Quantcast
PplWare Mobile

Casal acusado de trocar 90 mil € de origem ilícita por criptomoedas

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. australopithecus says:

    Mas se as criptos não são tributáveis pelo fisco em Portugal porque acusam de fugir ao pagamento no IRS?

  2. BA says:

    então, mas não disseram por aí que a venda de crypto não tinha enquadramento legal ao nível de impostos?

  3. Bruno says:

    Então, mas segundo o Juiz Ivo Rangel no caso do Sócrates, na declaração de IRS não existe nenhum campo para declarar montantes oriundos de atividades ilícitas, logo não pode ser fuga ao FISCO.
    Será que existe uma justiça para os lords da politica e outra para o povo?

  4. Oscar says:

    Oh pa! Essa é novidade! Entao nao se podia trocar comprar e vender moedas sem pagar impostos?
    Afinal sempre se tem que provar de onde vem o dinheiro…

  5. agamotto says:

    Portanto de acordo com o MP trocaram criptomoedas por 90 mil € e não o inverso como indicado no titulo desta noticia.

    • Rúben Lourenço says:

      E os 22 mil euros, certamente é imposto devido a essa troca (visto não terem registros que comprovem que foi numa transação de criptomoedas, porque foram transações ilícitas), porque nunca na vida pagariam SÓ 22 mil euros com lucros normais de 350 mil euros…

  6. Jota says:

    Isto é o “pai nosso de cada dia”!

  7. Samuel MG says:

    “O MP refere ainda que o casal terá feito outras vendas de criptomoedas “em diversas plataformas” que lhes terão rendido, só em 2017, um total de 345.535,51 euros, que “omitiram por completo” ao Fisco, escapando assim ao pagamento de 22.305,75 euros de IRS.”

    Eles venderam as criptomoedas e isso é tributável (equivale a venda de ações)! Se tivessem trocado por stablecoins já não tinham de declarar.

    • Rúben Lourenço says:

      Isso são leis americanas. Em Portugal não tem enquadramento legal, logo não tens de declarar, mas como e óbvio, convém teres registros que provém a proveniência do teu dinheiro, no caso de uma inspeção.

  8. Oscar says:

    Expliquem me se souberem, se tenho que pagar impostos.

    Transferi 100.000 eur para o Binance e entretanto comprei e vendi bitcoins e o valor sao agora 200.000 eur.

    Se transferir os 200.000 para a minha conta nao tenho que pagar nada? Nem impostos? Nem declarar?

    • Rúben Lourenço says:

      Segundo leis atuais, não. Mas recomenda-se que guardes os registros de onde obtiveste esses 200,000 euros. O que é fácil, visto que na Binance tens o registro de transações!! 😉

    • scp says:

      Não, o dinheiro saiu da tua conta em Portugal para a Binance e vem da Binance para a mesma conta. De qualquer maneira tens lá o histórico de quantas moedas compraste, o preço na altura e a mesma quantidade de moedas vendida pelo preço novo.

    • Pedro V says:

      E é numa página de comentários que essa e outras dúvidas semelhantes ficam esclarecidas! Um dia perante a at é fazer um print à conversa para provar que foi aconselhado no Pplware.
      Um bom produto não precisa de pub. Seja clara ou subliminar. Mas dou a mão à palmatória, estão a fazer a coisa melhor sim sr.

  9. Samuel MG says:

    Alguém me esclarecer as minhas duvidas?
    1- numa cripto wallet pagas para lá ter as criptomoedas?
    2- Como associo o paypal à cripto wallet
    3- qual é melhor cripto wallet para android que suporte várias moedas (BT, LMT, ETH)?

  10. ZeDasCabras says:

    Trimestralmente costumo fazer uma transferencia da minha conta da coinbase ou bybit para o meu banco português, tipo 5 a 10 mil euros. Nunca me foi dito nada mas tenho que provar que esse dinheiro provém da compra e venda de cripto ?

    • Rúben Lourenço says:

      Só na eventualidade de uma inspeção das finanças. De contrário, segue a tua vida eheh

    • Tiago Vaz says:

      teoricamente não tens de provar nada. eles se tiverem duvidas e te quiserem acusar de alguma coisa, é que vão ter que provar que veio de alguma atividade ilicita. e como cripto não paga imposto… nao tens de declarar nada.

    • Samuel MG says:

      Estás lixado!! No próximo IRS é melhor declarares isso!! Quem compra e vende cripto tem de declarar o rendimento obtido pois estes casos são equitativos à venda e compra de ações quem também tem de declarar os ganhos no IRS

    • Pedro V says:

      Tanta guita não dá para tirar 100 pauzitos de parte por mês para ter um guarda-livros?

  11. Oscar says:

    Entao essa coisa de nao pagar impostos é uma treta. E de nao se saber a proveniencia do dinheiro é outra. E ja agora o bitcoin serve para que? Pagamos impostos, passa pelas financas, etc…

    • NotFUD says:

      Bitcoin serve para teres na carteira. Nem fisco, nem Marcelo Rebelo de Sousa nem mesmo a NSA tos pode tirar ou apreender…

      Agora se trocares Bitcoin por dólares ou euros… Já é outra conversa 🙂

      Espero ter ajudado quem leu este comment.

      • Oscar says:

        Ou seja, convertes euros em bitcoins para o Marcelo nao te roubar mas depois se precisares de euros o Marcelo esta ca a tua espera! Fixe.

        • NotFUD says:

          Caro Oscar, a essência de Bitcoin é precisamente essa: não depender de fiat/euros/dólares.

          Suponhamos que toda a gente começa a transacionar Bitcoin em vez de mbway e típicos mecanismos bancários, não há forma de controlarem o que as pessoas transacionam, enquanto que se tiveres X no banco te podem congelar a conta de uma hora para a outra…

          Agora se me perguntares se as pessoas vão trocar o tão usado mbway por transações Bitcoin e lightning network….. provavelmente não (para já) mas talvez num futuro próximo.

          A educação sobre o assunto é fundamental. Tenho pena do pplware preferir títulos “clickbait” (óbvio que não é 100% clickbait mais tu percebeste) em vez de educar as pessoas sobre as vantagens que esta tecnologia traz.

          A desculpa de “fraudes, tŕafico de drogas, lavagem de dinheiros” não serve como desculpa para evitar Bitcoin, porque o mesmo acontece (e em maior escala) com euros e dólares.

      • Rúben Lourenço says:

        Mesmo que troques por euros lol segundo a lei, não te podem fazer nada. A não ser quando entrar no banco, perguntarem te de onde veio o dinheiro… Ou numa inspeção se houver manifestações de riqueza…

        • NotFUD says:

          Pois… falar é fácil quando “só acontece aos outros” 😉

          Eles podem e têm todo o direito (faca e queijo na mão) para averiguar a origem de fundos, especialmente quando em grande quantidade.

          A moral é da história: se tens carteiras com Bitcoin, ninguém tas pode tirar, venha quem vier (a menos que reveles a chave secreta a algúem…)

    • Tiago Vaz says:

      nao é treta… não paga impostos. em tribunal essa acusaçao de pagar impostos cai logo… afinal eles so estao acusados, nao estao condenados.. sao coisas diferentes. já a parte de branqueamento de capitais, não se safam… independentemente se usaram cripto ou outra coisa qq….

  12. SANDOKAN 1513 says:

    Isto das criptomoedas não sei,não… 😐

  13. Sardinha Enlatada says:

    E aproveitarem enquanto nao ha legislacao de cryptomoedas, quando existir vai ser diferente. Nada sera como dantes, disso podem ter a certeza. E entao se a UE entrar ao barulho e um instantinho ate ficar aprovado em Portugal.

  14. Semogj says:

    Pelos comentários que aqui vejo, ou devo ser muito burro, ou então há quem não saiba ler. Aqui não se trata de um problema de impostos ou de ser ou não taxado. O problema é que as pessoas em questão trocaram as suas moedas digitais por dinheiro proveniente de atividades ilegais ou injustificadas e ainda lucraram com isso. Se trocarem as vossas moedas digitais por moeda fiduciaria numa instituição autorizada para esse efeito não há problema nenhum. Se trocarem com o zé da esquina que faz atividades ilegais e quer pagar-vos por trocar dinheiro “ilegal” por moeda digital, é normal que a policia e o estado venha questionar sobre a origem desse dinheiro. Até podia ser troca de batatas por este dinheiro, ia dar ao mesmo.

    • Oscar says:

      Entao ajuda a malta aqui. Conforme disse antes, eu transferi 100.000eur para o Binance ou outra instituicao e depois fiz as minhas operacoes entre Binance e outras instituicoes e depois estava com 200.000 e transferi novamente para a minha conta.
      Nao tenho que dar explicaoes a ninguem?

      • Tiago vaz says:

        Exacto. Excepto se te perguntarem. Mas nao estas a cometer nenhum crime, ao nao dares explicacoes a ng. Nem tens que pagar impostos sobre os teus 100mil de lucro.

        • Oscar says:

          Parece me um tanto ou quanto estranho mas se mais tarde as financas me perguntarem so tenho que dizer que esse dinheiro foi de transacoes? Parece me simples.
          Tenho dinheiro para transferir do Brasil e parece me ser a solucao. Converto em bitcoins ou outra moeda e depois converto novamente para euros. E ninguem me questiona. Perfeito

          • Tiago vaz says:

            Nesse caso, podem dizer que estas a fazer branqueamento de capitais, e podem pegar por ai… para ser lucro com cripto, e nao haver duvidas, tem de ser dinheiro a sair da conta para uma exchange, e depois o lucro entrar na mesma conta. Nesse caso nao deixa margem para duvidas da origem do lucro.

        • Oscar says:

          E parece me bem. Transfiro para 50.000 para uma exchange de pt e mais 150.000 de brasil para a mesma exchange e depois transfiro tudo novamente para pt.
          Era isso mesmo que precisava de saber. Assim esta justificado. Saiu e entrou na mesma conta em pt so que com um valor maior.

          • Tiago vaz says:

            Eles podem pedir o historico de transacoes. E depois vai aparecer esse guito a entrar do brasil… e a coisa ainda piora mais, se eles depois descobrirem que fizeste esses truques todos para ocultar a origem do dinheiro. Que foi basicamente o que aconteceu ao casal que esta nesta noticia.

  15. Tiago vaz says:

    É mais ou menos isso, mas na noticia alem dessa parte do branqueamento de capitais, fala tambem que eles trocaram cripto por eurs em varias instituicoes, e que nao declararam ao fisco esses lucros. Dai o pessoal estar a “panicar” com a parte de “afinal cripto nao era livre de impostos???”.
    Eu acho que em tribunal, nessa parte dos impostos, a acusacao nao tem sorte e eles vao ser ilibados. A outra do branqueamento de capitais é exatamente o que tu disseste.

  16. Miguel Portela says:

    Todas, mas todas as transações de crypto ficam registadas…

    E as suas regras vão ficar iguais ou piores do que o mercado bolsista, porque, ao contrário desse mercado, as crypto não criam valor a não ser a própria valorização ou desvalorização da sua transacção, ou especulação… Não estão alocados a nenhum mercado vertical (saúde, educação, indústria, serviços, infraestruturas, etc). E são cada vez mais utilizadas para lavagem de atividades ilicitas… Por isso, não era nada que já não se estivesse à espera.

  17. Oscar says:

    Resumindo em poucas palavras, especulacao e esquema piramide.
    Pensei que conseguia movimentar o meu dinheiro sem passar pelos bancos mas parece que nao tenho hipotese.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.