apple é melhor que o hardware Samsung. O que ele elogiou, e referiu que a Samsung não consegue fazê-lo, foi o ecossistema que a Apple tem, o ecossistema que um utilizador de equipamentos Apple tem ao seu dispor. Isto para contrariar o que o miguel disse, que ele estava a elogiar os equipamentos da Apple por ser a samsung a fabricar alguns dos componentes.

          Aliás, em termos de hardware ele refere que o seu Galaxy Nexus é melhor que o iPhone.

          • Benchmark do iPhone 5 says:

            “Seu”, do entrevistador.

            Ele diz que usa Mac, iPhone e iPad … e aponta para o Galaxy do entrevistador e diz que é melhor. Resumindo, prefere e usa os equipamentos e o resto do eco-sistema Apple (iCloud incluído), independetemente do Galaxy ser um equipamento melhor.

            Já chamei a atenção de que estes executivos não falam a título individual. O que aparece na entrevista é o que a Samsung quer que apareça. Aparece um “ramo de oliveira” à Apple e não aparece nenhuma referência ao Android.

      • Nelson says:

        O Mac, por exemplo, o que é que tem da Samsung?

        Nada…

        No máximo pode ter lá um painel IPS, ou quê… que costumam ser da LG…

    • Traul says:

      Uh, acho que aqui não se trata de ironias, até porque caso não tenhas percebido o teor do elogio aqui focava-se no ecosistema da Apple em si. Ninguem da Samsung iria elogiar a Apple pelos dispositivos Apple, ainda menos por aqueles que usam componentes Samsung, isso seria dar uma palmadinha nas próprias costas o que seria o mesmo que virem a publico vangloriar-se e é o tipo de impressão que não precisam de passar – Claro que infelizmente há as pessoas como tu que saltam imediatamente para essa própria conclusão.

      A Samsung não precisa disso. Eles fazem o seu próprio hardware e vende, essa parte está controlada – O que eles não controlam no entanto, e é aqui que vem o elogio do modelo de negócio, é todos os serviços que a Apple oferece. iCloud, iTunes, etcetera. A Samsung essencialmente não tem nada do genero que lhes traga lucro, e é o que há a elogiar na Apple em termos de negócio.

    • eduardo says:

      O que dizes é um mito! A Samsung era o principal fornecedor, mas não era único para os componentes que vendia, isto é, a única coisa que a Apple dependia em exclusivo da Samsung era o processador, nada mais. Para tudo o resto sempre houve outros fornecedores!
      Quanto a ter sido oferta, o senhor está há pouco tempo na Samsung! Os equipamentos já vinham dantes e são vários.

  6. jota Ribas says:

    OFF TOPIC…

    E que tal um artigo sobre o Nexus 10 e para quando se prevê a comercialização em PT;

    Igualmente seria bom saber se há possibilidades de comprar em ES-.

    Desculpem mas acho um assunto atual.
    Cumps e fiquem bem todos…e já agora Feliz Natal para PPlware e fãs !!!

  7. jota Ribas says:

    OFF TOPIC…

    E que tal um artigo sobre o Nexus 10 e para quando se prevê a comercialização em PT;

    Igualmente seria bom saber se há possibilidades de comprar em ES-.
    Desculpem mas acho um assunto atual.

    Cumps e fiquem bem todos…e já agora Feliz Natal para PPlware e fãs !!!

  8. The Man says:

    Não percebo o que vai na cabeça da grande parte dos leitores do PPLWARE. O que tem ecosistema a ver com hardware fabricado pela Samsung… Deus me livre.

    • lourenço says:

      sim, até porque quando dizem que a maior parte do hardware é fabricado pela samsung, percebe-se claramente que não estão a falar da apple mas de ipad’s iphones e itouch’s.., enfim!..,

      provavelmente não vos é fixe ouvir estas coisas, mas a apple não é só iphones, ipads e ipod touchs!……, existe mais para alem disse…, time capsules, airport express/extremes, ratos, teclados, trackpads, macbook air’s, pros’,imac’s, mac pro’s, enfim…, e assim à primeira vista, juntado todas as coisas que contribuem para 1 maior parte do hardware em relação a ecosistemas, n me parece que seja a samsung quem a produz!…, temos pena!

      • Ripwave says:

        Lourenço, e a Samsung só faz smartphones e Tv’s ??

      • Francisco Pinto says:

        Mas nem nos ios devices… A unica coisa que a Samsung produz em exclusividade (ainda) é o processador(o A6)de tudo o resto vem de múltiplos fornecedores(lg,sharp,toshiba,hunix, qualcomm,etc). No ultimo teardwon feito pela ifixit do iphone 5(por exemplo) a unidade desmontada por eles só tinha o processador fabricado pela Samsung tudo resto vinha de outras paragens retina display-LG, memoria-hunix,ram-elpida, baseband-qualcomm,…!

  9. JP (djlinux) says:

    “Look at your phone [pointing to my Samsung Galaxy Nexus]. It’s a better phone, in my view. It’s a better display. It’s faster. But eventually the connected ecosystem is really critical”

  10. maybe says:

    Uma opinião… mas quando é que a imparcialidade jornalística volta?

    • Alexandre says:

      Quando a “amor” terminar….

    • Jorge Carvalho says:

      Queres elaborar ou é apenas porque não tens mesmo nada a acrescentar à discussão ?

      Abc

      • maybe says:

        varias vezes tive opiniões sobre a apple no qual o próprio autor respondia com opinião pessoal,se quiseres lê mais artigos do Vitor.M e tu mesmo podes provar isso e além disso acho que muitos leitores da pplware sabe que aqui a apple reina , apesar de tudo gosto do site… não gosto é de artigos da apple escrito pelo autor… mas pronto é uma opinião e todos temos direito a opinar.

        • Vítor M. says:

          Estás errado. Estares a “atacares-me” não te adianta muito, não fui eu que disse aquilo, os posts que falo da Apple só lê quem quer, os posts de Android são mais do que os da Apple, os Posts de Linux são mais do que os de Windows, os posts genéricos são mais dos que quaisquer outros… os teus olhos é que apenas vêm os da Apple.

          Os da Apple são mais comentados?

          Pois são, sabes porquê?

          É a paixão e a atracção que a marca proporciona nas pessoas….

          Depois repara no mundo… abre bem esses olhos, qual é a marca que mais se tem falado desde 2010 até aos dias de hoje… achas que é culpa minha que se venda iPads aos potes, iPhones ao magotes e Macbooks às paletes?

          Achas que tenho culpa que a Samsung e a Apple se metam em confusões e tribunais?

          Achas que tenho culpa que as outras marcas fiquem na sombra enquanto se vendem tractores de iPhones e Samsungs?

          A culpa é minha?

          Não gostas de ler? Então explica-me porque é que em todos os posts sobre Apple tu estás presente? Dsezus man… tu estás em todos, tu tens mais comments nos posts da Apple que em qualquer outro, o que chamas a isso?

          Eu acho que é paixão pela marca.

          A culpa é minha?

  11. eduardo says:

    serei só eu ou se isto fosse ao contrário (um executivo da Apple com aparelhos Samsung), o título seria do género “Executivo Apple prefere aparelhos da Samsung”!!?
    E por esta altura já haveria mais de 100 comentários!

    • maybe says:

      É sempre assim quando se toca a Apple aqui na pplware.

    • golias17 says:

      Eu acho que isso pouco interessa tanta gente que trabalhas em companhias e usa serviços de outras. O que é de focar é o elogio, o resto que interessa se ele usa Apple, Alcatel ou Samsung

      • eduardo says:

        não discordo! mas o que é certo é que se fosse ao contrário, o título seria bombástico, e ver-se-ía muitos comentários do género “é o fim da Apple”, ou “Steve Jobs” isto e aquilo… como já aconteceu tantas outras vezes em situações sem qualquer cabimento

        • golias17 says:

          Bem nesse ponto estou de acordo… Mas isso de declarar fins há em todos os campos, vai ver noticias do verão em que saiu o s1 e depois vais ver que nessa altura era o android que não tinha futuro,para bem do consumidor ainda bem que estavam enganados e espero que os de agora também estejam.

  12. CoverThat says:

    PPlware… antes de irem atrás dos fanboys do the verge, podiam investigar um pouco e verificar quem é o Young Sohn.

    Que artigo (tanto aqui como no verge) mais ridículo e sem cabimento….
    Já agora podiam perguntar também ao contabilista que trabalha no escritório da Macedónia da Apple que dispositivos prefere….

  13. Olivério says:

    Bem! Que nervos a flor de pele que vai aqui… Eu penso que em última análise, Apple, Samsung, Windows e etc não passam de uma questão de gostos.
    Mas, se tivermos que comentar algo de forma imparcial, fria, crua e nua (como se diz no popular), chegaríamos à conclusão que cada marca tem os melhores e piores gadgets. Eu, não me atirem ainda pedras, tenho a Apple uma estrela egocêntrica. Aqueles artistas que mais se interessam em ouvir-se a si próprio do que a produzir para satisfazer os seus fieis e possíveis futuros consumidores. E faz isso porque tem consumidores assíduos e pouco exigentes. Consumidores de marcas, no fundo. A Apple só disponibiliza aos seus consumidores que ela acha que eles precisam. E ele ficam-se.
    Passo a explicar. Quando saiu o primeiro iPhone, eu tinha um HTC Touch com stylus e corria um Windows qualquer que já nem lembro. A ideia Apple era das mais atrativas jamais vistos. Mas a medida que saiam mais especificações finais do aparelho, mais eu ficava frustrado. Um telemóvel tão caro que nem suporta a tecnologia 3G, enquanto já existia no mercado telemóveis de marcas duvidosas que já faziam vídeo chamadas e de qualidade?
    Bom, se me restava avaliar o custo de ficar sem um stylus. No fim de conta, não compensava. E mesmo assim fiquei a acompanhar a evolução do aparelho com a esperança de que um dia a Apple fizesse progressos estonteantes. Mas nada… (não vou aqui falar dos atrasos nem das falhas dos equipamentos seguintes porque sei que todos sabem aqui do que estou a falar). Acabei por perceber que não valia a pena continuar a espera. Mas só percebi isso porque sou consumidor exigente. O mercado inundou-se de equipamentos bem mais versáteis de preços acessíveis e que não falhavam onde o IPhone fazia as mais tristes figuras. Eu tenho amigos com iPhone 4, 4S e 5 que não conseguem sequer emparelhar os telemóveis por Bluetooth (entre iPhone).
    Enfim…
    Quanto a Samsung, todos sabem exatamente o quanto essa marca conseguiu mercado graças a Apple. SIM! A Samsung copiou a Apple em muita coisa. No entanto, há 4 meses que tenho um Galaxy S III. Sempre menosprezei a Samsung por ter um sistema muito instável (Bada) e quase sempre incompleto mesmo nos seus topos de gama. Mas, acontece que com o Android da Google, a Samsung está a produzir equipamentos fantásticos, mas também podia ser a LG, HTC ou outro. Só que neste momento, é este telemóvel que me enche as medidas. Porquê? Porque sinto que gastei bem o meu dinheiro. O que não teria acontecido com o Iphone. Não digo isto com leveza porque tenho um familiar que recorre sempre a mim para configurar as coisas mais básicas e que estão sempre a dar problemas. Coisas que só quer experimentar porque na realidade nunca mais vai utilizar, mas se ele pagou por essas funcionalidades, tem direito a eles… Então pergunto-lhe porquê um comprar um telefone tão problemático? A resposta é simples. É um iPhone, é chique.
    Pois, a mim não chega…
    Os developpers trabalham para Google em vez dos fabricantes? So What? Android faz com que quem baseia o seu SO no Android possa vender equipamentos até dizer chega. Essa é a crua verdade. Mas há outra faceta que todos se esquecem, é que Android fomenta o open source, assim os programadores para Android não ficam limitados a produzir apps para as lojas mas também a melhorar e propor alternativas dos SO Android. Isso não acontece em ecossistemas fechados como o da Apple.
    A Apple pode ter um ecossistema galáctico mas não deixa de desiludir verdadeiros consumidores imparciais, os que gostam de espremer um telemóvel até às últimas.
    Os consumidores ditos “normais” nem querem saber dos ecossistemas. Querem um Iphone porque está na berra, Galaxy S III porque é bonito e etc… No fim a discussão não passa disso.
    Para concluir, digo que só devemos comprar algo porque vale o dinheiro que vamos dar por ele e não porque é um ecossistema xpto e fechado como o Federal Bank dos EUA.
    Eu ainda estou a espera do iPhone que me deixe de boca aberta. Serei o primeiro a montar uma tenda à porta de uma loja para comprar um. Mas até lá há equipamentos que façam mais e a preços rezáveis.

  14. Ryan says:

    Resumindo para uns a Apple e uma seita. Para outros a Apple e apenas qualquer coisa que usam e não precisamos de andar a fazer barulho ou defender como se fosse minha ou do meu pai.
    Do outro lado Samsung, HTC, Android vai pelo mesmo caminho. Para esse tipo de discurso já chega a clubite aguda. Tornar tudo no mesmo acho que entramos num estado de delírio.
    Mas no final de tudo para quem tem de utilizar estas coisas todas pode ser mais fácil termos o mesmo em todo o lado. Outros optam por ter diferentes experiências.
    Enfim… no fundo, no fundo cada um usa o que entender. Fanatismos dispensam-se. Eu fazendo parte das tecnológicas dispenso discursos que estão presentes em outros ramos.

  15. Paulo says:

    puro marketing, e uma bom slogan interno.

  16. Aqui está um conceito interessante e relativamente novo, que aprecio bastante. Podem dizer o que quiserem mas o “ecosistema” é o futuro e este só vem facilitar a vida a quem opta por utilizar. Pessoalmente à muito que tenho especial apreço pelos produtos da apple, utilizando diariamente 2 Macs, um iPad, um iPhone e um ipod. Para além disso subscrevi em tempos serviços como o Mobile Me e mais recentemente uso e abuso do iCloud. Para além disso também subscrevi o iTunes Match. As vantagens para mim são muitas. Tenho GB de musica devidamente organizada disponível em qualquer dispositivo que esteja a usar. Contactos, contas, calendários, lembretes, notas, mensagens, todas devidamente sincronizadas, ora use um tablet, ou iphone ou o PC. Depois também existe a vantagem de comprar software que é adaptado para cada dispositivo, mantendo sempre o mesmo nível de qualidade, como é o caso do evernote, istudiez, moneykey, Plex entre outros. Finalmente o facto de ter um disco ligado a um Airport Extreme, permite que o mesmo seja montado automaticamente onde quer que vá, o que é uma solução bastante interessante e que me dá muito jeito.
    Sei que existem outras formas de sincronização, até porque no meu iPhone 3G, tive de as usar, mas não é a mesma coisa e foi um dos principais motivos para trocar para o 5.

    Esta é sem duvida a melhor solução para mim, mas existem outras que certamente serão mais interessantes para outras pessoas… Recomendo vivamente o que a Microsft anda a fazer. Windows 8 no PC, RT num surface e um smartphone a correr WP 8, a meu ver é uma proposta muito interessante, ou seja no fundo é tudo uma questão de gosto, com o objectivo de simplificar a vida a quem usa. A Samsung hoje em dia não pode oferecer um solução do género, pelos motivos que já foram ditos, já que este tipo de solução depende do software

  17. Boas,

    Também existe o contrário: Pessoal Apple a apontar o android como exemplo a seguir, se não veja-se o caso do guru Apple e Guy Kawasaki que recentemente foi noticia (pelo menos em outros sites) aao dizer que mudou para android nos dispositivos móveis e não pretende regressar…

    Cumps.
    MB

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Também tinha o cargo de “estratega” da Apple ? Apontou o Android como exemplo a seguir e manteve-se como executivo de topo da Apple ?

      Isto aqui não se trata de “gostava de e passei a gostar de”. Aceitam-se palpites é sobre o que a Samsung pretendia quando pôs na boca de um seu alto quadro aquilo que ele disse.

      • Para mim é mais importante a opinião de um Guru, um opinion maker do que a confissão de um executivo da Samsung que apenas menciona que utiliza em casa equipamentos Apple.
        Não me parece que a opinião deste homem faça diferença no mundo tecnológico, enquanto a de um Guru…

        • Benchmark do iPhone 5 says:

          Mas qual opinião deste homem ? Lê a “entrevista” original. O que lês é uma declação, muito cuidada, da Samsug posta na boca dele. Achas mesmo que um executivo a este nível faz declarações em nome pessoal ? Se dissesse alguma coisa contrária ao que a empresa quer que ele diga era despedido no próprio dia.

          Declarações em nome pessoal faz Kawasaki, que não é executivo de nada.

          Estar a comparar o que diz um porta-voz da Samsung com o que diz um ex-guru da Apple não faz sentido nenhum.

    • eduardo says:

      O Guy Kawasaki não trabalha na Apple há mais de 15 anos. Por essa lógica mais vale falar no Andy Rubin que criou o Android, e deu os seus primeiros passos na Apple.

  18. Miguel says:

    O estranho é que ele diz que os samsung’s que usam android que é feita pela Google e que tem simplesmente os melhores serviços web/cloud do planeta (Gmail, Google Drive, Google Calendar, Maps, and search)… Ecosistema, cloud ? Algo não está bem, deveria ser muito melhor android.

    “But the weird thing about what he’s saying is that Samsung’s phones are based on Android, which is powered by Google, which has the best web services on the planet. Between Gmail, Google Drive, Google Calendar, Maps, and search, Samsung’s devices should work very well together.”

    • eduardo says:

      O problema para a Samsung e todos os outros fabricantes é que não têm qualquer proveito próprio com esses serviços, nada disso mantém os clientes fieis à marca, não os diferencia nem dão rendimentos extra! E torna complicado definir novos rumos porque é a Google que controla as coisas – ver o fiasco da googleTV que deveria completar o ecossistema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.