PplWare Mobile

É a partir de hoje! Pagamentos e levantamentos em euros com o mesmo preço na UE


Autor: Pedro Pinto


  1. radamel says:

    Será que isto afeta também compras online, em moedas que não o euro? Tenho comprado em sites estrangeiros, mas só em casos que me apresentem o preço em euros. Costumo pagar com MB Net, criando um cartão com X euros, que gasto na transação e não faço a menor ideia como se processa esse cambio para outras moedas, por essa via. Alguém faz ideia?

    • Joao says:

      Cada banco aplica o seu cambio + comissão. Para esse tipo de pagamentos recomendo um serviço do tipo revolut, com taxas de cambio muito mais reais e mais beneficiosas para o utilizador e sem comissões.

      • radamel says:

        E revolut permite criar MB Net? Só fica com o dinheiro que transferirmos para lá, certo? Não pode sacar mais da conta bancaria?

        • Js says:

          Para Revolut basta transferires para a conta Revolut e usares o cartão. Eu tenho mas é raro usar, mas do pouco que usei recomendo.

        • Joao says:

          Não tem sentido usares o revolut para criar MBNET porque o MB net só te permite operar em €. O Revolut é um cartão pré-pago que sim,”só dfica com o dinheiro que transferirmos para lá”. Depois de “carregares” o Revolut, ficas com saldo em euros que podes cambiar para uma série de divisas aplicando uma das melhores taxas de cambio que há por aí e que varia em tempo real.

          • radamel says:

            A vantagem do MBnet é que é efémero. Criando um para uma só utilização, em teoria, depois de utilizado, essa porta de entrada para a conta fica fechada, mesmo que alguem consiga aceder a esses dados, ficam inutilizados. Se for sempre o mesmo revolut, nao fica essa porta de entrada sempre aberta para utilizacao futura?

          • radamel says:

            Talvez se pudesse criar um MBnet de utilização unica, a partir do revolut, usando a divisa que se quisesse. Por exemplo, de X dolares, pagando essa conversao, mas apos utilização, inutilizava-se.

          • Joao says:

            Não tens nenhuma vantagem no MBNet relativamente ao revolut. Não é mais seguro nem mais pratico nem nada. Com o Revolut também podes criar cartões virtuais de utlização unica ou não. Criar um MBnet com um revolut não tem nenhum sentido nem nenhuma vantagem

          • Filipe says:

            O MBNet permite operar nas moedas que quiseres. Com o Revolut tens comissões de fds

        • Filipe says:

          Para compatibilidade com cartões MBNet abre uma conta no moey!. 100% gratuito e não aplica comissões nas conversões de moeda, nem tem as taxas de fim de semana que o Revolut tem

        • simples says:

          Revolut tens cartão virtual que podes activar e desativar a qualquer momento.
          Com premium podes criar cartão unico como MBNET.
          Só usa o dinheiro que lá puseres, não tem acesso a tua conta.

    • Luis A says:

      O site do banco de Portugal tem uma área onde é possível calcular esse cambio variando só uns cêntimos do valor real
      https://www.bportugal.pt/conversor-moeda

  2. Paulo R says:

    Artigo: blá blá blá blá blá blá blá…

    Escrevem, escrevem… Não dizem nada!

    Qual a taxa por exemplo? Já que é igual em toda a zona euro devia ser fácil, não?

  3. Filipe says:

    Todas as “novidades” descritas são coisas que já existiam… Qual é portanto a novidade?

  4. Woot! says:

    Mas um artigo tão grande e não falam do mais importante?
    É igual para todos? Ou cada pessoa de cada pais paga a taxa respectiva ao banco do pais onde pertence?
    É taxa ou preço fixado?
    Qual a taxa? Qual o preço?

    Artigo para encher chouriços…

  5. André says:

    Sinto que ao ler este artigo perdi 2 minutos da minha vida que já não voltam. Fiquei a saber o mesmo.

    • Pedro Pinto says:

      eh eh eh, é porque não sabes o que estava a acontecer nesta área 😀

      • Filipe says:

        O Pedro | que claramente não sabe patavina. Não mudou nada, já era obrigatório taxas iguais em todo o EEE. Por acaso nunca viu o preçário de um banco?

        Para além disso também o ecrã a perguntar a moeda de transacção, não por imposição da UE, mas por imposição da Mastercard e Visa também já era obrigatório.

        Faz lembrar o artigo dos aumentos da Meo e da Nos que diz que já não havia aumentos há anos quando em 2019 tanto a Nos como a MEO já tinham feito aumentos exatamente iguais aos que agora repetem

    • Pedro Pinto says:

      eh eh eh, é porque não sabes o que estava a acontecer nesta área 😀

  6. Ricardo B. says:

    Uma das vantagens de usar Revolut não era ter estas taxas mais baixas? Com esta uniformização, significa que usar Revolut ou outro cartão qualquer vai custar o mesmo porque as taxas são as mesmas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.