Quantcast
PplWare Mobile

A videochamada será suportada nativamente pelo Android…

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Hugo Cura


  1. João says:

    Galaxy s 2.2 já suporta….

    • dajosova says:

      Não percebi… até antes já suportava video-chamada mas com recurso a aplicação de terceiros. A novidade, que não é novidade pela tecnologia em si mas pela implementação na nova versão, acentua-se sobretudo porque é mais um passo em direção às soluções globais de comunicação da própria Google.

      Para mim, ficarei ultra contente quando chegar o dia em que serviços como o Google.VOICE e o Google.TV estarão disponíveis aqui em Portugal. Ate lá esperaremos como sempre fizemos ou… adotamos outras alternativas!

  2. Dogzilla says:

    Não é nada que me faça falta alguma.

    • wazup says:

      Já tive vários telemóveis que faziam videochamada, experimentei uma ou duas vezes e nunca mais usei.

      Não me faz falta…

    • Hugo Cura says:

      Na verdade também não me faz falta (e duvido que o faça a alguém). Digamos que é um suplemento do género “se houver, usa-se… se não, amigos na mesma”.

      No PC toda a gente tem Live Messenger e Skype e não é por isso que se usa a videochamada regularmente (é claro que há excepções, mas serão poucas de certeza). Já tenho o oovoo há algum tempo no tablet, onde funciona bastante bem, e só o usei 2 ou 3 vezes. Ah, e o tablet também faz videochamada por UMTS, gratuito no meu tarifário…

      É bom ter a funcionalidade disponível… quando houver ocasião para usar estará sempre à disposição!

      • José Jaime says:

        Sou obrigado a fazer um reparo a um comentário:
        A videochamada é muito útil. E mais do que imaginamos.
        Pessoas com deficiências auditivas comunicam através de telemóvel com recurso a esta tecnologia.
        Pensem nist

  3. MrHide says:

    2.3.4 a bombar no meu Nexus S sem problemas.
    Para os apressados podem fazer uma busca rápida e instalar manualmente a actualização

  4. Luis Coutinho says:

    ja andei por aqui a ler e não me desenrrasco.. será que laguem me pode dizer alguma aplicação para android, voip que permita via wifi fazer chamadas de graça para telemoveis? se é que há alguma coisa deste genero sem pagar…

    • Hugo Cura says:

      Quando referes “telemóveis” entendo que seja para números 9xxxxxxxx. Se sim, então não existe nenhuma que não se tenha de comprar crédito. É claro que se o destinatário tiver wi-fi ou 3G será possível usar aplicações como o skype, fring, etc etc…

      • Luis Coutinho says:

        pois assim tamos na mesma :p…. disto do voip no telemovel estou assim um bocado a zero e era so para saber o que anda por ai e assim…resumindo..de telemovel para telemovel por voip so pagando a não ser por exemplo por wifi..para fazer chamada de voip para 9******** so comprando creditos certo??

  5. DEVAXTATOR says:

    O meu galaxy tab tem e é a versao 2.2

    • Hugo Cura says:

      O meu também, apenas por UMTS… mas isso não faz parte integrante do Android e não usa a “ligação de dados”, implica os custos associados ao tarifário (que no meu caso até é gratuito para moches).

      • Hugo says:

        Será que me consegues ajudar?!

        Comprei recentemente um Samsung Nexus, e pretendia fazer video chamada através de UMTS (entre moches), existe alguma aplicação que permita?

        Obrigado

        • Hugo Cura says:

          Receio que não seja possível fazê-lo (eventualmente apenas com uma ROM modificada, se houver…). Existem pelo menos dois modelos que têm videochamada por UMTS: Galaxy S e Galaxy Tab. Funciona bem mas é integrado na aplicação telefone da Samsung, não existe aplicação para tal. Não sei o porquê se essa possibilidade se estar a extinguir, já que é aliciante usá-lo com tarifários desse género.

  6. João says:

    Exactamente DEVAXTATOR o meu Galaxy S tem o 2.2 original e suporta vídeo chamada

  7. Frederico says:

    Grandecíssimas unhas..

  8. Ze says:

    O Maemo já tem videochamada “integrada” desde sempre

    • viperbruno says:

      Via WiFi apenas… Mas entendo o que querias dizer, a videochamada nativa por WiFi foi dos primeiros sistemas a ter. Para ser sincero foi o primeiro sistema com que tive contacto a ter todas as “ferramentas sociais” integradas de origem, e digamos de forma inteligente, faltando apenas de origem uma aplicação para o Facebook mais forte. Junta IM, com video-chamada + partilha de conteúdo, bem fantástico. Com multi-taskting. Nada melhor do que ver o video de apresentação do n900 que demonstra as funcionalidades existentes.

      Digamos que via 3G (aka UMTS) a qualidade das vídeo-chamadas é pobre, visto nem tirar proveito das novas redes 3,5G (aka HSUPA, HSDPA, etc…).

      • Ghost Rider says:

        WiFi apenas?
        Não faço muitas videochamadas no meu N900, mas não dará também através de 3G? Estou a falar de estar conectado à internet da operadora e usar o Skype, é possível?

        Já agora, por curiosidade, usas o N900 ou trocaste por outro telemóvel? (chamar de telemóvel é até um crime)

    • Ghost Rider says:

      Só via Skype (claro, integrado)

  9. João Dias says:

    Uso frequentemente a videochamada, seja no skype, messenger mas, sobretudo, 3g gratuita entre Tags… Só não é mais comum porque nem todos os telemóveis dão! Ainda não tenho um Android porque ainda não suportava video-chamada e tenho dúvidas sobre se a videochamada pelo Talk será equivalente à videochamada 3G gratuita a que, pelo tag, temos direito. Os galaxy dão por causa do TouchWiz, que no fundo funciona como uma app para esse fim. Fiquei abismado quando anunciaram essa funcionalidade “fantástica” do iPhone, quando utilizo a videochamada regularmente desde há, no mínimo, três anos no meu velhinho BlackJack com WindowsPhone 6! No iPhone, para fazer a vídeochamada, paga-se os dados! Para além disso acho ridículo que, por não usarem uma funcionalidade, partam do princípio que a maior parte das pessoas não usará. Não tem lógica essa inferência! Não se vê tanto em público, mas que dá muito jeito a quem a souber usar bem, dá!

    • Hugo Cura says:

      “No iPhone, para fazer a vídeochamada, paga-se os dados!”

      No iPhone 4 e restantes iDevices que o suportam é apenas possível por Wi-Fi.

    • Ghost Rider says:

      Ora, o meu ex-N73 (separei-me dele) já suportava videochamadas… E estamos a falar de um “smartphone” de 160€ NAQUELA época (acho que 2006 ou 2007?)
      Enfim…

  10. phixie says:

    A videochamada JÁ É suportada nativamente pelo Android… …nos EUA… e só para utilizadores da Sprint… …por enquanto… 😉

    http://googlevoiceblog.blogspot.com/2011/05/google-voice-and-sprint-integration-is.html

  11. Ghost Rider says:

    Videochamadas através da operadora é suicídio, qualidade horrível. Gostei da ideia do Google Talk,finalmente o Android dá mais um passo… (e ainda precisa muitos)

    Embora tenha sempre usado o Skype para isso (já vem nativamente no meu telemóvel)

  12. João Dias says:

    Versão 7, e ainda nada nativo para videochamadas pela operadora…

    • Hugo Cura says:

      Isso não irá mais existir, a tendência é outra. É uma questão que depende muito do operador e que está em claro desuso, além de ser caríssimo para quem não o tem incluído gratuitamente no tarifário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.