PplWare Mobile

Novos processadores Intel estarão livres do Meltdown e Spectre


Curioso desde cedo por tecnologia, procuro aprender e partilhar um pouco mais a cada dia que passa.

Destaques PPLWARE

  1. Dan says:

    Acho que devia ter esperado mais um pouco para comprar um portátil novo

  2. Hugo Gomes says:

    Olha a novidade e mesmo assim vamos ver falar é bom mas confirmar ainda é melhor

  3. K says:

    E que tal, pelo menos, oferecer um desconto na aquisição de um sem problemas a quem provar ter adquirido um processador recente com esta falha? Se eles conseguissem corrigir a falha nos afectados sem prejuízo para o cliente, era um assunto mas eles nem sequer uma correcção sem problemas conseguem lançar…

    • Hugo Gomes says:

      Sim sim intel com descontos vai sonhando.

      • says:

        Uma vez que têm defeito, se for posta ação em tribunal. a Intel terá que substituir por processador bom, a preço 0 (zero). Todos parecem estar com medo da Intel.

        • José P. says:

          Defeito? Isto não é um defeito de fabrico, porque os processadores funcionam bem, é uma vulnerabilidade que contorna o funcionamento normal, não é justificação para troca por novo…. Se fosse assim, todos trocavam de carro assim que se descobrisse como os ladrões abrem as portas sem danificar nada…

          • okapi says:

            A isso se chama logro , enganar o cliente, porque a Intel já sabia do problema desde Junho e continuou a manda-los cá para fora. Essa da fechadura foste infeliz na comparação, e já que falamos em carros temos o caso mais parecido com os Dieselgate e vê como foram obrigados a corrigir e até a indemnizar nalguns casos.

        • Hugo Gomes says:

          Força nisso. Acreditas no coelho da páscoa e no pai natal. Se nem esta treta dos vw derante carro novo quanto mais coisas de 10 anos atraz

  4. João says:

    Não me admirava nada, que isto não fosse um esquema para venderem mais processadores. A Obsolescência programada está aí nos smartphones, etc… nos processadores há pessoal com o mesmo há 10 ou mais e a servir perfeitamente para as necessidades diárias. Agora muitos vão ficar em pânico, porque têm um processador defeituoso… Os próximos processadores que saírem com esta correção, virão com outra falha qualquer e daqui a uns anos obrigam o pessoal a mudar outra vez de processador. E por aí adiante… É uma boa teoria da conspiração, mas no mundo em que vivemos até faz sentido!

  5. Moonnn says:

    Tanto dinheiro por um 7700k para no fim me dizerem deixa la pro ano ja nao tem as fanhas que sabiamos a 10 anos mas ignoramos porque convém que cagada

  6. Wagner Silva says:

    Sabiam a tempos sobre as falhas !
    Lucraram sem precedentes e agora querem possar de bom moços, tipico do capitalismo selvagem !

  7. Aaa says:

    Mas agora a questão, uma vez que fiquei sem perceber, a série coffee lake ainda trás esse problema?

  8. pedro rogério says:

    É só até esperar que daqui a uns meses se descubra mais uma falha.Se há coisa que não existe em informática são verdades universais,isto é, ninguém pode garantir coisa nenhuma.

    • Samuel says:

      Eu posso garantir que o meu AMD A4-6210 é imune ao Spectre e Meltdown pois não consta na lista do processadores afectados.

      • Carlos says:

        Fia-te na virgem e não corras.
        Todos os outros CPUs da AMD, anteriores e posteriores a esse são comprovadamente vulneráveis às 2 variantes do Spectre.
        Achas que esse escapou por milagre da virgem?

  9. rfonz says:

    Mas qual será a série sem falhas? A série 8 ou a série 9?

  10. João Terra says:

    O que interessa é ter lucro!!!!

  11. says:

    Jamais comprarei qualquer novo processador, sem total garantia que estarão livre de qualquer defeito. Para mim a Intel e outras companhias do momento de processadores, já passaram à historia. É a altura perfeita, para aparecer nova fabrica de processadores.

  12. Abílio Guedes says:

    Eu acho que esta falha grave da qual os fabricantes de processadores lucraram bastante dinheiro, devia ser como os carros, têm que ir ao concessionário trocar a peça defeituosa por uma nova.

  13. Sergio says:

    Isto é marketing… Pro ano tudo a atualizar processadores. Isto porque as gerações 2,3,4,5 ainda estão muito competentes…

    Vai tudo a correr comprar cpus novos,para corrigir um problema dificílimo de explorar …. Eu por mim fico com o meu 5200u por mais uns anos…

  14. Unknown says:

    Pessoas que acredito têm meia dúzia de programas desatualizados a correr no PC e com falhas bem pior que está e que andam a sacar torrents e a instalar extensões que nem sabem o que é no Chrome mas depois o importante é instalar a actualização da Intel e não comprar mais processadores com defeito ou melhor, trocar imediatamente o meu processador! Lol…

  15. Sergio says:

    O meu ponto de vista….

    Do ponto de vista empresarial é outra história, mas … Ha tanto win 98 e XP ainda por ai em grandes empresas… Firewall desatualizadas, permissão de aceder a tudo em ambiente de trabalho… Etc

  16. Fernando Marques Martini says:

    ou seja comprtem, troquem, gastem e estrjam seguros para essa ameaça…… agurdem as proximas e gastem de novo, deveriam ter vergonha e corrigir para todo usuario, nao idiretamente pedir para adquirirmos hardwares novos

  17. Fernando Marques Martini says:

    ou seja comprtem, troquem, gastem e estrjam seguros para essa ameaça…… agurdem as proximas e gastem de novo, deveriam ter vergonha e corrigir para todo usuario, nao idiretamente pedir para adquirirmos hardwares novos

  18. Belmiro says:

    Eles não lançarão os novos até terem o stock dos da 6 + 7 + 8 já no fim e bem aproveitados para compensar o que já gastaram.
    Atualmente a Intel tem os Kaby Lake (e mais velhos) que tem os defeitos e são todos em 14nm, o Cannon Lake que irá aparecer em 10nm este ano é apenas um Kaby Lake em 10nm e muito provavelmente ainda com o problema;

    A verdadeira nova arquitectura e CPU vem com o Ice Lake (ou muito final de 2018 com um par de modelos ou em 2019) e só lá terão o verdadeiro poder dos 10nm. Até sairem as CPU com Ice Lake é levar com arquiteturas arcaicas.

  19. okapi says:

    Será que um portátil com 7 meses e ainda dentro da garantia pode ser devolvido por esta razão.

    • Anónimo says:

      Teoricamente o equipamento apresenta uma não-conformidade de origem, algo que compromete a segurança (ou o desempenho do equipamento – se aplicadas as correções) e, como tal, dado que não foste informado deste problema no momento da compra, tens o direito a ativar a resolução do contato no âmbito do decreto-lei que define quais os direitos e garantias aos bens de consumo (não me recordo do decreto-lei de memória). Todos os bens não imóveis têm garantia de 2 anos e penso que tens até 60 dias para reportar a não conformidade que encontraste no bem de consumo ao vendedor/fornecedor.

      Pessoalmente eu reclamaria e pedia a devolução do dinheiro.

      • Belmiro says:

        Tu pessoalmente podes fazer o que quiseres mas sem meteres advogados e muito dinheiro em tribunais não consegues nada. Há Patch para resolver o problema e a perda de performance um efeito colateral que nenhum juiz ou lei quer saber. Moral da história: ou existe um processo conjunto ou individualmente não consegues nada.

        • Anónimo says:

          Um juíz ou tribunal pode ser um último recurso, mas lei está do lado do consumidor neste caso, pelo que uma reclamação devidamente fundamentada num livro de reclamações (caso o vendedor se recuse a aplicar a lei) e uma participação à ASAE é suficiente para resolver a situação. Se não for, um tribunal arbitral pode ser uma solução simples e que não requer assim tantos custos. As pessoas têm é de fazer valer os seus direitos. Ver o decreto-lei n° 67/2003, nomeadamente o artigo n°4. Pessoalmente já tive um problema bastante menos grave com um ASUS e tive direito a um reembolso integral do valor do equipamento pela ASUS, seis meses depois de o ter adquirido.

          • Celso says:

            Óh santa ignorância… Vai lá tentar trocar o processador então…

          • Anónimo says:

            Lol. Right back at you…

            Se tivesse nesta situação, era o que faria, mas não estando, resta-me tentar ajudar quem está. Com a fundamentação legal que indiquei, por experiência própria e de terceiros, é possível fazer a resolução do contrato (uma aquisição é um contrato entre o consumidor e o vendedor). No meu caso era um portátil que fazia, aleatóriamente toques fantasma no touchpad. Da primeira vez trocaram o equipamento por um novo e da segunda devolveram os 1700€ que o mesmo tinha custado. A lei está do lado do consumidor…

  20. Hugo says:

    Comprem Ryzen foi o que eu fiz.

  21. Corvo says:

    E que tal “suportar” os custos a quem recentemente adquiriu algo novo com defeito?!?!? Sim, simplesmente assumir a culpa e aceitar “os defeituosos” pelos “novos”!

  22. okapi says:

    O problema não é a falha porque ela já tem 10 anos, é o facto de a Intel saber do problema desde Junho do ano passado e não fez nada para retirar os PC s do mercado ou advertir o cliente do problema e quem quisesse que comprasse com um preço menor. A atitude deles é que é reprovável e a quem comprou depois de Junho devia de ser compensado de alguma maneira.

  23. José P. says:

    Entao mas já se esqueceram dos processadores dos telemoveis? Dos servidores em que vocês tem o email, facebook, contas do ebay, etc ??? Sao duas falhas que abrangem quase todos os processadores no mercado, de tudo o que “mexe”…

  24. master says:

    Calma.. não se passa nada.Quem fez os cpu ainda nao corrigiu quanto mais ja estar a ser uma falha explorada por hackers… Relax e bora po Facebook e jogar uns games.

  25. Fábio says:

    A pergunta é … vão trocar os processadores novos pelo quê? Tudo bem que o erro existe, é verdade! eu também comprei um 8100 e ele continua a fazer aquilo que a Intel “prometia”, faz tudo bem não tem falhas aparentes e afinal estão com medo de quê? Ninguém quer saber de vocês para vos hackear, provavelmente são os mesmos que dizem “AMD aquece muito” ou “Só gosto da Intel, … porque … sim(?!?!)”, são os “modinhas” que não percebem nada da coisa, vivam as vossas vidas, devem ter tanta coisa para resolver estão aqui com medo que a mulher descubra as conversas marotas com a vizinha do lado …

    • Anónimo says:

      Isso é uma visão redutora do problema. A situação é grave, pois quando num datacenter uma máquina virtual ou um container conseguem aceder a informações de processos de outras VMs ou containers, é uma falha de segurança bastante grave pois introduz falhas em processos que deviam ser seguros. Assim não é possível garantir a segurança dos sistemas e dos dados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.