Quantcast
PplWare Mobile

Diário da República electrónico totalmente disponível

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Joao 2348 says:

    Só falta começarem a assinarem digitalmente todas as publicações em PDF para se ter a certeza que é a versão original.

    • Redin says:

      O Cartão de Cidadão pode servir para isso mesmo. Hoje em dia qualquer portátil já começa a vir preparado com leitores desse tipo de cartões. Existem também teclados e leitores muito baratos.

      • carlitos says:

        “Hoje em dia qualquer portátil já começa a vir preparado com leitores desse tipo de cartões”
        Deves estar a fazer confusão com cartões de memória.

      • Joao 2348 says:

        Estava a referir-me às publicações do Diário da República Eletrónico, que eles disponibilizam em formato PDF tipo “lei-20-novembro-2016.pdf”… deveria ser assinado pelo serviço de informação electrónica ou coisa parecida da Assembleia da República, antes de ser publicado no web site, para se ter a certeza que são os documentos originais.

        E até podem utilizar a tecnologia mais recente de curvas elípticas tipo “ECDSA P-521” que é suportado pelos documentos PDF do Adobe Reader (entre eventuais outros), para ser mais seguro.

    • carlitos says:

      Se fores ao site correto podes ter a certeza que é o original.
      https://dre.pt/

      • Joao 2348 says:

        Eles nem usam ainda o DNSSEC e o protocolo DANE (TLSA), logo não tenho a certeza absoluta de estar no web site correcto, ainda existem alguns ataques possíveis. Com DNSSEC sem que estou no IP correcto do endereço, com o DANE (TLSA) sei que o certificado digital foi o escolhido pelo administrador do web site.

        Os documentos estarem assinados digitalmente com uma chave digital RSA ou ECDSA ajuda ainda a verificar a sua integridade e autenticidade, pois web sites invadidos e onde as coisas são modificadas não é propriamente novidade, e já me aconteceu a mim mais que uma vez em web sites/ empresas de alojamento/ e tecnologias nos mesmos diferentes.

  2. jorge santos says:

    Louvável.

  3. Nitro says:

    Não era sem tempo!

  4. L_730 says:

    Se o desenvolvimento foi feito pela novabase estamos feitos.

  5. Ze says:

    Espero que seja indexado e pesquisável.

  6. Joao 2348 says:

    Finalmente pode conhecer-se as leis que é suposto cumprir-se sem ter de pagar-se por isso, o que é um pouco ridículo mesmo quando era em papel, mas em digital então era inaceitável pois os custos são tão marginais que não fazia qualquer sentido cobrar.

    Agora falta é saber se alguém consegue acompanhar a diarreia legislativa que dali sai… “diarreia” no sentido de ser às toneladas…. e de por vezes ser escrita de tal maneira que dá para ser interpretado de mais que uma maneira.

    Pode ser que o pessoal se junte e exija que todas as leis passem a ser escritas por especialistas em linguística portuguesa para que tudo passe a ser escrito de tal forma que não possibilite qualquer dupla interpretação. Não se evita as leis erradas, mas ou menos têm se a certeza absoluta do que querem dizer sem ficar para interpretações de juízes que podem decidir algo e o seu oposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.