PplWare Mobile

Haiku – Um SO que não é Windows, Linux nem MacOS


Autor: Pedro Pinto


  1. Phyan says:

    Sinceramente não me cativou, tem um design um pouco antiquado, é o que eu penso…

  2. Joe says:

    Interessante este SO, fica aqui um sítio com software.
    http://haikuware.com/

  3. BeGone says:

    Boa tarde.
    O ling de download directo está a apontar para o endereço:
    http://videorotator.com/down/videorotator.exe

    Quando deveria ser, por exemplo:
    http://haiku.osuosl.org/releases/r1alpha4.1/haiku-r1alpha4.1-iso.zip

    Cumprimentos.

  4. Deve ser outro projeto com os fins contados a par do ReactOS.
    Para quem quer conhecer outra alternativa, free, e esta é windows based, experimentem o ReactOs
    http://www.reactos.org
    Pessoal do pplware aguardo a vossa opinião.

  5. zeca says:

    até k enfim k alguém s lembra de SO’s para além do windows$ e do mac/linux!!!
    há kanos k eu experimento alternativas como esta e outras…
    a seguir venha d lá um AmigaOS ou um belo OS/2… ;D

  6. ubunt says:

    Exactamente, acabei de instalar esse tal de videorotator…
    pffff

  7. Nelson N. says:

    Confesso, que o BeOS, foi muito mais user friendly do que o Linux, na epoca quem que as alternativas ao Windows iniciaram a sua maior exposição.

    Gostei da simplicidade, na epoca, estava a ter uns desenvolvimentos muito interessantes. Infelizmente, caiu no esquecimento e abandono.

    • Paulo Ferreira says:

      Concordo contigo! Usei BeOS como sistema operativo principal durante alguns meses antes de me mudar para Linux Redhat. Era uma alternativa muito boa na altura.

  8. francisco says:

    Já conhecia o Haiku, e é mais uma alternativa para dar vida às velhas máquinas encostadas.

    Parabéns à pplware pelo artigo!

  9. marquinhos says:

    Sem anti-virus !! 🙁

    • QUIM says:

      Qual é a parte, de que, “este Sistema operativo não é nem Windows nem linux nem MacOS” e que “tem um kernel próprio feito pela própria equipa” que não percebeste?

      Não conhecia este SO, mas asseguro-te que para arranjares virus, ainda tens de contratar alguém para o fazer!

  10. Carlos Carvalho says:

    Boa tarde ,

    Este vou instalar , estou com alguma curiosidade , o problema destes SOs é que acabam por ter uma comunidade muito pequena e depois não existem aplicações para que possamos usar como sistema principal , infelizmente existem histórias que terminam desta forma , nem todos têm a sorte de chegar ao fim de 21 anos e estarem com uma dinâmica infinitamente superior aos primeiros anos da sua existência , como é evidente falo do Linux que é sem dúvida a minha paixão , mas também uma forma de estar na vida .

    Por filosofia própria a minha prioridade vai para softwares opensource este Haiku deixou-me ficar agua na boca e certamente que terá a minha atenção .

    Excelente artigo .

    Cumprimentos

    Carlos Carvalho

  11. Mario Junior says:

    Poderiam passar o link para a imagem para Vmware? Pois estou rodando o site todo e não consigo encontrar.

  12. FXX says:

    O Linux não é um SO!

  13. Filipe YaBa Polido says:

    Com sorte, um port para Raspberry Pi 🙂
    https://www.haiku-os.org/community/forum/raspberrypis_port_haiku

  14. joao says:

    Mais um unix clone!

    Um sistema de janelas normalissimo, tipo windows /linux nada de novo. Gostava de ver alguem a inovar com qq fora de serie e não mais uma cópia de outros SOs.
    Os proprios menus são inspirados em Windows 95/gnome.

  15. vicente rodrigues says:

    Continua com o link de download errado.

  16. waldemar says:

    Clone do unix?????

  17. Semnome says:

    Funciona na raspberry?

  18. Nuno José Almeida says:

    Beos quando saiu era fantástico, o ambiente gráfico era estranho e para altura era muito bonito e avançado. Claro que agora parece desactualizado porque o é. O objectivo do BeOS era ser RÁPIDO e é RÁPIDO. Lembro-me que na altura meter um vídeo ranhoso a passar era uma coisa que puxava um computador ao limite. O windows passava 1, o linux passava 2-3, o beos passava uma data deles ao mesmo tempo. Pensei sinceramente que ia singrar, que enganado que estava.

  19. SIR LOL says:

    “Rápido, simples, eficiente, bonito e muito potente”

    Rápido é o Linux Puppy (coloquei um pc de 1999 com um disco original a arrancar tão depressa como o meu portátil atual com um ssd).

    Simples é bom. Demasiado simples peca por escasso.

    Eficiente são os SO para ARM, telemóveis, tablets, etc

    Bonito é subjetivo, mas este Haiku é feio em muito.

    Potente é o linux que é usado pela maioria dos supercomputadores.

  20. Arlindo says:

    Acho que não tem antivirus apenas porque mt pouca gente o deve de conhecer e ainda menos gente o deve de usar.

  21. arkan says:

    nossa, tanto tempo que nao ouvia isso: BEOS a ultima vez que usei o BEOS foi quando tinha um k62 333mhz com super 64mbs e dois hds de 20gb.

    depois o beos foi fechado e nunca mais usei, tive grande problemas mais que o lixo de linux, drivers faltando, linhas de comando inexplicaveis, e a falta de drivers essenciais na epoca fax modem motorola 56m.

    tem coisas que não precisam voltar.

  22. dedro says:

    Quando saiu a versão 5 R3 usei na minha segunda, e única máquina compatível que tinha na altura, convencidissimo que iria vingar, pois era um S.O. fantástico para a altura. Até o primeiro livro que encomendei via Amazon.com era sobre o BeOS, o qual ainda o tenho. A empresa fechou e eu pensei nunca mais o ver ou usar, mesmo depois da Palm ter adquirido os direitos. Passados alguns anos descobri o prjecto Haiko, mas em fase Alpha 1, não arriquei, pensei que seria mais um projecto que iria perder o folego com o tempo. Pelos visto, e até ao momento, ainda são “vivos”. Vou ver se arranjo tempo para o testar (virtualmente).
    Agradecido pelo artigo Pedro Pinto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.