Android Go: Uma versão para dispositivos com menos recursos


Destaques PPLWARE

30 Respostas

  1. Arlindo Pereira says:

    E será possível fazer update a smartphones mais antigos? Isso é que iria tirar proveito dos equipamentos. Se é só para futuros equipamentos e estar a premiar a não evolução do hardware. Já não justifica fabricar equipamentos com essas specs.

  2. rfonz says:

    O Android já tinha pouca fragmentação, ainda vêm com outra versão para aumentar ainda mais a cota de fragmentação. Boa Google

    • Lopes says:

      se conseguirem substituir as versões antigas pelo novo android go acabam com grande parte da fragmentação

    • Bruno M. says:

      A ideia a meu ver será colmatar mesmo essa fragmentação.
      Segundo percebi, cada versão nova terá uma go…

      A 7 normal para dispositivos mais recentes e potentes e a go para dispositivos com menos recursos (e talvez mais antigos).
      Assim sendo, a fragmentação diminui, podendo virtualmente todos os dispositivos andarem taco a taco com as actualizações, usando a versão normal ou a go mais recente 😉

      • rfonz says:

        Isso é tudo muito bonito e percebo o que dizes, teoricamente isso é excelente, o problema vai ser as fabricantes mais uma vez, agora vamos passar a ter telemóveis com o android normal desactualizado e ainda os telemóveis com o android go desactualizado. Na minha perceptiva vai ser fragmentação a dobrar, mas esperemos que não

        • Bruno M. says:

          Não me acredito e vou-te dizer porque:
          Os telemóveis avariam, obrigando as pessoas a comprarem novos.
          Dá uma margem de 3/5 anos e com esta solução, terás menos e menos fragmentação 😉

        • Francisco Pinto says:

          É mais que óbvio que só vai aumentar a fragmentação! Primeiro as marcar não vão actualizar nem os dispositivos que ainda têm à venda nem os mais antigos, segundo vai incentivar as marcas a lançar tlmv com tecnologia antiga para maximizar o lucro que por sua vez nunca vão ser actualizados

          • Bruno M. says:

            Como vai aumentar a fragmentação se com os dispositivos novos irá haver uma go?
            Como vai aumentar a fragmentação se as pessoas compram dispositivos de 3/5 a 3/5 anos?!

            Tens noção que só estás a ver a coisa a curto espaço de tempo certo?!

            As marcas a cada dispositivo mais recente, vão ter a versão go…
            Os dispositivos mais antigos manterão como é óbvio as versões que já têm!
            Estamos a falar dosm ais recentes (hoje).

            Em 3/5 anos a fragmentação ou é muito mais pequena ou já está quase nula.

            Esquece os que nunca serão actualizados que estão AGORA no mercado.
            Pensa antes nos que irão sair do GO para a frente!
            Um dispositivo potente terá a versão normal. Um dispositivo mais fraco terá a mesma versão em go.

            Logo a fragmentação diminuirá drasticamente. Tens dúvidas?!

          • rui says:

            mas as marcas podiam só enviar o android go sem nenhuma alteracao, aí acho que todos ficavam contentes

          • Francisco Pinto says:

            @Bruno M Não tenho dúvida nenhuma que a fragmentação não irá diminuir! É verdade que daqui a 6 meses a um ano estarão a sair os dispositivos dessa gama com o GO e nunca mais vão ter actualizações! Aliás daqui a um ano estará a ser lançado o”go 2″ e nenhum smartphone dessa gama vendido/ lançado meio ano antes ou menos, o vai receber! Só os novo e meio ano depois a pouco tempo de ser lançado o “GO 3” e mais uma vez nenhum dos anteriores o vai receber!,etc,etc..
            O Padrão vai ser igual ou pior que no Android “normal” que estes alguns recebem.
            Seria como dizes se fosse a Google a controlar as coisas, mas não é! São as marcar e essas fazem dinheiro com a venda de hardware e não vão actualizar smartphones que já tem as margens de lucro espremidas se é que a tem!
            Fragmentação no GO, fragmentação no Android Normal= a fragmentação a dobrar 🙂
            Tens dúvidas?!

    • André says:

      Na minha opinião o android go é mesmo para combater essa fragmentação…pois onde é que existe à venda nos dias de hoje um telemóvel com 512mb de ram? Lembro-me bem que comprei um telemóvel com 512mb de ram à 4 anos atrás…
      Se assim for, resta é saber se isto vai ser possível utilizar em qualquer smartphone ou se é só para uma lista que eles querem

      • rfonz says:

        La esta, nenhuma fabricante vai actualizar telemóveis antigos para o go, e os novos que sairem vao sofrer do mesmo problema do android normal, saem de fabrica com a versão x e morrem com a versão x. Dai dizer que vai ser fragmentação a dobrar

      • Nuno cardoso says:

        Ainda se vê muitos telemóveis á venda com 512 na worten rádio papilas e por aí fora sempre que procuram um temwlmovek até 60 euros tá com 512 de RAM. ..

    • golf says:

      Não percebeste a ideia…

  3. Nuno Santos says:

    O que entendi é que sera para equipamentos com 512 ou 1g, ou seja mais antigos. Mas vamos la a pensar como deve ser, mesmo que a Google mande o SO pra esses equipamentos nao me acredito que as marcas os mandem, pois tem que personalizar meter apps dos operadores/marcas, muito trabalho para reavivar um equipamento antigo.

  4. Rodrigo--- says:

    Apesar de achar uma boa ideia por parte da Google, se o objetivo for mesmo lançar este Android Go para aqueles equipamentos mais antigos e que ”morreram” por falta de atualizaçoes e de Ram… acho que nao vai vingar muito porque as marcas nao devem estar minimamente interessadas a melhorar os equipamentos mais antigos que ainda sao utlizados quanto mais fazer como que as pessoas possam tirar da gaveta o(s) antigo(s) caso ja tenham adquirido um novo.

  5. FABIO SCHITZ says:

    Na verdade acho que agora haverá uma versão para os dispositivos de entrada, para tornar mais baratos, afinal, nem todo mundo liga pra update de SO, e geralmente são estes que não se importam com isso é querem apenas um smartphone apenas pra uso básico, sem jogos pesados ou outros que precisam de todos recursos pra funcionar que irão ser beneficiados. Ou seja, provável que haverá apps que não sendo compatíveis, não poderão ser instalados e garantirão assim a fluidez do sistema como um todo. Agora se quiser todo o poder do Android, deverá adquirir algo com o Android comum e com especificações suficientes para isso.

  6. jo says:

    Para quando? Um sistema operativo ANDROID para PCs. Ou será que já é possível??
    Penso que seria uma boa ideia.

  7. jo says:

    Senhor Pedro Simões.
    Porque é que sempre que faço uma instalação limpa do Win 10, aparece uma instalação com o nome: Vulkan Run Time Libraries 1.0.42.i “LunarG. inc.”? Devo manter, ou posso desinstalar sem problemas? Obrigado

  8. Laba says:

    Jo
    Google is your friend!

  9. ervilhoid says:

    O ideal era a Lineage pegar nesta versão e fazer também um lineageOs mais leve para esses mesmos dispositivos que nunca vão ser atualizados

  10. Telmo Guerreiro says:

    Enato mas… e o Android One? Pois ja ninguem se lembra. Acho que este vai pelo mesmo caminho

  11. João android viciado says:

    Isto vai ser outro flop igual ao Android One

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.