PplWare Mobile

Burla de utilizadores do OLX através do MBWAY! PJ detém mulher…


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. R!cardo says:

    Não percebi como é que funcionava a burla, a burlona não chegava a fazer o pagamento e enviava uma mensagem a dizer que tinha feito o pagamento?

    • Joao says:

      Pode ter utilizado o metodo de receber dinheiro e os clientes aceitavam. Existe muita gente faceis de ser enganadas.

    • Hugo Neto says:

      Este esquema já tem algum tempo. Basicamente o ladrão manda as informações necessárias para o burlado associar a conta dele do banco ao telemóvel do ladrão, assim sendo, o ladrão consegue fazer criar cartões de crédito e tudo mais como usasse a conta do burlado.

    • Rogério Caroço says:

      Não.
      Ainda hoje uma outra pessoa tentou fazer o mesmo comigo.
      Tem de ser pessoas que não conheçam o mbway. Dizem que é só ir à caixa e colocar os elementos da transferência que eles é que dão. Então a pessoa coloca o número de telex deles e um pin (que dizem ser o pin de pagamento) tb dado por eles. Ou seja, estamos a dar autorização para que a nossa conta passe a ser gerida por esse telefone que é deles e não o nosso.

  2. fak says:

    fonix se era para isso, mais valia enganar a pessoa a gerar um codigo da sua propria conta, depois levantava esse dinheiro a pensar que tinha sido pago, a pessoa enviava o produto e só dava conta depois disso… e o comprador recebia o produto de graça…

    • Miguel says:

      O burlão nunca quis o produto… O importante era dinheiro que saia da conta do burlado… Directamente da caixa multibanco para a mão do burlão… Numa outra parte qualquer do país…

  3. Cortano says:

    O outro grande problema é o OLX estar a borrifar-se para estas burlas.

    • Filipe says:

      O problema está no utilizador e não no olx. Alguns utilizadores não se sabem nem querem saber-se informar. E depois caem nestas ratoeiras do mais amador e básico que pode haver. Por isso é que quem manda no olx não faz nada quanto a isto, nem irá fazer. O utilizador é que tem que abrir a pestana de uma vez. Já estamos em 2019.

      • Cortano says:

        Para que saibas, já denunciei anúncios que eram burlas provadas e o OLX nunca retirou os anuncios.

        A não ser que trabalhes no OLX, não percebo como te dás ao trabalho de defender a plataforma.

        E essa história do “já estamos em 2019” é uma treta. Sabes que há pessoas que percebem muito pouco de tecnologia, percebem muito pouco de métodos de pagamento, etc.
        Há pessoas que a sua vida é feita fora de um ecrã de computador!
        Estamos em 2019 e continuo a não perceber porque há pessoas como tu que só conhecem o que se passa na sua rua e acha que o mundo é todo igual.

        • Hugo says:

          O filipe tem toda a razão. DESCONFIAR SEMPRE.
          Já fiz meia dúzia de compras através do OLX e correu sempre tudo bem, felizmente.

        • Luís Pacheco says:

          Mas o problema está no utilizador… Agora o OLX ser Uma #¿$?%!¡ é outra coisa. Tento sempre comprar no ebay que Está séculos à frente do OLX. Os compradores têm que saber o que se estão a meter. Na dúvida dinheiro na mão.

      • AiOGajo says:

        Não implementar um sistema de ratings aos utilizadores/vendedores também não ajuda nada ao olx..

        • Daniel Paiva says:

          Um sistema de rating é que está a falta no olx sem dúvida.

        • AqueleGajo says:

          Era o que ia dizer… nao percebo como é que a plataforma ainda não cresceu a esse ponto.

        • Rogério Caroço says:

          Não.
          Ainda hoje uma outra pessoa tentou fazer o mesmo comigo.
          Tem de ser pessoas que não conheçam o mbway. Dizem que é só ir à caixa e colocar os elementos da transferência que eles é que dão. Então a pessoa coloca o número de telex deles e um pin (que dizem ser o pin de pagamento) tb dado por eles. Ou seja, estamos a dar autorização para que a nossa conta passe a ser gerida por esse telefone que é deles e não o nosso.

    • OLX não quer saber says:

      Concordo plenamente. Tambem ja reportei uma vez uma situação e simplesmente o olx não quer saber!!!

    • fyra says:

      Concordo perfeitamente o OLX devia salvaguardar as pessoasdestes esquemas pois kndo acontecem eles nunca dão a cara.existem maneiras de proteger o comprador uma delas seria a obrigatoriedade do historial de venda do vendedor e respectiva avaliação do vendedor por parte do ccomprador!!!

  4. José Rodrigues says:

    As pessoas facilitam muito e depois não me admira que sejam enganadas, é pagamentos ONLINE e adiantados. Não há nada que chegue a moda antiga do PEGA LÁ DA CÁ.

    • Daniel Paiva says:

      As vezes nem sempre é possível fazer negócios em mão, por exemplo um artigo que está a 100km de distância e é mesmo aquilo que procuras! Mas o que falta no olx é um feedback dos utilizadores.

  5. Filipe says:

    Para activar o MBWAY tem que se ir ao multibanco, inserir o cartão e aceder à opção do mesmo serviço. De seguida, é pedido para fornecer o nosso número de telemóvel (para associar ao mbway) e um código pin para podermos fazer a autenticação na aplicação ou quando se fizerem pagamentos.

    Ora, acontece que algumas pessoas, sem fazerem qualquer pesquisa sobre o serviço e sem lerem o que aparece no ecrã da máquina multibanco aquando do preenchimento, foram levados na conversa do bandido de colocar o número do ladrão e um código pin fornecido pelo ladrão. Ou seja, o serviço da nossa conta ficaria associado ao número do ladrão. Assim, ele só precisava de instalar a aplicação no smartphone e pode fazer levantamentos e pagamentos em nosso nome.

    É impressionante como em 2019 ainda há pessoas a caírem neste tipo de esquemas tão amadores.

    • Kodiakshadows says:

      Então pelos vistos esse tal MBway, não é tão seguro como parece comparado com o PayPal. Eu não conheço nem nunca usei esse tipo de pagamento mas esta é minha

      • Woot! says:

        Lol se não conheces não digas nada. Quem foi burlado foi quem não tinha mbway!! Ou seja provavelmente os mais burrinhos ou atrasadinhos na vida, só conheço 2 pessoas que não têm mbway e ambas têm a capacidade de caírem nesta burla dada a falta de inteligência.

        • fak says:

          Woot!
          só conheces 2? eu conheço às dezenas lol, toda a gente prefere o paypal.
          ora vejamos o que diz no site do mbway:
          – levantar dinheiro com o smartphone;
          – transferências instantâneas;
          – compras online e fisicas;
          – cartões mb net: util quando não se confia na empresa

          é obrigatorio andar com o CC, aqui não há cidadão desconhecido, logo, andas com a carteira… custa assim tanto tirar o cartão da carteira?
          transferências instantâneas, é a atividade principal do paypal, assim como as compras, sejam online ou fisicas, basta o vendedor ter paypal e hoje em dia maioria tem, mas se não tiver, outra vez, custa tanto tirar o cartão, especialmente hoje em dia em que os multibancos e os cartões têm tecnologia contactless?
          cartões MB net ficam totalmente na sombra do paypal porque no paypal é criptografado para todas as transferências, sejam entre contas ou pagamentos; E o paypal dá um suporte do caraças aos clientes, já fui burlado no ebay (comprei e nunca recebi o artigo), apresentei os screenshots ao paypal e no mesmo dia devolveram-me o dinheiro.

          ah, e as transferências entre contas, além de serem TODAS instantaneas independentemente do banco são gratuitas e o preço que cobram pelos pagamentos é totalmente justificavel dado o suporte ao consumidor que têm…

          mbway para que? só se for para os preguiçosos que lhes custa tirar um cartão da carteira, que de resto não serve para mais nada…

          • fak says:

            ah espera lá, é util para emprestar dinheiro a alguém, poupo 30 segundos ao gerar um codigo no MBway em relação ao paypal… vou já ter o MB way instalado a consumir bateria para um ato que acontece tantas vezes como o homem ir à lua…

      • Hugo says:

        Vai à cozinha e espeta a faca do pão no bucho.
        É uma falha de segurança da faca.

      • John says:

        tal como no mbway, se deres os teus dados de login do paypal vão te lá sacar o dinheiro.
        foi isso que aconteceu neste caso.

        • fak says:

          toda a gente no seu bom censo não dá o seu login lol.
          além disso, eu pelo menos, sempre que há uma transação, seja pagamentos ou receber, além de email recebo um SMS.

    • Cortano says:

      1. não precisas de ir ao MB para ativar o MB Way. Informa-te melhor.

    • Miguel says:

      Ora eu aderi a pouco tempo ao mbway… E não foi preciso ir ao multibanco… Basta instalar a aplicação e inserir a informação pedida que é bem explícita… O nome do banco é parte do número do cartão… Bem como um pin… E em telefones mais recentes a impressão digital.
      Ora o que me pareceu é que o burlão dava instruções ao vendedor para fazer um levantamento por mbway (levando o mesmo a pensar que se estaria a preparar para receber o dinheiro.) e enviar ao burlão o código de acesso à esse levantamento na máquina… E depois é só ir a máquina levantar a massa… E o lezado ficou sem o seu querido dinheiro.
      É verdade que há pessoas com falta de informação sobre estas questões… Mas no caso do mbway eu acho que está tudo muito bem explicito e não há que enganar… Também tenho a certeza que essa burlona apanhou muito boa gente que não se deixou enganar… Mas depois há os velhinhos que não percebem nada… E aqueles que confiam em toda a gente… E assim lá foi uma burla que chegou a uns valores bonitos…

  6. Belfodyl_da_Net says:

    Burla, qual burla? Só se for a nossa inteligência por ter de ler isto. Qualquer dia um gajo diz ao outro, “Manda – me o teu cartão multibanco com o código, que eu faço serviço completo” e depois a plataforma é responsável pela burla.

  7. A.M says:

    Eu sou utilizador Mbway, com bastante frequência e muito sinceramente, não consigo perceber esta notícia, eu se for utilizador Mbway como sou burlado? Expliquem-me lá…se me fizerem pedido de dinheiro aparece o pedido e o montante solicitado..e se não for cliente MBway é me enviado sms para instalar a app..como isto é possivel, alguem consegue explicar?

    • Joao says:

      A resposta e muito simples: As pessoas nao nascem todas com a mesma capacidade de percecao , aprendizagem e inteligencia.

      • A.M says:

        Joao, essa resposta é para mim? Com essa resposta também não deves ser utilizador MBway, como tal nem devias responder, eu não estava a ser irónico na minha pergunta, é que eu ainda não consegui mesmo entender a noticia, como é que se consegue burlar com Mbway?

        • falcaobranco says:

          Posso estar enganado mas acho que o MBWay tem culpa no cartorio… se por algum motivo ou outro, “aceita” enviar-se sms para se fazer o download da aplicação, existe algo errado na segurança da aplicação e isso preocupa-me um pouco porque sou cliente assíduo do MBWay e, ao enviarem-me uma sms com indicação de certos valores pagos, nunca ia acreditar até aparecer na conta mas… nem toda a gente é credível e nem toda a gente sabe as maldades que existem…

        • PeterOak says:

          Não A.M, a resposta não era para ti. O Joao referiu-se às pessoas que foram a uma caixa multibanco com o seu cartão de débito e seguiram as instruções dadas pela burlona: colocar o número de telefone da burlona e um pin dado pela burlona.. ficando assim a burlona com acesso à conta bancária das pessoas através do seu smartphone de burlona 🙂
          As pessoas nem pensaram: “Éestou a meter o meu cartão numa máquina ATM e vou associá-lo ao número de outra pessoa.. ahh, e não me posso esquecer de meter o pin que a pessoa desconhecida me deu!”

    • Daniel Santos says:

      O que aconteceu foi que os burlados ao efectuarem a adesão ao MB Way colocaram o número de contacto do burlão e a partir desse momento o burlão fica com acesso à conta bancária das pessoas burladas. Daí conseguir levantar dinheiro em qualquer parte do multibanco. Como se costuma dizer, quem não sabe é como quem não vê… Com tanta informação, não acredito como é que há pessoas que arriscam o seu dinheiro em pagamento antecipados ou até métodos de pagamento que desconhecem o seu funcionamento. Em tempos houve aí um tal de Rei da Informática que fez muitas maravilhas!!!

    • Woot! says:

      Só enganaram quem não conhece o serviço e nunca o tinha activado antes. Basicamente o burlao levou as pessoas ao multibanco e fe-las associar o cartão ao número dele. Quando digo que as levou não foi pessoalmente mas virtualmente através de indicações do que fazer e como fazer.

      Qualquer pessoa que já tenha mbway ou que tenha dois dedos de testa não é burlado.

    • Louro says:

      O problema principal é que estes servicos devem ou pelo menos deveriam de ser criados de forma simples e a pensar que as pessoas nao sabem o que estao a fazer.

      Por essa razao, o único numero de telefone que deveria de poder ser associado á conta, deveria de ser o número que o cliente disponibilizou quando abriu a conta.
      Ao permitir que sejam utilizados numeros diferentes estao a abrir uma porta muito grande para burlas.

      Por exemplo, Android Pay e Apple Pay… mesmo que tenhas o meu cartao fisico na tua mao, nao consegue associar, pois é enviado um pin para o meu telemóvel (que está associado a minha conta bancária), e mesmo assim passado uns dois dias recebo uma carta do banco a informar que o processo foi efectuado.

      Podem dizer, “ah mas o número que dei ao banco pode nao ser o correcto”, azar… tivessem actualizado.

  8. pwnage says:

    Um ataque de engenharia social como outro qualquer.

    Quanto ao OLX, esta plataforma peca pela ausência da funcionalidade de feedback e reputação, esta é certamente a sua maior falha. É um tipo de autoregulação em crowd sourcing que equilibra as fraudes online.

    Segundo problema é a falta de integração em pagamentos como o Paypal, este serviço de pagamento usado como “Pagar um Serviço” protege o comprador. Já tive 2 situações em que reportei à Paypal e recebi o meu dinheiro.

  9. Mac says:

    O MbWay já me safou algumas vezes. Esqueci-me do cartão MB em casa e pude levantar Cash no Mb a mais de 50kms de casa, sem stress. Parem de criticar. ´É como diz o outro aí em cima, – Diga aí o seu ID do cartão de crédito, mês, ano e CVV, para eu actualizar os dados, na nossa base… ( B1=Compras à fartazana à custa de mais um ótário, :))” Acordem.

    • Tiago says:

      Mas há algo que não entendo aqui, mesmo nesses casos em que o burlão consegue os dados do Cartão e codigo de segurança, se ele faz uma encomenda com o nome ele irá receber a encomenda numa morada e torna-se facil para as autoridades rastrearem não?
      Alguém tem que estar em casa para receber a encomenda e mostrar o cartão de cidadão e assinar…não vejo muita inteligencia nesta burla.
      A menos que seja utilizada para outros fins ?

  10. António Silva says:

    bool temMbway = true;
    bool capazDeComentarBlog = true;

    if (!temMbway & & capazDeComentarBlog)
    {
    Console.WriteLine(“Alien alert!”) ;
    }

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.