Quantcast
PplWare Mobile

Cliente da Vodafone com tarifário “ilimitado” recebe fatura de 3500 €

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Filipe F. says:

    96€ + IVA por GB? Parabéns Vodafone, conseguiram numa era digital cobrar um valor por GB simplesmente ridiculo.
    Estas operadoras (todas) mais os seus asteriscos. Se querem dar ilimitado, dêem ilimitado. Pois a Vodafone sabe que nem tem uma forma eficiente do cliente controlar por dia quanto é que ja gastou do que era suposto ser ilimitado. Sim existe uma PUA, mas existe forma do cliente a qualquer momento saber que já passou a PUA? Não. Então deixem de ter pequenas linhas que só visam na verdade tirar o significado real das palavras daquilo que escrevem em letras gordas. Ex: Ilimitado (em letras pequenas depois diz: com limite 500GB) Mais transparência, melhores metodos para o cliente controlar o que gasta, e menos oportunismo, é o que se pede em 2020 para todas as operadoras

    • Alguem says:

      Na app da Vodafone dá para ver quando se gastou do total de dados.

      • Ajsmonteiro says:

        Se for o ilimitado está os contadores sempre a 0

      • Filipe F. says:

        Tal como disse o Ajsmonteiro em alguns casos a App de nada serve. Até nos tarifários empresariais, fazer o controlo é uma anedota. Portanto o cliente não consegue controlar se está a chegar ao ”limite” do seu tarifário ”ilimitado”, e depois brindam-no com isto. Falta saber se houve sms a avisar aos 80% e 100% como fazem na Yorn ou se nem isso.

        • Ufmi says:

          O problema de chegar a msg dos 100% é que de seguida receberá outro a dizer que foi adicionado X por o valor Y.
          Já tentei, já reclamei, já escrevi no livro amarelo. Para que quando chegar aos 100% simplesmente cortar o acesso a internet e caso eu queira adicionar eu é que peço um extra. Mas não, não me deram solução nenhuma dizem que è assim a política deles.
          Filhos de uma grande P-&@

          • pedro says:

            E têm capacidade tecnológica para isso e muito mais. É mesmo uma forma de comer os clientes. Outras operadoras permitem o bloqueio de dados após esgotarmos o pacote.

          • Lopes says:

            Cá em casa todos os telemóveis estão cortados após esgotarem o plano,(Meo) não entendo como a Vodafone não o consegue fazer.

          • Henrique hmorim1984 Morim says:

            Os meus tarifários Vodafone estão todos cortados após o fim do plafond de dados móveis, creio que só este ano 2019 passou a ser possível esse controlo.

    • k says:

      Nem devia haver PUA. Já não bastou a palhaçada deturpada que foi e é a neutralidade da net, que nenhum operador em Portugal cumpre e agora ainda cobram 96€/Gb. Eu não pagava. Ilimitado significa ilimitado, não “valor alto mas com limite a partir do qual te vamos imputar custos ridículos”.

  2. António says:

    A mim cobraram uma chamada de 1660 segundos (5€) e no segundo seguinte outra chamada de 5500 segundos incluida no plano, e dez segundos depois outra de 60 segundos incluida no plano… Provaram então a primeira viagem no tempo…

  3. FilipeOS says:

    Concordo com as restrições para evitar abusos mas 96€ sem iva por GB é um abuso, por parte da Vodafone.

    • Carlos says:

      +1
      E esse limite parece-me um valor bem generoso: 548.3 GB

    • DrFrank says:

      Aqui onde vivo (Finlândia), a norma é não haver restrições a nivel de uso de dados móveis. E isso não implica uma perca de qualidade de serviço.

      Isso é apenas uma desculpa das operadoras a dizerem pouco mais que “temos uma infra da treta sem capacidade de suportar o serviço que nós próprios publicitamos e vos cobramos uma mensalidade”

      • rikardo pereira says:

        nao compares um pais desenvolvido com portugal …
        as coisas aí sao bem diferentes da tugalandia lol …

        • Anon says:

          Olha que para MIM, Portugal a nível de velocidades e tecnologias é bem melhor que em França! A frança é uma verdadeira merd* com as redes de telefone. Depois em França tem melhores planos.. (mas não deixam de ser ladõres)

      • Anon says:

        Em frança pago 25€ (+/-) com 50gb internet, chamadas ilimitado + sms ilimitado. E ainda com telefonemas para o estrangeiro.. Agora se passo os 50gb, eu posso aceder à internet mais com pequena velocidade.

    • Joao says:

      No meu tarifario, quando esgoto os dados mensais, são 2€ por 100Mb

    • Paulo Pedroso says:

      O que significa ilimitado?

      • Ângelo says:

        “ilimitado” é no mesmo sentido que no “iPhone”. Paga-me mais pelo “i” atrás. Deviam ter escrito “iLimitado”, para o cliente perceber que ia estar a usar um serviço de luxo, com o custo de 100€ por GB acima do limite.

        • carlos de aveiro says:

          provalmente foi uma gralha ortográfica… queriam escrever “e limitado” mas os marketeers acharam que ficaria mais giro “ilimitado” a querer dizer “e limitado”…

    • Ufmi says:

      Abusos?? Pagas 50€ de tarifário Ilimitado e achas que não tens direito a fazer o que bem quiser??
      Então tem de ser bem explícito 50€ de tarifário da 100g de NET.
      Não há cá m€r@# do ilimitado que não é ilimitado

    • Ufmi says:

      Abusos?? Pagas 50€ de tarifário Ilimitado e achas que não tens direito a fazer o que bem quiser??
      Então tem de ser bem explícito 50€ de tarifário da 100g de NET.
      Não há cá m€r@# do ilimitado que não é ilimitado.
      A ANACOM, a defesa do consumidor, em vez de andar a mamar, deviam era processar todos as empresas que divulguem banha da cobra.
      Ou está explícito nos anúncios o valor e o paflon que tem de internet, chamadas ou se é publicitado ilimitado tem de ser ilimitado. Ponto final.

    • Ufmi says:

      Abusos?? Pagas 50€ de tarifário Ilimitado e achas que não tens direito a fazer o que bem quiser??
      Então tem de ser bem explícito 50€ de tarifário da 100g de NET.
      Não há cá m€r@# do ilimitado que não é ilimitado.
      A ANACOM, a defesa do consumidor, em vez de andar a mamar, deviam era processar todos as empresas que divulguem banha da cobra.
      Ou está explícito nos anúncios o valor e o paflon que tem de internet, chamadas ou se é publicitado ilimitado tem de ser ilimitado. Ponto final.
      Seja o ilimitado o limite de 1000GB ou de 1 GB tem de estar explícito. E deixa de ser ilimitado.

    • N1ldo says:

      Qual abuso? Afinal será que sei o significado da palavra *ilimitado*?

    • Filipe says:

      O que concordas então é com publicidade enganosa. Se é “ilimitado” , então por defeito não há abuso. Se não é ilimitado que não o publicitem como tal. O único abuso é o da empresa para com o prospectivo cliente

  4. int3 says:

    “Estas medidas visam garantir a integridade da rede da Vodafone e uma utilização com qualidade do serviço por parte dos restantes utilizadores”
    Aquele momento em que sabes perfeitamente que é BS.

  5. Crow- says:

    Isto não cheira nada bem…
    Se existe um limite tem de ser claro no tarifário. Ou seja, tem de estar preto no branco qual o valor mensal de dados incluído e a partir de que valor é que é pago à parte, assim como o valor a pagar por cada consumo extra pacote.
    Para além disso o que supostamente foi feito não bate certo com o que diz nas condições: “A Vodafone reserva-se o direito de aplicar medidas restritivas à utilização do Serviço”. Aplicar medidas restrititivas implicaria limitar ou cortar o serviço, não é a mesma coisa que continuar a fornecer o serviço com pagamentos extra.
    Ou a história está mal contada ou então é mesmo um caso de má fé e aplicação de condições não descritas no serviço por parte da Vodafone.

  6. Jaime Lopes says:

    Ilimitado é ilimitado. A haver contenção devia estar explicita (em número no contrato). As condições de serviço são muito vagas na restrição. No limite, como bom senso.. enviavam SMS a alertar.

    • Joao says:

      A vodafone tinha isso bem claro nos contratos. Quando dizem nos Yorn que as apps de redes sociais e chat não gastam dados na realidade no contrato diz que são limitadas a 15Gb por mês. Para estes ainda nao perdi tempo a verificar.

      • Ufmi says:

        Mas está bem claro onde??
        É publicidade enganosa, no flyers, nas publicidades televisivas, nos posters.. só aparece referência ao ilimitado.
        No mínimo dos mínimos teria de ser obrigatório, era obrigarem já que pode suscitar dúvidas ( pois não é ilimitado), o mesmo tamanho de letra onde aparece o tecto máximo do “ilimitado”.
        Até no Brasil as leis da defesa do consumidor obrigam a isso.
        Se não cumpridas ou não já não sei.

  7. radamel says:

    A limitar deveria ser por redução da velocidade. Mas acho mal os tarifários chamarem-se de “Infinity” e de ilimitados e na verdade terem um limite. Deveria ser tudo claro, sem ter de andar nas letras miudinhas. Isto haveria de ir para tribunal a ver se alguém tinha coragem de os meter no sitio.

    • radamel says:

      No próprio site da vodafone:

      “A Vodafone lança hoje o primeiro tarifário em Portugal com chamadas, SMS e dados móveis ilimitados: o RED Infinity.”

      “A pensar em todos os Clientes que querem viver sem preocupações de consumo, a Vodafone acrescenta no mercado nacional uma nova opção tarifária, sem limites, em duas versões:” – HAHAHAHA

      https://www.vodafone.pt/press-releases/2019/9/vodafone-lanca-red-infinity-um-tarifario-ilimitado-de-voz-sms.html

      • radamel says:

        Nada na página das condições detalhadas do tarifario, acerca de nenhum limite:

        https://www.vodafone.pt/telemoveis/tarifarios/red/detalhes.html?activeTab=detalhes-red-infinity&id=tarifario-red

        Deve ser um engano na faturação.

        • radamel says:

          Atenção que acabei de ler noutra fonte que afinal o cliente teria usado este tarifario como um router. A coisa não é tão simples assim.

          • Kitler says:

            Irrelevante.
            E ilimitado continua a significar ilimitado

          • radamel says:

            Não é irrelevante pelo facto de que o tarifário é para uso pessoal e não coletivo (conforme está nas condições). Agora, não parece que o justo seja a cobrança de um valor absurdo, mas sim o contacto com o utilizador ou o corte/limitacao de serviço quando se prova que está a ser mal usado.

          • BC says:

            Não é irrelevante. Em Inglaterra também há tarifários ilimitados, mas se meteres o telemóvel como hotspot, o consumo de dados já conta. E acho muito bem.

          • Rui says:

            Os termos de utilização proíbem? Genuinamente curioso, não faço ideia se sim ou não…

          • Ufmi says:

            Então ??
            Eu faço isso todos os dias uso o meu telemóvel no carro a servir de router para o rádio do carro que é Android.
            Se o nosso telefone permite isso e já que pago um tarifário Ilimitado, posso partilhar a NET com quem quizer.
            Tu em tua casa quando vai lá visitas também não partilhas a tua net?
            É igual.

          • Nuno says:

            Continua a ser simples.
            Apesar da vodafone mencionar que o trafego é para uso pessoal, nada nos termos mencionados no contracto e no site menciona que é pruibido o uso num rooter, num hotspot, ou PA movel estes serviços apesar de permitirem a partilha de Internet tambem podem ser usados para uso esclusivo pessoal. E essa é a rasão pela qual a vodafone anulou a fatura, a vodafone não tem como provar que o serviço não foi usado como uso pessoal visto que ativares o PA movel para usares o teu portatil para ir a net é claramente uso pessoal e dentro dos limites do contrato. Quem percebe o minimo de redes sabe que a vodafone não tem como provar que ouve mais que um utilizador a usar a net visto que os requests da ligação foram todos feitos pelo mesmo IP (rooter, smartphone, etc…) visto que a vodafone não tem acesso ao que esta do outro lado desse IP e mesmo que tivesse a vodafone acesso se não tiver estipulado no contrato vai contra normas de Privacidade da UE. O uso excessivo de dados só por si não significa multiplos utilizadores. Ó voces pensam que a vodafone anularia a fatura por ser Natal XD.

    • Filipe says:

      Qualquer dia é como nós states em que há vários diferentes tarifários “ilimitados”. Há o ilimitado de 20gb, o de 30gb, por aí fora. Já andamos por cá mais longe desse ridículo

  8. Joáo Fernandes says:

    “Ilimitado”, a Anacom devia controlar estas desinformações.

  9. Polo says:

    Acho que a Vodafone já disse que foi “erro”..

  10. Spoky says:

    A ANACOM devia proibir o uso da palavra “ilimitado” ou é ou não é. Prefiro que digam LIMITADO do que ilimitado, estão a enganar os clientes.

    Limitado a 10TB por mês, por exemplo o que é muito.

    Ninguem põe ordem na casa, ninguem quer saber. Termos como “ilimitado” não podem existir quando realmente não existe! E mesmo que exista uma politica de uso aceitável, deviam por “limitado a 10TB mês máximo” e nunca ilimitado!

    Esse cliente devia ir a tribunal e obrigar a VDF a pagar uma indemnização! Quem é que esta errado, é o cliente? Não! Não é! É a vodafone.

    • Tiago says:

      Concordo ! Simplesmanete a ANACOM anda a dormir e por mais este exemplo vê-se que as operadoras fazem o que muito bem lhes apetece. Mais, as práticas de marketing agressivas deviam ser proíbidas, não são claras e permitem o operador atuar da forma como entender e quem perde sempre no final é o utilizador !

    • AJ says:

      Eu acho é que se devia de criar uma comissão de clientes e criar um abaixo assinado para se discutir, na assembleia da república, a proibição de tarifarios com a palavra ilimitado mas que na realidade nao são.

  11. Carlos says:

    E onde anda a autoridade da concorrência e a ASAE? Autorizam um plano que se chama ilimitado que afinal tem limites bastante baixos. É como ir a um buffet ” all you can eat” e não poder comer mais do que um prato…

  12. Joao Ptt says:

    É ilimitado? Ou é limitado afinal?
    A ser verdade este artigo a Vodafone é uma vergonha! Alguém deveria processar a operadora e impedi-la até de continuar a operar em Portugal que isto é inadmissível a ser verdade este artigo.
    A ser verdade deveria ter explícito na publicidade tudo incluindo limites, como impedir de ir além do limite e quanto fica se ultrapassar o limite.

    E a conversa dos abusadores não faz sentido nenhum em termos de tráfego, somente na largura de banda quanto muito… e mesmo assim deveria estar escrito tudo isso, nomeadamente o que é “abuso” numa utilização dita normal da Internet… porque se o ilimitado é por exemplo 30 GB de tráfego então não é ilimitado coisa nenhuma… ou se baixa a velocidade do máximo publicitado para por exemplo 128 Kbps, então também é defraudar as legítimas expectativas do cliente.

  13. Louro says:

    O habitual, vendem tarifários com dados ilimitados depois usam a política de utilização responsável para quando lhes apetecer combrar mais uns trocos.

    Se o utilizador usou mais 29gb do que o estipulado, então significa que estamos a falar de um tarifário com limite, logo publicidade enganosa.

  14. Pedro Ribeiro says:

    A verificar-se ser esta a posição da Vodafone, o serviço não só não é ilimitado, como vai totalmente contra a própria expressão:”viver sem preocupações de consumo”.

  15. Joao pedro says:

    Eu em França tenho um tarifário ilimitado por 60 euros mas e ilimitado para tudo ate chamadas
    Portugal está uma vergonha
    Entre oa 300gb e os 400gb e o que faço por mês.

    • Hugo says:

      Lá vem os emigrantes felizes com a vida 😛

    • Marcio Graveto says:

      E achas normal pagares 60€ de tarifário por mes? Para que? Para teres um contrato de 24 meses, e falta dizeres que esses 60€ e o tarifário + o telefone que andas a pagar todos meses durante os 24 meses!
      300Gb por mes? Na deves ter net em casa hahaha

    • Louro says:

      @Hugo,
      Nao vejo isso por aí, vejo é que fora de Portugal tens melhores salários e os precos das coisas sao mais baixos.

      Eu por exemplo, contrato 24meses, tudo ilimitado, telefone topo de gama e pago £37 por mes.

      Se tivesse o tarifario sozinho, pagaria £25 ou assim, o que fará com que o telefone que custava £900 se tivesse comprado fora de contrato me custe menos de £300.

      @Marcio Graveto,

      Na maioria dos casos fica mais barato comprar em contrato que comprar a pagar a frente.

      Quanto aos 300 a 400gb também fiquei na duvida, tenho tarifario ilimitado e a minha media dos ultimos 6 meses foram 27gb

      • Marcio Graveto says:

        @Louro eu sei o que dizes eu também vivo em FR e realmente compensa a solução eu só respondi mais porque o user entrou aqui a cagar postas de pescada que paga 60 paus e gasta X de GB por mes etc…

  16. Enfim... says:

    Toda a gente a falar do operador, mas sejamos sinceros…
    Quem gasta 500GB num mês num telemóvel?
    E sim, a Vodafone pode invocar uso indevido visto que, conforme condições, a net e para uso pessoal e exclusivo no dispositivo, ou seja, não é para fazer de hotspot para a família inteira e vizinhos.
    E ninguém em seu perfeito juízo gasta meio tera num telemovel

    • Joao says:

      Utilizou para IPTV e como hotspot.

    • Pedro Ribeiro says:

      Onde é que isso está escrito?

    • Nuno says:

      Ou vens de parte da Vodafone, ou isso já é a imbecilidade a roçar a inépcia. Então eu como cliente não posso fazer download de filmes em 4k?? Não posso fazer download do que eu quiser?? Onde é que isso implica que eu partilhei com a família?
      Lol

    • Napoléon Bonaparte says:

      E da prova?!
      Eu tenho um hotspot Kanguru XL, da Nos – há anos – e inclui tráfego ilimitado. Nunca me vieram cobrar nada extra…

    • Joao says:

      Alguem em Portugal pensa que perfeito juizo e’ comprar um tarifario ilimitado que nao e’ ilimitado?
      Se comprou um tarifario ilimitado, e’ para usar de forma ilimitada, sem que o Ze da Aldeia que so faz downloads de MMS ache que ninguem gasta 500GB num mes num telemovel.
      Deve ser da Vodafone…

    • Louro says:

      Se o contrato diz ilimitado e ate o nome do servico diz ilimitado entao tem de ser ilimitado.
      O cliente ate pode estar a fazer downloads a velocidade máxima possivel 24/7 o operador nao tem de cobrar 1 centimo a mais.

      ja agora, velocidade maxima 1Gbs

      1Gbs = 146.29MB/s
      8777.4MB/min,
      526644MB/Hora (514.3GB)

      Dá para perceber nao dá?

    • says:

      Não gasta porque ? Se é ilimitado ?

    • SergioFerreira says:

      Se o contrato especificar que não pode usar como hotspot, aí tudo bem…mas sabes que podes activar o hotspot do smartphone para uso exclusivamente pessoal?! …para usar no portátil, por exemplo.

      Agora, não é da tua conta se o cliente usou 500GB ou 100, ou até 1TB. Se é ilimitado, assim tem de ser. A prova disso é a Vodafone já ter assumido como ter-se tratado de um engano.

      A mania do Tuga em achar que se ele próprio não precisa de algo, então mais ninguém precisa.

      Numa era onde smartphones têm ecrãs do tamanho de muitos tablets, parece-me mais do que aceitável que se usem tantos dados móveis. YouTube, Netflix e afins com ficheiros grandes, por exemplo.

    • Filipe says:

      Então nenhuma empresa de perfeito juízo vende é um tarifário como ilimitado. Se é ilimitado, não há tal coisa como “uso indevido” por gastar mais que x dados.

      Qualquer dia é como nós states em que a mesma operadora vende vários níveis de “ilimitado”.

      Porquê que não posso, por exemplo descarregar torrents no telemóvel? Não estou a fazer uso não pessoal nem a partilhar NET com ninguém. Não é exatamente para este tipo de coisas que um tarifário ilimitado supostamente serve?

    • Ufmi says:

      Eu é que não tenho carteira para um tarifário desses, mas na boa que te gastava 500Gb no telemóvel.
      Aliás já uns anos em casa já chegamos a gastar mais de 5TB por mês. ”
      É muito é, mas e então nunca me chegou uma carta da nos com 3000€ a casa

    • Kabindas says:

      Ninguem tem NADA a ver com isso, até podia gastar 500TB, se paga por ilimitado deve ter ilimitado.

  17. Paulo says:

    Segundo este artigo, um filme em 4K consome 100GB, ou seja, o consumo incluido nem da para ver 6 filmes num mes.. O limite e ridiculo considerando que a propria vodafone inclui na sua publicidade a visualizacao de filmes 4k.

    https://venturebeat.com/2013/03/01/sonys-4k-movie-service-coming-to-ps4-but-100gb-downloads-remind-us-why-4k-is-a-waste/

  18. Metttal says:

    Não é defender a operadora até porque acho que as operadoras de comunicações em Portugal funcionam em cartel e se existi-se uma entidade reguladora séria á muito tempo que as coisas teriam mudado.Mas apesar de tudo 548 GB , 548 ?? É um valor absurdo de tráfego consumido !!!! Se todos fizessem assim não havia rede que suporta-se.

    • Nuno says:

      O problema é da Vodafone se a rede não conceguir suportar o trafego. O cliente não tem que se priocupar com isso, a vodafone é que se tem que priocupar se o serviço que presta é suportavel pela sua infraestrutura. Em relação ao uso pessoal a vodafone nisto não tem hipótese. Apesar da vodafone mencionar que o trafego é para uso pessoal, nada nos termos mencionados no contracto e no site menciona que é pruibido o uso num rooter, num hotspot, ou PA movel estes serviços apesar de permitirem a partilha de Internet tembem podem ser usados para uso esclusivo pessoal. E essa e a rasão pela qual a vodafone anulou a fatura, a vodafone não tem como provar que o serviço não foi usado como uso pessoal visto que ativares o PA movel para usares o teu portatil para ir a net é claramente uso pessoal e dentro dos limites do contrato.

  19. Rodrigo says:

    Só um burro é que cai nos dias de hoje, num tarifário descrito como ilimitado de qualquer operadora.

  20. LSousa says:

    Provavelmente para streaming de TV pois para estoirar 600GB num mês é obra, mas daqui saltam duas coisas primeiro se é ilimitado é ilimitado (como em casa) depois o valor cobrado por GB é um exagero!!!!!

  21. Rodrigo says:

    E eu a julgar que com o tempo, a mentalidade do tuga tinha evoluído, continuando assim a acreditar que o Pai Natal existe.

    • says:

      +1
      Já dá para entender porque nos vamos aproximando cada vez mais da cauda da Europa.
      Há mais imposto, menos saúde, serviços públicos não funcionam, mas vamos votar nos mesmos, pode ser que isto mude. Mentalidades.

  22. Nuno says:

    Vodafone devia de morrer

  23. NoFait says:

    A pessoa impactada já veio dizer no forum que foi um erro da vodafone.

  24. João Moreira says:

    “A utilização de dados móveis é ilimitada em território nacional e em roaming, no Espaço Economico Europeu, está sujeita a uma Política de Utilização Responsável…”

    “Todos os tarifários Infinity são apenas para utilização pessoal (por pessoa física), individual e exclusiva do utilizador final no respetivo smartphone, não podendo, em caso algum, ser utilizados de forma a pôr em causa a segurança ou o bom funcionamento da rede da Vodafone. ”

    “O cliente autoriza a Vodafone a monitorizar a utilização do serviço com vista a evitar situações de fraude ou utilização indevida do serviço”… “a Vodafone reserva-se o direito de notificar o cliente de tal facto e, caso o padrão de consumo do cliente se mantenha, aplicar restrições à utilização do serviço ou mesmo suspender ou terminar o contrato de prestação de serviços.”

    • radamel says:

      Acho que o busilis está mesmo no ultimo paragrafo, ou seja, a Vodafone viu que a utilizacao nao estava a ser feita por uma pessoa individual e só deveria ter feito:

      1. notificar o cliente
      2. aplicar restrições à utilização do serviço
      3. suspender ou terminar o contrato

      Não vejo aí menção a cobrança exagerada de montante.

    • Nuno says:

      Apesar da vodafone mencionar que o trafego é para uso pessoal, nada nos termos mencionados no contracto e no site menciona que é pruibido o uso num rooter, num hotspot, ou PA movel estes serviços apesar de permitirem a partilha de Internet tambem podem ser usados para uso esclusivo pessoal. E essa e a rasão pela qual a vodafone anulou a fatura, a vodafone não tem como provar que o serviço não foi usado como uso pessoal visto que ativares o PA movel para usares o teu portatil para ir a net é claramente uso pessoal e dentro dos limites do contrato. Quem percebe o minimo de redes sabe que a vodafone não tem como provar que ouve mais que um utilizador a usar a net visto que os requests da ligação foram todos feitos pelo mesmo IP (rooter, smartphone, etc…) visto que a vodafone não tem acesso ao que esta do outro lado desse IP e mesmo que tivesse a vodafone acesso se não tiver estipulado no contrato vai contra normas de Privacidade da UE. O voces penção que a vodafone anularia a factura por ser Natal XD.

  25. Tomás Pacheco Mendes dos Santos says:

    Estes “Ilimitados” são culpa da ANACOM que come por baixo e está caladinha. Já quando foi pelas operadoras darem dados “Ilimitados” a certas aplicações conseguiu decidir que isso não pode acontecer simplesmente porque era em prol das operadoras e nunca no cliente.
    100 euros por Giga é simplesmente vergonhoso e prova a Filha da P….ice que esta corja é, fazem tudo de costas quentes e nós temos que comer e calar. Quem nunca teve um problema com uma operadora que ponha o dedo no ar. Estes gajos conseguem meter limites nos ilimitados, nao avisar, e cobrar 100 euros por um giga a seguir, eu chamo a isto extorsão.

  26. pedro F says:

    erro de faturação

  27. João says:

    A Vodafone já assumiu que foi erro, por isso já chega de teorias da conspiração

  28. Filipe says:

    Isto já é recorrente na Vodafone. Já me tentaram cobrar 120€ pelos mesmos motivos na net ilimitada de casa… com a desculpa que é ilimitada em certos termos e que eles sentem a obrigação de poder moderar a nossa utilização nos planos ilimitados para poderem controlar a transferência d dados que estejam sujeitas a direitos de autor… mas como raio sabem eles o que fazemos na net!?(como se não soubesse)… Enfim, recusei-me e pronto… foi só uma tentativa de um folgado da vodafone de tentar cobrar indevidamente.

  29. miguel says:

    O dicionário das operadoras deve ser diferente do nosso, já que ILIMITADO significa com LIMITES.

  30. Davi says:

    Era com a net há anos, nos outros paises da europa já exisitam pacotes mais baratos e ilimitados e cá ainda impunham limites e diferenciavam trafego nacional do internacional.
    E se não fossem os piratas, nunca um cidadão comum testaria os limites da net “ilimitada”. Enganador

  31. Nuno says:

    O que ele fez foi tethering / homespot e, em praticamente todo o lado e operadores, esse trafego é excluido ou muito limitado dentro dos pacotes de dados. não é prática exclusiva da vodafone ou dos nossos operadores. A Vodafone já admitiu que foi erro, mas mesmo assim, todos nós e comigo incluído, devíamos ter mais cuidado e ler efectivamente todas as condições contratuais, e ao termos alguma duvida pedirmos explicações de imediato.

    “A utilização do tarifário é ilimitada desde que o mesmo seja utilizado apenas para uso pessoal (por pessoa física), individual e exclusivo do utilizador final no respetivo smartphone, não podendo, em caso algum, ser utilizados de forma a pôr em causa a segurança ou o bom funcionamento da rede da Vodafone.”
    “O que acontece quando não forem cumpridas as condições de utilização do tarifário Infinity?
    Em caso de utilização do serviço para fins não autorizados, a Vodafone reserva-se o direito de notificar o cliente de tal facto e, caso o padrão de consumo do cliente se mantenha, aplicar restrições à utilização do serviço ou mesmo suspender ou terminar o contrato de prestação de serviços.”

    O mal é não ter recebido qualquer aviso (a ter acontecido isso) quando passou o limite ou detectaram a irregularidade no consumo.

    • Nuno says:

      Não concordo contigo Nuno, eu acho que a rasão é que em tribunal a vodafone estaria claramente em desvantagem pelas razões que menciono abaixo. Apesar da vodafone mencionar que o trafego é para uso pessoal, nada nos termos mencionados no contracto e no site menciona que é pruibido o uso num rooter, num hotspot, ou PA movel estes serviços apesar de permitirem a partilha de Internet tambem podem ser usados para uso esclusivo pessoal. E essa e a rasão pela qual a vodafone anulou a fatura, a vodafone não tem como provar que o serviço não foi usado como uso pessoal visto que ativares o PA movel para usares o teu portatil para ir a net é claramente uso pessoal e dentro dos limites do contrato. A unica maneira que a vodafone tem é pruibir o uso de rooters ou Hotspots, e mesmo assim PA movel fica de fora devido a ser um smartphone. Eu não sou um intendido em redes mas sei que tanto no PA movel com num rooter ou Hotspot (exepto se o equipamento for da propria vodafone) a vodafone não concege ver o que esta para lá do IP do smartphone do rooter ou do hotspot pois não tem acessos para o que esta alem desse IP e mesmo que tivesse acho que as normas da UE não permitem o uso dessa informação pois são dados privados do utilisador só se utilizador permitir em contrato o acesso a tal informação. O unico tipo de controle que a vodafone tem é, que trafego está a passar qual o destino e que requests o IP do cartão SIM esta a fazer mas não sabem por quem do outro lado estão a ser feitos.

  32. Joel Sousa says:

    Hoje em dia não é dificil com as velocidades de net entre 100Mb por segundo e mais fazer 1Tb.O que eu acho graça é certas pessoas aqui nos comentários não condenarem a operadora mas sim o pobre consumidor.Assim se percebe o tipo de pessoas que existem em Portugal.

  33. Ângelo says:

    Ficámos a saber que ILIMITADO e INFINITY, significam 548GB.

    O mais provável é ter usado o telemóvel como hotspot para o pessoal se ligar e ter net à borla.

  34. Fulano says:

    Obviamente que foi um erro de facturação e rapidamente será apagado do registro do cliente.
    Aliás, basta ir a tribunal e levar um dicionário para que se perceba o significado de Ilimitado, tal como fiz com outro operador que desistiu no momento de continuar o processo.

  35. Joao says:

    PP, é preciso aceitar as criticas. Estás a ser mau bloguer em nao aceitar os comentários que nada têm de insulto ou abusivo.

  36. radamel says:

    Creio que isto andava a ser discutido no Zwame e estranhei bastante uma serie de coisas (que guardo para mim). O que é estranho é que agora todos esses posts do utilizador parece que desapareceram.

  37. Miguel Alves says:

    Qual foi a parte do erro que ninguém percebeu? Eu sou cliente Vodafone, e posso confirmar que eles cortam velocidade, não faturam a mais. À uns anos atrás fui faturado indevidamente e corrigiram o erro. Continuem na concorrência que é melhor….

  38. radamel says:

    Curioso que o queixoso retirou todas as suas entradas a falar do caso.

  39. Marco Ferreira says:

    Bem, eu vou aderir já hoje a esse tarifário. Consumir 548 Gigas num mês, com dados móveis!??? Grande rede a Vodafone. Afinal está comprovado. Rapidíssima. As outras redes conseguem o mesmo? Fica o desafio…

  40. OMG says:

    Falta saber quando ocorreu a alteração de tarifário. Provavelmente no dia que antecede o início de novo ciclo de faturação.

  41. Saqueador de bits lord says:

    Tarifários “ilimitados” deviam ter explicito qual é o limite a partir do qual o operador baixa ou restringe severamente a ligação por via de Traffic Shapping/Throttling. Sim porque existe sempre um “limite”, senão vejamos, 1Gbps 24/7 dá ~324 Teras por mês. Mas alguém acredita que há algum operador que deixa fazer este volume de tráfego numa ligação residencial?
    Voltando ao tópico, a Voda já tinha, há uns tempos, arranjado um tarifário móvel pseudo ilimitado mas não conseguiram suster e fizeram downgrade para um tarifário de 100GB mensais. Agora volta a insistir no ilimitado móvel… o que mudou??? Não é possível suster “ilimitado” no móvel, pelo menos com 4G. Btw a fibra também não é ilimitada mas ninguém se queixa porque os limites são altos (eu faço TERAS por mês e nunca tive qq restrição com meo fibra 1Gbps/200Mbps). Por curiosidade alguém sabe o limite do “ilimitado” na Fibra? O meu recorde foi 8TB e nunca tive qq restrição.

    • Louro says:

      O meu tarifario movel é ilimitado, se tiver velocidade e conteudo para fazer 300Tb de download por mes, o operador nao tem de me cobrar absolutamente nada.

      • says:

        Lê lá bem as letras pequeninas do teu contrato.
        Se não te cortarem a rede diminuem-te a velocidade, de uma maneira ou de outra estás limitado.

        • Louro says:

          Já li, nao limitam nem me cobram um centimo a mais.

          Eu nao vivo é em Portugal, aliás até te posso dizer que em Roaming (EU e EUA) também tenho trafego ilimitado.

          Nas ultimas férias em Portugal durante 1 mes usei mais de 100Gb, nem 1 centimo a mais na factura

  42. Marco Oliveira says:

    Quase que aposto que em breve vai haver um post a dizer bem da MEO

  43. says:

    Diz o dicionário sobre ILIMITADO
    1. Sem limites.
    2. Extensíssimo.
    3. Infinito.

    Diz a ANACOM:
    ANACOM proíbe ofertas «ilimitadas» com limites.
    “Os operadores só poderão usar a expressão «tráfego ilimitado» ou «chamadas/SMS ilimitadas» quando as ofertas em questão sejam efectivamente sem limites ou sem restrições ao longo de todo o período de duração do contrato.” , isto foi publicada pela ANACOM em 23.06.2014.

  44. Helder S says:

    Ààààà fartagem vilanagem, é só roubalheira!!! Sem limites… infinitos… ilimitados e afins… vai-se a ver e é só tretas… e depois paga… e bem!!! Não há um aviso, um sms a indicar o fim do tarifário ao cliente… a ver se pega e aumenta a conta final!!! Enfim… o habitual nas operadoras em Portugal!!! (Digo apenas Portugal, pois não tenho conhecimento de causa do que se passa no estrangeiro, lá fora!)

  45. LSousa says:

    Existem sempre umas pequenas letras em todos os contratos….

  46. Fulano says:

    Caso alguém tenha problemas com este tipo de tarifário, podem avançar sem problemas para tribunal e mostrar a definição de Ilimitado directamente ao Juiz.

    ilimitado | adj.
    masc. sing. part. pass. de ilimitar

    i·li·mi·ta·do
    adjectivo
    1. Sem limites.
    2. Extensíssimo.
    3. Infinito.

    “ilimitado”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

    Ganhei assim um processo contra uma operadora que acabou por retirar o processo e indemnizar-me em várias centenas de euros.

  47. Técnico Meo says:

    Uma pergunta: eles só sabem porque ele assumiu a história do router, certo? Senão só viam um IP, o resto são IPs internos da NAT. Poderiam ver é múltiplas ligações em simultâneo de vários sites, mas não conseguem aceder aos Macs atrás da NAT, certo? Se tivesse usado VPN SSL ou dns doh com esni não conseguem saber mais nada para além do tamanho do tráfego, certo? Será que ele falou demais?

    • Nuno says:

      Sim estas certo. eu ja publiquei a cima mas aqui vais outravez.
      “Apesar da vodafone mencionar que o trafego é para uso pessoal, nada nos termos mencionados no contracto e no site menciona que é pruibido o uso num rooter, num hotspot, ou PA movel estes serviços apesar de permitirem a partilha de Internet tambem podem ser usados para uso esclusivo pessoal. E essa e a rasão pela qual a vodafone anulou a fatura, a vodafone não tem como provar que o serviço não foi usado como uso pessoal visto que ativares o PA movel para usares o teu portatil para ir a net é claramente uso pessoal e dentro dos limites do contrato. A unica maneira que a vodafone tem é pruibir o uso de rooters ou Hotspots, e mesmo assim PA movel fica de fora devido a ser um smartphone. Eu não sou um intendido em redes mas sei que tanto no PA movel com num rooter ou Hotspot (exepto se o equipamento for da propria vodafone) a vodafone não concege ver o que esta para lá do IP do smartphone do rooter ou do hotspot pois não tem acessos para o que esta alem desse IP e mesmo que tivesse acho que as normas da UE não permitem o uso dessa informação pois são dados privados do utilisador só se utilizador permitir em contrato o acesso a tal informação. O unico tipo de controle que a vodafone tem é, que trafego está a passar qual o destino e que requests o IP do cartão SIM esta a fazer mas não sabem por quem do outro lado estão a ser feitos.”

  48. SANDOKAN 1513 says:

    Mas então o tipo gasta quase 600 Gb de dados móveis num mês num smartphone ?? 600 Gb ?? Mas como é que é possível ?? Eu que tenho 5 Gb de dados móveis para gastar por mês chegam-me perfeitamente e este tipo gasta 600 ?? Deus me livre !! Depois admira-se de receber esta conta !! Pudera !! 😐

    • Hugo says:

      O sr em questão deve ter um Router 5G a carregar em barda para a cloud ou a fazer downloads
      Repare que só tem 1 ligação por dia, isto não é um Smartphone.

      Quanto ao cobrar acima do PUA, acho bem, se todos fossem como este animal a rede não se mexia e a qualidade de serviço ia para o lixo

  49. Rui says:

    Ligação móvel até 1Gbps… deve ser deve!

  50. Kabindas says:

    O que é considerado abuso ? A Vodafone tem a obrigação de classificar o que consideram abuso.
    Depois ilimitado significa sem limites, não me venham cá com m3rd4s.

  51. Flip says:

    Este tarifário é tão ilimitado como eram os antigos. Se bem me recordo, há uns anos atrás as operadoras anunciavam tarifários com chamadas e SMS ilimitadas dentro da própria operadora, mas depois quando liamos as letras pequeninas, eles mencionavam que existia uma politica de utilização responsável que limitava o ilimitado a 4000 (ou 5000) min / SMS. Depois, como este conceito deturpado de utilização sem limites começou a gerar polémica, passaram a mencionar claramente os minutos.
    Neste caso parece que voltámos atrás no tempo, e temos novamente uma situação onde os únicos limites que podem ser ultrapassados são os da vergonha (ou falta dela) por parte dos operadores.
    De qualquer forma não posso deixar de estranhar o limite definido para os dados móveis, porquê precisamente 548,3GB???

  52. Xaime says:

    E um engano ao consumidor,tu,eu,e outros.O que causa o engano-Vodafone-nao pode tirar partido do provocado,tiram partido de nós.Nao há qualquer disculpa.

  53. Gervas69 says:

    Eu estou na Suiça, o meu tarifário atual é de 30fr (em € é menos qualquer coisa) mensais e é ilimitado dentro da Suiça, ilimitado e chamadas, SMS e 4G.
    Ok, talvez o meu tarifário seja dos mais barato praticados e a cobertura em algumas zonas não é grande coisa.
    Isto só para dizer que em Portugal podem muito bem praticar outro tipo de preços, e não venham com a história das infraestruturas que sabemos bem quem é que as paga

  54. Rio says:

    A Vodafone é especialista em faturas surpresa.

  55. falcaobranco says:

    Voçês nunca ouviram que quando a esmola é muita, o pobre desconfia?

    Além do mais…para o pessoal que tem estes tarifarios… pesquisem um pouco sobre as redes… e depois percebam porque eles metem estes valores e estas restrições… sejam inteligentes pessoal! 😉

  56. Sofie says:

    Como está em atualização da notícia, tratou-se de um engano e de certeza que o valor foi creditado. Quanto a controlo de custos o novo Red já permite o barramento quando atinge o limite e dessa forma não faz nenhuma renovação de dados extra. Penso que para falar primeiro devem informar-se com a vossa operadora.

  57. Edgar Valles says:

    A vodafone gosta de roubar os clientes nos dados, tenho um cartão vodafone directo para usar só para fazer chamadas num local onde só se apanha esta rede, a cada vez que activo o cartão cobram-me 2€ por 100mb que não pedi nem uso pois 100mb é ridiculo e se passar vão activar mais outos 100mb e lá sem vão mais 2€, se isto não é roubar…

    • Sofie says:

      Cada tarifário tem as suas características, eu tenho um Vodafone directo e não me é cobrado qualquer valor, se tiver os dados móveis desligados claro!!!

  58. Diogo says:

    Foi um erro…

  59. Joaquim says:

    O homem já disse que foi erro!

  60. Nuno Daniel Carneiro Meireles says:

    Fiz agora um teste a velocidade de Doeload 4G+ e fiquei surpreendido.
    Muito bom a velocidade de Internet
    https://www.nperf.com/r/3232440685673912-ThK1N6Tv

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.