PplWare Mobile

China: Uma câmara de vigilância por cada duas pessoas já em 2022


Autor: Pedro Pinto


  1. anon says:

    É o que tipicamente acontece quando o governo tem medo das pessoas. E faz de tudo para as controlar.

    • RPG says:

      Claro, andam a controlar 1,4 bilioes de pessoas, cada passinho que dão com as câmeras LOLOL Têm uma equipa de 100k pessoas a desenhar o trajeto de cada pessoa, todos os dias, é uma cena doutro mundo mesmo.. E o mais engraçado é que a grande maioria dessas pessoas gosta de ser controlada, e se sente mais segura com as câmeras. Enfim.. o discurso de quem geralmente tem medo de câmeras, porque deve alguma coisa a alguém. Se soubesses as centenas de milhares de casos de crimes de viação que eles resolvem em “minutos” graças às câmeras… e que aqui levam anos.. lol… Antes de falares vai dar um passeio por Shenzhen ou Xangai e verás que a grande maioria das cameras está apontada para estradas e passeios/passadeiras, e nas proprias estradas.. não estão apontadas para a janela da tua casa fica descansado. Com isto não quero dizer que o governo Chinês não goste de controlar os seus cidadãos, isso qualquer governa gosta e o faz de uma ou outra forma.. mas não é por esse motivo que investem forte em video vigilância.

      • Sodia says:

        Carneirada mode então. Vamos vigiar a tua casa 24h por dia. Recurso a imagem e som. Se tens problema com isso é porque tens algo a esconder. Se soubesses das centenas de milhares de casas de crimes que se resolvem em minutos graças às câmeras… Queres privacidade para quê? Andas a fazer alguma…o melhor é reportar-te já.

        • RPG says:

          Lol a sério?… só alguém profundamente ignorante confunde as leis da privacidade da via pública que é de todos, e na qual privacidade é no mínimo uma ilusão, com as leis que regem uma propriedade por ti adquirida e na qual quem define os níveis de privacidade és tu próprio.. a haver um crime na tua casa, e sem índices de entrada força da, os primeiros suspeitos é quem lá vive, n são precisas câmeras lol… caso contrário podem sempre recorrer às câmeras da via pública e ver quem entrou em tua casa..

          • AlexX says:

            Só compreendo a tua posição caso defendas interesses maiores duma minoria. De resto, o anon e o Sodia até foram meigos.
            Se cá e daqui por 30 anos trabalharem a troco duma refeição diária numa cantina pública e dormida num cubículo com 2mts cúbicos onde só cabe o colchão e entram de gatas como muitos na China, vão continuar chamando de liberdade e democracia. A buba à noite poderá ser gratuita por bom comportamento mas nem vão poder soltar um peido nas horas de silêncio. E vão adorar essa vida porque aceitam tudo. Para mais o cubículo até terá wifi gratuito com rede XXX G o que será fantástico. Serão observados 24h/dia e penalizados caso não sorriam quando levarem uma chapada duma autoridade. Os avisos de Huxley e Orwell foram em vão.

    • Filipe F. says:

      Ou quando precisas de controlar uma população gigante. Curioso é que nao há atentados terroristas na China, e na maioria das cidades chinesas, onde ha videovigilancia sentes uma segurança como se calhar em nenhuma cidade europeia.
      Era bom Portugal ser um pouco mais assim, mas aqui, nem filmar um crime serve de prova. Por isso temos vandalismo em todas as cidades seja a patrimonio, a veiculos de pessoas, a muros de casas etc. Temos drogados em cada esquina seja ao pé de escolas hospitais etc a fazerem o que o vicio os leva a fazer, aos olhos de todos, tens ruas cheias de lixo, tens carros em cima de passeios e passadeiras, tens no fundo uma total desgovernação nas ruas de cada cidade deste e outros países onde se prefere dar privacidade aos crimes e marginais para que possam fazer o que querem protegidos de cameras e vigilancia.
      Em casa cada um é livre de fazer o que quer, mas na rua ha que saber estar e respeitar o que é para uso de todos. Vigilância em espaço publico não é um sinal de medo do povo, mas sim uma segurança para o povo e acima de tudo uma forma de disciplinar as pessoas e dissuadir o crime (não, não impede, mas ajuda muito). Experimenta visitar uma cidade com videovigilância em cada canto e verás como é estranho andar na rua sem ver praticamente policia alguma, mas sentires-te seguro e ‘livre’ de andares como quiseres sem receios de ter um relógio valioso à mostra, um telemovel de 1000 euros na mão, uma roupa cara, um carro que te custou anos de trabalho a conseguir ou no caso de seres mulher, andares vestida como quiseres sem receio de assedio ou violações.

      • anon says:

        Tudo bem, mas essa segurança que dizes custa milhões, coisa que Portugal e até outros países simplesmente não tem. Basicamente se fosse em Portugal, teríamos que pagar ainda mais impostos.

      • AlexX says:

        Tudo passa por uma questão socio-cultural de cada indivíduo. Portugal está como está nos grandes centros urbanos porque a sociedade foi inteligentemente arquitectada para ser assim e a maioria absorveu e auto-instalou o programa. Chama-se a isso engenharia social. As cameras cctv são uma falsa sensação de segurança. Os grupos de assaltos muito bem organizados vão disparar porque essas pessoas adoram ser vigiadas. É o álibi delas. Podia plantar uma dúzia de cenários dum grupo desses por ex “no Algarve” enquanto uma residência era assaltada na região centro. No dia seguinte dois inocentes (por norma pessoas porte atlético e bem na vida) são detidos com uma ou duas jóias no carro e uma arma enquanto o grupo insuspeito já vai longe. Não vão ter um álibi e vai-lhes custar muito caro negociarem a liberdade porque foram filmados próximo ou fazendo o assalto mesmo sem lá terem estado. Cameras cctv não fazem reconhecimento da íris, detalhe das orelhas e impressões. Quem é a favor delas, melhor desde já solicitar também um chip rfid subcutâneo e porque não, um neurolink e assim evitam ser o bode expiatório dum grupo desses. Podem mesmo assim ser as vítimas do assalto.

  2. Yur-pt says:

    Pena tenho eu de não encherem a minha cidade com cameras de vigilância. Sempre reduzia o vandalismo que para aqui há e ainda caçava alguns.

  3. Gemario says:

    A isto chama-se MEDO !
    As Hierarquias têm MEDO !

  4. SANDOKAN 1513 says:

    Apesar de estar em 13° lugar a cidade de Chicago,nos Estados Unidos,tem um índice de crime de 64,12% !! Incrível !! Eu não vivia lá nem que me pagassem.Num momento estava bem no outro já estava estendido numa cova.Este tipo de cidades é para se evitar,mas ao máximo.Vê-se todo o tipo de nojice nestes antros,Deus me livre.

  5. iFernando says:

    A estas camaras na china temos de somar as redes 5G a espalhar pelo mundo

    • RPG says:

      Nice joke.. antes de haver o 5g e câmeras pelas cidades já havia várias entidades a saber cada passo que dás.. basicamente desde que existem smartphones e grandes networks sociais como o face.. mas ya, estas câmeras e o 5g é que tiram a privacidade toda a um gajo lol 😀 Haja paciência..

  6. Caganotas says:

    Em Portugal nas aldeias temos 5 câmeras no mínimo por pessoa, na cidade nem tanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.