PplWare Mobile

O melhor upgrade para um computador? Uma Drive SSD


O gosto pela tecnologia despertou sentimentos únicos que levaram a escrever umas palavras e a premir o obturador.

Destaques PPLWARE

  1. Bob says:

    Só se consegue tirar proveito a 100%, se tiverem SATA3 no computador.
    Também se nota melhorias com SATA 2, mas fica bem longe da performance do SATA 3. Cerca de 50%, conforme o disco SSD.

    • Hugo Cura says:

      Não concordo muito com o que dizes. É claro que é necessário ter a largura de banda máxima para tirarmos total partido do disco, mas mesmo com SATA I (1,5 Gbps, máximo 150MB/s) a diferença é como da noite para o dia, simplesmente porque o tempo de acesso é igualmente rápido, apenas a velocidade de transferência máxima está limitada.
      Já coloquei um disco SATA III numa motherboard com SATA I, e o upgrade valeu cada cêntimo.

      • Catarino says:

        Concordo a 100%
        Já fiz vários upgrades de HDD para SSD a portáteis antigos e todos eles “ganharam vida”

      • Paulo Mendes says:

        Isso é verdade. Instalei um num portátil que tenho á já bastantes anos e uma coisa é certa…. Foi como se pegasse num motor 6.7 L de 800 CV e o colocasse numa Renault 4L. Brutal.

      • Pedro Pinto says:

        Também concordo. Ainda há 2 semanas fiz um upgrade deste género a um pc com 10 anos. O pc passou de obsoleto e lento para um pc totalmente funcional que ainda suporta todo o tipo de software. (É SATA 2).

        • Luiz says:

          Interessante, irei consultar um técnico para que possa dar vida ao meu antigo pc. Desta forma ele irá continuar ativo.
          Muito boa as resenhas.

      • me and me says:

        nem mais,
        nota-se mesmo muito o aumento da velocidade. até porque grande parte dos discos 2,5″ convencionais nao chegam ao “limite” do SATA I quanto mais dos seguintes

    • Tiago Ferreira says:

      Discordo por completo e com experiência própria. Até no windows xp que não está optimizado para SSD se notou uma diferença grande.

    • Pedro S. says:

      Mudar de HDD para SSD para obter velocidade compensa sempre!! HDD para armazenamento… 😉

  2. Pedro Fernandes says:

    E a nivel de fiabilidade desta marca?

    • DouglasB2310 says:

      Toshiba, Kingston e Sandisk são as melhores.

      • andre says:

        errado, os melhores são samsung

      • Homo Erectíssimo says:

        Ó DouglasB2310,não me faça rir !! Toda a gente sabe que os melhores SSD’s do mercado foram e são os da linha EVO da Samsung.Neste momento,provavelmente o melhor SSD do mercado ,e o que mais vende,é o SSD Samsung 850 EVO 250GB 2.5″ SATAIII. Este SSD tem uma velocidade média de 530MB/s seja em leitura ou escrita do disco.Em algumas lojas de Informática ainda se encontra por menos de 100 euros,basta procurar.Vale bem a pena,se vale !! 🙂

  3. J T says:

    Comprei um da adata de 240gb por 60eur há pouco menos de um ano, antes dos preços aumentarem , e sem dúvida que nao se compara a um disco mecânico. Já nem suspendo o PC, prefiro desligar pq liga em menos de 10s com tudo pronto. Mas a estes preços nao compro mais nenhum so quando voltar a baixar.

    Também instalei ssds em portáteis com cerca de 10 anos, alguns inclusive com recurso a adaptador pata e a diferença era bem notória.

  4. Myself_PT says:

    Por esses preço mesmo só no Estrangeiro…

  5. João says:

    A sugestão da instalação para um SSD é a melhor, mas a marca proposta, face a um dos melhores SSD do mercado (preço/qualidade), os Samsung 850 EVO, não compensa.

    • Hugo Cura says:

      Tens ou já utilizaste um KingDian?

      • Golden says:

        O mal destes SSD é a velocidade de escrita que é bastante baixa em relação às marcas mais conhecidas, os preços realmente são baixos, a questão é se vale realmente a pena comprar assim mais barato, ou vale mais comprar mais caro um pouco e ter melhores performance, na minha opinião sem dúvida que prefiro pagar mais um pouco e ter melhores prestações, em relação aos SSD samsung 850 Evo, não haja dúvida que são dos melhores SSD do marcado.
        Quanto ao Upgrade sem duvida alguma que é um excelente investimento para equipar um computador, computadores com 6 a 7 anos com um disco HDD tradicional, e colocando um SSD a máquina fica como da água para o vinho em 3 tempos, o primeiro SSD juntamente com um HDD de 250GB foi um Kingston, e está a fazer agora 6 anos, mas nessa altura um de 60GB custou uma fortuna em relação ao que eles valem agora, salvo erro ficou em promoção na altura 130€.

        • José Carlos da Silva says:

          Concordo. Por um pouco mais, consegue-se um Kingston de 120GB ou, melhor ainda, um Samsung.

          Neste momento, para as máquinas que suportam, o upgrade natural é já de um SSD Sata para um SSD M.2. A diferença face ao SSD normal é ainda mais notória quando comparado com HDD vs SSD – velocidades a rondar as 4/5 vezes mais que um SSD convencional.

      • João says:

        Nunca utilizei, mas com o feedback da loja que mais vende (Samsung e outras) a nível nacional, é o melhor. Tendo em conta a diferença de preço, deixei a minha sugestão.
        Já fiquei pendurado, com 3 SSD´s de outras marcas, uma delas OCZ. Os Samsung que tenho, Pro e EVO, até à data n\ao me deram problemas.

  6. Insider says:

    Fiz em 2015 o que aqui foi sugerido. Tenho um portátil HP Compaq nx9420, linha profissional, de 2007, com ssd como drive principal e HD na drive óptica (o suporte para o HD custou-me 7 euros), e 4Gb de RAM (tinha 2Gb de origem), com o W10 PRO, etc etc etc…
    Quem o vê a trabalhar ainda fica um pouco incrédulo com a fluidez do sistema. Com excepção de tarefas exigentes para aquele hardware a experiência de utilização é excelente.

  7. Uno says:

    Eu fiz também algo semelhante em 2015 com um acer de 2009 e está a bombar muito bem 🙂

  8. joao santos says:

    Adquiri um SSD e depois como faço a transferência do SO sem problemas?

    • Rui Costa says:

      Eu comprei em 2016 um SSD. Um Crucial MX300 de 525GB.
      A própria Crucial disponibilizava no seu site – não sei se ainda o faz – um tutorial de como transferir tudo do disco antigo para o novo e disponibilizava também o software necessário.

      De forma resumida, com uma caixa USB ligada ao portátil e o disco novo lá dentro foi só seguir as instruções do tutorial e fiz uma replicação do disco.
      No fim, coloquei o disco novo no sítio do velho e fiquei imediatamente com o portátil a funcionar na perfeição.

      Depois então coloquei o disco velho no sítio do gravador de DVD’s.

      Chamo a atenção que também foi muito fácil porque estava a replicar um disco velho de 500GB para um novo de 525GB. Resumindo, tinha a certeza que cabia tudo no disco novo.

    • Tiago says:

      Usa o MiniTool Partition Wizard, é muito intuitivo e fácil de utilizar

    • Hugo Gomes says:

      Utiliza o acronis true image. Tiras a versao de 30 dias crias uma pen de arranque e fazes a imagem ISO do teu S.O. Metes o ssd voltas a correr o acronis e fazes a recovery com a imagem que fizeste e ta feito quando acabar ficas com o ssd igualzinho ao hdd

  9. Antunes says:

    Discos IDE não compensa converter para SATA SSD, não existe uma diferença enorme porque estamos a falar de máquinas muito antigas

    Mesmo em máquinas fraquinhas com sata se forem muito antigas com 1 core não notam muita diferença, isto porque os equipamentos naquela altura um browser consumia 50MB de ram, hoje os browsers chegam a consumir mais de 500MB por isso não esperem milagres o problema é o CPU e Gráfica e o SSD não vai mudar quase nada!

    • J T says:

      Ja instalei ssds em portateis com pata e nota-se bem a diferença, nao é so a velocidade de escrita que afecta o desempenho do SO, sao os tempos de acesso, e esses baixam bastante. Se compensa ou nao isso fica ao criterio de cada um (eu nao o fazia mas tive tentado a fazer no meu powerbook, so pq sim), ha pessoas que preferem continuar com a maquina que ja conhecem do que comprar uma nova, nem é tanto pelo $ mas mais pela comodidade.

  10. AJMS says:

    Pena que os (ssd) também dão o berro, tive um Transcendent que não durou 3 anos de um momento para o outro morreu, e nem deu hipote-se de tentar recuperar o quer que fosse. 🙁

    • Joao 2348 says:

      Esse é o grande problema dos SSD, morrem de um momento para o outro.

      Quem tem SSD tem de ter algum sistema de cópia de segurança a funcionar em permanência, de preferência para um disco não SSD.

      Um truque para os SSD durarem mais tempo parece ser tentar manter a utilização do espaço total do disco próximo dos 10%… isso provavelmente é impossível, mas compreendem a ideia, deixar bem mais de metade do disco livre para permitir que o sistema interno possa ir movendo os dados de uns sectores para outros e assim mantendo tudo disponível por mais tempo.

      Aparentemente utilizando uma ferramenta como o Spinrite no nível 2 ajuda os sistemas internos do disco a descobrir os problemas e a auto-corrigirem-se se for realizado regularmente (ex.: a cada 4 meses).

      E temperatura… quanto mais baixa a temperatura a que conseguirem manter os discos a funcionar melhor para a durabilidade dos componentes. Existe até quem aconselhe a utilizar placas de dissipação de calor “coladas” ao disco para reduzir ao máximo possível o calor nos mesmos. Ou seja: façam tudo o que for possível para manter a temperatura o mais reduzida possível, tendo o cuidado é claro para não os colocarem em situações de humidade ou algo do género que os pudesse danificar.

    • Fernando says:

      A solução que eu faço para contornar esse grave problema é ter um disco HDD também instalado. O sistema operativo e os programas são instalados no SSD mas o ambiente de trabalho, meus documentos e recuperação de partições são colocadas no HDD. Os ficheiros temporários dos browers, pasta temp do windows, hibernação e ficheiro de memoria virtual será colocado no HDD. Dando assim uma vida extra ao SSD.

      • umx says:

        Nesse caso deves reservar logo espaço no “início” do hdd, os tempos de acesso são mais baixos no interior dos pratos do que na parte exterior

        • Hugo Cura says:

          A sugestão é boa, mas a justificação não está correta 🙂
          Num disco mecânico, o espaço é alocado de fora para dentro, por essa razão é que a velocidade de transfererência é mais rápida nos sectores iniciais, por vezes o dobro dos finais.

          • umx says:

            Sinceramente pensava que era se dentro pra fora e que no interior do disco os tempos de acesso eram menores . ..

          • Hugo Cura says:

            Basta pensarmos que o disco roda a uma velocidade constante. Se no “início do disco” as velocidades conseguidas são maiores, isso só acontece devido ao espaço percorrido pela agulha ser maior, conseguindo assim “varrer” mais sectores na periferia que no interior.

  11. Sérgio Trindade says:

    Viva,

    Gostaria de ter uma opinião aqui no grupo, sobre uma dúvida que tenho sobre como colocar um sdd no pc.
    Tenho um HP ENVY 15-j170np e este não possui leitor de cd’s, tenho um hdd e um slot livre para mSata, o “problema” aqui é porque segundo o que li em forums é que a BIOS da HP não permite que o Boot possa correr a partir do Msata, pois este tinha apenas o intuito de servir como cache.
    E existem várias pessoas que teem problemas no windows porque o tem o sistema na entrada mSata.
    Isto é uma solução viável ou simplesmente tiro o hdd que tenho e meto um sdd?

    Obrigado.

    • Golden says:

      Eu acho que a melhor opção seria mesmo desistires do HDD tradicional, e meteres lá o SSD, fazendo a troca um pelo outro não tem qualquer problema, só podes é ter um ou outro, guarda tudo que podes do HDD para um disco externo, e faz a troca.

  12. violas says:

    Adquiri um SSD e depois como faço a transferência do SO sem problemas?
    Tambem da para fazer com particoes tambem ?

  13. Isaac Lopes says:

    Tutoriais de instalação, cuidados a ter seriam poderiam estar associados a este artigo. Vou investigar o assunto, mas se poderem ajudar agradecia. Ficaram algumas dúvidas mas é um bom artigo. Continuação do bom trabalho. Abraço

  14. Rui says:

    Confirmo. Qualquer alteração num pc, o primeiro item a substituir é o disco. Aliás, não faz sentido comprar actualmente um computador com disco que não seja SSD. E não interessa se é SATA II ou III, o SSD dá uma monumental tareia ao melhor HDD. Então instalar um SO de raíz num SSD é um abrir e fechar de olhos! O windows 10 x64 demora uns 5 minutos a instalar numa máquina com SSD, com HDD…………….

    A diferença de desempenho, para além de ser muito mais robusto (já perdi um disco HDD externo só por causa de uma queda de 50 cm do sofá para o chão e com o disco desligado!!!!!!!!!!)
    Desconhecia esta marca, normalmente por discos SSD Kingston, Toshiba ou Samsung! E aguentam as quedas como se não fosse nada com eles 🙂

  15. violas says:

    Hugo e isso resulta mesmo ?
    obrigado

  16. Luís S says:

    Os preços destes KingDiam referidos não compensam comprar no mercado externo pela diferença de preços no mercado nacional.
    Ex: KingDian S280-120GB Solid State Drive 2.5 inch SSD Hard Disk SATA3, Leitura 560 MB/s, Escrita 380 MB/s -> Preço: €57.50
    Ex: DISCO TOSHIBA SSD A100 120GB SATA3, Leitura 550 MB/s, Escrita 480 MB/s -> Preço: € 59,99 na rádio popular
    Conclusão, garantia numa loja nacional, mais rápido e marca conceituada são algumas das vantagens de comprar cá por uma diferença de inferior a 3€.

  17. Umx says:

    Cuidado com os discos ssd Toshiba baratos, a performance pode ser sofrível. ..

  18. Kabindas says:

    Subscrevo este artigo na totalidade, tinha um laptop que mais parecia uma arrastadeira … depois de substituir o hdd por um ssd aquilo ficou estupidamente rápido. Então os boot são quase instataneos.

  19. Pedro Faria says:

    Tenho um HP Envy dv6 que tem quase 5 anos… O pc tem um excelente processador (a nível de benchmarks dá tareia a muitos pc’s portáteis à venda até 850€ +/-) sendo que o seu “problema” é a gráfica… Nvidia Geforce 630M. Visto que gosto de jogar uns joguitos (nada de extremamente pesado – o mais “pesado” que jogo é CS:Go), valerá a pena fazer o upgrade do meu HDD para um SSD? Já agora, a comprar, que marca recomendam? Como sou estudante universitário e o dinheiro não abunda o pc ainda tem de me durar, no mínimo mas 3 anitos (até achar que tenho capacidade própria (financeira claro) para “montar” um à minha maneira). Desde já agradeço pela ajuda!

    • Homo Erectíssimo says:

      Pedro,é claro que vale a pena fazer um upgrade para um SSD.Você nem imagina o quanto fica a ganhar !! Olhe,eu sugeria-lhe comprar o SSD Samsung 850 EVO 250GB 2.5″ SATAIII(é o que eu tenho no meu PC).Se quiser tem aqui o link do KuantoKusta para saber as lojas de Informática online que o vendem a bom preço(https://www.kuantokusta.pt/informatica/Armazenamento-Interno/Discos-SSD/Samsung-250GB-EVO-850-Series-2-5-SSD-SATA-III-MZ-75E250B-p-1-389815).Você por menos de 100 euros(+ portes incluidos),já o consegue comprar.Só lhe digo o seguinte–»é,nesta altura,o disco SSD que mais se vende em Portugal e o mais fiável,e tem capacidade para 250 GB,atenção !! Depois,é só fazer o seguinte,instale o SSD no lugar do HDD,e o HDD pode ficar com ele como disco externo ou metê-lo no lugar do DVD com um caddy.Se lhe correr tudo bem,o seu HP Envy dv6 ainda lhe irá durar(na maior),os tais 3 anos,e muitos mais !! Confie em mim. 🙂

    • Tiago says:

      Vale sempre a pena se utilizas o computador para estudar / jogar, os programas carregam (muito) mais depressa. Logo os jogos também, tanto em loadings como em jogos de mundo aberto. No entanto como acabas sempre por perder um pouco de espaço, acho que os de 120 GB já ficam pequenos para estares a vontade com o armazenamento e ainda estares a instalar jogos, logo um de 240GB é o mais indicado. Eu tenho um OCZ TR150 e estou mais do que satisfeito! Ja troquei imensos HDDs por SSDs em portáteis e toda a gente fica espantada com a diferença do pc que costumavam conhecer.

      Tenta encontrar uma promoção de fim de semana na pcdiga ou semelhante.

  20. Homo Erectíssimo says:

    Ó “fernando abr”,esse SSD é um maquinão.Se puder dar os 259,90€ por ele,vai ter o seu PC a trabalhar como um foguete.Ainda por cima com capacidade de 500 GB !! Fogo. 🙂

  21. André Santos says:

    Tenho um Crucial mx300 de 750 gb (na verdade tenho 2, o outro ainda nem saiu da embalagem) comprei-os a certa de um ano por 120 euros cada (sim, muito abaixo do preço atual) para substituir um de Kingston 120gb que tinha, ganhei em espaço e velocidade, basta apanhar as promoções certas para poupar alguns trocos.

    http://usbflashspeed.com/device/117776

  22. rodrigojds says:

    Fiz o que sugeriram mas com um macbook Pro 2012.
    Comprei-o por €350 com um HDD 750gb. Arranjei um SSD de 120gb e um encaixe para o leitor de CD. O Macbook ficou bem mais rapido e com 2 discos.
    Gastei €50 no SSD e no encaixe. Um mes mais tarde vendi o mesmo Macbook Pro por €750!!

  23. Homo Erectíssimo says:

    Vê como o Hugo sabe distinguir o bom do mau.Eu não quero fazer publicidade à Samsung,mas considero mesmo que seja a melhor marca do mercado em discos SSD.Os seus discos e memórias são muito robustos e fiáveis.Eu comprei o meu SSD Samsung 850 EVO 250GB 2.5″ SATAIII em finais de Dezembro de 2015 na Redcoon(uma loja de Informática que até já fechou,infelizmente),por menos de 80 euros(já com despesas de envio incluidas),numa promoção da loja,na altura.(Campanhas de Natal,subentenda-se,como todas o fazem).Olhem,até hoje o meu PC arranca e comporta-se como um foguete.Faço regularmente execuções de testes de desempenho do SSD no Samsung Magician,e,vejam bem,passado mais de 1 ano e meio,ainda apresenta os mesmos resultados de quando o instalei.Leituras formidáveis,até no CrystalDiskInfo.É uma máquina este disco SSD.Em boa hora o comprei,graças a Deus.Não há comparação possível entre um disco HDD e um disco SSD.É que não há mesmo !! 🙂

  24. Filipe Soares says:

    Acho piada quando as pessoas falam e criticam algo que nunca experimentaram .

    Tenho 4 SSD, 1 OCZ 480 , um Crucial 750, um Samsung evo pro 500gb e um HyperX Savage 480GB (SHSS37A/480G)…As diferenças entre eles mal se notam a olho , para se notarem tem que andar a fazer medições com programas. Tenho uma Strix 1080 Ti uma TuF Mark 1 e 32Gb de memoria.

    Não vou comentar os KingDian, porque nunca experimentei. Dar uma opinião do tipo,”ah e tal, não presta em relação ao XPTO”… de algo que nunca experimentei…é ser ignorante.

  25. Joao Manso says:

    Comprem discos M2

  26. José Maria Oliveira Simões says:

    Que marca se pode comprar de ssd com 1.8″ para meter no sony vaio vgn-p21z ? O ssd tem um interface zif. O disco samsung é muito lento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.