PplWare Mobile

Processadores Ryzen 3000 da AMD apresentam problemas no Linux e Windows


Fonte: Phoronix

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. silvio ney says:

    Pro usuário linux isso acontece porque o processador é recente e a versão que está com problemas não é LTS. Porém, a própria AMD já respondeu que está resolvendo o problema.

  2. Zé Gamer says:

    A mim cheira-me que estás ofendido pelo melhor desempenho da AMD RYZEN 3000 face aos i7’s que estão a levar tau tau 😛

    Não chores

  3. Joao Silva says:

    Um problema com um jogo…o drama! O horror! Já está solucionado…o drama! O Horror!

    • Joaquim says:

      E um problema com utilizadores do Linux… Que nem chegam a 5% do total dos PCs… O drama! O horror!

      • Eduardo says:

        O drama se torna real quando os problemas chegam nos servidores!
        A parcela de usuários de GNU Linux é pequena mas quando se trata de servidores aí o GNU Linux é maioria e todos nós e a internet inteira depende direta e indiretamente do GNU Linux!
        Mas é claro que as grandes empresas ainda não perderam o juízo pra usar AMD em seus servidores!
        AMD outside! Kkkk

    • Jorge says:

      Nao e so num jogo…. Existem multiplos problemas de otimização e compatibilidade entre softwares e hardware
      Muitas pessoas encontraram ate problemas em colocar imagens novas nas novas builds (x570 + Ryzen 3000) ou mesmo em boards 450 ja com o bios atualizada.
      Eu sou fã de AMD e ia comprar nova MOBO e um Ryzen 5 3600x mas depois de ver os erros todos, prefiro esperar mais uns meses ate tudo ter melhorado sem contar com a descida de preços ehehehhe

  4. silvio ney says:

    “erros” ?

    Isso não é nenhum erro, é apenas falta de suporte, provavelmente pelo processador ser totalmente novo, então em algum tempo já dará suporte a tudo.

  5. nomadewolf says:

    Gostava de saber quanto é que a Intel pagou por este artigo…
    Todas as plataformas novas trazem sempre alguns bugs que precisam de umas actualizações para ficar tudo ok.
    Um único jogo com problemas e algumas versões de kernel do linux, parece-me absolutamente banal…

  6. Filipe says:

    O destiny 2 nunca teve fama de acompanhar os avanços de tecnologias nem optimizações. Por isso qual é o drama? O processador é recente. É normal que cause problemas.

    Necessita de drivers actualizados e o próprio jogo também tem que lhe dar suporte, que é coisa que não tem, de certeza.

    Quanto aos problemas em linux é mais do que normal. A malta não quer usar as versões LTS. Quer logo saltar para as novas que (ainda) não têm suporte a muita coisa. Depois vão-se queixar no reddit que têm problemas.

    E qual é o problema do reddit para tirar assunto para notícias? Uma pessoa queixa-se. Outra vê, e mesmo sem ter o mesmo problema vai comentar e/ou fazer um post novo a dizer que teve o mesmo problema e ainda coisas piores.

  7. Alucard says:

    Comprei há uma semana um Thinkpad com Ryzen 7 Pro da nova série e não tenho problema nenhum. Este processador voa.

    Pela primeira vez em muito tempo, a AMD está um passo á frente da Intel. Já se sabia que isso ia incomodar muita gente…

  8. leonardo says:

    Muito drama pra falta de suporte, isso sempre acontece em todo produto novo, até mesmo em jogos quando o Windows subia de versão por exemplo

  9. GB says:

    LOL finalmente um notícia pós-release dos Ryzen 3000… e com este título sensacionalista… 🙂
    E falarem do facto da AMD ter rebentado com a Intel em quase tudo o que é performance?
    Estarem, passados muitos anos, par a par em até em gaming?
    Ter consumos energéticos bem melhores que as counterparts Intel?
    E do facto de terem lançado os “7nm” para o mercado enquanto a Intel está ainda presa com 14nm?
    E não houve qualquer referência aos novos lançamentos de GPUs (Radeon 5700 line e Nvidia Super)?
    Enfim.. o que importa são problemas que são patched em “horas”, certo?

    • Pedro Santos says:

      Só em preços mais nada. A AMD para se bater com Intel só metendo cores e mais cores. Já viste a performance em jogos? Vai lá ver

      • GB says:

        Hello??
        Compro AMD por muito menos dinheiro, num processo mais avançado e mais eficiente energeticamente! E tenho muito mais performance em quase todas as workloads!
        A Intel ganha em gaming? Parabéns. É porque é a única coisa em que por pouco ganha.
        Óbvio que a Intel ao ter o ring bus tem menos latência, é a pricipal vantegem da arquitetura. Mas a questão é: a Intel vai ter, mais tarde ou mais cedo de implementar chiplets, tal como a AMD, se quiserem permanecer competitivos. Aí vou querer ver a performance em “gaming”.

      • GB says:

        E só bate a Intel metendo mais cores? Ai outra..
        Vê o último video do “Hardware Unboxed”. Tanto o i9 como o Ryzen 7 equivalente postos a 4.0GHz em todos os cores, e adivinha quem ganha…
        Só mostra uma coisa, a instruções por clock aumentaram imenso do lado da AMD, e o que vai safando a Intel são os clocks altos nos 14nm++++++++

      • JCFB says:

        Oh que pena alguem tá triste por o seu quad core ser passado à frente por um cpu de 100€ ahahha

  10. Puff says:

    Looool !!!! 3600 da na boca a i9 e voces estao a discutir jogos? Loool…. um processador n e so para jogos

  11. JCFB says:

    Alguem aqui é fanboy da intel.
    Saem os novos processadores, nem um artigo, há 1 ou 2 problemas, fazem logo um artigo.

  12. eu mesmo says:

    xi só azia por aí……………………..

  13. Felipe says:

    Mesmo que não seja nada de novo nos primeiros dias após um lançamento de CPUs, fazem bem em reforçar a atenção neste assunto. Dito isto, foi claramente um post de mal gosto.

  14. Renato Nismo says:

    quando dizem que é normal o jogo falhar por o cpu ser recente..
    quantos de nós jogámos 1000 jogos dos tempos do DOS, windows 95 98 xp vista 7 e os nossos pcs na altura mais novos que os tais jogos

    não acho normal.

    • Carlos Ribeiro da Fonseca says:

      Opá, eu ainda me lembro da trabalheira que era espremer cada kilobyte de RAM para uma data de jogos funcionarem.
      E a quantidade de vezes que havia problemas com os IRQs e o DMA da placa de som?
      E depois quando tinhas um jogo que era otimizado para Glide mas a tua placa gráfica era uma Matrox?
      O pessoal agora é que está mal habituado, mas o facto é que a Microsoft com o Plug&Play e com o DirectX tornou as coisas muitissimo mais simples.

  15. Roni says:

    Complicado são as atualizações para corrigir as falhas no processador Intel (spectre), e ainda tem uma certa perda de performance.

  16. Vitor Silva says:

    Cansei-me de ver a Intel lançando processadores e descobrindo falhas logo depois. Ou mesmo falhas graves após anos do lançamento. É normal e pertinente a CPUs que trazem tecnologias novas. Como em qualquer processador inovador este tipo de problema é comum e certamente será corrigido em pouco tempo com atualizações. Não há o menor motivo para alardes deste modo.

  17. Vitor Silva says:

    Cansei-me de ver a Intel lançando processadores e descobrindo falhas logo depois. Ou mesmo falhas graves após anos do lançamento. É normal e pertinente a CPUs que trazem tecnologias novas. Como em qualquer processador inovador este tipo de problema é comum e certamente será corrigido em pouco tempo com atualizações. Não há o menor motivo para alardes deste modo.

  18. AJ says:

    É natural haver alguns problemas com o lançamento de novo hardware.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.