PplWare Mobile

Samsung anuncia o smartphone Galaxy Round


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Miguel says:

    Mais um modelo beta, no entanto esta tecnologia pode no futuro ser muito importante por exemplo em Pulseiras ou SmartWatches!

  2. Luís says:

    Já vi melhores argumentos no que toca às acções de marketing… será que o roll effect é prático quando se pretende ver se há novas mensagens? Quanto a mim, está muito próximo do ridículo! 😀

  3. Mário Cardoso says:

    Engraçado seria usar os motores de vibração para começar a baloiçar para um lado e para o outro de x em x tempo quando tivesse alguma notificação!

  4. portugal'23 says:

    Isto cada dia triplica a tecnoligia

  5. José Cordeiro says:

    E quantas vezes uma pessoa carrega no botao de ligar so para verificar se temos alguma mensagem ou chamada, muito util e muito boa ideia…

    cumpz

    PS o meu telemovel nao tem nenhum led a avisar como muitos têm.

    • Fkordeiro says:

      Isso é fácil de resolver. Existe uma aplicação na playstore que te coloca um ponto no ecrã, com a cor que desejares para cada notificação, tipo amarelo pra chamada perdida, verde pra mensagem recebido, vermelho pra email recebido… Etc… Usava no meu Nexus, pois senti a falta dessa característica depois de ter vindo de um SONYERICSSON X10i.

    • Ricardo says:

      Lumias -> glance screen. Penso que a nokia arranjou uma solução mais elegante para ter o telemóvel em cima da mesa. Não precisa de botões, passar a mão por cima do ecrã activa o glance screen, duplo tap e vai para o lockscreen. Em novembro o glance até vai mostrar todas as notificações sem ser preciso ir ao lockscreen e carregar em alguma coisa. Além do que gosto mais de ecras curvos para fora e não para dentro

  6. jorge says:

    A evolução da tecnologia é fantástica!!

    é simplesmente o que digo ao olhar as specs, lolol

    PS: mais um excelente produto com alguma inovação.. boa! Samsung..

    • António says:

      Evoluçao fantastica nas specs?

      Não vejo nada de especial. eles só nao metem mais porque querem ganhar dinheiro em vender coisas mais limitadas.

      Se eles quisessem enfiam um octa-core e 8 gigas de ram facilmente.

      O problema é que não tem chips 64 bits nem sistema operativo para tal mas também não é nada que não esteja ao alcanse deles. é so comprar o desenho do chip e produzir. Nada de inovador. A não ser que eles queiram fazer otimizações melhorando rendimento e consumos.

      Mas isso não é muito o core da samsung eles preferem mais assemblar as coisas que desenhar os seus próprios componentes.

  7. RaCcOn says:

    O conceito pelo menos parece excelente.

    Vamos lá ver se será algo com aceitação no mercado, acredito que sim.

  8. -_- says:

    não vejo a utilidade disto…se uma pessoa abanar a mesa por exemplo…lá está o ecrã sempre a brilhar…

    E as baterias da Samsung…são do best (ironia)!

    Cumps

    • kekes says:

      Sim é uma coisa que me passa, as mesas estarem sempre a abanar, eu por vezes tenho que olhar para a parece para ver se esta tudo bem ou é um sismo que está a ocorrer nesse momento… E para que saibas a Samsung é das marcas que mais autonomia têm nos seus aparelhos.

      • -_- says:

        Ai sim? Olha eu passei por vários Samsungs (tenho direito a testes) e digo-te que nada bate o meu Sony XPeria U que aguenta-me 2 quase 3 dias sem carregar!

        Melhor, a fazer as mesmas tarefas que qualquer Xamxunga…LOL

    • LFB says:

      Se apenas balançares a mesa ele não vai ligar, porque não tem contacto no touch…. Pelo menos era assim que eu o faria.

  9. darksantacruz says:

    Qual a utilidade em ter um smartphone com ecra curvo? O pretendido, penso eu, é um smartphone flexivel! SamSung novamente a não inovar.

  10. Nunes says:

    O engraçado do que é mostrado é que não tem nada a ver com o ecrã ser curvo. Qual é realmente a vantagem de usar ecrã curvo? Tem melhor visibilidade, menor distorção de imagem, melhores cores, mais fácil de arrumar, melhor navegação? Não… pelo contrário

    • Quim says:

      Não sei as reais vantagens, mas as TV’s já seguem pelo caminho dos ecrâs curvos.

      • Nunes says:

        um ecrã curvo numa TV tem uma disposição horizontal estática a uma “grande” distância, e só realmente resulta em ecrãs bastante grandes com as pessoas sentadas de frente, pois serve para criar envolvência!
        Num telemóvel não tens nenhuma das condições necessárias para resultar
        O ecrã curvo só está lá para mostrar tecnologia

    • golias17 says:

      Com ecrã de maior dimensão a samsung afirma que o ecrã curvo torna o uso com uma mão mais fácil, e que se segura bem melhor.
      Da mesma maneira que vez as notificações também podes mudar de música quando estas a ouvir.

      • Nunes says:

        segurar melhor é mais da curvatura traseira, e não precisas de ecrã curvo para isso, o mesmo com as notificações, a coisa funciona pela curvatura traseira.
        Um ecrã côncavo com esta orientação é mau em termos ergonómicos usado verticalmente, na minha opinião. O mais ergonómico seria com outra orientação.

        • golias17 says:

          Eu não usei mas li quem usou dizer isso, quando experimentares logo tiras as conclusões. E um telemóvel curvo sem o ecrã curvo seria algo intragável.

          • Nunes says:

            se leres como deve ser esses comentários eles falam sobre assentar melhor na mão, logo é a curvatura traseira, não do ecrã!
            Já houve e há telemóveis com traseira curva. O um dos primeiros modelos do iPhone (é só um exemplo antigo que vem à cabeça, provavelmente houve outros antes) tinha uma traseira assim, e pelos vistos o Moto X tb tem um traseira arredondda, etc, etc! Ninguém vai dizer que são telemóveis intragáveis

  11. JM says:

    paneleirices :-)…..só se for para se adaptar melhor ao bolso de trás das calças 🙂

  12. jouze says:

    Bem, ainda que para já seja de utilidade discutível, a verdade é que é uma inovação que começa a dar os primeiros passos. Agora os restantes concorrentes vão ter de se mexer. Talvez num contexto diferente, os ecrãs flexíveis sejam mais espectaculares e mais versáteis que os curvos.
    É a inovação!

    • António says:

      Mexer porque? Se não der nada extra ao consumidor final ninguém terá de fazer igual!
      Ser curso por ser? só se for tão bonito que valha a pena pagar extra para ter um obra de arte. fora disso não vejo para já qualquer utilidade ou razão para usar um telemovel assim.

      O segredo de aplicar tecnologias é criar necessidades dessa tech nas pessoas.

      esta tecnologia ja existe há algum tempo e a samsung só a está a meter porque subir apenas specs e aumentar o ecra já está a ser banal para os utilizadores de smarthphone e não justifica compra rum telemovel novo todos os anos.

      O mercado do smartphone começa a ficar saturado e as empresas estão sem ideias…

    • Luís says:

      Concordo que seja um ponto de viragem… mas não vejo qual a maisvalia para o utilizador em ter um produto desta natureza com ecrã curvo para a funcionalidade descrita no vídeo. A meu ver, a funcionalidade apresentada não justifica o esforço em produzir um ecrã curvo…

  13. Pedro says:

    A tecnologia obtida, que é o ecrã curvo, pode realmente vir a ser útil. No entanto, a forma como a Samsung a implementou, não foi a melhor.
    O que foi feito na área de software, foi no fundo uma função que faz com que notificações sejam apresentadas quando os sensores detectam que o aparelho foi inclinado… Isso pode ser feito em qualquer smartphone, desde que seja programado para isso. É inútil ter um smartphone com ecrã curvo apenas para ver as notificações mais facilmente.
    É apenas um passo e acho que evoluções tecnológicas são feitas assim mesmo, aos poucos, mas a Samsung todos os meses a lançar modelos Galaxy começa a ficar saturante.
    Precisa mais se empenhar em algo concreto e apresentar um produto que realmente funcione. Não inventar algo e lançar logo de seguida sem que seja algo bem optimizado e aproveitando as tecnologias envolvidas.
    Dou o devido valor à Samsung de o ter feito, no entanto acredito que precise ter outra visão no futuro de modo a que comece a pensar mais na optimização destes aparelhos.

  14. DS says:

    Está engraçada a ideia e dá jeito, mas não precisavam do ecran curvo para mostrar as notificações desta maneira, bastava a parte traseira curva…parece que estão a tentar ser diferentes à força toda e, na realidade, a única inovação é a nível de sotware, porque o ecran curvo não traz vantagem nenhuma, para já…

  15. newJ says:

    Mais uma novidade para vender.. Marketing vende, mesmo que não tenha utilidade nenhuma.

  16. Pedro A. says:

    É impressão minha ou a Samsung já tinha apresentado um smartphone com um ecrã curvo? Não como este mas com uma curvatura horizontal…

  17. Simone Alba says:

    Não partilho da maioria da mentalidade evidenciada aqui.

    Segundo muitos dos comentadores, pelos vistos, os automóveis não necessitavam de ter direcção assistida porque já se conseguia virar o volante antes 😛

    O caso de uso descrito e noticiado é bastante superficial, à semelhança da muitas outras funcionalidades de um smartphone, no entanto e independentemente de o mesmo tipo de funcionalidade poder ser feita com um ecrã plano + traseira curva, torna-se óbvio que a utilização de um ecrã curvo permite um form-factor muito mais belo e neste caso em particular, um ângulo de visão muito melhor.

    Mais importante que este caso de uso, são as outras vantagens que a Samsung argumentou (li noutros sites) na utilização de ecrãs curvos em smartphones desta dimensão. Teoricamente o ecrã curvo permite uma navegação mais confortável com o polegar utilizado apenas uma mão.

    E se pensarmos que a Apple utilizou esse argumento de utilização e experiência como uma das principais justificações do design “alto” do iPhone 5 num ecrã de 4”, não há razão para considerar “pointless” ou dizer que “não traz nenhuma vantagem” o facto da Samsung utilizar novas tecnologias para melhorar o conforto de utilização e experiência em smartphones com ecrãs de quase 6”.

    🙂

    • Nunes says:

      melhor ângulo de visão? não tem! A qualidade da imagem dos ecrãs varia com o ângulo de visão, tendo um ecrã curvo há vários ângulos de visão ao mesmo tempo, o que significa que o que é melhor para ver um lado do ecrã leva a pior imagem noutro lado do ecrã.
      Para além disso num espaço com luzes “fortes” será mais complicado ajustar o ângulo de visão para fugir a reflexos indesejados! Já para não falar nas imagens ligeiramente distorcidas
      Quanto a facilidade de navegação tens um potencial problema ergonómico. Tenho muitas dúvidas que a orientação da curvatura seja boa para o polegar, pois o movimento natural é na vertical e não na horizontal!

      • Simone Alba says:

        Um ecrã curvilíneo permite ângulos de visão mais uniformes quando visto de frente, que é como quem diz, 99.9% da utilização que qualquer pessoa faz neste tipo de dispositivos.

        Pelo mesmo motivo, um ecrã curvo teoricamente tem o potencial de tornar a navegação com uma mão mais confortável em ecrãs deste tamanho. Especialmente quando se utiliza o polegar, que discordo contigo, não tem movimento natural à partida. Aliás, é muito comum ver as pessoas no seu quotidiano pegarem no smartphone com uma mão e fazerem quase tudo com o polegar. E isso tanto em iOS, como em Android, como em Windows Phone, envolve tanto movimentos de scroll vertical como horizontal.

        Como disse este foi um aspecto crucial para a Apple ter desenhado o iPhone 5 com um form-factor mais alto não obstante do aspect ratio invulgar. Foi dito e destacado na keynote, que quiseram aumentar o ecrã mas manter a experiência de navegação de uma mão viável. Os ecrãs curvos podem ser uma excelente opção tecnológica para melhorar o conforto de navegação de uma mão em ecrãs maiores.

        Mas quando mencionei o melhor ângulo de visão referia-me ao caso de uso descrito do Roll Effect, como argumento comparativo à possível implementação da mesma funcionalidade com ecrãs planos.

        • Nunes says:

          :S
          “Um ecrã curvilíneo permite ângulos de visão mais uniformes quando visto de frente, que é como quem diz, 99.9% da utilização que qualquer pessoa faz neste tipo de dispositivos”
          O que tu pressupões não se aplica a um ecrã tão pequeno a estas distâncias, e sabes perfeitamente que se passa a vida a olhar para o telemóvel dos mais variados ângulos. Com a curvatura haverá até situações em que deixas de ver parte do ecrã.
          O movimento natural do polegar é de rotação (o que permite ser oponível aos outros dedos). Ser côncavo no eixo horizontal afecta a forma como se desloca o dedo, e causa mais stress para interagir no centro do ecrã do que um ecrã plano, daí falar em ergonomia!

          • golias17 says:

            Eu experimentava antes de dizer que é pior ou melhor, acho que discutir algo sem ter experimentado é ridículo, todos sabes que a teoria é diferente da prática especialmente em tecnologia.

          • Nunes says:

            @ golias17
            A questão ergonómica é fácil de discutir sem ter o produto, e até consegues facilmente simular em casa. Certos movimentos simplesmente causam mais stress com esta curvatura!
            É a curvatura traseira que permite segurar melhor pois assenta melhor na mão, já outros telemóveis seguiram o mesmo caminho.
            A única vantagem que o ecrã curvo pode trazer é aumentar a área de ecrã no mesmo espaço; mas como já disse a curvatura num dispositivo destes distorce a imagem e apresenta problemas com ângulos de visão e reflexos, o que dada a variedade de ambientes e usos pode ser uma desvantagem!
            Tudo o que eu disse são observações válidas sobre desvantagens que qualquer um é capaz de entender. Será que a única vantagem compensa as desvantagens, é o que se verá!

    • Nelson says:

      Bem, nunca pensei dessa forma, realmente, tens razão…

      E o polegar faz um movimento em arco, argumento bastante válido.

      • Nelson says:

        … contudo, a Samsung não o faz bem, pois não é suficientemente redondo.

        O Note 3 e o Round ambos têm 5,7 de diagonal e são 16:9…

        O Note 3, em largura tem 79.2mm

        O Round, tem de largura 79.6mm

        Portanto, uma poupança incrível de -0,4mm… ou seja, ainda pior que o ecrã plano…

  18. Pedro Cruz says:

    Sem o minimo interesse, conceito um bocado estúpido

  19. David Ferreira says:

    aviso ja que nao li os outros comentarios

    essa imagem parece uma montagem do gs note3 completamente errada

    quem vio a apresentacao da samsung sabe k o rool efect nao encaixa em nenhuma parte dessa montagem lol

  20. Luís says:

    Como é da Samsung, um smartphone com ecrã curvo, não tem utilidade nenhuma…Se se chamasse IRound, era muito bom e do mais avançado que há…. Conseguem ser ridículos os fanboys

    • Arthgrafic says:

      Concordo!

    • Pedro says:

      Esse comentário mostra quem são os reais “fanboys”.
      Eu aprecio a Apple e o trabalho desta… mas vai ver o meu comentário sobre este artigo.
      Apesar de não ter nada de muito inovador, é um começo.
      E para além disso, quando a Apple faz, faz bem. É uma realidade. Só não vê isso quem é realmente um “fanboy” e quem não sabe investigar um pouco.

      • paulo soares says:

        Quase sempre faz bem….tambem tem os seus falhancos sendo o Maps o mais tragico

        • Francisco Pinto says:

          A Verdade é que houve uma campanha para fazer parecer pior do que realmente o maps estavam! Mas sim foi lançado antes do tempo! Foi um falhanço! Mas aproximar-se a passos largos dos da google

        • Nelson says:

          O Apple Maps não é uma má aplicação.

          O Apple Maps foi o que a Apple consegui fazer em pouco tempo, depois de saber que ia ficar sem Mapas da Google, onde sim, a Google faz isso do melhor que há.

          Quanto ao “trágico” foi mais o marketing viral das concorrentes que aproveitaram-se da frexinha entre o tempo em qua a App passou da Apple para a Google… até porque o iOS foi o primeiro a ter a versão atual do Google Maps…

          Assim como a “calamidade” de desaparecer a App do Youtube… a funcionalidade nunca desapareceu, o youtube sempre esteve disponível em HTML5, a diferença é que a App da Apple não tinha publicidade, e na App da Google, agora tem…

      • Luís says:

        E a Samsung quando faz, também não faz bem?
        Basta olhar para o exemplo deste telemóvel. Não fez bem? Fez o melhor que há do género actualmente. E além disso, inovou, coisa que a Apple não sabe o que significa.

        • Nunes says:

          se para ti inovar é encher chouriços com mais carne, só para ser uma novidade, tudo bem!
          Agora se queres um produto que realmente inove, espera-se que traga vantagens claras para quem compra, não um mero mostruário de coisas novas – para isso é que servem as vitrinas!

          • Luís says:

            Claro que não é inovar… Inovar é mudar a cor dos telemóveis como os “outros” fizeram.
            Se calhar estavam à espera de um telemóvel que desse para dobrar em 4 não?

          • Nunes says:

            lol
            mas quem é que defende que mudar a cor é inovar?
            Mudar a cor serve para diversificar e diferenciar, não é inovação. Cores arranjas em qualquer lado.
            A tecnologia de ecrã flexível é uma inovação.
            “colar” um ecrã flexível num telemóvel apenas porque pode, de inovação não tem muito!

        • Pedro says:

          Fez isto bem?
          A sério?
          Onde é que isto é útil? Vê o meu comentário anterior, por favor…

          • Luís says:

            Quanto à utilidade, de certeza que vai facilitar o uso de telemóveis com este tamanho. Já para não falar que vai trazer muito mais conforto ao andar com ele nos bolsos. Podia ser mais útil? Podia, se desse para dobrar em 4 e levar na carteira…
            Como já te disseram, é tão útil e inovador quanto o touch id da Apple. Mas como é da Apple, já passou a extremamente útil e inovador

        • Nelson says:

          A Apple não sabe o que significa inovar?

          Por exemplo, o Flash do iPhone 5S é o primeiro flash do mundo com controlo de temperatura de branco… nem mesmo marcas como Nikon, Canon, Leica, Olympus, etc… chegaram a essa conclusão, e são marcas que vivem para a fotografia!

          Ou o fingreprint sensor, que é o priemiro a utilizar a sua tecnologia, com aquela lente específica, com aquela resolução e com aquele sistema de segurança.

          Ou o primeiro processador ARM, que a Qualcomm já fez troça, e agora pediu desculpas, pois os 64 bits abrem caminhos a novos tipos de “computadores” ARM, como computadores desktop idênticos aos atuais PC’s com CPU Intel/AMD (ou IBM POWER).

          A diferença é que quando a Apple inova, não precisa de botar cá para fora um telemóvel novo, só num iPhone 5 “S de Same”, estreou 3 tecnologias que antes do Natal, vais ver copiado em tudo quanto é android e o diabo a 4…

          Além disso, a Apple inventou o smartphone touch, e o tablet touch, o resto é treta. Para não falar do historial passado…

          • Guilherme says:

            eu nao sei onde viste que eles é que fizeram o primeiro smartphone touch, nao te esqueças de alguns nokia que eram muito bons, e eram touch, sem teclado, e tablets, existiram antes do ipad e eram bons À mesma, só que era, diferentes, nao para pior, nelson parvo

      • LFB says:

        Então não ?! O Touch ID deles é uma maravilha!!! lool

        • Pedro says:

          E não é algo bem feito?
          Vê se já não houve essa ideia anteriormente e se foi bem implementada… não foi.
          Olha o que a HTC vai fazer no próximo HTC One… pois é, sensor biométrico no seu novo flagship.
          Não vale a pena virem com falácias. Se querem argumentar, façam de modo sério, porque (no teu caso LFB) só te ridiculariza.

          • Nelson says:

            O touch ID da HTC tem uma grande diferença!

            É atrás!

            LOL… mas não vão haver queixas de pessoas que em vez de pôr o dedo no sensor, vão pôr nas lentes da câmera e riscar/engordurar… não! Que ideia!

      • golias17 says:

        As experiências reais são muito importantes para a empresa como a samsung que tem uma politica um pouco diferente, podemos não concordar mas tem resultado, os próximos viram fazer estragos!

  21. Ricardo Silva says:

    Ao ver a noticia até fiquei bastante entusiasmado, mas depois de ler desiludiu-me, estava a espera de algo diferente, não um tlm que é igual aos outros só que tem um ecrã curvo, sei que é preciso começar por algum lado, mas esperava mais da samsung, não estava já a espera de um ecrã dobrável, mas algo com mais funcionalidade ou até com um design diferente, agora só um tlm que “baloiça” na mesa acho que é muito pouco

  22. xploituga says:

    Se permitem a questão. Onde foi anunciado pela Samsung ?
    Até agora ainda só vi rumores na internet, podia colocar a fonte ?

  23. Simone Alba says:

    Eu convido a maioria de vós a ir ao dicionário pesquisar o significado da palavra “inovar”, porque acho que muitos de vós quando puxam pelo argumento da inovação estão mais a pensar em revolução.

    É que tenho a sensação que o que vocês realmente exigem é que qualquer produto que a Samsung ou Apple introduzam no mercado seja uma autêntica revolução.

    Se me permitem àqueles que dizem que todo este tipo de coisas são inúteis, eu diria que as vossas discussões baseadas em inovação (aka revolução) é que são completamente inúteis.

    O mercado dos smartphones é dos mais concorridos e diversificados por alguma razão. Porque no fundo, graças a estas pequenas inovações todos encontram aquilo que lhes fascina no meio de tanta maravilha tecnológica 🙂

  24. Bruno Miguel says:

    Este telemóvel é realmente uma inovação! Ok temos de admitir que a nível de hardware é basicamente o mesmo que os outros topos de gama.

    Quanto ao ecrã curvo vem possibilitar um melhor manuseamento de telemóveis com este tamanho.

    A dúvida que me está a saltar neste momento é: como será ver um video / filme neste smartphone? Normal? Esquesito?

  25. dajosova says:

    Se juntarmos esta a tantas outras inovações vão ver que há bem pouco tempo os smartphones eram bem mais limitados… por isso não se queixem!

    Realmente aperto o botão on/off mitas vezes por dia apesar do meu SGS4 notificar com LED’s de várias cores as principais notificações.

    Quanto à app que mostra um ponto de côr creio que isso obriga ao acender do ecrã… hummm!

  26. Duarte Bruno says:

    Uma pequena novidade que realmente de util não tem nada a não ser que é diferente, pimba toma lá mais uns 700 ou 800 euros, eu tenho um S3 e tão cedo não mudo.

  27. Robert Soares says:

    A ideia tá lá mas não vejo grande utilidade e vantagem em ter um ecrã ligeiramente curvo!!!
    Porque não usam o conceito do ecrã dobrável e façam um protótipo 360 graus, que permitisse expandir o ecrã por exemplo?
    Seria não só inovador como útil!
    Para já esse samsung, não me interessa muito…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.