Quantcast
PplWare Mobile

Anonymous divulgam contas do Twitter de jihadistas

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Filipe says:

    E tudo começa assim…

    Não digo que concorde com o que aconteceu, porque não! Podiam não gostar daquilo que o jornal publicava, mas há varias maneiras LEGAIS e moralmente corretas de demonstrar o desagrado. Mas não sei se concordo com o que estão a fazer como “retaliação”.
    De uma coisa tenho é a certeza: nada de bom vai resultar disto. Mas só o tempo dirá

    • int3 says:

      No meio da guerra, fala ao inimigo sobre termos legais que já levas um tiro antes de começar a falar.

    • lmx says:

      Filipe,

      “Podiam não gostar daquilo que o jornal publicava, mas há varias maneiras LEGAIS e moralmente corretas de demonstrar o desagrado.”

      tocas-te mesmo na ferida 😉

      O problema é que a justiça Francesa não quis saber, e achou que os Franceses Cristãos…tinham no fundo mais direitos que os outros…
      O jornal apesar de ir a tribunal varias vezes…deixaram-nos sempre sair impunes…isso só aumentou a confiança deles para ainda denegrir mais a religião muçulmana…

      Os outros ao fim de alguns anos…passaram-se e, supostamente, cometeram aquelas loucuras.

      • Benchmark do iPhone 6 says:

        Nem te esforçaste em perceber quem eram os do “Charlie Hebdo – O jornal irresponsável”.

        Clica lá no link e deixa as ideias pré-concebidas. Os islamistas faziam o mesmo que os católicos e a maioria dos compradores dos jornais – olhavam para a capa do Charlie Hebdo e diziam “O que é que estes doidos fizeram agora?”, e passavam à frente – mas ficavam a pensar. Era só isso o que os do Charlie Hebdo queriam.

        O que raio é que os anarco-trotskystas do Charlie Hebdo tinham a ver com os Franceses Cristãos? Não há pachorra para tanta presunção.

        https://www.google.com/search?q=charlie+hebdo&espv=2&biw=1093&bih=514&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=UPqzVLHCHIbwUpvEg8gG&sqi=2&ved=0CAYQ_AUoAQ

      • Ricardo says:

        Quando publicam caricaturas sobre figuras de uma religião cristã ou da judaica, por exemplo, também não falta quem se sinta indignado com o abuso. Vimos isso com a caricatura recente do Papa. Mas daí a entrarem a matar quem as fez, vai (ou deveria ir) uma longa distância…
        Ainda assim, creio que se exagera muito a coberto da liberdade de expressão. E isso é brincar com o fogo, pois o ser humano está bem longe de ser tão racional e comedido como já deveria ser, após tantos milénios de evolução…

      • Filipe says:

        Atenção que não estou a defender aquilo que o jornal fazia. E não era só a religião muçulmana que foi caricaturada pelo jornal. Ainda assim, todos sabem que as caricaturas tem o intuito de representar negativamente algo, normalmente exagerando-o. Não tem necessariamente que ser verdadeiro até porque é intrínseco o contrário. São apenas métodos, maneiras para mostrar um ponto.

        • lmx says:

          verdade.

          E eu também concordo contigo, mas existem limites.

          A nossa liberdade tem limites…para vivermos todos em Sociedade, e seguros, sem represálias, temos que respeitar todos.

          Se os Franceses não queriam ter Franceses Islâmicos, não andavam nas suas guerras babilónicas nesses Países Árabes.. 😉

          Andaram e misturaram-se com eles…
          Agora teem que respeitar a sua forma de viver…caso contrario também não podia haver Franceses em outras partes do mundo…
          e isso nos dias de hoje que vivemos num mundo global,é impensável 😉

          Olha se os Portugueses resolvessem começar a chingar os Chineses que vivem cá em Portugal, eles também não são Cristãos?

          como dizem os Russos… “A faca corta nos dois sentidos” 🙂

          Não queres levar um “amasso”, quando roubas uma loja?!
          Solução: Não assaltas a loja! 😉

          Não queres ver os teus direitos invadidos?!
          Solução: Não invades os direitos dos outros! 😉

          e por ai fora..

      • int3 says:

        “Alá é grande”. sim. loucuras.
        “vingamos maomé”. loucuras.
        lmx,
        Qualquer um é LIVRE de DESENHAR o que quiser. ideias ou não, até mesmo criticar e fazer pouco da própria religião. Cada um é LIVRE.
        Não era os muçulmanos que queriam trocar as regras nas escolas e certas normas de trabalho em frança? Então eles pensam que estão aonde? No país deles? Que têm direito a X tempo ao longo do dia e sitio onde diz onde meca fica para rezar seja o que for? Ou certas normas islâmicas (roupa que usam nas mulheres) que querem meter na frança? Agora não querem tirar a merda na cabeça que eles têm quando entrem num sitio publico? Se fosse na terra deles mandavam logo vir que não podias porque estavas no país deles que deves seguir as regras islâmicas. mas quando veem para aqui querem as regras deles. enfim.
        Depois vem os radicalistas fazer a merda que fizeram.

        • lmx says:

          Eu percebo o que dizes…

          mas acho que toda a gente prefere no meio disto tudo…ignorar o que é Óbvio, porque é mais confortável para eles…

          ” Então eles pensam que estão aonde? No país deles?”

          Sim, esse é que é o problema!!

          Eles estão mesmo no País deles!
          Um país não tem só uma religião…

          E eles são Franceses!

          É porque, se se começa com essas historias…um dia destes estamos a fazer aquilo que os Alemães fizeram na Alemanha/Polónia…

          O assassínio em massa de pessoas de outras etnias/religiões…mesmo que tenham nascido nesse País…
          coisa que até agora nos fartamos de repudiar!

          E isso acho que não pode ser permitido…

          Tem que haver regras!E elas existem..não foram é aplicadas.

          quando a justiça falha, o caos toma o seu lugar, e isso é que não podemos permitir, ma minha opinião. 😉

          “Agora não querem tirar a merda na cabeça que eles têm quando entrem num sitio publico? Se fosse na terra deles mandavam logo vir que não podias porque estavas no país deles que deves seguir as regras islâmicas.”

          Mas, eles estão no seu País. 😉

  2. Benchmark do iPhone 6 says:

    Espectáculo, contas suspensas 🙁
    Lá vão os serviços de segurança que as andavam a controlar ter que descobrir as novas.

    “Muito ajuda quem não atrapalha”.

  3. Zefra says:

    Acreditem que com tudo isto que se passa mais as agencias de suguranca vao ter mais razoes de “cuscar” o que se passa na internet. Liberdade? Em nome de que? Para beneficio de todos este grande mal tera de fazer parte do nosso quotidiano

  4. Andre L. says:

    Pelo que tenho visto esse grupo, tem feito algo, mas também há muita informação incorreta. Infelizmente o Anon abriu “as portas” a todos e há sempre quem estique a corda.

    De qualquer forma acho que a propaganda Terrorista tem de acabar. O que vi nunca sequer deveria ser publicado dado que promove em tudo a atividade terrorista (espanta-me que essa atividade não seja controlada pelas redes…..) Aqui não é liberdade de expressão. Aqui é a liberdade total de opressão que eles exercerem sem qualquer impedimento….

  5. knom says:

    ahahaha voces são muita espertos… a pensar que os anonimos iam ajudar alguem….

    muito paleio, preocupem-se com a vossa crise e com o vosso governo corrupto que mete tudo ao bolso a olho num e ninguem diz nada.
    PAZ

  6. K says:

    “Vamos perseguir-vos por todo o planeta”, ou pelo menos até onde a internet chegar.. porque daqui é que eu não me levanto… 😛

  7. Arcanjo says:

    Podiam era divulgar as contas bancárias das organizações terroristas e dar cabo delas.

  8. Rafael says:

    “É de lamentar e condenar as mortes dos civis franceses. Mas também se devia condenar publicamente as milhares de mortes de civis que ocorrem na Líbia, Síria, Iraque, à mão de organizações militares extremistas, que conseguiram reorganizar-se nos espaços deixados vazios, resultantes das invasões dos agentes ocidentais e USA, que enriquecem com a venda à Turquia do petróleo que roubam e com os financiamentos do ocidente, USA, Qatar e Arábia Saudita.”

    Fonte: https://artedeomissao.wordpress.com/2015/01/11/o-grande-cordao-da-falacia/

    E que tal os Anonymous porem também isto a descoberto?

  9. We are legion! says:

    Boas, eu estive envolvido nesta operação e isso está desactualizado… ai ainda só estão 30 e tal twitter’s no entanto só eu já descobri uns 40…o grupo já conseguiu descobrir mais de 300, vou deixar um link com 60/70 twitter’s, por razões externas não vou poder por aqui o link com os twitter’s todos mas é uma questão de tempo pastebin.com/tCP1uxrF

  10. We are legion! says:

    Boas, eu estive envolvido nesta operação e isso está desactualizado… ai ainda só estão 30 e tal twitter’s no entanto só eu já descobri uns 40…o grupo já conseguiu descobrir mais de 300, vou deixar um link com 60/70 twitter’s, por razões externas não vou poder por aqui o link com os twitter’s todos mas é uma questão de tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.