Quantcast
PplWare Mobile

Micro Bateria 3D pronta para integração on-chip em grande escala

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Pedro Alves says:

    O mundo é tecno-dependente. Quem vive de e para a tecnologia… terá muito o que falar e viver.

    • Adamastor says:

      já foi dependente da sobrevivência, da religião, da industria, e de muitas outras coisas, agora é a vez da tecnologia.

    • lima says:

      O homem é escravo de si próprio…. Na nossa busca incessante por mais, vai perdendo a sua própria humanidade….

      • Nexus5 says:

        Wrong. Está cada vez mais humano. Construir, evoluir, resolver problemas. Isso é humano. Nós estamos sempre dependentes de alguma coisa. Animais dependem da natureza. Humanos também. Mas depender-mos apenas do que nós construímos e melhoramos, isso sim é mais um passo para humanidade. Ou chegar à lua não é humano? Não é natural com certeza.

        • Bits e bytes Pedras e Paus says:

          Acho que não percebes bem a imagem global do que se passa à tua volta.

          Onde está a humanidade no médio oriente onde vários países foram arrasados por completo ou em África onde em alguns sítios não existem condições dignas dos seres humanos?

          Em termos tecnológicos estás-te a referir à evolução tecnológica e capacidade bélica de certos países?

          Evolução tecnológica não significa que a humanidade esteja mais evoluída. Antes pelo contrário, está mais entorpecida e anestesiada ao sofrimento alheio.

          Mas cheio de vaidade.

          Se o ser-humano fosse evoluído não existia fome, miséria, mortes e assassinatos ou guerras e teríamos um planeta limpo.

          Evolução tecnológica neste caso significa avanço do consumo mas não significa evolução das pessoas, mas sim de um mero componente da sociedade.

          Que como tudo terá o seu fim.

        • int3 says:

          Destruir outras culturas porque não concordamos com é humano? é evoluir?

  2. ESCS says:

    O nome “bacteria” assusta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.