PplWare Mobile

Rumores: Será o iPad Mini? Está a ser produzido no Brasil?


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Fernando Gonçalves says:

    Agora a pergunta é “quando é que sairá? E se vai mesmo substituir o actual ipad” Pessoalmente acho que o ipad actual tem as dimensões necessárias para tudo o que apple oferece mas posso estar errado.

    • Bem, ainda não há uma data oficial para o lançamento, no entanto, apareceu um rumor de que os convites irão começar a ser enviados no dia 10 deste mês, portanto, se for verdade, a apresentação será, certamente, ainda este mês.

      O iPad Mini não irá substituir o iPad.
      Este novo iPad será para concorrer directamente com os tablets de 7 polegadas da Google e da Amazon.

  2. Daniel Gomes says:

    O que realmente se questiona é, as apps para esse ecrã? Como será?

    • André Sousa says:

      O tamanho do ecrã não é importante para as apps, mas sim a resolução. Desde que seja compatível, o iOS faz uma boa escalonação das mesmas. A não ser que usem as barras pretas no início como no iPhone 5.

  3. eduardo says:

    não parece de todo provável que o iPad mini venha a ter um ecrã “retina” – pelo menos por enquanto.
    Tendo em conta a forma como a Apple tem trabalhado as resoluções de ecrã (para manter compatibilidade das aplicações) só há duas possibilidades:
    1024 × 768px dando 163 PPI; ou 2048×1536, dando 326 PPI
    A última hipótese é demasiado cara para um produto que supostamente irá ter preços mais baixos que os outros iPads. Para além disso, tendo em conta o ecrã do iPad mais recente, implicaria uma bateria maior e consequentemente maior grossura e peso; coisas que seriam de evitar num produto com este tamanho.
    Eventualmente aparecerá uma nova versão do iPad mini com maior resolução, quando houver ecrã mais baratos e de menor consumo!
    Outras resoluções são altamente improváveis. Não faz muito sentido alterar as proporções do ecrã quando o iPad não sofre de problemas de espaço e há tantas aplicações prontas para as resoluções já usadas.

  4. Pedro says:

    Deve ser real. Pela informaçáo a que tive acesso na apresentação do novo mercedes classe A, que aparece com um ecran mais pequeno que o ipad actual onde o vendedor disse que o objectivo a curto prazo é que essa consola seja o “novo” ipad a sair com as mesmas dimensões da consola agora apresentavel.Tendo desta maneira o primeiro veiculo com um touch totalmente integrado e compativel.

  5. Texugoelectrico says:

    Eh… nunca fui muito apreciador destes tablets mais pequenos, sempre pensei que para isso comprava um Galaxy Note ou assim… mas claro que os preços não se comparam (e daí, a Apple vai lançar um produto mais barato???).

    De qualquer maneira é um bocadinho de mercado que tem sido explorado por outros mas claro que como é a Apple irão existir pessoas à porta à espera que isto saia e muitos nem imaginam que já existe o Nexus e o Kindle (entre outros, mas estes são os mais conhecidos).

    Quanto às especificações depende de quando sai mas acredito que sejam sempre parecidas com a versão anterior do i-pad, por exemplo, se saísse hoje penso que seriam, como diz o artigo semelhantes às do Ipad2, o que não seria nada mau. Mas imaginando que saía numa altura em que já houvesse um Ipad4 poderia ter as especificações do 3… ou então até pode ter duas versões, afinal se a Apple quer entrar neste “mercado” teria mesmo que arranjar uma coisa mais baratita pois os preços dos actuais são bem aceitáveis e não sei se conseguiam isso sem baixar também o preço do Ipad2.

    • Bruno says:

      A Apple não precisa entrar com um produto mais baratinho para vender..aparece logo uita gente a comprar, e a dizer que afinal 7 polegadas é espectacular :p

  6. Tiago C says:

    ora bem….este ipad será em grande parte igual ao ipad 3 isto porque:

    1) iOS trouxe algumas diferenças relativamente ao 5, mas……nao daquelas quando se estava na era Steve Jobs. (é verdade que tem vendido mais, mas isto tem a ver com a fama que o iphone tem vindo a ter, mas julgo que se a apple nao começar a inovar novamente e a surgir com coisas novas nos novos dispositivos relativos aos anteriores, que o mercado vai começar a sentir-se. E isso da-se de uma forma retardada, ou seja, se no iphone 6 ou 5S nao houver grandes mudanças e não apenas tweaks, o mercado vai começar a ressentir-se.

    2) como é que um ipad mini não poderá concorrer com o irmao maior, se o sistema operativo é igual? A unica diferença será mesmo o tamanho, na minha opiniao.

    3) tenho um ipad 3 e as vezes sinto que poderia ser um pouco mais leve, especialmente quando leio alguns e-books

    penso que basicamente é isso. Se a apple nao trouxer nada de espectacular nesse ipad mini, muita gente o irá comprar é verdade, mas rapidamenete vai haver um descrédito da Apple (infelizmente pois sou um utilizador apple desde 2009……e gosto bastante da marca, mas nestes dois ultimos lançamentos, tenho vindo a fica um pouco desiludido, especialmente com a ultima WWDC, lançamento do iphone e ipad 3….que estava a espera de algo mais).

    Cumps

  7. Tiago Dias says:

    Por um lado este iPad Mini faz sentido, entra no mercado que a Apple ainda não tem qualquer produto (7”), mas por outro dá que pensar… Com um iPod Touch nos 300 €, qual será o price tag deste iPhone mini?

    De qualquer forma.. venha ele!

    • eduardo says:

      A cima de 300 dolares não será boa opção – segundo alguns estudos de mercado este valor é a barreira psicológica em que um produto como este se torna extremamente apelativo.
      Quanto ao iPod touch, a Apple não terá qualquer problema se por ventura reduzir as vendas (pois vende na mesma); mas é duvidoso que haja canabalização significativa de vendas, são segmentos diferentes (o iPod é verdadeiramente portátil), e o seu preço por acaso até começa nos 200 dolares

  8. Nuno Gonçalves says:

    Not gonna happen 😛 (sinceramente não sei pk insistem neste rumor que já ta mais que gasto)

    • eduardo says:

      porque há demasiadas pessoas com boas ligações que acreditam que isto vai acontecer! Pessoas que raramente erram nestas “previsões”. Falta é saber até que pontos os pormenores estão correctos.

      • Nuno Gonçalves says:

        Tou para ver isso poix ja qd foi para anunciar o iPhone 5 ja diziam q tb iam anunciar o iPad mini, sinceramente a Apple neste momento não tem interesse nesse gadget.

        • Eduardo says:

          nunca ouvi dessas fontes que o iPad mini seria anunciado ao mesmo tempo que o iPhone. Isso não faria qualquer sentido nem seguiria a prática corrente da Apple.
          Mas independentemente disso há demasiados indicadores para existência do iPad mini. A data do anúncio é daqueles pormenores que podem ser modificados, a existência do produto é que não!

        • Eduardo says:

          quanto ao interesse da Apple, parece-me bastante óbvio!
          primeiro, fica com a oferta mais segmentada, podendo apelar a mais pessoas – especialmente se conseguirem ter o preço a baixo de 300 dolares! A cima de 300 dolares creio que desilude!
          segundo, estanca a concorrência no único segmento que tem tido algum impacto significativo.

  9. Carlos B. says:

    Eu tenho um Nexus 7, e sinceramente não estou a ver a Apple a conseguir melhor neste campo.
    Até ver não tem nenhuma inovação, apenas estão a entrar num segmento de mercado.

    A julgar pelas especificações mencionadas, só vejo como grande vantagem poder levar um cartão SIM (em relação ao nexus 7).

    Quanto ao preço, não me acredito que fique por menos de 350$ (e estou a ser optimista), o que, comparando com os 199$ que me custou o Nexus7, torna-o excessivamente caro para o que é.

    • eduardo says:

      O iPad terá um ecrã maior e logo à partida um leque muito mais variado de aplicações adaptadas ao seu formato. O android ainda está algo mal equipado em termos de aplicações que tiram verdadeiro partido do ecrã maior, já para não falar na confusão que há com adaptar a tantos tamanhos e proporções diferentes.
      Basta ver que o tamanho de 7 polegadas só pegou por causa do kindle, que está quase completamente focado em consumir conteúdos

      • Carlos B. says:

        Segundo este artigo, o tamanho deste ipad será 7,85″
        Não estou a ver que seja por esses 0.85 extra que consiga “um leque muito mais variado de aplicações”.

        Além de que, mais do que o tamanho, importa saber a resolução.

        • Eduardo says:

          :S se não vês por que é que o iPad terá “um leque muito mais variado de aplicações”, é porque não fazes ideia da oferta de aplicações verdadeiramente adaptadas para um iPad. O iPad mini terá todas as aplicações logo disponíveis, pois terá uma das resoluções usadas pelos outros iPads.
          O problema do Android é esse, não há muitas aplicações adaptadas para tirar completamente partido dum tablet, em vez de ser como um telemóvel gigante, muito por culpa da falta de consistência nas resoluções e tamanhos de ecrã.
          Essa diferença de 7,85 para 7 polegadas, podes não acreditar, mas dá mais 40% de área útil – não me parece que seja uma diferença pequena.

          • idontcare says:

            mais 40% de área útil? não digas asneiras ta bem?

          • eduardo says:

            @idontcare
            asneiras? fizeste as contas?
            O iPad tem uma proporção de 4:3, os Android têm uma proporção à volta de 16:9.
            7,85 vs 7 polegadas.
            tudo combinado dá o iPad com uma área 1,41x maior.
            A proporção mais rectangular dos Android leva a uma menor área para a mesma diagonal.
            Se tivessem a mesma proporção a maior diagonal daria um aumento de 25% de área.

            vê o link mais abaixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.