HP passou a rejeitar tinteiros não oficiais nas suas impressoras


Destaques PPLWARE

93 Respostas

  1. Alex says:

    Está na hora dos fabricantes mudarem o seu modelo de negócio relativamente às impressoras – se por um lado o preço aquisição é baixo, “roubar” as pessoas com os tinteiros é imoral.

  2. okapi says:

    Eu só conheço 2 marcas de impressoras e todas que comprei eram de qualidade acima da Media e o pior lixo foram as HP em cinco anos foram duas e ainda bem que não uso mais nada dessa marca. Depois de ter conhecido a Canon não quis outra e esta ultima MP640 já com mais de 7 anos a funcionar sem problemas e sem crises de tinteiros.

  3. luis says:

    é facil, é só escolher outra marca de impressora, até porque as hp já não são o que ream

    • poio says:

      Não são o que eram, mas nenhuma outra marca o é

    • mafidi says:

      É só… calma lá, a minha impressora por acaso é Epson, mas é impressora, com fax, com digitalizadora de alta qualidade, e que permite digitalizar um molho de folhas uma vez… como deves perceber são aparelhos caros. Se a Epson dizer o mesmo não é “só” trocar de impressora…

  4. Filipe Abreu says:

    Sempre a mesma treta e as mesmas desculpas “but also to improve the safety of products for customers.” Eles já tinham isto a imenso tempo, de avisar que o cartucho era falso ou não era genuíno.. Por tanto a HP que poupe nas a palavras, se quisesse e tivesse mesmo preocupada com os consumidores deixaria como estava antes.

    A partir do momento em que compro a impressora, ela é minha repito MINHA ponho,posso e vou por o que quiser nela, se alguem tiver problemas economicos e não optar pelos cartuchos originais? Pois, agora não pode.

    A HP que fique contente por ainda comprarem impressoras deles, sempre é algum €€ que entra.
    Os tinteiros são caros, nem todos podem comprar todos os meses! Há alguns que preferem poupar.

    Uma vergonha, se isto acontecer mesmo já vamos ver para onde vai a impressora da HP.. Vou a concorrencia e compro. Nenhuma empresa de impressoras tem o direito de fazer isto, principalmente quando é o consumidor que comprou e pagou por uma impressora que é sua por DIREITO.

    O que eu faço na impressora depois de comprar é problema meu, eu numa empresa só quero duas coisas SUPORTE e Bons Preços não quero mais nada!

    É triste, mas assim vai perder muito uma vez que há pessoas que compram impressoras da HP mas usam tinteiros não genuinos (e não são falsos, não me venham com isso… São é de outra marca, tal como a marca pingo doce é marca branca, no entanto não é falsa!)

    Espero que esta decisão seja revista e cancelada.

    • Hugo says:

      Filipe realmente a impressora é tua e fazes o que queres 100℅ de acordo. Agora já que é tua quando ela avariar porque os tinteiros ou toners já passaram o limite máximo de reenchimento e começam a libertar tinta ou toner na impressora é a fanificam. Não vás HP pedir suporte pois foi o facto da impressora ser tua que fez com que a tua escolha criasse avaria nela. Pensa num pouco nisso também. Compreendo a tua indignação, mas como ex field Engineer desta marca que me deu condições de vida e trabalho maravilhosas, compreendo o porquê deles o fazerem. Eu próprio dei prejuízo a minha empresa em muitas vezes aceitar garantia em impressoras com consumíveis não originais que danificaram as máquinas.

  5. paulex says:

    Parece demasiada coincidência, este “impedimento” ter surgido após a HP ter comprado o negócio das impressoras da Samsung (https://pplware.sapo.pt/informacao/hp-compra-negocio-das-impressoras-a-samsung-por-mil-milhoes/)… “Tique” monopolista? Ou encaixe financeiro urgente para colmatar a compra recente…?

  6. Chicosoft says:

    Já uso brother aos anos pelo simples facto de conseguir comprar tinteiros(cada cor) a menos de um euro. Claro que não são oficiais, mas não estou a ver a brother dar um tiro no pé desses

    • JV says:

      Um tiro no pé? Se eu pudesse também usava tinteiros de linha branca mas tiro no pé é não perceberes o modelo de negócio destas marcas. Eles não vendem impressoras, vendem tinta. Não lhes interessa ter clientes que não utilizem tinteiros originais, caso contrário não recuperam o investimento (ninguém lucra com impressoras a 50€).

      • Rui Pedro says:

        Se o pessoal deixar de comprar as impressoras da HP, eles vendem a tinta a quem?
        Não se pode tomar medidas tão drásticas. As tintas (oficiais)das impressoras são mais caras que muitos dos materiais valiosos à face da terra. Pra eles só dá prejuízo se assim quiserem.

    • anjodefogo says:

      Meu caro, lamento informar-te que, aqui na empresa, temos uma Brother a laser e esta esta apareceu o erro de cartucho (reciclado, claro está…)! Hoje surge esta notícia!
      Para os incautos e tanto quanto sei, a brother pertence à HP… e agora até a Samsung!
      Enfim…

    • David Guerreiro says:

      Também tenho uma Brother assim. A Brother não fará o mesmo, pois a cota de mercado é muito inferior. A HP como praticamente tem a maioria do mercado pode dar-se ao luxo de fazer isso.

    • K0izo says:

      HP “Jaméh!!”

      Por aqui é tudo Brother, as melhores em relação a custo/beneficio, para alem de tinteiros de concorrencia a 5€ com cores separadas.

  7. Céptico says:

    Próxima impressora que comprar não vai ser HP…

  8. PRETOgues says:

    já não uso HP á n de tempo.
    EPSON, pode ser lenta mas os tinteiros são baratos e os de linha branca ate se pode dizer que são de borla.
    antes gastava cerca de 100€ anuais em tinteiros e era sempre em economy print, agora gasto +/- 15€ anuais e sempre em modo normal.

    • Kekes says:

      Eu tenho cartuchos recarregáveis, e gasto cerca de 22€ anuais e imprimo cerca de 5000 páginas.
      Não posso estar mais satisfeito, além que têm uma qualidade de fotografia excelente.

  9. Filipe says:

    Considerando que comprar tinteiros originais fica ao preço de comprar uma impressora nova, sai mais barato comprar uma impressora de outra marca.

  10. Pedro Martins says:

    As pessoas têm sempre tendência de pensar que quando compram tinteiros só estão a pagar por tinta, a verdade é que a tecnologia de todo o invólucro e a formulas dessa mesma tinta levam anos a desenvolver e custam milhões de dólares. Ao contrario das tintas compatíveis as originais não são meros corantes e têm de respeitar rígidas normas, ecológicas e de resistência (aos elementos, ao tempo, à água etc.).

    Para além disso cada vez que uma empresa reenche um tinteiro está a roubar a HP da sua propriedade uma vez que o involucro que irá receber a tinta é HP e foi produzido pela HP. Era o mesmo que eu produzir uma bola de Berlim e outra empresa reencher a minha bola com outro creme de pior qualidade e ainda ganhar dinheiro com isso (passo o exemplo simplista).

    Se o cliente for bem aconselhado no momento da compra da máquina e levar uma máquina de acordo com as suas necessidades os custos de manutenção de tinta são relativamente baixos.

    • nelsontb says:

      “está a roubar a HP da sua propriedade uma vez que o involucro que irá receber a tinta é HP” e a partir do momento que a HP o vendeu, passou a ser propriedade de quem o comprou

    • Freitas says:

      “custos de manutenção de tinta são relativamente baixos” Em que mundo vives! Eu tenho uma Brother se tivesse de comprar os tinteiros originais eu gastava uns bons euros em tinta, eu tenho uns tinteiros com tampa e compro frascos de tinta para os encher, imagina quanto não poupo, imprimir em A3 com cor tudo preenchido é lixado.

    • Miguel says:

      E eles vendem o invólucro. Uma vez. E esse invólucro é vendido. Uma vez. Se comprares recarregáveis já só pagas a tinta.

    • Mike says:

      E sabes como a HP deveria de resolver o seu problema? Juntar-se aos outros: dar a opção ao consumidor de adquirir um tinteiro recarregável e as respectivas tintas, ou tinteiros “low cost” idêntico aos compatíveis. Podia ainda manter os tinteiros actuais “premium”. No fundo é como os combustíveis: há os de “linha branca”, os de “marca” e os “premium”. O consumidor escolhe o que melhor lhe serve na carteira! E vendo a quantidade de pessoas que abastecem em bombas de combustível do tipo Pingo Doce e Jumbo, acredito que a HP ganharia muito mais a vender os seus tinteiros “low cost” do que ter feito o que fez. Mas há directores de empresa que não sabem pensar mais além e apenas surgem ideias para consumidores do nível monetário deles próprios, que serão muito poucos! Enfim…

  11. Rui Afonso says:

    Se num automóvel posso escolher qual o fabricante dos pneus; do óleo do motor, do combustível, do líquido de arrefecimento; etc agora a HP vem com esta prática “porca”! Digo mais, a HP tem uma politica abusiva e intrusiva, pois está sempre a pressionar os seus utilizadores para inquéritos, supostamente para benefícios do cliente… vê-se….

  12. Carlos Sousa says:

    Na minha opinião é um verdadeiro tiro no pé por parte da HP.

    Mas não nos esqueçamos que a HP acabou de comprar o negócio das impressoras da Samsung e o seu mercado é agora ainda mais vasto do que era.

    Conheço muita gente que, mesmo os tinteiros sendo estupidamente caros, não compram outros que não os oficiais.

    Eu tenho uma Epson XP-335 (nova) e já está a “comer” tinteiros de concorrência. 🙂 De salientar que realmente também surgiu uma mensagem de aviso, mas não no sentido de privação do uso daquele tipo de tinteiros.

    • Alberto Crista says:

      comprei o buy 2 na loja o preto aceita o cores nao sam dahp da malasia dec 2018 como abri a loja nao troca se comprar outro lavai mais 27

  13. li70 says:

    Je usei epson so problemas mecanicos e com tinteiros, usei hp na altura era muito bom, passei a usar canon e etou satisfeito, parece que brother tambem é um bom investimento.

  14. Amilcar Alho says:

    E como a HP consegue actualizar o FW das impressoras?
    Isso aplica-se a modelos a sair da fábrica agora, ou a impressoras já antigas?
    Por exemplo, tenho uma C3180 de 2007, isso aplica-se a essa?

  15. Bob says:

    Adeus HP (para casa) 🙂
    Mas o meu modelo não tem updates de firmware. Assim que este falecer, salto para Epson ou Brother.

  16. Rafael Duarte says:

    Cheira-me que não tarda muito e a HP vai levar com uma daquelas prendas que a comissão europeia costuma dar a quem se mete com habilidades destas.
    A microsoft ainda há pouco tempo foi multada por mais de 500 milhões de euros porque “não perguntava” qual o browser que o utilizador queria usar e instalar no windows.

  17. Kekes says:

    Tenho uma Epson com um firmware super antigo, mas funciona. Tudo para evitar estes problemas. Se querem continuar a usar tinteiros de marca branca não actualizem o firmware das impressoras.

  18. Hugo says:

    Isto não era já comum acontecer?
    Tive uma hp que não aceitava tinteiros reutilizados, no entanto havia forma de dar a volta seguindo meia dúzia de passos.

  19. Carlos Cardoso says:

    A maneira mais fácil para as marcas e por os tinteiros a um preço equivalente aos de marca branca , ainda ganham mais com isso , as pessoas passam a comprar.

  20. Daniel says:

    Agora faz sentido o porquê de há uns tempos para cá a minha impressora acusar sempre erro nos tinteiros reciclados. Pois eles ainda estavam a mais de meio e ela dava erro. E a minha impressora é uma C6380, e já tem alguns anos. O mais engraçado é que eu não atualizei firmware nenhum, mas no entanto ela tem conexão à Internet a toda a hora por estar ligada em rede.

  21. Luís says:

    Quer dizer que na hora de comprar nova impressora, que espero que seja daqui por muitos anos, não irá com certeza ser HP. Espero que já agora que as outras mars não vão pelo mesmo caminho…

  22. Luís says:

    Eu cá tenho HP e uso só tinteiros oficiais…
    Agora, um tinteiro para mim dá-me para meio ano, se não for mais. Dou mais uso ao scanner do q à impressora. E tendo em conta q quando uso, uso mais o preto, aprox 30€ de 6 em 6 meses +- não me parece exagerado

  23. Hugo Santos says:

    O truque é ter sempre o firmware antigo… 😉

  24. Alucard says:

    Que tiro no pé tremendo. Impressoras HP a partir de agora, jamais!

    E a UE não terá nada a dizer sobre esta prática e os direitos dos consumidores? É que afinal de contas, o cliente compra uma impressora com uma funcionalidade que lhe é retirada por update!

  25. MLopes says:

    considerando um volume de impressão de um pequeno escritório com 3 ou 4 pessoas, a necessidade de imprimir rápido, com possibilidade de impressão a cores e com um baixo custo por página, que impressora comprariam?
    pelo que tenho visto parece-me que, para este caso, as laser continuariam a não compensar já que ou são muito caras ou os custos por página são muito altos :(, ou conhecem alternativas?

  26. Joaquim says:

    Para mim, isso de impedirem que as impressoras não possam usar tinteiros de marca branca, não é novidade. Eu comprei há 4 anos uma impressora de outra marca (como isto é público, não vou dizer qual é), que assim que coloquei tinteiros de marca branca, a impressora deixou de funcionar. Ao ligar para os serviços técnicos da marca, foi-me dito que só podia usar os tinteiros da própria marca, caso contrário, a impressora deixava de funcionar. Ao colocar o pack de tinteiros da marca, voltou a funcionar, 5 estrelas, e ainda a tenho!

  27. Ze says:

    Tenho computador há mais de 25 anos e nunca tive impressora, deixem-se dessas coisas, é algo inútil, só serve para esvaziar a carteira, ainda por cima jacto de tinta.

    • MLopes says:

      se tiveres um pequeno escritório é inevitável teres impressora. pelo que tenho visto as laser aí têm um baixo custo de impressão por página ou são mais baratas e têm custos por página muito elevados, por comparação com as jato de tinta. estou errado?
      acima até coloquei uma questão sobre que impressora seria melhor para um pequeno escritório de 3 ou 4 pessoas

      • Jose says:

        Ola! Eu como preciso de imprimir muito comprei uma impressora laser de sugunda mao!
        Com aproximadamente 40 euros para o toner consigo imprimir 21000 paginas!
        Se imprimem muito devem procurar uma laser, profissional, de segunda mao!
        O toner original custa muito mais caro – 8 vezes mais que um linha branca!

      • desatento says:

        apesar do investimento inicial ser um pouco mais caro um bom contrato de renting de fotocopiadora multi funções e a cores com um bom contrato de manutenção resolve os problemas da maioria dos pequenos escritórios numa rede de 5 postos mas que seja obrigada a imprimir uma boa quantidade e papel dia digamos tipo 3 resmas de papel a preto e 2 a cores epah impressora não obrigado. Alem de que estas fotocopiadores vem equipadas com modulos de gestão que te permite controlar quem impreme o que onde podendo assim dares umas rabecadas por causa dos preços do toner

    • Aguamenti says:

      Fala por ti.

    • Luís Santos says:

      Pois! Eu tenho um amigo que um dia deixou de fumar mas passou foi é andar no crava, justificou-se que só fumava quando queria (como se outros fumassem por obrigação).
      Um computador há 25 anos e não ter impressora cheira-me a parasita de outros, é por certo só quando necessitas que imprimes algo.

  28. Nuno Valada says:

    As escolhas são bem simples de as fazer, é como escolher o tipo de combustível para o nosso carro, temos os combustíveis low cost e os de marca, mas o consumidor é livre de escolher o que quer para o seu carro. Se avariar dentro da garantia e for provado que o problema é do combustível que optou então a responsabilidade é do consumidor nada mais do que isso o mesmo se passa no ramo das impressoras/tinteiros. Nada nem ninguém deve de obrigar o consumidor, ele é que deve fazer a escolha mediante as opções que tem, ou escolhe as de marca e paga mais por isso ou escolhe as da concorrência que por vezes são tão boas ou melhores que as de marca.

  29. Jose says:

    Deixei de comprar HP à muitos anos devido ao custo dos tinteiros, pois por vezes o preco de um conjunto de tinteiros novos é superior à de uma nova impressora. Nao aconselho HP pois o custo de a manter a trabalhar é muito alto. Actualmente so compro Epson ou Canon! Para dar a volta ao alto custo dos tinteiros comprei 4 Litros de tinta e instalei sistemas CISS. Tenho um CISS instalado na minha Epson e um outro para ser instalado na Canon!
    Os sitemas CISS funcionao muito bem e nao sao dificeis de encontrar no mercado. O seu preco nao é muito elevado. Sao sitemas facis de manter pois depois de bem instalados o que é necessario é somente colocar mais tinta nas ‘garafas’.
    Com 4 Litros de tinta (4 cores – compativeis com muitas marcas) penso ter tinta para alguns anos. Se alguem estiver interessado num desses sistemas:
    Tinta – baixo custo (procurar fornecedor na Alemanha)
    CISS – baixo custo (procurar fornecedor na China)
    Boa Sorte!

  30. Luis says:

    Tenho uma HP deskjet 3050 ligada por wifi será que eles conseguem actualizar o firmware ?
    Acho que é burla apenas pela falta de transparência…
    Podem sempre dizer o mesmo que os nossos governos dizem dos impostos… Quando todos usarem só tinteiros HP podemos baixar os preços (ou não)

  31. Filipe says:

    Comprei uma HP há pouco tempo, há 3 semanas, e estou contente com ela, e funciona bem.
    Ao meter os tinteiros que vinham com ela, mostrou uma mensagem a agradecer por colocar tinteiros originais da HP, fiquei com a ideia que posso colocar outros tinteiros não originais. Agora se vêm com essa ideia de só com originais sem carregar, é complicado, uma vez que eu gosto de ir a lojas especializadas onde fazem recarregamentos, e o preço fica a 1/3.

  32. RF says:

    Sai mais barato comprar uma impressora nova, do que comprar tinteiros originais da HP…. provavelmente a próxima não será HP!

  33. JJ says:

    Agora já percebi porque é que a minha impressora ontem começou a dar erro nos tinteiros. Inicialmente pensei que fosse por o tinteiro da cor (por acaso original) ter acabado, mas como nunca tinha acontecido estranhei, mas pensei em ir comprar um novo. Assim, já não vou comprar nenhum tinteiro.

    E como imprimo pouco, vamos ver o desenvolvimento desta situação.

    Já agora a minha impressora já tem uns 10 anos, nunca tive um problema. E visto não ter ligação directa a net, actualização foi feita via USB, pelo software instalado no PC.

  34. Jose says:

    Atencao!!! A HP comprou o sector das impressoras SAMSUNG! Logo as SAMSUNG terao o mesmo problema!

  35. Paulo Jaime says:

    É verdade , aconteceu com a minha impressora …deixou de imprimir ou seja começou a imprimir a branco e branco…..sem qualquer aviso ou diminuição da qualidade de impressão ! Solução foi comprar tinteiro original ao dobro do preço

  36. gigbola says:

    Tenho 40 € em tinteiros dentro de uma gaveta, infelizmente dwi-me conta disto demasiado tarde…mesmo twndo sido a quase um ano. Felizmente já sei lugares onde se podem recarregar os rinteiros por menos de 7 €. Xomprar? NUNCA MAIA

  37. AlexX says:

    Não devem conseguir fazer essa actualização nas impressoras ou no driver/software que estejam bloqueados à internet. Uma 950c ainda imprime por aqui mas primeiro espreguiça-se..
    Isto não é novidade, já vem “embutido” em muitas hp desde há anos. Com umas maroscas lá dava para usar outras tintas e deve ser esse processo que conseguiram tornar ainda mais complicado ou eventualmente mesmo impossível.
    Então é só mais uma democracia em abono da segurança do utilizador, já se sabe que tintas brancas podem esguichar para todo o lado menos para o papel..

  38. Luís Santos says:

    Adquiri este ano uma HP 3632 (Print Scan Copy Web – Wireless e Mail) cujos tinteiros (302) estão sempre esgotados (falo de uma Print nova – 2015/16 – sem reposição de tinteiros) à espera de reposição. Para a minha velha HP 1315 (com 15 anos) encontra-se sempre, como sempre foi normal (só é pena que tenha pifado este ano porque era bastante boa). Conclusão: lançam produtos novos e esquecem-se de aprovisionarem o que interessa, tinteiros!
    Sinceramente, gosto da HP (Prints) e nunca tive problemas com elas (15 anos com uma é um grande limite), mas ter uma de 2015/16 (Março 2016) e não encontrar tinteiros nas Worten de Lagos, Portimão, Lisboa, Guarda e Chaves é absolutamente demais. Ou a Worten trabalha mal ou é a HP que trabalha mal.

  39. João Rios says:

    Baixar o preço dos tinteiros nada né…pfff

  40. Serpaboi says:

    É fácil. Passa-se a comprar impressoras da canon…

  41. Antonio Pereira says:

    HP para mim já foi..há alguns anos. Nunca mais comprei produtos desta marca.

  42. jorge says:

    …pois, não terá sido por acaso que a minha HP resolveu a semana passada deixar de imprimir com o tinteiro reciclado, mas não sei porquê deu-me uma vontade incrível de mandar a HP à “FAVA” e comprei uma canon.

  43. Clara Joaquim says:

    Alimentar uma impressora HP não é fácil e em tempo de crise muito menos. Mas como em tudo, a crise é só para alguns e para a HP não é com certeza. Depois desta partida os consumidores HP deviam mandar a HP à … “FAVA” e mudar para outra marca, uma que compreenda as dificuldades de alimentar uma impressora quando se precisa dela para trabalhar e dar de comer aos filhos. É o que vou fazer !!! Mas antes vou enviar os meus equipamentos HP para a HP os pôr … onde preferir !!!

  44. Edson Araujo says:

    Olá amigos de Portugal. sou do Brasil e tenho muito prazer em ler vossos comentários aqui no blog. Essa publicação é de setembro, mas só estou a ler agora e gostaria de comentar. Sou técnico em informática aqui em minha cidade no Estado do Espírito Santo no Brasil. Já a alguns anos havia percebido esse golpe da HP em seus consumidores, Explico: A mais de dez anos atrás já havia percebido que ao recarregar um cartucho não há nada que faça ele parar de funcionar para que a impressora não o reconheça novamente, mas isso acontece constantemente. Sempre após algumas recargas a impressora rejeitava o cartucho e o técnico em informática levava a culpa por “queima-lo”. Recentemente percebi que as atuais impressoras não aceitam mais do que duas ou três recargas, e as vezes em uma única já o invalidam. Isso não é novo, a HP já o faz a muito tempo, só que agora de forma explicita. A muito tempo sou indignado com a HP. Agora vejam nossa situação: Um cartucho de uma impressora simples multifuncional aqui no Brasil custa R$70,00 sendo que vem apenas com 1ml de tinta, isso mesmo 1ml. Calculado o valor do litro, então sairia por R$70.000,00, ou seja o valor de 2 carros populares zero quilometro, pois é isso mesmo. Não sei ai, mas aqui os brasileiros de renda mais baixa é que caem na armadilha da HP e são os mais lesados. Felizmente já existe no mercado as impressoras com tanque de tinta, como a Epson, Cannon e a Brother. Aqui a tinta dessas impressoras ficam em torno de R$60,00 embalagem com 70 ml o que não é caro. Acreditem essa notícia aqui não é novidade para alguns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.