Quantcast
PplWare Mobile

Cafés e restaurantes vão pagar mais 10€ por SportTV

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Berrio says:

    Qual o problema?????
    Não percebo o drama.
    Mas o que me chateia é que ninguém se preocupa que os clubes de futebol não pagam IMI ,nem eles nem os partidos políticos entre outros…

    • Nuno says:

      Qual o problema? É simples, é uma cretinice, possível apenas porque cá não se aplicam leis anti-conluio, como noutros países, o que permite que as operadoras combinem entre si os preços, o que é um claro entrave à livre concorrência…

      Eu nem tenho café, nem gosto de desporto, agora esta gente precisava que de repente os cafés todos os mandassem dar uma curva e desligassem os serviços…

      • Ze says:

        Penso que mais cedo ou mais tarde vai acontecer. A pirataria vai aumentar ou o pessoal manda-os simplesmente pastar. Os contratos com os clubes têm atingido records e isso vem de algum lado, mas mais uma vez queremos (alguns querem) ser como os outros países para algumas coisas mas sem estrutura adequada para tal. Todos sabemos que é um abuso mas felizmente está nas nossas mãos e ao nosso alcance tratar dele visto que isso não nos mete pão na mesa, muito pelo contrário.

      • eu says:

        mas era isso mesmo. Todos desistirem. Pessoas nao deixavam de ir ao café.

    • Aquele says:

      Berrio

      O problema é tu em finais de 2016, não teres um único jogo da liga portuguesa em tv aberta.
      O problema é tu veres estas empresas “oferecer” milhões aos clubes de futebol e tu arrotares por tabela.

      • Berrio says:

        Nas próximas eleições os portugueses tem oportunidade de castigar quem acham que não esteve à altura… os políticos, sejam de direita ou esquerda
        Hó claro é mais fácil ficar em casa a ver futebol…

  2. ruimgplay says:

    O mal é não haver concorrência.

  3. João says:

    O pessoal vai começar a ver em casa de um pirata amigo, leva umas bejecas e carga na mensalidade

  4. fulld says:

    Bem la isso concordo. Poderiam era baixar o preço pras familias ^^,
    Normalmente os cafés metem a Sportv para angariar mais clientes, logo, a sportv está no seu direito de aumentar os preços…
    Não são obrigados a ter a Sportv, por isso basta ligaram para la e rescindirem o contrato LOL

    • David Guerreiro says:

      Nem as famílias são obrigadas a ter SportTV, daí que mesmo paras famílias podem aumentar o preço. Não é nenhum bem de 1ª necessidade, quem tem dinheiro vê, quem não tem não vê.

      • Vitor says:

        David Guerreiro o problema e que quem não tem (nem quer) ter SportTV também vai ter a fatura aumentada!! Quando quem deveria pagar eram em EXCLUSIVO os assinantes do canal…VAMOS PAGAR TODOS!!

        • António Baptista says:

          Vitor,
          Dê uma vista de olhos pelo artigo e vai ficar menos stressado…
          Mas antes respire fundo e conte até 100…

          abaptista

          • Vitor says:

            Não estou stressado…apenas o artigo apenas se refere ao aumento da SportTV! Mas o aumento vai existir para TODOS e quem tiver os ditos canais de desporto leva DOIS aumentos…ao referente à SportTV acresce o aumento do serviço de assinatura do plano que tem contratado com a operadora!! E não “invento” nem “stresso”…foi a informação que me foi fornecida pela operadora!!

  5. pintor says:

    Eu continuo a pagar o mesmo pelas Sport Tvs em HD e mais os outros premium todos.

  6. dsm says:

    e quem não tem sport tv vai pagar !?

    • Vitor says:

      Quem não tiver e não quiser a SportTV…leva com um aumento na mesma!! Esse é o “problema”…

      • António Baptista says:

        Se lessem o artigo ou se interpretassem o que lêem correctamente não perguntavam quem é que vai pagar nem seria dada uma resposta “tonta” com a que foi dada…

        Para não se darem ao trabalho aqui vai um resumo;
        “Os donos de cafés, bares e restaurantes, assim como de qualquer outra empresa cujo número de identificação fiscal (NIF) comece em 5 (pessoa colectiva) e 6 (pessoa colectiva pública), vão passar a pagar, a partir de 1 de Janeiro, mais dez euros mensais para ter acesso aos canais Sport TV.”

        Um abraço
        abaptista

        • sergio says:

          António, os comentadores anteriores estão a referir-se a outra noticia na qual explica que as operadores decidiram passar parte dos custos dos contratos com os clubes para todos os pacotes de TV.

        • Gonçalo says:

          a batista, pelos vistos também não leste bem o artigo…. No primeiro parágrafo…
          “Já hoje informamos que os pacotes de TV para clientes residenciai vão aumentar, por causa do futebol, e agora sabe-se também que os cafés,bares e restaurantes vão pagar mais 10€ pela mensalidade da SportTV.”

        • Vitor says:

          Abatista…parece que quem faz comentários “tontos” é você talvez por falta de informação! Este artigo fala da SportTv e dos contratos para cafés e restaurantes! Mas os “domésticos”,tenham ou não SportTv,também vão levar com um “ajustamento” extraordinário para “ajudar” a pagar os contratos que as operadoras fizeram com os clubes de futebol!!

          • António Baptista says:

            Meu caro amigo pelos vistos a vossa informação não está correcta pois os contratos existentes continuarão tal como estavam o que vai haver é a actualização que existe, bem ou mal no inicio de cada ano. Sendo que esse aumento (nos contratos residenciais) a que se referem não é por causa do futebol mas sim por se fazer todos os anos.
            Só nos contratos empresariais é que vai existir um acréscimo e abrange os CAE 55 ou 56 e o NIF 5 ou 6, isto para além do aumento “normal”.
            Espero ter esclarecido.
            Pelo que volto a reafirmar; os aumentos a que se referem só abrange determinados clientes, devidamente identificados no artigo. Os outros é só pela via de actualização de valores.
            abaptista

        • Paulo Martins says:

          Ele não se está a referir a este artigo em particular, mas de outro que falava do acordo que foi feito entre todos os operadores de dividir os custos dos direitos transmissão dos jogos, em que esse valor não se vai apenas ser pago pelos subscritores da Sport TV mas diluído na mensalidade de todos os clientes de forma indireta.

  7. Trocato Malaquias says:

    Claro que isso não chateia as Confederações Patronais,o que as chateia é o aumento do salário minimo!
    Estes “servidores” são autenticos dealers….a primeira é de borla depois é só sacar.

  8. tiago says:

    Pronto lá vai um gajo pagar um fresquinha ao preço de duas…está mal!!

  9. manel says:

    paga basta teres um contrato de eletricidade

  10. Carlos Costa says:

    Por mim,pode aumentar para mil Euros mensais!!!!!

  11. Kroko says:

    Que cambada de gatunos, o preço tinha alterado há coisa de pouco tempo com um aumento brutal e agora volta a subir com valores bem superiores à inflação, e o que achamos se os donos dos estabelecimentos comerciais aumentarem os preços. Simplesmente ladrões a Sport TV

  12. Eu says:

    E viva a pirataria, depois ficam admirados.

  13. jorge says:

    Eciste uma coisa chamada elastecidade preço-procura e aparentemente eles acham (e provavelmente com razão) que é uma procura rígida porque o português podem lhe tirar tudo menos a cerveja e o futebol!

  14. ultraman says:

    Óptimo acabei de cancelar o meu

  15. António Campos Leal says:

    Não tenho TV’s. Tenho mais que fazer.

  16. Marco Paulo says:

    No dia 31 12 2016 anulo a sportv, é 1 roubo.

    Apelo !!!!!

    Em vez de ganharem mais 10 € perdem 50€, todos devíamos fazer o mesmo.

  17. Bruh says:

    Cá para mim o pessoal em vez de pagar mais dez, vai é começar a pagar menos cinquenta.

  18. José Henriques says:

    Há uma questão que ainda ninguém tocou, os pobres dos cafés/restaurantes já pagam à SPA e à PassMusica mais de 100 euros anuais, para além da taxa de radiodifusão na factura de EDP, agora têm de levar com mais uma taxa acrescida de 120 euros anuais. Se fosse comigo resolvia as coisas da seguinte forma, na mesma medida em que muitos estabelecimentos têm preços diferentes para dia e noite, ou semana e fim-de-semana devido à afluência de pessoas, é só criarem um novo precário para durante transmissões SportTV.

  19. youandtag says:

    Fizeram acordos milionários com o clubes e agora quem paga é sempre o consumidor!

    Viva Portugal terra dos Futebol ! ! !

  20. Alfredo says:

    Bem, como na minha vizinhança vai tudo para o café ver a bola, a troco de umas bejecas e mendoims… Por mim é igual!

  21. Val says:

    O valor do aumento da sportv e a totalidade da factura é tudo declarado ás finanças,o mesmo já não se pode dizer de cafés e restaurantes!!O que voçês vendem” por fora “sem facturarem dá para pagar o aumento e muito mais!!!

  22. Edgar Ferreira says:

    Não fui ao site da NOS e Vodafone confirmar, mas aposto que o valor apresentado para a NOS (59,99€ e não os 59,90€ descritos) já inclui IVA, e o valor da Vodafone não. No final de contas vão dar ao mesmo, ou acham que a Vodafone conseguia uma diferença de preço desta ordem?

  23. RubenS says:

    O problema é que o aumento nao sao 2€ ou 3€ sao logo 10€ e quem diz hoje amanha aumenta mais 10 e por ai fora. Resumidamente os contratos de fidelizaçao apenas serviram de pretexto para as operadoras aumentarem os seus valores dos pacotes.

  24. grunho says:

    Ter 10 paus para pagarem a tvcabo e nao ter 10 paus para aumentar o salario de um funcionario…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.