Depois da Carta por Pontos o número de multas diminuiu


Destaques PPLWARE

54 Respostas

  1. Freitas says:

    Ainda estou para ver onde vão depois buscar o dinheiro, já que vão receber menos, vão ter prejuízo.

    • Jerry Torres says:

      Menos multas = menos acidentes = menos dinheiro dos contribuintes gasto em hospitais

      Onde perdem de um lado, ganham do outro

      • Mylittlelife says:

        O único que vai acontecer é cortar na polícia e no final meter mais camaras de velocidade escondidas, em especial em sitios a descer onde a malta não consegue estar sempre a travar para nao dar cabo dos discos. No final ganham pelos dois lados. Policia a multar manobras perigosas, falta de paragens nos stop, nas passadeiras etc nem vê-los.

      • ZEDAPIPA says:

        Contribuintes?? Onde fica o papel das companhias de seguros?

    • Bruno says:

      Simples, com as multas que vão passar vai dar rentabilizar a despesa que tiveram

    • Diogo says:

      Nem por isso. Apesar de o estado receber menos das multas, acaba por não ter que pagar tanto aos hospitais e outras despesas assim, o que acaba por ser lucrativo.

  2. O que é que o novo sistema de pontos tem haver com o número de infracções? O que muda é a maneira como se trata essa infracção… Não foi o sistema por pontos que baixou o número de multas. Talvez tenha sido o medo que tenha tido este efeito mas não o sistema de pontos em si…
    Já os 30 radares, e também pelo medo, poderão ter um impacto maior em relação ao número de multas. Tanto podem ser mais porque as pessoas não sabem onde estão, ou menos, se as pessoas tiverem medo de ser apanhadas e conduzirem mais devagar.

    • Diogo says:

      Também não percebi qual é a lógica.
      Correlação != Causalidade

    • sómaisum says:

      O que é que a água tem a ver com a chuva? Sabe-se lá… Só se sabe que a chuva tem agua, mas é pura coincidencia! alguma vez pode a chuva vir do mar e lagos e what not… pfff.. ciência….

    • Rita Soares says:

      Calma… Só agora está a ser instalado o 1º radar, ou seja 1 mês e pouco depois da carta por pontos não houve qualquer ”radar” instalado novo, portanto afetou zero isso.
      Quanto à carta ser por pontos e as multas diminuírem? Coincidência, falta saber se o numero de Op Stop no ultimo mês foi menor, etc. Há muitos fatores, mas duvido que a carta passar a ser por ”pontos” mude o comportamento de alguém.

      Agora o que ainda estou a tentar descobrir na noticia é o que é que a cartão de condução por pontos ou sinistralidade rodoviária vem a ver com Tecnologia para estar aqui uma noticia. Quando há falta de conteúdo fala-se em telemóveis chineses que nem têm representação em Portugal, ou agora de cartas de condução.

  3. Miguel Nóbrega says:

    Agora:
    “As contra-ordenações tiveram uma quebra de 25,4%, o quer dizer que contraria completamente aquilo que as pessoas diziam, que com a Carta por Pontos estávamos a trabalhar para a caça à multa, o que não é verdade”

    Futuramente:
    “Segundo o secretário de Estado Jorge Gomes, os 30 radares não vão ser fixos. Estarão, sim, integrados num sistema rotativo por 50 cabines em locais considerados “extremamente críticos”, sendo a sua instalação aleatória.”

    Verdade, agora já podem começar a multar sério 😉

    • Miguel Nóbrega says:

      Ou seja, não estão a caçar a multa, mas vão já instalar mais 30 radares

      • APereira says:

        Se a possibilidade de haver um radar estiver bem visivel ao condutor e o radar estiver num local onde efectivamente existem mais acidentes nao vejo qualquer tipo de problema, aliás até deviam de instalar ainda mais radares.

        Agora se for para estarem escondidos atrás dos arbustos como é habitual em Portugal, epah… isso santa paciencia.

        • Portugues says:

          Pois é o zé gosta de ver onde estão para no devido local irem dentro das normas, mas passado o local fazem o que querem. Será mentira acho que não todos sabem disso.

      • sómaisum says:

        Se (e existem muitos “se”s…) o radar é efectivamente fixo (embora rotativo dentro de 50 locais), ele necessita estar sinalizado, e por si só, não á caça a multa, mas prevenção (já que os locais são avisados.

  4. pedro lopes says:

    Experimentem instalar esses radares no ic-17 no troço que vai de Alfragide para a entrada na A5.Era certinho que a dívida portuguesa baixava a pique…

    • int3 says:

      lol e o dinheiro que os Portugueses têm não faz parte do PIB. descia a divida pública? era indiferente. estavas a sacrificar PIB…. e não é isso que pretendes. pretendes que haja mais poder de compra para haver crescimento superior ao défice .

      • sómaisum says:

        Então 0 Multas, = maior dinheiro po contribuinte, por sua vez, mais poder de compra, por sua viz PIB mais baixo. Certo? Vamos abolir as multas, e isto começa já a aumentar!

        • Ismael Guimarães AJ says:

          O raciocínio final está certo mas se as pessoas não gastarem dinheiro em multas podem gastar noutras coisas e assim sucessivamente. O PIB, então, aumentará, o que, indiretamente, permitirá diminuir a dívida pública.

        • Portugues says:

          Santa ignorância. As multas são para quem infringe as regras, logico se não as infringir não paga SIMPLES.

  5. fulld says:

    Já para não dizer que é uma grande mama…
    Já levei com uma multa de 300paus e fiquei sem 4 pontos por vir a 60kmh … Aproveitam se demais.

  6. Sérgio says:

    sim, as multas baixaram por causa da carta pontos loool
    não terá sido as forças de segurança que andam a passar menos??
    é que basta sair à rua para ver tudo ao telemóvel e a fazer infracções tal como antes.

  7. José Santos says:

    O número de multas diminuiu mas o civismo dos Portugueses contínua em alto!
    Ainda este fim-de-semana parei por 10 minutos e ganhei logo uma valente pancada numa das portas… e onde está o responsável foi se embora como se nada fosse com ele e nem deixou o contato e o pior e que eu nem reparei no carro que estava ali estacionado só sei a cor “Branco” e que erra novo!
    Ainda desviei o meu carro para cima de uma raia para não ficar muito perto mas mesmo assim conseguiram bater e lá se foram este senhor ou senhora com o seu grande civismo à tuga e agora o pobre que fique com o prejuízo!
    Tuga é Tuga… bola para a frente e os outros que se amanhem…

    • sómaisum says:

      Estava bem estacionado? Pelo comentário não sei se parece..

      Dito isto.. Já levei uns quantos espelhos a frente, propositadamente, por pessoas que não sabem estacionar os seus veículos. Assim como já movi veiculos (com a ajuda da bola de engate do jipe) que me impediam a saída.. Civismo? Tive nos primeiros 5/10 minutos, depois, como portugues, desenm*rdeime…

      • RUI says:

        “Já levei uns quantos espelhos a frente, propositadamente, por pessoas que não sabem estacionar os seus veículos.”
        Estavas bem era na Coreia do norte a trabalhar numa mina. Não podes justificar a tua falta de civismo porque os outros também não tem.

      • Portugues says:

        Tive nos primeiros 5/10 minutos, depois, como portugues, desenm*rdeime…
        Bem era cívico, depois é o quê. Então diz civismo e depois faz igual se os demais forem atirar-se da ponte também vai. Não faça rir. Justificações patetas.

    • José Santos says:

      Se eu estava muito bem estacionado, claro que sim como sempre, alem disso eu não me considero um Tuga… ate tenho vergonha em ser Português… pela enorme falta de respeito que os Tugas tens uns pelos outros pela inveja…
      Pelas leis que defendem os criminosos, e não o cidadão cumpridor…
      Mas já o senhor e um Tuga mesmo à seria! Vai ganhar um prémio um dia destes!

  8. Luis says:

    Quando foi proibida a utilização de telemóveis também ninguém mexia no telemóvel enquanto conduzia, vejam agora…

  9. João Ferreira says:

    Estranhamente a noticia já é bem antiga, a dos 30 radares, algo já pensado desde 2014 e supostamente para estar concluido em 2015…
    https://www.publico.pt/sociedade/noticia/sistema-nacional-de-controlo-de-velocidade-concluido-em-2015-1669746

  10. censo says:

    Espero que sejam cada vez menos, mas acreditem que há operacoes montadas especificamente para fazer dinheiro. Acham normal o agente chegar ao pé de vocês e “…são 120€, paga em cheque, dinheiro ou multibanco?”…assim, sem mais? Pois é. Foi denunciado. Foi aberto processo de averiguações à unidade em causa. É claro que ninguém o ira admitir, mas aconteceu.

    • Hugo says:

      Eu não só acredito como sublinho.
      Vejo constantemente operações nos sítios do costume (zonas de caça). Normalmente longas rectas dentro de localidades, onde pouca gente que não conheça o local passa a menos de 70Kmh (está errado eu sei, mas isso não é de todo prevenção.
      Ainda bem que existem os grupos no face para informar das operações 🙂

    • Portugues says:

      A dita unidade em causa o que tem a ver co o geral. NADA.

  11. Ismael Guimarães AJ says:

    No meu entender a carta por pontos é inconstitucional.

    A verdade é que como as coisas foram feitas, haverá lugar a um duplo pagamento, ou seja, pagasse a multa e ainda, ao mesmo tempo, se perde pontos por algo que se pagou em dinheiro.

    Consideraria a carta por pontos algo excelente se acabassem as coimas em dinheiro associadas à infração e passasse só a acontecer a perda de pontos.

    Assim as pessoas usariam o dinheiro das coimas para ir estudar novamente na Escola de Condução.

    • Portugues says:

      Duplo pagamento. Só é paga uma vez. A perda dos pontos, não paga. A perda serve unicamente para incutir mais responsabilidade e menos estupidez. Senão é com tudo vai aprender a conduzir novamente. Essas regras ainda deviam de ser mais rígidas. Ninguém tem culpa se perder pontos por causa de irresponsabilidade ter que pagar novamente futuras situações. É simples tomem CUIDADO.

    • Portugues says:

      Inconstitucional. ´muitos terem que levar com a estupidez dos outros, causando mortos, feridos, etc, tudo por causa de quê. Analisem e vejam bem. Isso até é brando de mais. Deveria de dar prisão. Isto situações graves. Usar telemóvel a conduzir, não respeitar as passadeiras, excesso de velocidade, bebedolas a conduzir, mudança de direção sem darem sinal, mudança de faixa sem darem sial Esses ditos condutores de meia tijela e com carta tirada à custa de dinheiro por baixo, julgam o quê. A policia que atua e forte .

  12. Vlad says:

    Mas que estudo mais tendencioso. Ora o sistema acabou de ser implementado, logo é perfeitamente normal as pessoas inicialmente andarem com mais cautela por causa deste. O estudo deveria de ser realizado um tempo considerável até as pessoas se ambientarem a este. Mas pronto, certamente que nessa altura não vai haver estudo nenhum porque duvido que tenha um impacto assim tão significativo.

  13. Portugues says:

    A palhaçada nas estradas continua na mesma, condutores a conduzir e a falarem ao telemóvel, mudança de faixa, sem darem sinal e se alguém reclama, ainda insultam, virarem para esquerda ou direita sem darem sinal, estas coisas é uma fartura. Uma coisa boa era os condutores tirarem foto das matriculas e enviarem para determinado numero da polícia. Depois sempre gostava de ver.

  14. José Santos says:

    Olhem para países como a Suíça onde todos respeitam e que não respeita sabe que vai ter 90% de hipótese de ser multado e de ficar inibido de conduzir por uns meses.
    Lá todos os sinais luminosos tem camaras, existem radares fixos devidamente identificados em zonas urbanas, auto estradas mesmo em zonas rurais. Nas localidades existem as zonas de 30 e de 20 k/h onde que tem prioridade são os peões e assim é que devia ser em Portugal… caça a multa não civismo respeito pelo código se é 50 k/h é 50k/h e não 90k/h.
    Vamos respeitar para ser respeitados vamos cumprir para não ser punidos, e no que toca ao bater mesmo com uma porta no carro ao lado e fugir devia ser considerado crime.
    Sou a favor de camaras de controlo de tráfego nos sinais luminoso nas intercessões, cruzamentos, parques, nas vias de mais concentração de trânsito e de maior sinistralidade.

    • Portugues says:

      HIP HIP HURRA BRAVO. APOIADO.CONCORDO. E mais as penalizações deveriam de ser mais fortes.
      Melhor era colocar os condutores a apresentar queixa dos que prevaricam, assim talvez começassem a ter mais cuidado. Agora dizem, era uma ditadura, pois é, é mau mas as pessoas respeitam-se, senão…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.