Quantcast
PplWare Mobile

Chegou o Opera 57! Este browser está mais inteligente e mais próximo do utilizador

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Realista says:

    Eu era utilizador do Opera porque me permitia ter o Browser sincronizado no Windows 10 Mobile/PC/Tablet Android.

    Como fui forçado a deixar o Windows 10 Mobile, continuei a usar no Android porque tinha a opção VPN.

    Acabaram com isso então mudei-me para o Firefox. 😉

  2. Dan says:

    Devia existir um fork com as mesmas funções mas opensource. Todos sabemos que o Opera não é opensource e foi comprado pelos chineses?

    Você confia neles?

    Se nem nos americanos eu confio, que dirá nos chineses…

  3. FranciscoD says:

    Não me impressionaram as “novidades” parte delas não iria usar se tivesse o Opera instalado. Um browser quer-se minimalista, intuitivo e fácil de usar.

    A quem procura uma experiência nova recomendo o Yandex Browser e, se estiverem alarmados pela “falta de privacidade” por ser russo, sugiro que realizem uma pesquisa antes de atirarem o barro à parede. Excelente browser que tenho vindo a usar sincronizado com Windows 10 e iOS, tudo a rolar e muito eficiente. 5*.

    Sei que a PPlware fez uma review há uns tempos a este mesmo browser mas já está um bocado outdated. Deviam fazê-la de novo. Abraços

  4. William says:

    Não confio neste browser, já usei mas o mesmo fica se auto-iniciando o tempo inteiro, mesmo ao forçarmos para que feche.
    O Opera (ao menos para Android) possui 11 trackers e 27 permissões, entre essas permissões, muitas são perigosas!
    https://reports.exodus-privacy.eu.org/en/reports/3384/

    • Daniel says:

      Em tese, nenhum browser é 100% open source.
      Veja como exemplo o Projecto Chromium.
      Muitos, especialmente no Linux, acham que estão seguros por usar o Chromium em vez do Chrome.
      Mas o Chromium envia todos seus dados para o Google.
      O próprio Chromium não tem nenhum loja e utiliza-se da loja do Chrome.

  5. José Pedro says:

    Abandonei o Opera face ao Brave, cujo fundador é o criador do Firefox e da linguagem Javascript. É muito mais rápido porque bloqueia tudo incluindo trackers e afins, e recebes tokens (Basic Attention Token, que vale agora cerca de 15cent) por aceitar dar essa informação.

    Os tokens podem depois ser distribuídos pelos criadores de conteúdo (por exemplo o pplware) consoante a atenção que recebem dos utilizadores.

    Recomendo que o pessoal do pplware dê uma vista de olhos e teste, até porque podem retirar daí algum rendimento em BAT

  6. Luis says:

    Estive quase a desistir do Opera aí há coisa de um ano. Em boa hora não o fiz. Simplesmente o melhor.

  7. Gil Nunes says:

    Lendo os comentários dos missivistas desse site importante, lógico que n existem um navegador 100% seguro e que n colhe dados dos utilizadores. Verificamos que a maioria ou se n todos os Browsers, usam engine do Google, diferentemente do Edge da Microsoft, que também colhe dados, onde todos esclarecem que são pra segurança e melhoras dos mesmos. Estou testando o Brave, – que agora é a cópia fiel das configurações do Chromiun,- Vivaldi, que também tem Chromiun como engine, mas podemos modificar a sua interface a gosto dos usuários. Yandex, muito bom. Vem com Av da Kaspersky, notícias e vídeos limpos. Tem um francês o UR Browser, novo no mercado, que informa que n manda dados pro Google. Mas vamos lá: se vc usar o buscador do Google em qualquer Browser, estará com certeza, mandando dados de frequência e acessos. N tem pra onde correr. Ligou a tomada de rede, estamos sendo vigiado. E mais, toda a internet, passam pelo EUA, via cabo óptico submarino ou via satélite. Além dos chineses, que agora são donos do Opera. Como aos desenvolvedores da Chitaah, que desenvolve os apps de bateria e limpeza pra Android, que descobriram que estava colhendo dados dos usuários e lendo o sistema do Smartphone pra China.

  8. Gil Nunes says:

    Alex, o Waterfox é cópia fiel do FF. Está em inglês. Vivaldi interativo, Yandex Segurança, Firefox privacidade e UR Browser Francês, dignidade da UE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.