Afinal AMD também vai lançar atualização para os processadores


Destaques PPLWARE

40 Respostas

  1. Mário says:

    A Amd não lançou nada, quem lança e a Ryzen empresa do grupo mas independente de outros socs amd! A Amd está muito acima da intel neste momento

    • Mas já viste que quem veio a público admitir o problema e falar da atualização foi a AMD? É sua responsabilidade assumir o problema. se é A ou B que o mete na rua, isso são pormenores. Repara que até será a Microsoft a fazer chegar o update a muitos PCs.

      • lmx says:

        PEdro,
        “A marca sempre o negou, mas agora veio admitir a sua presença e anunciar que em breve será lançada uma atualização”

        A marca nunca negou que o Spectre, não afectava os Procs AMD, onde leste isso?
        O que a marca disse é que muito provavelmente o risco de existir em processadores AMD era próximo a zero, mas que estavam a investigar!

        A versão que secalhar torna possivel a existencia do Spectre é a segunda variante apenas, e não ha certezas absolutas sobre isso, eles vão lançar um patch por precaução.

        Há uma diferença muito grande no que a AMD disse, e no comportamento destas falhas nos AMD, comparando com os procs Intel, por isso a AMD não pode ser colocada no mesmo saco que a Intel…que é onde a estas a colocar, e isso parece-me errado.

      • Rudi says:

        “a AMD veio finalmente a público admitir que tem efetivamente o problema nos seus processadores e que Spectre e o Meltdown são uma ameaça real.”

        No contexto que se apresenta da a impressão que a AMD é passivel de ter a falha do MeltDown, isto para quem lê na diagonal e não se apercebe da parte:
        “Quanto ao Meltdown, a AMD revelou que os seus processadores estão imunes…”
        Isto pode efectivamente induzir em erro e levar a um fanboyismo de ambas as partes

        Sim a AMD admitiu os seu problemas e os seus apenas, não tentou arranjar a desculpa que os outros também têm, nem menciona a INTEL ou ARM.
        Uma grande diferença e postura que pode ser de desconfiar, mas eticamente correcta.

        Quanto ao Specter nunca negou a possibilidade, mas não quer dizer que faça um update para melhorar a sua segurança, sendo possivel fazer via microcode é só boas noticias para todos os clientes da AMD, especialmente nos servidores.

        Entretanto se quiserem fazer mais uma noticia, a Intel tem mais uma falha na bios recente.

    • Jorge L. says:

      A AMD já não está acima da intel porque a nova geração 8xxx, vem colocar ambas empatadas. O que se pode verificar nos testes é que a AMD aparece um pouco melhor nos jogos e a intel é superior em aplicações de trabalho. Estão em calão – “taco a taco”.
      Mas esperemos que a AMD continue o bom trabalho.

      • Marco Osório says:

        Amigo, aqui ninguém está a competir de que AMD é melhor que Intel… Cada um usa o que bem achar melhor. Gostas de um, usa lo e calas te. Tu só para dizer que AMD é melhor que Intel vieste com o fundamento de que a Ryzen é uma associada não fazendo parte totalmente da AMD. Ouve, quem manda é a AMD, quem se responsabiliza é a AMD e mais nada. Não venhas com merdas.

  2. Sujeito says:

    E todo este escândalo cotinua a ter menos aparato popular do que uma bateria de iphone ou de samsung.

  3. Belmiro says:

    A AMD nao negou, a AMD disse que nos seus CPUs 1 das falhas nao existia e a outra exisitia mas como estao desenhados a probabilidade de se aproveitarem da falha seria perto de zero. Em todo o caso disseram que iriam investigar melhor e se fosse caso disso lancariam um patch. Atencao que só tenho CPUs Intel, mas nao tenho preferencias clubísticas e nao me importo num futuro de experimentar AMD.

    • lmx says:

      Boas Belmiro,
      +1
      A AMD nem confirmou a existencia de falhas do Spectre, disse que “a probabilidade de haver”,será próxima de zero, e nesse sentido, vão lançar um patch por precaução para a segunda variante apenas.

  4. Jorge Cunha says:

    Afinal? A Intel já tinha dito isso, a imprensa é que só vê o que quer!

    • Mas a AMD não tinha dito que estava imune? A Intel sabe de si e não devia estar a dizer que A ou B também está afetado.

      • Diogo says:

        Não a AMD apenas disse que estava imune ao Meltdown, mas nunca negou quaisquer outros problemas, tendo inclusive dito que a equipa estava a analisar, visto que sabiam que poderiam ser afetados, já vi esse vídeo à quatro/cinco dias atrás…

      • Rudi says:

        Não leves a mal mas a AMD nunca disse que estava imune ao Specter, possibilidade de se conseguir o ataque de uma das variantes é que era muito mais dificil de conseguir dando uma margem de segurança até lançarem um update de microcode.

        A Intel não sabe de si, criar desinformação, duvida e desconfiança é uma velha tactica da Intel, leia-se que a falha do MeltDown nos servidores é massiva em termos de performance, mas não querem fazer recall.

        • Mas também não disse que estava exposta. Andaram a empatar para ver se o foco se virava para a Intel. Tanto é que só agora chega algo de concreto para proteger os utilizadores.

          • bola says:

            Pedro não sejas teimoso com todos, a AMD foi bem clara, concordo com o pessoal, não teve a mesma postura da Intel nem de longe.

            Vai ver os vídeos que são públicos.

      • Inácio Moreira says:

        Intel já disponibilizou o novo microcode.
        Página de Linux* Processor Microcode Data File Version: 20180108 (Latest) Date: 1/8/2018 e OS Windows.
        Intel Broadwell and Haswell CPUs Experiencing Reboots After Firmware Updates
        https://www.bleepingcomputer.com/news/hardware/intel-broadwell-and-haswell-cpus-experiencing-reboots-after-firmware-updates/
        Estas actualizações parecem ser pouco estáveis.
        Disponível nesta página tabela com o impacto de performance nos processadores Intel.

  5. Hugo Gomes says:

    Tanta festa tantas bocas a malta que tinha intel, como se diz toma la morangos. Afinal sao todos e deixa la eles também fazerem os testes as graficas com amd vao ver se tambem ele nao esta la presente. Nas das nvidea tem de la estar tambem.

    • Belmiro says:

      Os GPU nao tem destes problemas (nenhum GPU), os drivers esses sim (como qualquer software) ao usarem o CPU poderao ter que receber um patch. Os AMD sofrem muitíssimo menos de performance que os Intel, já várias fontes confirmaram, porque a nível de hardware funciona de outra maneira.

      Até agora a Intel nao anunciou nenhum CPU de 2017-2018 com isto corrigido a nível de hardware.

  6. censo says:

    Pois…agora venham cá eles falar dos que tem processadores Intel. Mas, já todos aprenderam que está poderá ser amelhor forma de incrementar vendas. Não contem comigo, que não será por isto que mudo as minhas máquinas.

  7. Bruh says:

    Quando saiu a notícia a confirmarem que os processadores intel tinham as falhas, era só fanboys da amd a fazer festa aqui nos comentários. Que é deles agora? Fugiram? LOL

    • bola says:

      Não, são realistas e gostam de posturas corretas e idónea e não falinhas mansas e mentiras descaradas, vê bem que até nesse dia o CEO da Intel vendeu acções dele e está a ser investigado.

      PS. Tenho todos os pcs Intel, mas a postura das empresas e honestidade para mim vale muito.

  8. Falconet says:

    O que a fonte diz é que a AMD vai lançar patches para o Spectre mas não para o Meltdown.

    “GPZ Variant 3 (Rogue Data Cache Load or Meltdown) is not applicable to AMD processors.
    We believe AMD processors are not susceptible due to our use of privilege level protections within paging architecture and no mitigation is required.”

  9. CPU Lord says:

    Longa vida à AMD. O resto é conversa de intelianos…

  10. maria vieira a atriz says:

    eles AMD bem queriam passar despercebidos afinal se Roderam não é o R

  11. Jorge Carvalho says:

    Basta ler este paper de 1995 ( sim , do século passado ) em que já se falava desta falha …. Enfim ..

    Abc
    https://pdfs.semanticscholar.org/2209/42809262c17b6631c0f6536c91aaf7756857.pdf

  12. Daniel says:

    Que confusão que para aqui vai…

    A AMD a 3 de Janeiro tinha admitido ser vulnerável ao Spectre (a uma variante garantidamente, à outra com reserva que ainda não tinha sido demonstrado e mesmo sendo que suponham que a arquitectura AMD tornaria impossível exploitar), e garantido não ser vulnerável ao Meltdown…
    … inclusive no artigo sobre a venda das acções da Intel por parte do CEO, Brian Krzanich, eu respondi a alguém que tinha perguntado se a AMD era afectada e escrevi que o era ao Spectre mas não Meltdown, pois a informação era pública, retirada desta mesma página que vocês partilham da AMD – simplesmente actualizaram a 11 de Janeiro, a matriz de impacto é de dia 3 de Janeiro.

    Quanto ao Spectre e as duas variantes e o que a AMD assumiu a 3 de Janeiro:
    Bounds Check Bypass – era afectada, e a resolução era efectuada pelos fabricantes de OS, drivers, software (i.e. GPU… até o Google Chrome – versão 64, a ser lançado para o stable channel a 23 de Janeiro – tem código para prevenir o exploit desta vulnerabilidade isolando cada website a endereçamentos de memória separados, por exemplo).
    Branch Target Injection – era afectada mas suponham que não seria exploitável pela forma como a arquitectura da AMD foi desenhada e pelo facto de ninguém ainda ter demonstrado os processadores AMD a serem exploited (era nesta vulnerabilidade que diziam o risco ser quase nulo, não no exploit que se conhece como “Spectre” como um todo pois são duas vulnerabilidades e não somente). É para este tipo que agora irão lançar código.

  13. asd says:

    Honestamente já não volto a usar nada com coisas que têm o logotipo da AMD.

    tive um Acer Aspire E1-571g e agora tenho um E1-572g. a diferença entre eles é que o primeiro tinha um i3 e tinha grafica nvidea 1GB, o segundo um i5 e grafica AMD.
    o primeiro dei ao meu sobrinho e ainda funciona de boa, comprei este (e1-572g) por gostar bastante do outro que tinha, e com 2 anos só me dá problemas de grafica, estou à quase 1 ano sem poder instalar a driver da AMD, sempre que tento instalar o computador encrava e tenho de usar um ponto de restauro, nem a AMD me consegue resolver o problema, eles simplesmente deixaram de responder aos emails, estou condenado a usar a procaria da Intel HD graphics 4500, enquanto que o PC que eu dei ao meu sobrinho continua a funcionar sem problemas passados 4 anos…

    honestamente AMD nunca mais, têm produtos muito atrativos, mas é tal e qual uma réplica chinesa, por fora parecem um Nissan GTR, por dentro têm o motor de um Renault Clio e quando vem a dar suporte aos produtos e resolver problemas são um papa reformas com autocolantes da Yokohama!

  14. Balearic Soul says:

    Uma questão que ainda ninguém colocou e qie me parece muito pertinenete: com perdas de desempenho a rondar os 30%, segundo a própria lntel, como vão ficar aqueles computadores que estão hoje nas prateleiras das Fnac e afins com processadores Celeron, Pentium e Atom, uma vez que por si só, estes processadores já são fracos?

    • Daniel says:

      Esquece os 30%… o de “5% a 30%” é para valores “conservadores” como forma de se precaverem face a eventualidades (i.e. serem chamados à responsabilidade caso exista constrangimentos de performance, alegam que ia até 30%). Na larguíssima maioria de utilizações nem 5% de degradação de performance haverá, quanto mais os 30%. Provavelmente utilizações mais intensivas de memória possam vir a ter maior degradação de performance mas garantidamente não serão utilizações do dia a dia para o qual esses processadores sejam os escolhidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.