PplWare Mobile

O que há de errado com a protecção Gorilla Glass 5 do Note7?


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

  1. g0tH1c.X says:

    Claro que não! Tenho o 1+ desde que saiu, anda dentro dos bolsos com chaves e moedas, vai a praia e anda nos bolsos com areia, já caiu várias vezes ao chão na rua e sempre de ecrã oara baixo, não tem película e não tem um único risco…

  2. Gama says:

    A justificação da Corning não parece fazer muito sentido dada a dimensão da diferença entre os testes feitos no video. Mesmo que o tipo de teste não seja o mais preciso para medir a dureza dum objecto, a natureza dos materiais de cada cinzel não torna nada fácil aplicar mais força manual para criar riscos longe da escala normal. Isso seria como esperar que a pessoa com um bocado de madeira conseguisse riscar aquele vidro só por aplicar mais força, o que não irá acontecer pois primeiro começa a desfazer-se a madeira. Material mais duro risca material mais mole, não o contrário.
    Também convém ter em atenção que se o vidro se riscar muito, com o passar do tempo poderá perder resistência contra rachaduras por impacto

    • Rui Miguel says:

      Sabes como é… têm que inventar desculpas agora que falharam…

      • marco720 says:

        Falharam que quê?? É um aparelho praticante inquebrável, com o downside de ser mais propenso a riscos. Uma película resolve, e ficas apenas com o melhor telefone alguma vez feito até à data… apple fan boys acordem. Tive um 6, troquei pelo S7 Edge. É da noite para o dia. Acordem miúdos…

  3. forever says:

    O que me interessa é que no bolso nao risque com a chaves ou com moedas o que nestes telefones nao ah problemas, e sendo agora mais resistente na queda para mim é melhor do que andar com um x-acto na mao a ver se risca

    • Gama says:

      O problema é que o que ele experimentou e conseguiu riscar o ecrã tem dureza idêntica às moedas e chaves que tens no bolso, isto é, aquele ecrã poderá riscar estando no bolso.
      O mais provável é que a Samsung tenha feito alguma “asneira” ao vidro do ecrã. Talvez tenham aplicado algum tratamento à superfície que é mais fácil de riscar.

      • TenhoDIto says:

        Claro colocou um tratamento que coloca em risco a estrutura molecular do vidro, o que vale e que na internet todos inventam e não se apercebem da barbaridade que estão a dizer por não terem qualquer noção basica da materia que estão a “falar”

        • Gama says:

          Achas mais lógico que tenha sido a Corning?
          Tu simplesmente não fazes ideia o que é que a Samsung pode ter feito no acabamento final do vidro e com que finalidade. Se a Corning diz que o seu Gorilla glass 5 não tem pior dureza que as versões anteriores, só resta a empresa a quem vendeu vidro.
          Tratamento da superfície não se resume a modificação da estrutura molecular do vidro, há outros tipos de tratamento, por exemplo para redução de reflexos, película oleofóbica, etc.

      • forever says:

        Nao digas asneiras, porque em primeiro lugar nao sabes o que é ali usado para riscar , e em segundo estes ecrans sao mais resistentes a riscos que os gorila glasse 2 usados nos galaxy s4 mini que nos testes nao tiveram problemas com chaves e moedas, a explicaçao que é ali dada faz sentido, ao endurecerem o vidro este mais facilmente riscasse mas nada tem a ver com o uso do dia a dia em contacto com superficies de uso diario seja o que for

        • Gama says:

          Asneira é não reparaste nos números na fita colada no ecrã. Aquilo indica a escala Mohs de dureza dos cinzeis usados. Os materiais usados normalmente em moedas e chaves caiem na escala Mohs 3 e 4, isto é, com a dureza que em que se começa a ver riscos naquele teste.
          O facto é que o ecrã mostrado no video não é mais resistente a riscos do que o Gorilla Glass 2, que tinha uma dureza na casa 5-6 na escala Mohs.

          Endurecer o vidro é tornar mais difícil ser riscado, não mais fácil.

        • Rui Miguel says:

          O que foi ali usado para riscar, foi usado noutros telemóveis, inclusive no Note 5, e não riscou!

    • Rui Miguel says:

      Vai riscar.

  4. Filipe F. says:

    Tal como noutros videos usam ferramentas comuns do dia a dia e dizem que é muito resistente a riscos.
    Há videos para todos os gostos, e só os utilizadores do Note 7 poderão realmente falar da fiabilidade no dia a dia.

  5. Rui Miguel says:

    Lol! Samsung só se enterra, mas os fãs defendem-na com unhas e dentes!

    • forever says:

      Quem vejo a se enterrar sao os iphones, sairam ainda agora os resultados em que a samsung cada vez vende mais telemoveis do que a apple e cada vez mais com mais margem, mesmo se passa com o android , cada vez mais a crescer e o ios caindo, nao me admira nada para o ano a huawei ja venda mais telemoveis que a apple,so na china a queda do iphone foi de 26%

      • João RS says:

        “You’re scratching it wrong”
        by Samsung

        A Samsung vende mais não sei o quê, só se for telemóveis de 50 e 100€… No fim, a Apple é que vendem mais em receita, o resto… são sondagens! MAL FEITAS!

  6. Ricardo M. says:

    O únicos telemóveis que precisam de película d vidro são os iphones. Partem e riscam se com facilidade. Se há coisa feia de ver é capa atrás e película a frente.. Estraga logo a beleza do telemóvel.

    • João RS says:

      Fontes para tamanha treta!?

      O mesmo gajo que testou este, testou o iPhone 6s e iPhone SE, e teve um resultado acima da média!

      Os únicos telemóveis que relamente precisam, são os Samsung, cada vez que vejo um Samsung, está sempre rachado, e/ou riscado, porque eles não usam bons vidros.

      • Golden says:

        Não são só os Samsung que precisam de películas de vidro, são todos os smartphones quando queres ter algum cuidado no equipamento, seja qual for a marca ver um telemóvel com o vidro partido a meu ver passa uma péssima a imagem, o que eu acho mais piada e ver alguns artista de iPhone, e refiro iPhone porque por norma são sempre os mais caros, e a usar dos últimos modelos cheios de pinta e tal, e olhas para o telemóvel dessas pessoas e vez o vidro todo rachado das quedas ou sei lá do que, ou seja comprar caro e bom tudo bem, mas depois uns trocos para meter um vidro de 150 euros e que…. .

        • Rui Miguel says:

          O iPhone não precisa, a menos que andes com ele na terra ou com diamantes no bolso!

          • Golden says:

            Por essa lógica, ” a menos que andes com ele na terra ou com diamantes no bolso” então nesse caso menhum smartphone precisa, e não apenas o iPhone, agora experimenta fazer peque eu fiz sei dar por conta e sem película e vez o que acontece quando tens os bolsos com alguma areia da praia, e não das por conta como aconteceu comigo porque não tinha película, que nem gosto de usar película, e vê o resultado final, comigo com Gorilla Glasse 3 e 4 com iPhone e samsung o vidro ficou riscado, ou então mete o iPhone sem capa e película no bolso a toa, e manda para lá umas chaves e umas moedas juntas com o Telemovel e vê como ele fica ao fim de uns tempos, fica todo picadinho do metal e desgastado, seja qual for o Telemovel marca X e Y quem quer o Telemovel nas mínimas condições, tem de estar protegido, no mínimo com uma capa de proteção que lhe dê um toque bonito ao Telemovel, já películas eu também não uso, porque perde aquele toque que gosto de sentir no ecrã.

          • Paulo Lobão says:

            O meu Note3 dorme sempre numa caminha com lençóis de seda para não riscar! E quando sai à rua coloco-lhe um colete de Kevlar. Ah, ao Dominho vou lavá-lo e dou-lhe um polimento com cera de carnaúba. Fica um brinquinho! E quando passo o dedinho no ecrã, até sinto os fotões!
            Agora deixem-me ir lá para dentro ver se o meu menino está bem , não tenha algum camelo passado o dedo pelo ecrã sem o ter desinfectado. Até me passo quando isso acontece

  7. vitor coutinho says:

    Como normalmente compro sempre película de vidro para todos os smartphones ou tablets cá de casa, não me parece nada problemático…
    Bastante preferível maior resistência a quedas que a riscos…. Na minha opinião…

    • João RS says:

      Película de plástico ou vidro tira a sensação de “tocar nos pixels”, torna o ecrã mais reflectido, e a nitidez não é a mesma!

      Torna um ecrã de primeira, como este, numa coisa de telemóveis de 50€!

      Para quê ter um telemóvel caro, para depois usar película!?

    • darkvoid says:

      -1

      Nunca deixei cair telemóveis, agora andar com moedas e chaves nos bolsos é comum por isso para mim não compraria um telemóvel com um ecrã desses.

  8. Golden says:

    Bem se entrar areias da praia por exemplo para os bolsos das calças e ninguém der conta, até pode ser Gorilla Glass 10 que risca o ecrã quase de certeza, pelo menos comigo aconteceu isso, em Gorilla Glasse 3 e 4, e era um cuidadoso do caraças, que nem meto nos bolsos moedas e chaves juntamente com o Telemovel, quando vi que ficou riscado até me passei, e não ficou pouco riscado, foi bastante visível os riscos, pior é que na cai no mesmo erro duas vezes.

  9. osxm says:

    qualquer smartphone que a gente compra devemos comprar uma película de vidro temperado. é caro mas vale muito a pena. qualquer ecrã se risca. pode ter Gorilla Glass 4 ou que raio for. película sempre. agora no caso da pergunta que o pplware fez “Será que os utilizadores do Galaxy Note7 terão que investir uma película protectora de ecrã?” enfim que pergunta

  10. João RS says:

    “It’s using Mohs hardness picks but it’s in an uncontrolled manner.”

    LOL!

    O pó/areia nos meus bolsos, e chaves, também andam de maneira não-controlada.

  11. Ricardo says:

    Entretanto e aparentemente, aguenta 50 quedas a funcionar 😉

    https://www.youtube.com/watch?v=DKGfuct01M4

    • lol says:

      Tantas criticas e este aguentou 50 quedas+ !!!
      As probabilidades são interessantes, o que interessa que risque ou que funcione após tratamento sério de quedas?
      Em jeito de criar amizade com os APPLE guys, que por acaso os iphones são conhecidos por partirem imenso os ecrãs (se for para dar 700+€ prefiro que não se parta do que apanhar uns riscos, mas isso sou eu que prezo funcionalidades em vez de estética) 😉

      Peace.

  12. Português Internacional says:

    … estes teste são “estúpidos” o valor de um ecrã com este tipo de protecção é o que ele vale no dia a dia, ninguém vai ao ponto de ir ao extremo, testes aceitáveis são aqueles que demonstram o dia a dia; pequenos gestos, tipos de locais, pequenos descuidos e ver como se comporta este tipo de protecção.

    • ervilhoid says:

      Teste estúpido? isto são testes para ter uma noção, claro que ninguem vai fazer o que aparece no vídeo, mas dá para ter uma ideia da durabilidade e resistência do equipamento..

      teste inteligente….

    • Gama says:

      Estes testes não são estúpidos, as pessoas é que têm que saber interpretar os resultados para entender a resistência dos materiais dos aparelhos.

  13. Arkan says:

    EU acredito que nem todos os lotes do gorila glass sao 100% e tb duvido q todos os gorila glass sejam gorilaglass, deveria ter uma forma de realmente digitar o modelo do vidro q apareceria e ai comprovasse q é gorila glass.

    Gorila glass é igual a pelicula liquida que um site brasileiro vende, NAO adianta nada, tem ate videos de pessoas q testara m e nao deu nada….

    Mas fazer o que ? o vidro de safira é caro…então é ter cuidado.

  14. Manuell Sharoier says:

    Que dor no coração ver alguém judiar assim de um lindíssimo >> EspertoFone << como esse!

    Não ligo muito para isso, pois meus celulares ''antigos'' sempre dou-os à alguém que necessita de um, como: alguns parentes, jovens sem condições de terem um ou qualquer pessoa que eu analise como merecedora!

  15. giloan says:

    So especialistas em vidro aqui lol. Na realidade n arranjam emprego nem a varrer ruas

  16. AlexX says:

    Isto são testes levados aos limites, quem cuidar bem dos seus equipamentos não terá qualquer problema. Partir ou riscar ao primeiro tombo será sempre uma possibilidade mesmo para os mais resistentes. Lembro que ele partiu um Nexus 6 e um Mi5 como se fossem bolachas crocantes e nem por isso a net está inundada de queixas quanto à fragilidade desses equipamentos…

    • Gama says:

      Serem testes levados aos limites não quer dizer que não ocorrerá problemas. Tendo em conta estes resultados terá que cuidar mesmo muito bem do equipamento pois revela que aquele vidro pode sofrer riscos com coisas banais do dia a dia.

  17. Miguel Luís says:

    Sou um grande fã da Apple mas sempre utilizei Samsung… sim, é verdade, não sou fanático e sei ver as vantagens e desvantagens de ter um e outro, tanto em termos do aparelho em si como no sistema operativo (Android vs iOS). Tive um Samsung AtivS com Windows Phone e agora tenho um Samsung Galaxy S5 e tenho que dizer que estou extremamente satisfeito a 100% com ambos, utilizei-o durante 3 anos e está ainda em estado NOVO, isto sem película mas com capa protectora. E espero que o meu S5 consiga durar também pelo menos 3 anos em excelente estado mas noto-o um pouco mais frágil que o AtivS embora seja muito mais recente, principalmente no display.

    Parece-me que os novos Gorila Glass não são tão “grossos” como os antigos e menos resistentes a riscos? O meu AtivS tinha Gorila Glass 3 e é muito mais resistente até ao tacto que o S5…

    Sou um grande fã da Apple, gosto dos novos iPhones e principalmente do iOS, tenho pena que não poder ter um mas considero que tem um sistema muito mais estável mais rápido e mais fluído que o Android e Windows Phone. Tenho experiência do iOS no meu Ipad Air e adoro…

    Estes testes revelam o que eu já disse, tenho impressão que a protecção está mais frágil e que a Samsung está a tentar contornar a situação e a começar a cortar nos custos, infelizmente parece-me que é o que está a acontecer…

  18. Filipe says:

    Apple ou Samsung ou qualquer outra marca, vai dar no mesmo. Todos se riscam, todos se partem! Basta um pequeno descuido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.