PplWare Mobile

A Google vai fundir o ChromeOS e o Android?


Autor: Pedro Simões


  1. Ricardo says:

    É um bom passo, assim como a microsoft fez com os seus sistemas no windows 10.
    Estou é para ver quando a apple vai tomar uma decisão semelhante.

  2. André Luz says:

    Para começar não percebo é qual foi a necessidade de criarem o Chrome OS….

  3. rand says:

    Sinceramente não sei o que achar desta ideia.
    Por um lado o ChromeOS é bastante fluido em PCs com hardware modesto, o mesmo já não posso dizer do Android.
    Por outro lado um “chromebook” com Android dá-nos umas possibilidades porreiras.

  4. Psicologica Mente says:

    Mais uma vez, a Microsoft inova e o resto vai atrás….

    • Miguel says:

      nunca ouviste falar do Ubuntu?

      • Psicologica Mente says:

        Aquele SO que é preciso inserir as linhas de código para ele fazer alguma coisa?

        • Miguel says:

          claramente não sabes o que é

          • Psicologica Mente says:

            sudo apt-get…
            Dá mais trabalho a escrever e a decorar comandos do que a clicar next,next,next.

          • Psicologica Mente says:

            Sim, e já usei Ubuntu.
            E não, nunca vi uma app Universal para Ubuntu/Debian e para smartphone, fundida como fez a Microsoft.

            No fundo a Microsoft funde, já os outros ficam fundidos com a Microsoft hehehehe

          • Joana Castro says:

            Instalar o VLC no Ubuntu:

            sudo apt-get install vlc

            Instalar o VLC no Windows:

            1. Procurar VLC no Google
            2. Carregar num link com malware
            3. Instalar 300 barras, 400 adwares, 20 rootkits
            4. Telefonar ao amigo que “percebe de computadores, porque é que as pesquisas no Google dão todas coisas estranhas”
            5. Chatear o amigo
            6. Passar 20 horas em frente ao computador porque não se percebe o que se fez…

            Etc…

          • António Pinto says:

            Joana, de facto instalar o VLC no Ubuntu é mais simples, CASO saibas fazer apt-get, as pessoas que te referes no Windows claramente não vão saber fazer apt-get, nem usar linha de comandos.

            E já agora, tenta instalar por ex o Google Drive Sync (como deve de ser e em tempo real)…. GL 😛

            PS: Uso e gosto de Ubuntu/Linux, mas reconheço as limitações para certos users.

  5. DavidOff says:

    Eu estive a pensar, porque é que o Google não compra uma companhia de telemóveis (a Motorola em tempos esteve em saldos), muda o nome para Nexus (por exemplo), e começa a fazer telemóveis próprios para finalmente concorrer com o iPhone?

  6. Nuno says:

    Vem ai o Google OS ehehe 🙂

  7. Ismael Guimarães AJ says:

    Pessoalmente eu gostaria de ver serem disponibilizadas as APPS do Android no Google Chrome. Seria excelente se isso viesse acontecer pois permitiria que o Chrome passasse a ser o melhor e mais poderoso Browser à face da terra. Qualquer pessoa que quisesse poderia utilizar um qualquer SO base e depois correr sobre ele o Chrome que correria as APPS Android.

    Sem isso acontecer assim, tudo fica um pouco mais complicado pois, se o Windows não foi feito para Smartphones e Tablets, também o Android não foi feito para desktops e notebooks.

  8. Melo says:

    Mais um flop da Google: chrome os.

    Uma das vantagens do chrome os, praticamente a única vantagem, era que estava sempre atualizado, e era bom para escolas, empresas, etc… Porque era só um browser, dava para usar, mas era fácil de manter sem vírus, atualizado, etc… Com o Android, vai por água abaixo!

  9. A.M. says:

    por mim desde que saia coisa boa podem fundir os OS todos.

  10. 2baba says:

    se fizerem uma rom android ao estilo do remix os 2.0 tem a fusao feita, dividindo o android em 3 tipos de so (smarthphone, tablet e pc).

  11. Cenas says:

    Já foi desmentido pela Google.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.