Os sites pedem-lhe a localização? Desative isso


Destaques PPLWARE

12 Respostas

  1. João Torres says:

    Cheira-me que um dia o site nem sequer abrirá se não tivermos esta “cena” ativa, porque digo isto? Várias aplicações que temos no nosso dia à dia, não funcionam em condições se a data não estiver atualizada, vai daí, o meu comentário/reflexão acima, não acham?!

  2. Arkan says:

    Nao adianta muito…é so ir no google e ver la embaixo a posicao, e mesmo deslogado da conta

  3. Luis says:

    Eu sou rastreado por endereço de IP!
    O Google e alguns sites, só deixam de rastrear seus usuários, se você desativar o Javascript e limpar constantemente os cookies. O Android criou uma base precisa de localização.

    • Luis says:

      Esqueci de citar que: é preciso usar um serviço vpn (proxy), que não mostre seu real IP.

    • Luis says:

      Esqueci de citar que: é preciso usar um serviço de vpn (proxy), que não mostre seu real IP. Desativar o webRTC e nunca ver um vídeo que usem o Flash player. Mas o jeito mais seguro seria usar o Tails… O resto é besteira.

      • Joao ptt says:

        Pode simplesmente usar uma VPN, mas que funcione a partir de um router configurado para tal, para os programas e o sistema operativo no dispositivo não terem como obter o IP verdadeiro.

        Mas:
        – Os dispositivos não podem ter rede sem fios, caso contrário só por aí os sistemas operativos e eventualmente programas são capazes de contactar os servidores centrais e com essa informação sabem a zona aproximada onde se encontram realmente (é preciso não esquecer que os carros da Google e outros andam a passear por todo o lado e a recolher os endereços MAC das redes WI-FI para esse tipo de fins);
        – Os dispositivos não podem ter dispositivo de localização via satélite (GPS, Glonass, Galileu, etc.), caso contrário o sistema operativo ou os programas podem obter a localização aproximada (com ou sem autorização).
        – O fuso horário local deve ser o mesmo do servidor VPN ao qual está ligado, caso contrário muitos web sites ficam logo com uma ideia de onde pode vir.
        – O browser deve ser no idioma de onde se encontra o servidor VPN, ou então a versão EN-US para não dar pistas aos web sites sobre de onde vêm o utilizador.
        – Eventualmente o próprio dispositivo deve ser colocado no idioma de onde vêm a ligação VPN ou numa genérica como o EN-US.

  4. Pedro Lemos says:

    Lol que mania da perseguição 🙂

    Na minha humilde opinião vocês tem de ver os dois lados da moeda

  5. KNIGHT says:

    Em 2006 éramos felizes e não sabíamos. Ou sabíamos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.