PplWare Mobile

Nokia 9 deverá chegar em janeiro… ao lado do Nokia 8 (2018)


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Samsunga5 says:

    O nokia 8 vai ter de baixar para a casa dos 300 400 para ser competitivo

  2. Carlos Teles Grilo says:

    Sou grande fã e saudosista da Nokia, e tenho estado a ver o que vai aparecendo no mercado, finalmente, equipada com Android… Mas tal como já tenho visto muitos comentarem, o design precisa ser mais apurado, principalmente ao nível dos topo de linha!

  3. Felix says:

    Aspeto..?.. Por favor deixem de escrever tão mau português… Que aberração este #ao90.

    • Vítor M. says:

      Era longe a escola? Dupla grafia pelo Acordo Ortográfico de 1990: aspeto ou aspecto.

      • Mendes says:

        Pois mas, se fosse eu optava pela versão “portuguesa” ao invés da brasileira!

        • Não há versão brasileira nem portuguesa. Existem duas formas corretas de se escrever a palavra, tem grafia dupla.

          • GM says:

            Sem entrar em polémicas, Vitor, corroboro o que o Félix e o Mendes referiram. Apesar de ter sido “aprovado” em Assembleia como Lei, em português de Portugal é escrito com “c”. Caso contrário, o som que deverá ser lido é “aspêto” (à brasileira), e o que se pretende ouvir é “aspéto” (peço desculpa pela grafia, mas não tenho outra forma de expôr gráficamente o som). O “c” tem a função de “abrir” o som do “e”. Tudo o resto, não passa de manobras de diversão. A grafia descreve a sonoridade, não o inverso. Como disse um entendido na matéria cujo nome não me recordo, “a lingua é dos falantes, não dos escrivantes”. Quanto às editoras, neste caso específico de dicionários, apanham a onda, claro, para incrementar as vendas dos mesmos.

          • Vítor M. says:

            Aí já vais para outro lado. Bom, pessoalmente também detesto o novo AO, mas não temos forma de escapar e ou alinhamos ou começamos a ver uma confusão tremenda na ortografia, até porque há vários acordos e nunca sabemos em qual certas palavras mudaram. Mas não podemos ir pelo que nos parece ao ouvido, aspeto é aspeto desde 1990 e não se “diz” o C, dizes aspeCto? Não, diz-se aspeto. Não dizes baPtizado, dizes batizado. Concordes ou não, a realidade do português é essa.

            Atenção, eu concordo contigo no que toca ao escrever as palavras que falamos… mas a língua de faCto evolui… ou ainda escrevíamos Pharmácia, annuncios ou pior… um português arcaico tipo: gramde e honrroso geito que viiam a elRei teer com ella…

  4. Elkido says:

    O Nokia 8 e Nokia 9 só se venderiam mais se tivessem ecráns infinitos de 5.99 até 6.2 polegadas…. Com uns 82% de ratio de proporção do ecrán em relação ao corpo…. Não seriam muito grandes e teriam uns bons ecráns para multimédia e Internet. E já fariam frente a Samsung Galaxy S8+… HUAWEI MATE 10 PRO e outros flagships do mercado….. Com ecráns pequenos à antiga não vão lá…. Eu prefiro o meu novo DOOGEE Mix 2…. Tem tudo o que os novos flagships têm e só me custou 173€ e tem 45 megapixeis em 4 câmeras e até zoom óptico real de 2x….e o habitual zoom digital de 4x….traz reconhecimento Facial 3D parecido ao do novo Iphone X…. 6 Gigas de memória Ram Ddr4x e 64 Gigas de memória Rom interna….

  5. Pedro says:

    Com ecrãs 5.5 não vão lá já não se usa.

  6. Tiago S. says:

    Parece-me um lançamento algo apressado. O verdadeiro flagship, ja esperado desde o reaparecimento da marca, vir em 2018 com o CPU do ano passado? Acho que deveriam esperar para lançar com o SD845 e aí teriam um ponto de destaque em relação a algumas marcas.

  7. GM says:

    Modas. Eu, enquanto utilizador de MS 950XL, quando tiver de mudar de equipamento, a NOKIA será seguramente um fabricante a ter em conta (isto se não aparecer outro equipamento MS /OEM dentro do ecosistema W10). Não pela dimensão do écran, se se usa ou não se usa, se tem mais taxa de écran vs corpo. Será sim pelas câmaras ZEISS PURE VIEW, SO puro, sem máscaras ou personalizações do mesmo, garantia de actualizações, quer de segurança, quer de versões do SO (upgrade). O resto, para mim são modas. O equipamento é isso mesmo, um equipamento, não um adorno.

  8. cabecinha pensadora says:

    ecrã demasiado pequeno está ultrapassado

  9. Password says:

    Quanto aos demais não sei, mas eu ainda sou do tempo dos “tijolos” telemóveis enormes, ao longo to tempo eles foram ficando mais pequenos, com chips cada vez mais pequenos. ( ok chegamos ao abuso de eles caberem na palma da mão) agora em vez de tijolos querem “telhas” telemóveis enormes mas finos.
    Eu falo por mim e algo maior do que aquilo que existe é mau, pois não da para usar apenas com uma mão, não cabe no bolso, a área/superfície de ecrã é demasiado grande ou seja maior a probabilidade de se estragar, e também a enorme probabilidade de cair ao chão. ( acho que devia meter primeiro o chão e depois o estragar 🙂 )
    É apenas a minha opinião. mas gosto de um telemóvel com medidas. não ser pequeno, mas também não ser nenhuma brutalidade. quem quiser maior sempre pode comprar um mini tablet/ipad

  10. Elkido says:

    Hoje em dia já se arranjam muitos smartphones/Phablets de “6” do tamanho dum Iphone 8 plus com écran de “5.5” ou até ligeiramente mais pequenos e o truque é esse de tirarem as molduras e ficar quase tudo em ecrán na parte frontal e aliás é a nova tendência que surgiu este ano e se forem de 18 por 9 melhor ainda …. Deixa de haver tijolos para se ter algo digno nas mãos para disfrutar a multimedia e a Internet em pleno… Eu comprei DOOGEE Mix 2 é um da China com isso tudo e muito mais das novas tendências como reconhecimento facial 3D…. por 172€ no Banghoud.com por Direct Mail pra não ficar preso na Alfandega

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.