PplWare Mobile

Cientistas captam misteriosos sinais de rádio vindos do espaço


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Joao Estrela says:

    ja vêm atrasados com a noticia uns dias…

  2. Manuel says:

    Nunca se deve descartar a hipótese de ser ricochete do sinal da CMTV nalgum asteroide que não apreciou a emissão…

  3. David Guerreiro says:

    Não só o facto de estar a 11 anos luz, bem como o facto de pertencer ao Grupo Local, torna possível um dia acedermos a essa área, desde que a nossa tecnologia permita. Bastava que estivesse fora do Grupo Local e já não havia nada a fazer.

  4. fjmb says:

    Extraterrestres. 100% de certeza.

  5. kadu says:

    A música de m***a que passamos nas nossas rádios estao a fazer interferência a nível interestelar… Carrega nesses Aliens, Maria!

  6. zeca says:

    eles andem aí….

  7. Castlead says:

    Devem ser aliens a cozinhar umas pizzas no micro ondas

  8. Nuno Santos says:

    Querem ver que eles “andem” ai e nos nao sabiamos? DAMN

  9. Arkan says:

    É marketing do WINDOWS phone kkkkk

  10. Luis Silva says:

    Claro que existe vida inteligente para além de nós, afinal que sentido fazia haver um universo vastissimo mesmo infinito e sermos só nós seres inteligentes.
    Há que entender a pluralidade das existências, e compreender que existe vida diferente da nossa e que nem sempre é necessário água, e que existe outros estados vibratórios que os nossoa equipamentos e os nossos sentidos não podem captar, talvez pra breves anos a ciência irá descobrir coisas até então muitos de nós teima em recusar como crianças rebeldes.

    • julio says:

      Obrigado! Finalmente alguém que sabe o diz!
      Andam sempre à procura de água e mais água e tem de ter atmosfera e mais não sei o que. Mas, não, o caminho não é só esse, temos de estar preparados para ir mais além, se alguma vez encontramos aquilo a que chamamos de “vida” prepararem pois as probabilidades de terem algo em comum connosco são bem menores que as do euromilhões!

      • Vlad says:

        Ora porque razão prestamos mais atenção a corpos celestes que sejam minimamente parecido com o nosso! Será porque o nosso é o único planeta que temos conhecimento que têm vida, e sabemos mais ou menos o que esta precisa para sobreviver?

        E as probabilidades dos seres extra terrestres terem algo em comum connosco são praticamente zero.

    • Vlad says:

      Estados vibratórios? Alguém anda a ver vídeos de woowoo.

      • Luis Henrique Silva says:

        nop, a física quântica já dá umas luz quanto a isso, porque maior parte de nós só pensa na matéria propriamente dita, e o espaço não está totalmente vazio, pois onde pensas que está vazio existe um tipo de matéria fora daquilo que podemos imaginar, digamos matéria quintesenciada, mas claro que para crermos nisso e vermos isso temos de abranger a nossa mente.
        já pensaram e já imaginaram se se no nosso sistema solar existe outros planetas com civilização mais avançada que nós? Sim, há pelo menos dois, e mais fico por aqui…..

  11. KNIGHT says:

    Boa matéria, porem isso é mais uma lorota dos pseudos cientistas.

    Ontem vi a grande filmagem da ‘nazza’ em plutão, quase quebrei o monitor, de novo a ‘nazza’ com suas ilustrações artísticas.

  12. Tiago says:

    O que precisa de ser investigado é o seu português, de certeza que é de outro universo

  13. José Moreira says:

    Cá para mim, foi o SIRESP que, finalmente, começou a funcionar.

  14. Alvega says:

    Pffff….isto sao interferências do SIRESP, como é obvio.

    Acredito, piamente que existe vida para alem da humana, noutro lugar do universo, nem outra coisa faria sentido, tal a vastidão deste. Outro argumento a favor, a meu ver, é a imensidão de recursos ja despendidos ao longo dos anos para que nao passasse de uma caça as “bruxas”, calculo que as provas de vida alienígena, já existam, circunstanciais ou nao, mas quase que aposto o meu boné que alguém sabe bastante mais do que divulga.

  15. Homo Erectíssimo says:

    Antigamente ainda acreditava nesta cena dos extraterretres,mas agora cada vez mais se vai desvanecendo esta já minha parca convicção.Não me acredito muito.. Só de saber que estamos(ou estaremos)sós neste nosso universo deixa-me sem crença nenhuma neste assunto.Até já ponho em causa se o homem chegou alguma vez a pousar realmente na Lua,tais são as teorias que por aí correm.Eu sei lá,o descrédito vai aumentando…

  16. Miguel Silva says:

    Tb pode ser o TDT que estava mal apontado e só agora é que começaram a chegar os sinais reflectidos noutra zona estrelar 😛

  17. Adair says:

    11anos na velocidade da luz para chegar a estrela .O som para vir desta distância ,até a tarra levaria muitos anos mais. A velocidade do som até um jato da força seria consegue voar ,quem me explica essa???

  18. CDAS says:

    Mais uma suposta evidência para tentar comprovar a existência de vida fora do planeta Terra.

  19. TugAzeiteiro says:

    Daqui a 100 anos ainda andam há procura de vida extraterrestre… simplesmente porque somos demasiadamente perigosos para eles se mostrarem!

  20. Pérolas says:

    Não se preocupem com os ET’s até passarmos pela ww3 e desenvolvermos a velocidade warp LOL Já vi este filme 🙂

  21. jorge says:

    extraterrestres?? esqueçam
    they are too smart and too fast for humans to catch them

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.