PplWare Mobile

Apple usa software para bloquear reparações de terceiros nos computadores Mac


Autor: Tomás Santiago


  1. D4rkw3b says:

    Basicamente… Não comprar NADA da Apple é a melhor opção de mercado.

  2. joaoarquivo says:

    totalmente de acordo com a filosofia da Apple. Bons produtos, nao podem ser adulterados por mecanicos de vao de escada e muito menos com hadrware que nao respeita as normas rigorosas de fabrico e inviolabilidade dos seus utilizadores.
    Claro, UTILIZADORES e nao DONOS, compram mas ficam sempre reféns da Apple para tudo.
    Afinal a qualidade e o bom software é para quem pode!

    • SE says:

      Se fossem de qualidade não avariavam e logo não necessitavam de reparação…

    • Paulo Martins says:

      Tens noção que a Apple só dar suporte durante X anos aos equipamentos, à volta de 6/7 anos às vezes menos dependendo do modelo, se quiseres trocar por exemplo o disco após esse período eles não o fazem.
      Então basicamente tu compras uma máquina que sabes com 100% de certeza que ao fim de alguns anos não tens forma de a reparar, e um topo de gama com 7 anos não deixa de ser uma boa máquina ao fim desse tempo.

      • antonio says:

        Isso era se o que está no post fosse verdade – depois de 6/7 anos a Apple deixa de dar assistência, para fazer a reparação será preciso o Apple Service Toolkit 2, que os reparadores oficiais não têm e, por isso não haverá reparação.

        Mas isso é “se” – se o que se diz na blogosfera for verdade. Quando se trata da Apple muitas vezes não é.

    • MAGOO says:

      Ao princípio pareceu-me que você estava a ser sarcástico, tive que ler outra vez e parece que não. Você faz-me lembrar um cãozinho com uma coleira ao pescoço conduzido pelo seu dono… e ainda se orgulha disso!

  3. Manual says:

    Isto vai contra os mais básicos direitos dos consumidores. Aliás, no mundo da tecnologia, a começar pelas licençs de software, estamos a ser aldrabados. Não vejo uma palavra das associações de proteção do direitos dos consumidores

  4. David Guerreiro says:

    E acredito que isso se vá extender a outros equipamentos como o iPhone.

  5. hommer says:

    isto é uma politica que a Apple sempre teve e continua a ser mal vista neste ponto de querer controlar o que se faz aos equipamentos e ao preço que custam em caso de avaria só recorrer a eles a preços absurdos de reparação, em que na esmagadora maioria mais vale comprar logo outro equipamento…

    prefiro de longe para outras aplicações empregar o dinheiro noutras marcas, nesse aspecto uma pessoa fica melhor servida e mais em conta no que toca a despesas…

  6. antonio says:

    Não é nada disso.
    Para testar se era verdade o iFixit foi comprar um MacBook Pro de 2018, desmontou-o, voltou a montar, instalou o Mojave e – não aconteceu nada 🙂

    https://ifixit.org/blog/11673/?utm_medium=email&utm_campaign=100518_PR_AppleT2&utm_content=100518_PR_AppleT2+CID_91e9ae515bab24b541dd77276991a859&utm_source=CampaignMonitor&utm_term=Get%20the%20full%20story%20here

    • Curioso says:

      Tal como dia a notícia: “ainda”

    • Mateus says:

      Não tenho pachorra de ir ver mas desmontar não é o mesmo que mudar peças.

    • Rodrigo says:

      Isto não tem nada a ver do que estamos aqui a falar. Não mistures alhos com bugalhos.

      • antonio says:

        Ai não 😉
        Olha lá para a data do post do iFixit: 5 de outubro ontem.
        Testaram o MacBook Pro de 2018 com o chip T2 exatamente para verificar se o que diz o post era verdade:
        – ” após a reparação de um computador com o chip T2, este apenas consegue arrancar após a utilização do software Apple Service Toolkit 2, que é o nome da nova ferramenta de diagnóstico e que apenas os reparadores autorizados pela Apple possuem”.

        Substituíram o ecrã e o Touch Bar, desmontaram e montaram tudo – e não aconteceu nada, rigorosamente nada do que se diz no post.

        • SE says:

          Só leste a parte que te interessava? Não aconteceu nada porque o chip ainda não esta activo, o que não quer dizer que não venha a estar no futuro. Por algum motivo ele lá está. Um update de software e de repente o que até agora funcionava de repente não funciona mais…

          • antonio says:

            Espera sentado.
            O pessoal é muito imaginativo 😉

            Toda esta história já é conhecida. Com o iPhone inventaram também que só os reparadores autorizados é que passariam a poder reparar iPhones porque só eles é que tinham uma máquina fornecida pela Apple, a Horizon, para autenticar as peças.

  7. Pedro Silva says:

    Vamos ver o que a comissão europeia diz em relação a isto……

    • Mateus says:

      Nada, para a CE desde que a Apple pague os seus impostos está tudo bem e faz o que quer.

      Também quem compra produtos Apple sabe ao que vai, se querem estatuto de rico também há que passar por rico e pagar os arranjos, preço completo. O ideal mesmo é fazer um crédito que tandem inclua o seguro, senão se o Mac estraga ainda vão ter que passar uns meses à fome para pagar o arranjo. Ou dá para pagar às prestações?

      Ouvi dizer que o próximo passo essa Apple é que os créditos à compra só vão ser possíveis em bancos americanos e com juros altos, afinal quem quer Apple tem que sofrer… (estou a brincar lol)

    • Cortano says:

      Achas que a comissão europeia se vai preocupar com uma marca que só tem 8% de quota de mercado?

  8. Gabriel says:

    A ganância desmesurada tem destas coisas…

  9. Marco says:

    O Tim Cook teve 120M em prémios, a Apple vende os produtos mais caros do mercado, as reparações são um absurdo e é a empresa mais valiosa do mundo… associando tudo isto entre outras coisas… esta noticia ainda é de espantar? Pelo menos a mim não!

    • Mateus says:

      A mim também não, aliás, quando ouço que o CEO duma empresa se levou uns milhões de prémio (seja Apple ou outra qualquer) só me ocorre que os empregados andem a ser mal pagos (China) e que os clientes comprem o produto a um preço muitíssimo superior ao que corresponde (ninguém está a dizer que o preço de venda seja ao correspondente em peças, mas não 4-5x mais). Daí que estar a pagar aviões, quintas, barcos, coca etc a esses CEO… não obrigado. Evito.

      • Marco says:

        Já somos 2, é um disparate e só não vê quem não quer, com preços estupidamente inflacionados fiquem eles com os produtos que da minha parte nem 1 cêntimo ganham (também não precisam :D), mas ainda hoje não entendo e ninguém me conseguiu explicar, ou convencer de o que leva uma pessoa a dar 1.179€ ou 1.279€ por um smartphone? Seja Apple ou de outra marca qualquer… e sinceramente nomeadamente em relação à Apple o que me espanta é ainda haver pessoas que defendem cegamente uma empresa que atua desta forma isso é que me espanta!

  10. João Terra says:

    Quando a malta fan da Apple começar abrir os olhos que a apple só está cá para fazer dinheiro e não respeitar o cliente nem o consumidor final. Parece que os fans da apple ainda não viram isso e o que é mais triste é defenderem uma empreza destas ao ponto de serem crentes e religiosos. Hoje em dia algumas pessoas já estão abrir os olhos para a Apple atual e a arranjar alternativas aos preços que a empreza pratica no mundo.

    • Marco says:

      Meu nunca ganharam nem ganham pelo menos enquanto praticarem preços absurdos, e como disse no último comentário até hoje ainda ninguém me conseguiu explicar, ou convencer de o que leva uma pessoa a dar 1.179€ ou 1.279€ por um smartphone, o IOS perfeito não é como se têm visto cada vez mais, specs inferiores até ao de boa parte dos topos de gama Android, NA MINHA OPINIÃO estou a frisar para ser bem notado, com o Google temos tudo e tudo sincronizado em qualquer Android, o que a Apple têm de diferente ou melhor em relação a maior ou total parte dos Androids? Actualizações, sem dúvida… Mas vale a diferença de quase o dobro do preço na esmagadora maioria dos casos? Nem pensar, valeria mais 50€ ou na loucura 100€ (e mesmo assim), agora o dobro…
      Depois em 6/7 anos práticamente com o mesmo dinheiro de 1 Iphone, se compra 2 Androids topo de gama em vez de andar com 1 Iphone que ao fim de 3/4 anos já está ultrapassado em dedign e specs, mas isto são opções de cada 1, e esta é APENAS A MINHA OPINIÃO/PONTO DE VISTA que não quer dizer que esteja certo, mas é o meu!

  11. Júlio says:

    Bem se lixam que nem um cêntimo meu vêem!

  12. Alfredo Simões says:

    É uma medida suicida.

  13. Curioso says:

    Tal como diz a notícia: “ainda”…

  14. Me and me says:

    Infelizmente todos estás a começar a fazer o mesmo

  15. pedro says:

    é por isso e por outras questões semelhantes que já deixei de ser roubado pela apple !!!! mudei tudo para a microsoft e google …. e escolhi o hardware que mais me interessava e não o que me querem impor !!!!

    • João Terra says:

      Ainda bem que abriste os olhos, com Android e Microsoft ficas melhor servido e ficas com topos de gama por metade dos preços que a Apple pratica. A apple só pratica os preços que pratica, porque existem fanaticos que preferem ser roubados e mesmo assim aplaudem a Apple, porque querem argumentar, algo que não é argumentavel. É triste mas é verdade.

  16. piri_vm says:

    A indústria automóvel passou pela mesma situação e os mecânicos não oficiais conseguiram ‘ganhar’ a sua posição.
    Esta situação da Apple está a dizer que o MacBook não será nunca de quem o comprou. Não tem lógica eu não poder alterar o SD de um ‘PC’ , o ‘PC’ é meu, eu posso querer um SD melhor. Isto é um ataque aos consumidores. Compreendo que alterar algo ‘soldado’/’colado’ se perca a garantia, mas nunca ser impeditivo de o ‘PC’ trabalhar, agora eu querer trocar um periférico e ser obrigado a ir um reparador ou loja oficial e comprar o que eles impõem devido a parcerias é um ultraje ao cidadão consumidor. Não percebo como permitem isto e como os iSheeps veneram estas acções.

    • antonio says:

      Já foste ver quantos são os reparadores autorizados da Samsung na zona da Grande Lisboa. São sete.
      Achas que as empresas/oficinas que reparam Samsungs são só essas? Achas que a Samsung lida com os reparadores autorizados e não autorizados da mesma maneira?

      Quanto á treta que contas, mais acima pus um link do iFixit, onde podes ir buscar mais um saco de caganitas de iSheep para a coleção.

      • piri_vm says:

        O artigo que mostras na prova nada, pois não alteraram de periféricos para outros não aprovados pela marca.
        O que tem haver com a Samsung? A Samsung em venda de portáteis/PC (que acho que já nem vende) deve te uma cota de 0,01% a nível mundial. Um gajo fala de uma coisa, um iSheep vem sempre falar de outra.

        • antonio says:

          Sempre a apanhar caganitas.
          Reparadores autorizados de smartphones Samsung 😉

          • piri_vm says:

            Mas o que é que isso importa para este artigo? Estamos a falar de ‘PCs’… Deves ser muito lerdo. Deus nos livre desta praga da sociedade.

          • piri_vm says:

            O mal dos iSheeps é que pensam que a Apple é só iPhone e a Samsung é só telemóveis… Um artigo a falar de ‘PCs’ e eles vem para aqui comparar telemóveis e sistemas operativos móveis… Há muito estúpido no mundo.

          • antonio says:

            Não. Está-se a falar de reparadores autorizados.
            No caso da Apple há para iPhones e Macs.
            No caso da Samsung só há para smartphones.
            Mas o ponto é – as marcas têm relações preferenciais com os reparadores oficiais.

            Quanto à treta que dizes, para trocar um periférico é preciso obrigatoriamente ir a um reparador ou representante oficial, é uma parvoíce. Espera sentado até isso acontecer. E vai contando caganitas.

  17. Carlos Costa says:

    Isto é criminoso

  18. Manuel Mourão says:

    Postas as coisas nestes termos e se a moda pega com as outras marcas, a melhor solução é comprar componentes e montar o computador. E anda aí muita gente que o sabe fazer como deve ser.

  19. Antonio Carvalho says:

    Nunca fui fã da Apple mas essa marca é só desilusões, fora enganar clientes tem a lata de vender um macbook pro por 1800€ e ao fim de 2 anos e meio não tem um teclado de substituição para trocar um avariado.
    e ainda dizem que nem vão fabricar mais isso diz tudo. falta de respeito para os clientes onde já se viu não haver peças ao fim de 2 anos e meio.

  20. r41m31 says:

    Faz lembrar o tempo em que as marcas soldavam os componentes para obrigarem as pessoas a fazer alterações só na marca….

  21. rub3n says:

    É por estas e por outras que a Apple nunca verá um tostão meu!
    Onde é que já se viu eu ser obrigado a reparar na marca em vez de ser eu a reparar…
    Já parece a historia dos Tesla, que apenas são reparados na marca, se quiseres comprar uma peça suplente eles simplesmente não vendem!
    Esta filosofia está cada vez mais na moda, mas anda em contra ciclo com a mentalidade do DIY, cada vez mais se vê tutoriais e vídeos a explicar e a ensinar como fazermos nós próprios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.