PplWare Mobile

A história da Internet


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Rui Brás says:

    Esta semana fiquei sem Internet durante dois dias e isso deixou-me meio desorientado: sem email, sites de noticias, messenger, youtube, dropbox, etc, etc.
    É verdade que é uma dependência, mas é uma dependência que nos faz produzir mais e melhor. 🙂

  2. Ana Narciso says:

    A-d-o-r-e-i o vídeo.

    Foi basicamente um breve resumo da 1ª parte de Sistemas Operativos e de Redes de Computadores, cadeiras que frequentei este semestre. Muito, mas muito giro.

  3. Pedro says:

    A Internet como disse o Rui Brás, já parte do quotidiano de muita gente.. E para mim ficar 1 dia sem net é pessimo..

    http://www.futeboltuga.com/forum/

  4. _Planax_ says:

    O vídeo explica muito bem e até bastante ao pormenor, muito bom. Já nem me lembrava de muitas das coisas faladas.

  5. Jhonny says:

    Muito porreiro! não sabia a história.. realmente muitas coisas antigamente foram criadas e algumas já existentes, foram evoluidas para uso militar e que hoje em día são o nosso pão de cada dia! Esta deve ser a maior invensão depois do pc!

    offtopic

    Ando para comprar um Mac! más li que ia sair a versão 10.6 do Mac OS… queria saber quando realmente vai sair… procurei na net e apareciam muitas datas.. agradecia imenso a data.. e saber se compensa esperar daqui até lá para comprar o Mac com o novo SO =)

    Obrigado!

  6. A friend says:

    Ja tinha conhecimento da Historia, mas este video explica de uma forma muito bem resumida todo o progresso da net, e até para os mais leigos é sem duvida o melhor video feito, para explicar o crescimento da internet.

    Jhonny, o Mac Snow Leopard aka 10.6 não deve faltar muito… já faz tempo que as versões de testes já circulam 😉

    Melhor fonte de info em insanelymac.com …

  7. Manuel Reis says:

    Eu estava desde o início deste ano com a internet cada vez mais lenta. Na quinta, a velocidade cá em casa até faria com que se desejasse estar nos anos 90, e usar um modem de 56k, porque a velocidade de download era bem inferior a esse valor.

    Felizmente, depois de uma quebra de sinal que a PT demorou “o dia inteiro” a resolver, a net voltou em força. E eu que já tinha saudades de feeds RSS actualizados e de CSS nas páginas! Viva!

    De resto, e após vocês terem aturado este meu desabafo 🙂 , bom post. Haverá sempre tempo para relembrar esta história que é mudada todos os dias, por todos nós.

  8. Oliveira says:

    Very good!

    Sinto-me mais culto agora 😀

  9. Muito bom artigo. Parabéns.

  10. João D says:

    Excelente POST!Mesmo!

    Parabens!

    Continua com o excelente trabalho!

  11. Alk says:

    Pensei que a net tinha nascido no CERN…

  12. Excelente, o melhor artigo da semana.

  13. PedroG says:

    @Alk

    No CERN surgiu o primeiro browser e estudos que permitiram a WWW, ou seja a Internet para as massas.

  14. BigLord says:

    Ou seja, é mesmo devido aos franceses que actualmente há net em todo o lado?

    Quem diria hem? o_O

  15. Eu penso que o primeiro servidor nasceu no CERN mas a internet surgiu ( publicamente) entre as grandes universidades dos Estados Unidos.

  16. Sinesio Pacp says:

    Aquando da leitura do livro “Anjos e Demónios” de Dan Brown, [excelente escritor na minha óptica de um capacidade critica eximia patente em todas as obras que já tive o prazer de ler] pude averiguar que a Internet não surgiu nos EUA, os “clássicos” lideres nas invenções mas no CERN, mesmo na Europa foi por isso que me debrucei sobre uma investigação sobre o assunto que dependo das fontes divergem nas historia do surgimento da Internet.

    Mas segundo http://pt.wikipedia.org/wiki/Internet e http://public.web.cern.ch/Public/en/About/Web-en.html que são controvérsias.

    Contudo posso concluir que, uma vez que World Wide Web (www) é parte da Internet que que utiliza hipermídia na formação básica, um dos muitos serviços oferecidos na Internet que foi criada pela CERN mas a Internet como tal (englobando a toda a tecnologia de informação e comunicação surgiu nos EUA conforme o artigo.

    sPaco
    @MPT-MZ

  17. Sinesio Paco says:

    Aquando da leitura do livro “Anjos e Demónios” de Dan Brown, [excelente escritor na minha óptica de um capacidade critica eximia patente em todas as obras que já tive o prazer de ler] pude averiguar que a Internet não surgiu nos EUA, os “clássicos” lideres nas invenções, mas no CERN (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire [Conselho Europeu para Pesquisa Nuclear]), mesmo na Europa.

    Foi por isso que me debrucei sobre uma investigação sobre o assunto que dependo das fontes divergem nas historia do surgimento da Internet.

    E segundo http://pt.wikipedia.org/wiki/Internet e http://public.web.cern.ch/Public/en/About/Web-en.html que são controvérsias pude concluir que:

    – Uma vez que World Wide Web (www) é parte da Internet que que utiliza hipermédia na formação básica, um dos muitos serviços oferecidos na Internet que foi criada pela CERN mas a Internet como tal (englobando a toda a tecnologia de informação e comunicação) surgiu nos EUA conforme o artigo.

    sPaco
    @MPT-MZ

  18. Jomjo says:

    Estou mais interessado na história da internet em portugal. Alguma fonte online de informação?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.