Quantcast
PplWare Mobile

Lenovo lança dois Chromebooks: N20 e N20p

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Redin says:

    Se bem que para este tipo de equipamentos o processador possa não ter algum significado em relação a Celerons, gostaria de saber se haverá alguma importância.
    Quanto a rede, a falta de uma porta ethernet não trás limitações?

  2. Alexandre Carvalho says:

    Para as especificações e preço, ainda compensa antes ter um tablet ou um smartphone desse preço

  3. Paulo Costa says:

    Tenho muito interesse em chromebooks no entanto não me parece fácil arranjá-los pelo mercado português. Isto porque tinha interesse que o layout do teclado fosse PT… Alguém sabe como isto funciona para o mercado português?

  4. luislelis says:

    Autolocantes?
    Com os caracteres q necessitas nao resolve? http://www.ebay.co.uk/bhp/laptop-keyboard-stickers

  5. José Simões says:

    A última vez que vi o assunto, os chromebooks não correm o skype.

    Não fora isso até recomendava a algumas pessoas, mas apenas porque são máquinas muito baratas.

    Assim recomendo um PC com especificações básicas. Se se poder comprar sem windows de origem (e poupar algum dinheiro) melhor.

    • dbrenha says:

      Podias recomendar também um serviço web de video-chamada, hoje em dia o skype não ter versão web é bastante parvo… De qualquer maneira, se os recomendas pela simplicidade, tinhas que ter em conta que são quase inexistentes no mercado nacional, nunca vi um à venda cá.

  6. rmcrys says:

    eu ainda não percebi para que serve este sistema operativo visto ser super limitado a nível do que se pode fazer…

    A pergunta é que vantagem tem relativamente a um Ultrabook com Linux…este tem um hardware fraco, sem porta de rede (compreensível mas baixa o preço e funcionalidade) e baixa resolução.

    • dbrenha says:

      Provavelmente a simplicidade de uso acopolada com as optimizações de bateria, ligas e estás logo “nas internets”.
      Gostava de experimentar um, mas provavelmente não ia durar muito, parece-me mais indicado para quem não tem experiência com computadores.

  7. Nosferatu Arucard 1983 says:

    Actualmente os tablets Android e os Chromebooks podem ser expandidos ao instalar via chroot algumas distribuições Linux.

    Eis um guia para um chromebook x86
    http://www.itworld.com/open-source/402077/how-run-linux-chromebook

    E outro para um chromebook ARM
    http://archlinuxarm.org/platforms/armv7/samsung/samsung-chromebook

    Em tablets Android, podem usar o GnuRoot, o XSDL X11 Server para quem não queira arriscar o root ao equipamento, e depois instalem ou o Debian Wheezy ou o Fedora Remix.

  8. Nelson says:

    Acho esses produtos desinteressantes, no máximo.

    A Asus já tem um PC a sério, com Windows 8 por 299€, pvp…

    Esses pvp são os dos USA, nunca chegam a Portugal com esses valores de conversão directa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.