Quantcast
PplWare Mobile

Leopard Extreme – Um dos mais potentes PCs com Ubuntu

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. JP (djlinux) says:

    Pelo que tenho visto e lido a System76 é a melhor a fazer maquinas que consigam por o Ubuntu a voar sem qualquer problema.

    • Rui B. says:

      O ubuntu corria no meu portátil sem qualquer problema…

      • NT says:

        Pois e corre em muitos computadores sem problema!

        A grande vantagem de teres um computador da system76 (entre outras poucas) é que tens suporte do fabricante para linux, em vez de quando em vez andares com “tweaks” manhosos para por este ou aquele hardware a funcionar.
        E com a força que a Microsoft anda a fazer com Secure Boots e afins é bem melhor teres um computador que vem com a garantia do fabricante para correr linux. Tenho é ‘medo’ devido às alterações anunciadas pela canonical (mir, upstart e afins) que pode tornar o sistema ‘incompatível’ com outras distros.

        • lmx says:

          boas…

          o upstart não torna o sistema incompativel, ele é usado em muitas distros…basicamente actualmente estão-se a seguir dois caminhos systemd ou upstart.
          Os dois teem vantagens e desvantagens…

          O upstart é mais facilmente configurável(para quem vem do sysvinit), mantém alguma da filosofia do sysvinit…

          O sustemd é mais performante, mas requer mais conhecimento, muito deste não era preciso antes, ou era utilizado noutro sentido…tem menos seguidores, por isso, mas é mais performante…e salvo erro mais seguro…não sou um expert na matéria.

          Debian wheezy salvo erro ainda usa o velhinho e em muitas coisas espectacular SysVinit, graças a deus 😀 , graças a deus porque é mais facil “masusear” …

          Em relação ao mir/xmir …em parte pode ser entendido assim, porque o suporte para mir/xmir, será menor por parte de outros que não a canonical, mas ele vai aparecendo…no entanto por exemplo a Intel recusa-se actualmente a dar suporte ao mir/xmir…por politicas de mercado, ou porque a M$ assim o deseja(no entanto ja existe código criado para o suporte, mas não foi submetido…no entanto está disponivel 😉 ).

          mir/xmir-wayland …são opções em que demorará algum tempo a que haja um grande suporte para os mesmos…os próprios fabricantes d egráficas também não gostam de ter que gastar dinheiro a suportar mais requisitos…eles querem fazer dinheiro…

          Nenhum destes é um problema para quem corre ubuntu…o excesso de opções sempre foi uma vantagem no mundo linux…

          a mercedes, a google, e os Alemães, não se preocupam muito com isso…

          http://www.techdrivein.com/2013/09/google-driverless-cars-are-using-modified-ubuntu.html

          http://www.omgubuntu.co.uk/2013/09/ubuntu-appears-in-mercedes-benz-self-driving-car-promo

          http://www.theregister.co.uk/2013/09/16/windows_xp_ubuntu_offer_munich/

          cmps

      • JP (djlinux) says:

        Boa… Também corre no meu a 7 anos sem qualquer problema… Não invalida em nada o que escrevi em cima… Certo?

  2. kkcoisa says:

    Maquinão para jogos ou edição video. Ubunto nisso é um crime.

    • tudo depende das ferramentas que usas, podes usar Blender para fazer animação, ou lightworks para fazer edição de video…

      e os jogos começam a surgir, claro que podes sempre instalar o windows ou o Mac OS(se o hardware o permitir claro) naquilo para poderes ter acesso a outras ferramentas…

    • Alfie says:

      Tens razão ubunto é crime, mas Ubuntu já não. Lá para jogos não sei, sei é que no fime “Salteadores da Arca Perdida” a sequencia da vagoneta a voar só foi possivel porque foi filamda e tratada em tempo real por uma máquina a correr Unix. Por isso para edição de video não há problemas.

    • lmx says:

      crime era vir com windows…um sistema pago e e cheio de virus feito por uma empresa que tem um pacto com o diabo(nsa, etc)…um sistema gigantesto, etc…

      Isso sim era um crime!!

      cmps

  3. MigM. says:

    Ubuntu nisto para quê? Para poderem vendê-lo 100 euros mais barato?
    Isto é uma boa máquina para design e multimédia, mas terá de se instalar windows… ou seja, la se vai a poupança.

    • Pedro says:

      Porque é que tem que se instalar o Windows?
      É completamente desnecessário porque tens todo o tipo de ferramentas em Linux que se usa no Windows.

      Quem dizer aprender a trabalhar com alternativas open-source é só perder um pouco de tempo que consegue substituir todo o software pago.

      Além do mais a System76 vende exclusivamente PCs equipados com Linux.

      • MigM says:

        Já referi isto várias vezes:
        Não há alternativas viáveis em open-source para o suite da Adobe por várias razões: licenças de uso de padrões de cor e outros que open-source não têm (ou seja, PANTONE, CMYK, etc.)
        Video e som há problema de drivers para os interfaces audio (processadores, gravadores, mesas, etc.).
        Portanto, a não ser que alguém mostre efectivamente que há alternativas ao Adobe Suite (e ProTools, Cubase, etc.), eu continuarei a afirmar que não há alternativas ao software pago para Windows e MacOS.

        • Pedro says:

          Ou seja porque num caso de uso específico não encontras alternativa no Linux, então Linux não serve de alternativa em geral. Certo.

          Então e a quantidade de software específico que existe para Linux ou Mac e não existe para Windows?

          Tens mais que muitas alternativas para o Photoshop em Linux e se nenhuma é perfeita, conjugando algumas delas consegues substituir as Adobe Suite para 90% dos casos. Conjuga Krita com GIMP com Inkscape e mais dois ou três programas e vê se não substituis o Photoshop.

          • MigM says:

            Casos específicos?! Sabes que em design em formato físico (impressões) só se trabalha com CMYK, PANTONE, e outros? Tudo o que recebes em casa de folhetos de publicidade, os outdoors na rua, os cartazes, as capas de CD, caixas de software e hardware, tudo, tudo, tudo, é obrigatoriamente feito em CMYK e/ou outro padrão de cor (Pantone e outros)?! Como podes ver, não é específico.
            Sabes que as revistas são em CMYK ou Pantones?! Jornais a cores são em CMYK!
            Como podes ver… afinal, afinal… estamos a falar de todo um mundo enorme que tu chamas de caso específico!! 🙂
            Depois, 3 software para substituir 1 é ridículo.
            Além do mais, o GRANDE software é o InDesign, que é a chave disto tudo. Arranjas-me uma alternativa para o InDesign?

          • MigM says:

            Além do mais, o Photoshop não é um software de vector puro.
            Para vector puro a Adobe tem o Illustrator.
            O suite Adobe Design (Photoshop, Illustrator e InDesign), tem uma coisa que os outros não têm, que é a integração transversal das funcionalidades e que torna todo o processo criativo e de montagem final mais simples, rápido e eficiente.

      • Nelson says:

        Dizes isso porque não sabes que o GIMP é muito mais lento que o Photoshop

        Porque não sabes que o Photoshop, ao contrário do GIMP trabalha a 16 bits por canal de cor, ao contrário de apenas 8 no GIMP

        Também não sabes que o Photoshop normalmente é utilizado como impressor, e o GIMP não faz um trabalho metade do bom.

        E o suporte de cores Pantone CMS (Color Matching System)? Zero! Não é?

        Deves desconhecer por completo o que é um ficheiro RAW, e os sistemas Open Source não se parecem, nem de perto, nem de longe, com os outputs dos sistemas proprietários.

        Se utilizares uma Nikon, Canon, Leica, PhaseOne, Hasselblad, Pentax, Olympus, Sony, etc. etc. etc. só tens suporte no Mac OS X e no Windows, ou seja, que câmera vais comprar que seja compatível com Linux? A câmera do Raspberry Pi?

        Para video? Não tens nada como o Final Cut Pro do Mac, depois do FCP do Mac, tens o Premiere da Adobe, e o Vegas da Sony, de resto, tens as ferramentas amadoras, ferramentas do Linux que nem aceleração por hardware têm!

        Enfim…

        Eu uso profissionalmente e na minha área Linux, é um bom sistema operativo para infra-estruturas e dispositivos embebidos, mas para Desktop e Workstation é uma nulidade.

        • Mario Junior says:

          Coooooommboooo break! xD

          Realmente, concordo com o seu comentário. Os linuxistas tem que parar com essa mania de falar que pra todo software de Windows ou OS X, tem uma alternativa para Linux.

          Primeiro, quando tem nem sempre é tão bom quanto o disponível para Win ou OS X, e ás vezes é até uma *censored* comparado aos proprietários.

    • AkiAli says:

      Essa é boa ! A System76 é especializada em montar computadores com Linux (Ubuntu).
      Ora vejamos TODOS os outros grandes fabricantes de obrigam a levar/pagar o Windows.
      Por isso acho muito bem esse excelente desktop para Linux. Para Windows a escolha não falta em qualquer loja (é pena que para Linux é uma miragem).

  4. Ivan Cantarino says:

    Quando criei o artigo do novo Mac Pro da Apple era quem mais dizia que era um preço absurdo e etc., para este que custa +5000€ já não é caro!
    Enfim… Haters!!

    • Rui says:

      Quando tem maça é caro, o resto não 🙂

      • Nelson says:

        Claro… como já vimos…

        Esquecem-se que os Mac Pro têm processadores Intel Xeon, e não “Pentiums”, têm RAM ECC e não “Super Pro Overclock”, têm discos industriais e não “Super Speedy”, têm uma marca, com documentação, garantia, reputação, e não montados com uma chave de fendas numa garagem de alguém… têm placas gráficas de Workstation e não de jogos…

        Comparando com DELL’s e HP’s workstation, por exemplo, têm preços competitivos…

      • Nelson says:

        PS: 2 processadores… o que é bem diferente…

        Uma motherboard com 1 CPU custa menos de 100€, uma com 2 CPU custa 500€ para cima, já para não falar do preço do CPU, que nem sequer é Core i3/i5/i7, é Intel XEON.

    • pedro ubuntu says:

      meu amigo sera que ouvi bem ???
      estas a tentar comparar a APPLE com o LINUX ??????????

      USA army usa linux:
      http://news.cnet.com/8301-11386_3-57449783-76/u.s-navy-turns-to-linux-to-run-its-drone-fleet/

      linux rules in financial:
      http://www.computerworlduk.com/in-depth/open-source/3297284/linux-rules-the-world-of-international-finance/

      nasa opts for linux:
      http://www.cbronline.com/news/nasa-opts-for-linux

      bom para design é linux nao a apple:
      http://blogs.computerworld.com/pixars_rendering_software_big_on_linux_servers_not_mac

      linux equipa 95% dos supercomputadores:
      http://itsfoss.com/95-percent-worlds-top-500-supercomputers-run-linux/

      cern:
      http://linux.web.cern.ch/linux/

      nsa:
      http://www.nsa.gov/research/selinux/

      meu estas desactualizado,,,,achas mesmo que se a APPLE fosse
      melhor que o linux o exercito norte-americano o escolheria ??????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
      achas mesmo que se a apple fosse melhor que o linux os maiores estudios de animaçao deste planeta (PIXAR,DREAMWORKS,DISNEY,HOLLYWOOD) teriam mudado par LINUX ?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

      enfim apple fanboys ….

      • Ivan Cantarino says:

        Em primeiro não estou a comparar sistemas operativos, mas sim equipamentos.
        Se não leste bem, lê novamente.

        Ninguém falou de SO que as forças armadas usam, não sei porque alma te foste lembrar disso.

        No artigo que escrevi, que certamente não leste, descrevi as características do equipamento e as críticas foram maioritariamente as mesmas, ao que neste computador ninguém comenta os preços.

        Este equipamento tem 6GB de gráfica, assim como o Mac Pro, 64GB Ram, assim como o Mac Pro, o Mac Pro tem mais espaço SSD que este equipamento, tem 1\5 do tamanho.
        Processador o Mac Pro é Bem superior… Xéon E5 – 12 núcleos vs 6 núcleos deste equipamento.

        Antes de falares e vires para aqui com links das forças armadas americanas e afins, pensa, pois farás melhor figura.

        Fiz um comentário de Hardware w não se Software, se é que sabes as diferenças.

        Quanto a eu estar desatualizado… fazes-me rir !!
        Informática\Tecnologia\Programação são o meu ganha pão rapaz!

        p.s. a máquina descrita é simplesmete fabulosa e eu podia bem com ela, simplesmente realizei um comentário!

        • Ivan Cantarino says:

          LOL e ainda foste falar da Pixar… que é da Apple XD

          • Ricardo says:

            Podias ter ficado pelo outro comentário. A Pixar não é nem nunca foi da Apple. A Pixar foi comprada a título “pessoal” pelo Steve Jobs à LucasFilm e em 2006 ou 2007 a Disney comprou a Pixar, por curiosidade o Steve Jobs com esse negócio tornou-se na altura o maior accionista privado da Disney.

          • ro corrigir um facto, a Pixar foi Fundada por Steve Jobs, ora vai ver no Toy Story(o primeiro) se não aparece o nome do Steve Jobs nos creditos 🙂

        • Alberto says:

          O facto de ser o teu ganha-pão não te torna por obrigação um expert na matéria.

          Quanto ao restante, concordo plenamente.

          • Ivan Cantarino says:

            Alberto, eu disse que era um expert na matéria?

            Enfim…

          • o meu patrão é assim, vende informática não faz a mínima ideia do que se faz a nível de informática hoje em dia…

          • Ricardo says:

            @FERNANDO ANDRADE.
            A empresa depois de comprada pelo Steve Jobs à LucasFilms em 1986 foi rebatizada com o nome “Pixar”. No entanto a empresa em si não foi fundada pelo Steve Jobs, a empresa pertencia à LucasFilms. O Toy Story foi lançado em 1995 e uma vez que o Steve Jobs era o dono é normal que nos créditos apareça o seu nome. Agora dizeres que foi fundada pelo Steve Jobs é asneira, e para não dizeres asneiras mais vale estares calado, não achas?

          • Ricardo says:

            @FERNANDO ANDRADE.
            E para não teres dúvidas visita o site da pixar http://www.pixar.com clica em “About” e depois em “Our Story” e lê com atenção…..

      • MigM says:

        Que software é usado na Pixar? Isso é que é importante e não onde o resultado final é renderizado. 🙂

      • Nelson says:

        Primeiro, o Linux não é tuilizado para design na Pixar, mas para rendering farms.

        Segundo, não percebes nada do assunto… comparar uma Kernel (Linux) com um Sistema Operativo, e plataforma (Mac OS X)…

        Terceiro, tudo o que podes fazer no Linux, podes fazer no OSX, menos correr o OSX em computadores que não Apple, portanto, é por isso que não vês OSX nos supercomputadores, que são coisas que nem devias pronunciar, dado que não deves ter ideia do que é um supercomputador, sequer…

        Quarto, quando fizeram um super-computador com PowerMac G5, foi o terceiro melhor supercomputador do mundo, e custou ¼ do 2º, e menos de metade do 4º: https://www.youtube.com/watch?v=SlWnv4-H0W0

    • Cenas says:

      Era caro para as especificações que tinha…

    • Jorge Barbosa says:

      “O preço base da máquina é de $1699.00 (cerca de 1270€) com as seguintes características:

      CPU: Quad-core Intel Core i7-4820K @ 3.70Ghz
      RAM: 8GB DDR3 RAM (1866 MHz)
      GPU: 1GB nVidia GeForce GTX 650 (384 CUDA Cores)
      Disco: 120 GB Intel 520 Series Solid State Drive ”

      Os 5000 é até onde pode ir!!!

      Diz-me se arranjas um apple com estas configurações base ao mesmo preço ou parecido 😉

    • Nuno Vieira says:

      Pois claro, é que uma Nvidia GTX Titan 6GB e igual a uma ATI HD 5870 1GB. o Leopard Extreme de topo traz 4 disco de 4TB (16TB) mais duas SSDs de 480 GB compara isso com o Mac Pro em que só podes colocar 4 drives.

  5. Pedro Queirós says:

    “Quer um PC com um CPU de 6 núcleos, 16 TB de memória …”

    -> Memória de armazenamento: até 12 TB, SATA III, Hot Swap

  6. Charles says:

    Qual é o nome da caixa? Pode ser comprada em separado?

  7. Daniel says:

    Acho que com um hardware destes até dá para correr ni Ubunto uma maquina virtual para emular o windows 8, que por sua vez pode correr uma maquina virtual que corra o windows 7 que por sua vez corra um emulador de play station (se existir) que por sua vez corra um versão crackada do GTA V, e com o Battlefield 4 a correr em background numa das maquinas virtuais com windows, só para meter nojo!!!
    Xiça penico!! Com tanto poder de processamento, memoria e disco tem de trazer umas buchas metálicas e parafusos de 10mm de diametro para prender a maquina ao chão para não abalar a fugir!!

    PS:
    Para quem não percebeu, eu estive sempre a ser sarcástico!! 😀

    • lmx says:

      a paret do sarcastico…foi meu esquisita…

      com que então para jogar precisavas correr maquinas virtuais??

      Fazes me lembrar…um colega de faculdade que tive…ninguém queria fazer trabalhos de grupo com ele…porque ele metia-se em apuros no seu mac e depois…não trabalhava 😀

      Então…ele tinha um mac, em cima do mac corria o win 7 virtualizado, e em cima corria o cigwin…

      que é um abiente virtualizado para teres por exemplo o compilador gcc a correr no windows…

      como se isso não bastasse programava na maquina virtual windows…

      epa aquilo estava sempre a dar buraco, ela lento, e o esquema do teclado , bem …era um kungfu desgraçado…

      Sinceramente não percebo a vossa forma de pensar…

      Então não poderias jogar directamente na maquina base?? tinhas de criar duas maquinas virtuais, e uma dentro da outra, para trabalhar??
      Isso é mesmo como o outro artista…assim não ha maquina que aguente…e ai de quem disse-se mal do seu MAC ou método de trabalho…comia-te logo vivo 😀

      cmps

      • Gerardo says:

        Ele disse que tinha de fazer alguma coisa??? Foi uma piada para Geeks. Eu ri-me 😀

        Ele disse que com um maquinão daqueles dava para fazer XPTO, não disse que era necessário fazer XPTO. Ainda por cima para os menos dotados que não entenderam a piada à primeira, fez a ressalva que estava a ser sarcástico.

        Mas tu nem com a explicação chegaste lá 😀

        • lmx says:

          boas…

          revê lá o sentido das coisas…

          ele disse algo que de alguma forma favorece o sistema, mas sendo bastante orintador para o facto de ter que correr windows para jogar…

          No final diz que afinal está a ser sarcastico…portanto de alguma forma nega o que disse antes…

          Se reparares no meu comentario verificas que chamei a atenção para isso no inicio do mesmo…

          Será que fui eu que com a explicação não percebi? 😀

          cmps

      • Daniel says:

        lmx
        Eu não disse que o faria, o meu Portugês pode não ser lá muito bom, mas nunca disse que o faria, além estar a tentar ser sarcástico, estava unicamente com esse mesmo sarcasmo tentar enaldecer as brutais caracterisitcas da máquina ao ponto de se poder fazer uma Matryoshka de virtualizações absurdas e ainda sobrar poder de computação para dar e vender (mais um sarcasmo :D)

        Por acaso também tive um colega na universidade que adora o Linux e tinha uma distro , CentOS se bem me lembro, instalada e a correr windows XP virtualizado em cima do linux (já foi a uns anos), eu fui umbocado menos arrojado e instalei o CentOS com opção de arranque no boot para escolha de OS entre o linux e o windows.
        Mas esse colega, ao contrario do teu, safava-se bem ao ponto de ter conseguido fazer o projecto de final curso com o esse arranjo, dimensionar e simular o funcionamento um circuito de controlo para um conversor DC-DC com software tipo SPICE (que por acaso só funcionava em Linux) e calculo numerico brutalissimo ao ponto de deixarmos os PC’s a mastigar dados, ir beber um café ao bar da escola voltar e ainda esperar pelos resultdos!!

        Mas sim, concordo com o que dizes no fim, nunca criticar um dono de Apple, principalmente criticar o seu equipmento!
        Não sei porquê, mas quando alguém se torna dono de um objecto dessa marca fica um bocado territorial como machos com cio a tentar defender terreno! (agora tou a ser matafórico :D)!!!

        Cmps!!

  8. Alexsandro says:

    Dá pra imaginar o tempo de boot dessa brincadeira :P…

  9. Nelson says:

    A primeira coisa que faria era limpar o Ubuntu e meter-lhe Debian ou Arch.

    • Alberto says:

      Olha… eu a primeira coisa que fazia era borrifar-me para o pc, pegava no dinheiro e fazia um upgrade ao velhinho golf 3 tdi, agora andam aí a montar dispositivos de hidrogénio nos carros para poupar combustível.
      Se sobrar dinheiro falo com aí com um expert qq e ponho um tablet com ubuntu ligado o carro.
      Qual mac, qual windows, qual linux…. vamos mas é gastar a massa nos copos e uma jantarada com a malta!

      • Daniel says:

        Olha… isso é que é tabaco, alcool e gajas e que lixe os computadores!

        Com 5000€ dava para por as kengas todas do Passerelle a fazer lap dance e afins, além de malhar copos de wiskey a noite toda!! 😀

        • lmx says:

          epa…isso já é demasiado hardcore…e altamente destructivo 😀 lol

          mas gajas, desde que seja producto denominado, com selo de qualidade garantida, e sem doenças por trás do aspecto visual…acho que será normal a malta gostar…digo eu 😀 lol

          caso contrario prefiro os Pc’s…é sempre melhor do que apanhar uma virose e no dia seguinte acordar…olhar por exemplo para os pés e contares por exemplo 6 dedos em cada um. Pimba…ja foste infectado!! 😀 lol

          cmps

        • JFMoreira says:

          Epá, o tabaco é que está a mais!! 😀 😀

      • coisos says:

        Tantos comentarios e o unico com razão és tu!!
        vamos todos pó tasco do zé amandar umas mines abaixo!!

  10. Nuno Rodrigues says:

    Seria interessante se existi-se um revendedor em portugal da System 76.

  11. P. says:

    Um bom artigo!

    Já sigo a System76 há uns tempos e and a namorar esses equipamentos. Infelizmente há três grandes causas para ainda não ter optado por estes aparelhos.

    1- É expedido de um pís extra comunitário logo deverá pagar um acréscimo de 20% alfandegário
    2- Os portáteis não tem opção de mapa de teclas para português
    3- Não há garantias de reparação hardware (a não ser que o enviamos por correio overseas a nossas custas).

  12. Jorge Rosa says:

    Aviso que o i7-4820K é Ivy Bridge-E, no Socket 2011, não tem nada ligado ao Haswell, que está apenas presente no Socket 1150.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.