PplWare Mobile

O Facebook está a preparar-se para criar os seus próprios chips


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

8 Respostas

  1. Hugo Gomes says:

    Ainda fica conhecido como processor book ou processor f 😀

  2. gr33nbits says:

    Pois agora é que vai ser o big brother a serio.

    • RAF says:

      Antevejo uma melhor integração em ambientes móveis da app do face (já faz parte do “core” do sitema em vários telemóveis, inclusive alguns grandes como a Samsung) e (expeculação:) poderá passar informação numa camada mais abaixo, mais dificil de detetar. Estou a lembrar-me do microcode dos CPUs usado em desktop…. Novamente, especulação minha.

  3. arc says:

    Qual a razao do meu comentário ter sido apagado?

  4. stealth says:

    diga-se que todo o hardware que esse senhor tocou, morreu

  5. Paulo says:

    Boa.
    Violação de privacidade e uso de dados individuais acelerada por hardware

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia