Quantcast
PplWare Mobile

Cuidado, os Hackers podem roubar o seu rosto

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Wistfultale says:

    Hmm… Agora que vejo em baixo “Via: Kaspersky”… Marketing.

    • Nelson N says:

      Permita-me que discorde do seu comentário; provavelmente sabe a quantidade de informação que tem uma fotografia, e os “malabarismos” que se podem fazer com ela!
      Quanto à “via Kasperskey”, acho que não precisa de publicidade deste género.

  2. Manuel says:

    Se ninguém avisa é porque ninguém avisa se alguém avisa é por isto e por aquilo, isto é cada cromo.
    Só digo cudado se alguém s lembra de copiar o rosto daquele sr. que vai receber milhões de euros por mês de reforma, ai, ai.

  3. alkjsdlkajsd says:

    tb não levam grande coisa

    • victor says:

      Mesmo. Passamos por varias pessoas na rua e so porque elas nos veem o rosto nao significa que querem nos assaltar. De momento, não é nada preocupante.

  4. Manuel says:

    pois, pois. Como diz o ditado, o seguro morreu de velho.

  5. KillerX says:

    Para quê? Para usar a nossa cara fazendo sexo com alguém feito em photoshop?

  6. Manuel says:

    para quê? esta é boa.

  7. Miguel G. says:

    Ainda ontem calhou reler um artigo vosso, relacionado com credenciais biométricas e onde salientei alguns dos inconvenientes dessa utilização da tecnologia devido à possível usurpação de credenciais de acesso (já não falando sequer no roubo de identidade que ainda é mais grave, mas ficando apenas na referida usurpação).

    E houve um utilizador, ao qual não cheguei a responder na altura, mas que deu a entender que esse tipo de roubo de credenciais seria fácil de remediar da mesma forma que um roubo de passwords atual se remedeia com recuperação de conta e redefinição de password, etc.

    Epá, a nível biométrico vamos redefinir o quê? 🙂
    Alterar a retina? Manipular as impressões digitais?
    Uma vez usurpadas as credenciais desse tipo, ficamos impossibilitados de as redefinir (de forma natural) e portanto de as utilizar.

    E se algum dia, face à limitação da tecnologia comercial atual, algum Governo tiver a infeliz ideia de impor validações biométricas num contexto muito mais amplo do que o cartão do cidadão, creio que isto virá a ser uma valente salganhada.

    • Anónimo says:

      Mais uma vez destaco que os dados biométricos são o username, não a password.
      O problema é a insistência de alguns (fabricantes e não só) em utilizá-los como password.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.